Arte Renascentista
Os alemães utilizam a palavra “Zeitgeist”para falar do espírito de uma época...Por exemplo hoje nós vivemos a revolução di...
Portanto toda a produção artística está emsintonia com o Zeitgeist!
Mas...você sabe qual foi a importância doRenascimento na história cultural da Humanidade?
O renascimento cultural na Europa Ocidental se estendeude princípios do século XIV (1300) a finais doséculo XVI (1580) e i...
Isto aconteceu àuns 500 anos atrásna Europa erevolucionou a maneiracomo percebemoso mundo, mas por quena Itália estemovime...
Mesmo sob o domínio da Igreja, os italianosjamais esqueceram do seu passado de glória epoder.
Lembre-se que, depois da quedado império romano, a Igreja passoua ter grandes poderes e determinoua visão teocêntrica de m...
A Igreja tambémpatrocinava adivulgação de umaArte essencialmentereligiosa, com rígidospadrões técnicos,limitando a liberda...
Porém,depois de séculos deregime feudal, as cruzadaspropiciaram um intensocomércio e uma novaclasse social surge com orefl...
Opondo-se à tradição medieval e teocêntrica,o conhecimento recopilado nos mosteiros e o contatocom outras culturas, permit...
Pouco a pouco, começa a haver um interesse pelonaturalismo (Norte da Europa) e pela revalorizaçãodo humano (antropocentris...
Todavia com temas religiosos aspinturas passam a ser cada vez maisnaturalistas, contrastando como simbolismo da pintura me...
Perceba a expressão(naturalismo) nos rostosde São Joaquim e Santa Ana,quando ficam sabendoO encontro na Porta Dourada- 130...
Os artistas buscam maneirasde representar a realidade.
O arquiteto Felipo Brunelleschidesenvolveu a técnica da perspectiva paraconstruir a cúpula da Igreja Del Fiori.
Logo, os pintores passam autilizar esse conhecimentopara produzir a ilusão deprofundidade em suaspinturas, foi uma revoluç...
Virgen com o Menino. Tríptico deDresde,1437 - J. Van Eyck.
São Jerônimo em seu estúdio1456 – A. Messina.
A anunciação – 1486Carlo CrivelliPonto de Fuga
Batalha de São Romão, 1452/1456Paolo Ucello – Técnica afresco
São Jorge e o Dragão, 1460Paolo Ucello
As regras matemáticas da herança grega passama serem aplicadas na arquitetura, escultura e pintura.
IgrejaSantaMariaNovella,1470–Alberti.Regras de Proporção:
Regras de Simetria:
CânonesCorpoHumano:GréciaRenascimentoitaliano
Temas da Mitologia:Vênus (Afrodite) e Marte, 1482/83 -Botticelli
Cupido VenusZéfiroClorisFloraAs TrêsMusasMercurioAMOR CARNALAMOR PLATÓNICOAlegoria da Primavera, 1478Sandro Botticelli – T...
No norte da Europao pintor Jan Van Eyckdesenvolve a pinturaà óleo comoalternativa diante dasdificuldades datécnica da têmp...
Surge a figura do Artista (gênio criador)em oposição ao artesão medieval.
Neste período o pintorLeonardo da Vinci aprimoraas técnicas do “esfumatto”do “chiaroscuro” e da“perspectiva atmosférica”,p...
Sfumato, elimina as linhas dodesenho através de valorestonais da cor.Chiaroscuro(luz e sombras).Perspectivaatmosférica
Depois desta breve noção, vamos conheceralguns artistas.Importante aqui é poder exercitar o olhar!
A Anunciação, 1308Duccio de Buoninsegna – Técnica Têmpera (Guache)
Observem o poderexpressionista daescultura de Donatello!Madalena Arrependida, 1453/55Donatello di Betto BardiEscultura em ...
A Anunciação, 1437/46Fra Angelico - Afresco
Lamentação sobre CristoMorto, 1490Andrea MantegnaReparem no escorço (técnica de perspectiva)!
Quarto do Matrimônio, 1474Andrea Mantegna
Velho com seu neto, 1490Domenico Ghirlandaio - Têmpera
Descendo da Cruz, 1435Rogier Van Der Weyden (óleo)Esta pintura do Van Der Weyden é para dar umaparada para perceberem o ef...
O mesmo tema pintado por Rafael Sanzio.A Deposição deJesus, 1507Rafael Sanzio – Oleo
Para refletir:A dramaticidade da luzem Piero Della Francesca.O sonho de Constantino, 1455Piero Della Francesca - AfrescoA ...
Pietá, 1465Giovanni Bellini
Netuno e Anfitrite, 1516Jan Gossaert - ÓleoSubmissão Feminina(olhos baixados).
Jesus se apresentandoNo Templo, 1530/35Jan Van Scorel - ÓleoReparem no naturalismodo pintor holandês,as proporções humanas...
Melancolia, 1514Albert Durer - GravuraDizem que a melancolia(bilis negra) era uma doençados monges que viviamnos mosteiros...
Micheangelo BuanorrottiEscultor e PintorDavi, 1501/1504MármoreTeto Capela Sistina1508-1512 - Afresco
Criação;A Tentação;O Juízo Final.Detalhes daCapela Sistinade Micheangelo.
São João Batista no Deserto1504/1505Hieronymus Bosch - ÓleoValeUm outsider* noRenascimento, commuita imaginação ecriativid...
A parábola dos cegos, 1568Pieter Brueghel
A Tentação deSanto Antonio, 1515.Mathias GrunewaldSua produção foiresgatada pelos pintoresexpressionistasdo século XX.
Movimento ManeiristaA ressaca do renascimento.No século XVI, muitos artistasoptaram pela elegância eteatralidade como umac...
Baco e Ariadne, 1522/23Tiziano - Óleo
Vênus, Cupido,Loucura e Tempo, 1545Agnolo Bronzino - Óleo
Bravo, 1520Tiziano Vecellio - Óleo
A Última Ceia, 1592/94Tintoretto - ÓleoAtenção na mudança dePerspectiva!
A queda dos Titãs, 1588Cornelius van Haarlen
Projeto Gráfico:Paulo CintraBibliografia:História da Arte – Ernest GombrichManeirismo – Arnould Hauser
Arte renascimento
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Arte renascimento

902 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
902
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
79
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Arte renascimento

  1. 1. Arte Renascentista
  2. 2. Os alemães utilizam a palavra “Zeitgeist”para falar do espírito de uma época...Por exemplo hoje nós vivemos a revolução digital,celulares, ipods, Internet... informação e velocidade.Tudo isto altera a nossa percepção do mundoe da realidade.
  3. 3. Portanto toda a produção artística está emsintonia com o Zeitgeist!
  4. 4. Mas...você sabe qual foi a importância doRenascimento na história cultural da Humanidade?
  5. 5. O renascimento cultural na Europa Ocidental se estendeude princípios do século XIV (1300) a finais doséculo XVI (1580) e influenciou toda a história da arte.
  6. 6. Isto aconteceu àuns 500 anos atrásna Europa erevolucionou a maneiracomo percebemoso mundo, mas por quena Itália estemovimento teveum impulso tãomarcante?
  7. 7. Mesmo sob o domínio da Igreja, os italianosjamais esqueceram do seu passado de glória epoder.
  8. 8. Lembre-se que, depois da quedado império romano, a Igreja passoua ter grandes poderes e determinoua visão teocêntrica de mundo nos países católicos.
  9. 9. A Igreja tambémpatrocinava adivulgação de umaArte essencialmentereligiosa, com rígidospadrões técnicos,limitando a liberdadede expressão e criaçãoartísticas.
  10. 10. Porém,depois de séculos deregime feudal, as cruzadaspropiciaram um intensocomércio e uma novaclasse social surge com oreflorescimento dascidades: A burguesia.
  11. 11. Opondo-se à tradição medieval e teocêntrica,o conhecimento recopilado nos mosteiros e o contatocom outras culturas, permitiu o resgate daherança cultural grega e romana.
  12. 12. Pouco a pouco, começa a haver um interesse pelonaturalismo (Norte da Europa) e pela revalorizaçãodo humano (antropocentrismo/Itália).As chaves para entender o Renascimento.
  13. 13. Todavia com temas religiosos aspinturas passam a ser cada vez maisnaturalistas, contrastando como simbolismo da pintura medieval.Expulsão do ParaísoMasaccio
  14. 14. Perceba a expressão(naturalismo) nos rostosde São Joaquim e Santa Ana,quando ficam sabendoO encontro na Porta Dourada- 1306Giotto di Bondone (afresco)que Ana está grávida da virgem Maria.Ou a dor de Adão e Eva ao serem expulsos do Paraíso.A expulsão, 1427Tomasso (Masaccio)
  15. 15. Os artistas buscam maneirasde representar a realidade.
  16. 16. O arquiteto Felipo Brunelleschidesenvolveu a técnica da perspectiva paraconstruir a cúpula da Igreja Del Fiori.
  17. 17. Logo, os pintores passam autilizar esse conhecimentopara produzir a ilusão deprofundidade em suaspinturas, foi uma revolução.A Trindade – Florença, 1424Masaccio
  18. 18. Virgen com o Menino. Tríptico deDresde,1437 - J. Van Eyck.
  19. 19. São Jerônimo em seu estúdio1456 – A. Messina.
  20. 20. A anunciação – 1486Carlo CrivelliPonto de Fuga
  21. 21. Batalha de São Romão, 1452/1456Paolo Ucello – Técnica afresco
  22. 22. São Jorge e o Dragão, 1460Paolo Ucello
  23. 23. As regras matemáticas da herança grega passama serem aplicadas na arquitetura, escultura e pintura.
  24. 24. IgrejaSantaMariaNovella,1470–Alberti.Regras de Proporção:
  25. 25. Regras de Simetria:
  26. 26. CânonesCorpoHumano:GréciaRenascimentoitaliano
  27. 27. Temas da Mitologia:Vênus (Afrodite) e Marte, 1482/83 -Botticelli
  28. 28. Cupido VenusZéfiroClorisFloraAs TrêsMusasMercurioAMOR CARNALAMOR PLATÓNICOAlegoria da Primavera, 1478Sandro Botticelli – Técnica Têmpera/Madeira (Goauche).
  29. 29. No norte da Europao pintor Jan Van Eyckdesenvolve a pinturaà óleo comoalternativa diante dasdificuldades datécnica da têmpera*.*(Mistura de Pigmentos puroscom ovo).Giovanni Arnolfini esua esposa, Flandres, 1434Jan Van Eyck
  30. 30. Surge a figura do Artista (gênio criador)em oposição ao artesão medieval.
  31. 31. Neste período o pintorLeonardo da Vinci aprimoraas técnicas do “esfumatto”do “chiaroscuro” e da“perspectiva atmosférica”,produzindo um maiorrealismo nas pinturas.Santa Ana, a Virgem eo Menino – Leonardo da Vinci
  32. 32. Sfumato, elimina as linhas dodesenho através de valorestonais da cor.Chiaroscuro(luz e sombras).Perspectivaatmosférica
  33. 33. Depois desta breve noção, vamos conheceralguns artistas.Importante aqui é poder exercitar o olhar!
  34. 34. A Anunciação, 1308Duccio de Buoninsegna – Técnica Têmpera (Guache)
  35. 35. Observem o poderexpressionista daescultura de Donatello!Madalena Arrependida, 1453/55Donatello di Betto BardiEscultura em Madeira
  36. 36. A Anunciação, 1437/46Fra Angelico - Afresco
  37. 37. Lamentação sobre CristoMorto, 1490Andrea MantegnaReparem no escorço (técnica de perspectiva)!
  38. 38. Quarto do Matrimônio, 1474Andrea Mantegna
  39. 39. Velho com seu neto, 1490Domenico Ghirlandaio - Têmpera
  40. 40. Descendo da Cruz, 1435Rogier Van Der Weyden (óleo)Esta pintura do Van Der Weyden é para dar umaparada para perceberem o efeito tridimensionale a dramaticidade!
  41. 41. O mesmo tema pintado por Rafael Sanzio.A Deposição deJesus, 1507Rafael Sanzio – Oleo
  42. 42. Para refletir:A dramaticidade da luzem Piero Della Francesca.O sonho de Constantino, 1455Piero Della Francesca - AfrescoA luz barrocaem La Tour.
  43. 43. Pietá, 1465Giovanni Bellini
  44. 44. Netuno e Anfitrite, 1516Jan Gossaert - ÓleoSubmissão Feminina(olhos baixados).
  45. 45. Jesus se apresentandoNo Templo, 1530/35Jan Van Scorel - ÓleoReparem no naturalismodo pintor holandês,as proporções humanas eo espaço aéreo.
  46. 46. Melancolia, 1514Albert Durer - GravuraDizem que a melancolia(bilis negra) era uma doençados monges que viviamnos mosteiros que,com o tempo perdiam osentido da existência.
  47. 47. Micheangelo BuanorrottiEscultor e PintorDavi, 1501/1504MármoreTeto Capela Sistina1508-1512 - Afresco
  48. 48. Criação;A Tentação;O Juízo Final.Detalhes daCapela Sistinade Micheangelo.
  49. 49. São João Batista no Deserto1504/1505Hieronymus Bosch - ÓleoValeUm outsider* noRenascimento, commuita imaginação ecriatividade!*forasteiro
  50. 50. A parábola dos cegos, 1568Pieter Brueghel
  51. 51. A Tentação deSanto Antonio, 1515.Mathias GrunewaldSua produção foiresgatada pelos pintoresexpressionistasdo século XX.
  52. 52. Movimento ManeiristaA ressaca do renascimento.No século XVI, muitos artistasoptaram pela elegância eteatralidade como umacontinuidade das tendênciasRenascentistas e o prenúnciodo Movimento Barroco.É um momento de crise daIgreja Católica e dos valoreshumanistas. São SebastiãoBronzino
  53. 53. Baco e Ariadne, 1522/23Tiziano - Óleo
  54. 54. Vênus, Cupido,Loucura e Tempo, 1545Agnolo Bronzino - Óleo
  55. 55. Bravo, 1520Tiziano Vecellio - Óleo
  56. 56. A Última Ceia, 1592/94Tintoretto - ÓleoAtenção na mudança dePerspectiva!
  57. 57. A queda dos Titãs, 1588Cornelius van Haarlen
  58. 58. Projeto Gráfico:Paulo CintraBibliografia:História da Arte – Ernest GombrichManeirismo – Arnould Hauser

×