O que é serviço social 1

1.309 visualizações

Publicada em

Descrição básica e resumida sobre o que é o Serviço Social, recomenda-se a leitura de livros,tais como "O que Serviço Social" e "Serviço Social e Filosofia".

Publicada em: Educação
4 comentários
8 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.309
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
108
Comentários
4
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O que é serviço social 1

  1. 1. .. .. .: . hm? . - . .. eu : :T _â_ . ..a3 im. _É . :.. .n. .», %¡. .._. : _. . . _ âwwbww. x_ . ... . away. ü ". - w
  2. 2. - Ê uma profissão liberal de nível superior, de caráter técnico - cientifico, com formação universitária, com duração de 3 anos e meio no minimo, onde se estuda conteúdos de filosofia, sociologia, politica social, ética profissionaLfundamentos históricos e teórico- metodológicos do SS, dentre outros, conforme curriculo básico orientado pela Associação Brasileira de Ensino e Pesquisa em Serviço Social (ABEPSS). 0 Íllle É II SBWÍÇII SDGÍHI?
  3. 3. .Ao concluir o curso de graduação em Serviço Social. apos registrar o diploma no Conselho Regional de Serviço Social (CRESS) e que o aluno recebe o titulo de . Assistente Social, estaindo apto a exercer a profissão. f . . y r? lr i l, r.i í si e rr i i ijí-; wi a . g. _= :'; 'x: :» '- li M" i_ _x . ›-. l , › l. ' * Ti . ñliki, 'i l ' f" É: I i i . l-'E ifl ASSISTENTE 3 SQClAL
  4. 4. ° A lei n° 80o: de 07 de junho de 1003, dispõe solvre a comiaeténcizi e as üÍflbLllÇÕCS privativas do bem como sobre a competéncizi dos CRESS. A pratica do AS e norteada pelos principios fundamentais do Codigo de Ética Profissional. lei que regulamenta a Profissão
  5. 5. É a questão social em suas diferentes expressões. O papel do AS é instrumentalizar pessoas e comunidades no conhecimento de seus direitos e deveres, para desenvolverem sua autonomia e seu potencial na defesa e ampliação de seus direitos sociais. O AS pode trabalhar com vínculo empregatício ou, ainda, na condição autónoma nas diversas instancias: instituições públicas, privadas, ONGs, movimentos sociais, assessorias e outras. l 5117/: : j "tú l. í F1_ i. "-l. s
  6. 6. /: ' V' c. . ' _x_ : mv: ~ - . u'. -', . , H , . = , t' 3 -. * 4 nr-" ¡¡ 'zf _ir M r ' 7 f* 'i'll y N, "na _na f. : l i¡ , __ 7, __ _T ó _ _f -“ . ÇLÍ p_ i l n lí' Í' u) k 'il a"" __ r' " l 'JS' i limlg! V' V' . nl . i_ É-. Liu i Shu fiíiiidli
  7. 7. Executar, coordenar, elaborar e avaliar estudos, pesquisas e projetos na area de SS; Assessorar e prestar consultoria a instituições, empresas e órgãos públicos, em matéria de SS; Realizar vistorias, laudos periciais e pareceres sobre matéria de SS; Exercer a docência de SS, na graduação e pós-graduação, e dirigir cursos de Serviço Social; Treinar, avaliar e supervisionar estagiários de SS. . - E a. . W373_ p. ›“ *' . “f” 1;? Tl7i; ._; i“*t “ T7113 m» e i» I «l «a '~ . . x Lu 'ü-wê , ': '.7 . '. , baía , -. *et , 4 @AV-ñ , É (Mir, n ' " . j' t' r í l , . _ç l I l j l¡ . ' mr '~ " l' il? ” '~ w V4' L . ~›' '
  8. 8. " Reconhecimento da liberdade como J Defesa intransigente dos direitos humanos e recusa do arbítrio e xralor ético central; dO autmltar 15mm ; í u; n' iÍiÍViefl ii ii lí l , P. r: ,air às , - ~ . -, .-_ . _ , . - . , 7.7": " . Vir f* ali' “c” ~: Ç. ¡Íí l. 8
  9. 9. J Empenho na eliminação de todas as formas de preconceitos, incentivando o respeito à diversidade, à participação de grupos socialmente discriminados e à discussão das diferenças; J Articulação com os movimentos de outras categorias profissionais que partilhem dos princípios deste código e com a luta geral dos trabalhadores; 0 O
  10. 10. J C ompactuar e acatar determinações que fira os princípios e diretrizes do Código de Etica Profissional; J Praticar e ser conveniente com conduta, crimes ou contravenções penais na pratica de serviços profissionais. J Revelar sigilo profissional. i0
  11. 11. J AS é a moça boazinha que ajuda os pobres. J Qualquer um faz Serviço Social. J Dizer que Assistência social, assistencialismo e Serviço Social são ações semelhantes. 5 't7 m? ~ , › r _l I; i. .,i, _.J§-ffi, ,j e- e? , eum (a l 'ISS-ir' 7T: ll' fa' liliiÍ _ m_ . .r a, . -, _a
  12. 12. Assistência Social - é uma política pública, um direito constitucional, regulamentado pela LOAS (Lei Orgânica de Assistência Social), direcionada a população mais vulnerável, visando acabar com a exclusão social e garantir os direitos de cidadania. - Assistencialismo - é o contraponto da proteção social. é o acesso a um bem através de doação, de favor, dependendo da solidariedade de alguém. - Serviço Social é uma profissão que se opõe ao assistencialismo. serviços sociais - prestação de serviços de assistência a população. ? i2
  13. 13. É um profissional habilitado para: Compreender e analisar a sociedade, a partir de sua lógica de organização, através de uma abordagem critica e propositiva acerca do papel do SS nesse contexto; Fazer analises de conjunturais tendo em vista o processo de identificação das macro tendências do capitalismo internacional e nacional à luz de sua historicidade; Realizar estudos sócio-econômicos, socio-políticos e culturais para identificação de demandas e necessidades sociais; Produzir conhecimento através do exercício da pesquisa, como instrumento privilegiado para uma adequada leitura da realidade. para o fortalecimento da criatividade e para a formulação de novas propostas de ação profissional; Definir estrategias de intervenção, resguardadas por competência teórico-metodológica, ético-politico e técnico-operativa. E3 fi. l J lj . ':. i'. ;l'. .i . i;'ll'. i" 7'; 'JJJHÍ l.
  14. 14. INSS PREVIDÊNCIA SOCIAL @ Ii Hi ih” H = e=»= III, I! iI I e . -4 ,

×