Objetivo:
O objetivo desta atividade é que
desperte o nosso interesse tanto
na leitura tanto na matemática
Professores:
 ...
na Matemática, mais especificamente
na Geometria. No começo Watson
não entendeu o porquê de Holmes se
interessar por esse ...
sobre o problema das sete pontes: “
Os habitantes da cidade de alemã de
Konigsberg não tinham muito o que
fazer nas tardes...
uma reviravolta em tudo e Holmes
fica muito Preocupado e ele discute
com Watson sobre a misteriosa
pergunta Pergunta se a ...
quando ele era mais jovem o que ele
gostava de fazer era fotografar coisa
que lhe chamava atenção, e gostava
de fazer isso...
prender sua curiosidade, foi até a
estante para ver um dos primeiros
casos de Holmes, quando ele viu o
caso de Musgrave, e...
visto de onde estávamos. Finquei a
vara mantendo-a na vertical e medi
sua sombra. O calculo agora era
muito simples, se um...
probabilidades
(
chances,
possibilidades, etc.) de alguma coisa
muito difícil acontecer conosco no dia
a dia e Holmes cont...
e Watson ao seu lado sempre foi
ajudando a Holmes desvendar o
mistério e no Capitulo quatro também
fala sobre o Matemático...
vários roubos de bustos de Lampião e
para resolver esse mistério tem ajuda
de Watson e Lestrade, Tudo começou
tarde Da noi...
havia um trabalhador que fazia
bustos mais saiu da fabrica e nunca
mais ouviu a falar dele, então já
desconfiados
Holmes
e...
vaso e havia Pérolas Negras, as
Pérolas mais cara do mundo, ou seja,
era isso que Beppo procurava.

Capitulo

6

No capitu...
também falam sobre o número PI, o
qual estava aprendendo na escola. O
Numero PI foi explicado por Holmes á
Watson é bastan...
descobrir e de repente Holmes
começara a lembrar do seu querido e
gentil Professor Muriarty e relembra
vários momentos que...
Moriarty que quando ele o conheceu
já havia escrito o trabalho sobre
binômio de Newton e quando ele era
aluno dele ele est...
Depois o Holmes mostra um papel
com uma analise probabilística da
perseguição que nos fez afetando na
estação vitoria um t...
tambem conta o assassinato do
sumo-sacerdote Arquebas que é na
cidade de tiro que deixa viúva a
princesa Dido irmã do rei ...
serie de coisas com as pessoas do
navio que acabou indo para a cidade
que
tinha
perto
quando
eles
enfrentarão
uma
tempesta...
então Watson tenta disfarçar o
problema desse assunto, brincando
com Holmes, mas logo após isso eles
entraram no assunto d...
menos alguns erros de cálculo.
Pascal, por isso, não concedeu
nenhum prêmio, mas publicou suas
próprias
soluções,
com
outr...
Resumo do capítulo 9 "As Incógnitas",
o
capítulo
inicia
com
Watson
pensando
quando
conheceu
o
Sherlock Holmes e o fato de ...
que Watson tinha duvida era depois
do desfecho que tinha titulado de "O
Problema
Final"
era
do
corpo
desaparecido
do
Profe...
Lastrade e fizeram contas e o capitulo
termina com os 3 conversando.
Capitulo

11

No capítulo 11 "Os Cálculos”, começa
co...
capitulo o Watson fica pensando
sobre Holmes não ter envolvido muito
até adormecer, pois está muito
focado em um caso muit...
acontecido e Watson só o observando
e admirando o trabalho de seu
companheiro.

Capitulo 12
No Capítulo 12 "A Solução" , c...
ajudando-o. Agora uma campainha
toca e é o inspetor Lestrade com
noticias, mas o homem estranho que
havia chegado antes ti...
Street” que acho que todo mundo
gostou, pois eu gostei bastante.

Por que vale a pena ler o livro?
Vale a pena ler pois o ...
Resumo dos capítulos do livro
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Resumo dos capítulos do livro

1.163 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.163
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resumo dos capítulos do livro

  1. 1. Objetivo: O objetivo desta atividade é que desperte o nosso interesse tanto na leitura tanto na matemática Professores:  Carlos Ossamu Cardoso Narita  Ms Maria Piedade Teodoro da Silva Integrantes:      Adriano Moreira dos Santos Junior Bruno Cézar de Souza Enrique Crizam Oliveira Dias João Paulo Ferreira Palau Pablo Almeida Chagas Nº01 Nº09 Nº12 Nº21 Nº31 Capítulo 1 A história se inicia com a conversa de Sherlock Holmes com Dr. Watson sobre um jornal, na qual dizia que um matemático amador fez uma descoberta que faria uma reviravolta
  2. 2. na Matemática, mais especificamente na Geometria. No começo Watson não entendeu o porquê de Holmes se interessar por esse tipo de assunto. Após isso Holmes conta que antes de se tornar detetive, ele estudava horas e horas sobre a Ciência da Matemática. Após isso, Holmes conta um pouco para Watson de sua vida passada. Ele conta sobre o desejo de seu pai sobre ele se tornar um Engenheiro de Ferrovias, conta que seus pais viviam viajando, até eles passaram a morar definitivamente na Inglaterra. Ele conta que não desejava seguir a profissão de nenhum curso. Após isso eles continuam conversando e falam um pouco sobre matemática. Watson fala que não gostava de Matemática, e que tinha más lembranças sobre o assunto em questão. Eles conversam
  3. 3. sobre o problema das sete pontes: “ Os habitantes da cidade de alemã de Konigsberg não tinham muito o que fazer nas tardes domingueiras de verão, passavam as horas bebendo cerveja numa taberna às margens do rio Pregel que fica de frente para sete pontes. Três delas ligam a margem a duas linhas centrais do trecho. Três outras levam das ilhas à margens opostas, sendo que uma das ilhas é servida por quatro pontes e a outra por duas. A sétima ponte faz ligação com as linhas. Após isso Holmes para explicar melhor para Watson, decidiu desenhar para ele entender melhor. Capitulo 2 No capitulo dois fala sobre as geometrias baseado no capitulo anterior e o assunto principal é o matemático que descobri erros na criação das geometrias que irá causar
  4. 4. uma reviravolta em tudo e Holmes fica muito Preocupado e ele discute com Watson sobre a misteriosa pergunta Pergunta se a matemática é criada ou descoberta? E Holmes fala que primeiro é criada e depois descoberta e Watson não entendeu muito a resposta mais Holmes foi explicando que tudo tem a haver com a Ciência e Watson começa á entender um pouco melhor e também tem um pouco haver com a geometria de Euclides a qual vimos na escola e Holmes fala com Watson sobre vários e vários cursos que fez na faculdade de Cambridge e desenha varias figuras para Watson entender melhor e Watson começa a pegar gosto pela coisa que Holmes está explicando e ele fica feliz por Watson está entendendo sobre o seu passado. Antes de Watson conhecer Holmes,
  5. 5. quando ele era mais jovem o que ele gostava de fazer era fotografar coisa que lhe chamava atenção, e gostava de fazer isso porque achava isso divino e muito elegante. Enquanto Watson explica sobre sua vida no passado Holmes estava ouvindo e já estava pensando o que ele ia passar para Watson depois da conversa e de repente termina e começa a explicar sobre um mapa da terra que Watson tem dificuldade no começo e depois foi pegando o jeito da matéria e de repente ficou muito atento e entrou na aventura de Sherlock Holmes. Capítulo 3 No começo do terceiro capítulo, Watson diz que Holmes despertou nele o desejo pela matemática, mais especificamente a geometria nãoeuclidiana. Então Watson, sem
  6. 6. prender sua curiosidade, foi até a estante para ver um dos primeiros casos de Holmes, quando ele viu o caso de Musgrave, então Watson pega o papel, e começa a lê-lo: ”Reginald Musgrave cursara a mesma universidade que eu, então ia para quatro anos que eu não sabia mais dele quando ele entra em minha sala, estava um pouco mudado, trajava-se como um homem da alta classe da sociedade”Após isso eles conversam por algumas horas, e depois Holmes vai para a sala de Musgrave. Após isso, Holmes diz em seu relato: “ Fui com Musgrave ao seu escritório e eu mesmo preparei uma estaca, fazendo um nó em cada jarda medida ao longo do mesmo, então tomei 2 comprimentos de uma vara de pescar. O sol estava roçando exatamente a copa velha do carvalho,
  7. 7. visto de onde estávamos. Finquei a vara mantendo-a na vertical e medi sua sombra. O calculo agora era muito simples, se uma vara de seis pés projetava uma sombra de noventa e seis. A partir de onde fora o tranco do olmo, marquei noventa e seis pés da mesma direção da sombra da vara, o que me trouxe quase à parede de casa. Você pode imaginar minha exultação, Watson, quando dentro de um palmo de ponto onde estava vi uma depressão cônica no chão. Deduzi que era a marca do mordomo que estava comigo a alguns dias. Capitulo 4 No capitulo 4 do livro “Matemática e Mistério em Baker Street”, Sherlock Holmes fala com Watson sobre as
  8. 8. probabilidades ( chances, possibilidades, etc.) de alguma coisa muito difícil acontecer conosco no dia a dia e Holmes conta sobre os problemas para resolver nas apostas da Faculdade que quase foi expulso. Então Holmes prometeu ao Reitor que nunca mais iria fazer apostas e sua promessa foi comprida, um exemplo de probabilidade que Holmes explicou a Watson é : Qual a possibilidade do charuto de Holmes estar em uma das três gavetas ? É um terço, pois existe três gavetas sendo que ele só tem um charuto, Watson ficou surpreso com isso e quis saber mais com mais exemplos e atividades que Holmes deu a ele para resolver como : Qual é a possibilidade de entre 10 pessoas 2 fazerem aniversário no mesmo dia ? É de 363/365, e nisso os dois foram desvendando o mistério bem devagar
  9. 9. e Watson ao seu lado sempre foi ajudando a Holmes desvendar o mistério e no Capitulo quatro também fala sobre o Matemático amador que descobriu o erro de calculo que também é um grande mistério que Watson também ajuda a desvendar. Holmes começa a explicar sobre as probabilidades e Watson não consegue acreditar e mesmo assim Holmes tenta e só depois de muito tempo consegue e também Watson ajuda Holmes a lembrar dos velhos tempos da faculdade com o problema que quase o fez expulso da faculdade que é o Problema do “O Macaco que calculava”. Capitulo 5 No quinto capitulo do livro “Matemática e Mistério em Baker Street” Sr. Holmes discute sobre
  10. 10. vários roubos de bustos de Lampião e para resolver esse mistério tem ajuda de Watson e Lestrade, Tudo começou tarde Da noite quando Lestrade foi até a casa de Holmes com noticias de roubo de bustos e o primeiro fato foi de que um lojista saiu da loja e ouviu um barulho e foi correndo ver o que era e quando chegou lá o busto de Napoleão estava quebrado e essa queixa foi dada há quatro dias. Outro caso também foi encontrado, de um médico que comprou um busto e colocou em sua clinica em cima da lareira, o ladrão entrou na clinica e pegou o busto, mais não fez barulho, só o pegou e o quebrou lá fora e quando medico acordou e foi para seu escritório não estava mais lá . Holmes e Watson entrevistaram um vendedor de bustos e um fabricante de bustos, o fabricante disse que
  11. 11. havia um trabalhador que fazia bustos mais saiu da fabrica e nunca mais ouviu a falar dele, então já desconfiados Holmes e Watson começam a investigar e acham um foto de um homem que já achavam que era o principal suspeito do crime e ele se chamava Beppo e então Holmes, Watson e Lestrade foram até uma casa e esperaram para ver se algum ladrão iria roubar e de repente aparece o homem ágil e esperto, ele rouba o bustos e sai correndo e Holmes pula em cima dele e pega o sujeito, era o Beppo, depois de muito esforço de Holmes o ladrão ele foi preso. Depois, Holmes estava conversando com seus colegas e de repente apareceu um homem idoso e trouxe um vaso, Holmes o pagou certinho e quando o homem saiu, ele abriu o
  12. 12. vaso e havia Pérolas Negras, as Pérolas mais cara do mundo, ou seja, era isso que Beppo procurava. Capitulo 6 No capitulo 6 do livro “Matemática e Mistério em Baker Street” , Holmes discute com Watson os bustos de Napoleão e também sobre belos números perfeitos que estão sempre no nosso dia a dia e que nós quase nem ligamos, mais na maioria das vezes estão ao nosso redor, um deles são : O numero 6, 28, 496, 8128. E também discutem sobre os números amigos que no caso é igual à soma dos divisores do outro que não é muito difícil de encontrar e também não muito fácil, mais sempre estarão presentes, como: 284 e 220. Eles
  13. 13. também falam sobre o número PI, o qual estava aprendendo na escola. O Numero PI foi explicado por Holmes á Watson é bastante importante para você entrar em uma faculdade Publica e também nesse capitulo fala de grandes nomes da matemática como: O Holandês Ludolfh van Ceulen, Willebrord Snell, Snell Grienberger e também o matemático Inglês John Wallis que foram os primeiros a achar numero PI que é: 3,1415926535... E assim por adiante até o dia do são nunca. Homes estava desconfiado de que as Pérolas estavam nos três primeiros bustos de Napoleão e o que eles estava falando era sobre outra coisa muito parecida com as pérolas que encontraram no busto que o velho entregou a eles alguns dias atrás e Watson estava na dele só observando o que Holmes iria
  14. 14. descobrir e de repente Holmes começara a lembrar do seu querido e gentil Professor Muriarty e relembra vários momentos que passaram juntos. Capitulo 7 o capitulo começa com Sherlock Holmes e Watson conversando sobre James Moriarty que o grande Sherlock Holmes teve suas primeiras lições de Matemática com o Professor Moriarty e Watson fica pensando como seria o grande professor Moriarty que era mestre de seu amigo e então Watson pergunta para o Holmes por que hoje ele não é um matemático profissional envolvido em pesquisas do assunto Holmes não gostou muito da pergunta, mas respondeu e sua resposta foi "Circunstancias" e Holmes fala um pouco mais sobre o professor
  15. 15. Moriarty que quando ele o conheceu já havia escrito o trabalho sobre binômio de Newton e quando ele era aluno dele ele estava desempregado e vivendo no interior e que era uma pessoa brava que sempre estava brigando com seus superiores e que era um professor atuante não só nas aulas e dizia que os problemas mais simples são os que mais contribuem para o desenvolvimento da ciência como por exemple : a pesquisa de números primos. Holmes foi para o quarto e voltou com 3 livros e uma caixa de guardados. Watson pegou um dos livros abriu e leu o titulo que era "Sobre o Teorema do Binômio" e colocou-se a folear as paginas que tratava-se de um trabalho manuscrito em letras grandes, firmes e bem traçadas e havia vários símbolo no livro.
  16. 16. Depois o Holmes mostra um papel com uma analise probabilística da perseguição que nos fez afetando na estação vitoria um trem sem vagões e havia um papel com uma tabela que parecia ser um arranjo cabalístico e depois mostra algumas pessoas importantes como Carl Friedrich Gauss: príncipe dos matemáticos, Pierre de Farmat:autor do enigma mais famoso da matemática e de seu ultimo teorema de Farmat. Capitulo 8 O capitulo 8 começa contando a hiatória da princesa Dido, ele é tambem muito conhecida pelas outras pessoas com Elisa e ela era filha de um rei chamado Mutto, que tambem é conhecido com Beluse. E a história
  17. 17. tambem conta o assassinato do sumo-sacerdote Arquebas que é na cidade de tiro que deixa viúva a princesa Dido irmã do rei Pigmalião que o governador é o principal suspeito desse crime e o povo fica revoltado com o representante do clero e de repente o povo sai nas ruas pedindo explicações depois de dois dias após o boato da morte do sumosacerdote tentaram achar o corpo de vários meios mais não tiveram nenhum resultado, as consultas passavam por um rígido ritual de sorte. Eles mandão navios os assaltantes sabiam que os navios tinham riquezas do rei os navios eram para fundarem um novo reino longe da tirania da cidade de tiro daí o navio sofreu uma tempestade e decidiu ficar numa cidade que tinha ao lado ai acabou acontecendo uma
  18. 18. serie de coisas com as pessoas do navio que acabou indo para a cidade que tinha perto quando eles enfrentarão uma tempestade. Sacerdote com princesa Dido ia trabalhar com a solução do enigma quando chegarão a praia deram inicio a essa tarefa que era achar um local para a construção que tiveram idealizado princesa Dido com sabedoria e arte tinha como solução do enigma a posse daquelas terras e foi assim que termina o capitulo 8 que é mais um mistério. Capítulo 9 No nono capítulo, Watson após ler a história de Holmes e Dido, ele estava pensando em não consultar Holmes à respeito de como a princesa solucionou o problema, então inesperadamente Holmes pergunta a Watson sobre o desempenho de Dido,
  19. 19. então Watson tenta disfarçar o problema desse assunto, brincando com Holmes, mas logo após isso eles entraram no assunto definitivamente, Holmes explica um pouco sobre o problema e o desempenho de Dido. Após continuarem a conversa, no final, Holmes cita um trecho: “ O precoce matemático francês Blaise Pascal, tendo achado certas áreas, volumes e centro de gravidade associados à cicloide, propôs meia dúzia de tais questões aos matemáticos de seu tempo, oferecendo o primeiro e um segundo prêmio para soluções, indicando um outro matemático francês por nome Gilles Persone de Roberval como um dos juízes. A publicidade e o senso de tempo eram tão fracos, então, que só duas coleções de soluções foram apresentados e continuam pelo
  20. 20. menos alguns erros de cálculo. Pascal, por isso, não concedeu nenhum prêmio, mas publicou suas próprias soluções, com outros resultados , tudo precedido por uma Histore Dela Roulette ( Nome geralmente usado por uma cicloide da França) numa série de Lettres de A. Os dois finalistas, Antoine de Lolouvere e Jhon Wallis, ambos matemáticos competentes, aborreceram-lhe por serem negados os prêmios, e os matemáticos italianos ficaram indignados porque a História de Ciclóide de Pascal praticamente desconhecia os méritos de Torriceli, discípulo de Galileu que estudou a cicloide com grande sucesso, sendo a prioridade nas descobertas sobre a curva apenas a Roberval” Capítulo 10
  21. 21. Resumo do capítulo 9 "As Incógnitas", o capítulo inicia com Watson pensando quando conheceu o Sherlock Holmes e o fato de não ter o dado uma note de 0 a 10 em matemática e astronomia, e achava que eram nulos, mas ai ele percebe que eles são amplos e sólidos e fala mais sobre o Sherlock Holmes, ai eles começam ater uma conversa sobre o Professor Moriarty, que era o celebre criminoso cientifico que era famoso, eles tiveram essa conversa no inicio das investigações do caso "O Vale do Terror", e algum tempo depois Holmes diz que se Watson tivesse tempo para que ele estude a personalidade de Moriarty. A evidente admiração pelo Professor fazia o Watson pensar principalmente depois que ele descobriu que ele dava aulas para o seu companheiro. Outra coisa
  22. 22. que Watson tinha duvida era depois do desfecho que tinha titulado de "O Problema Final" era do corpo desaparecido do Professor nas cataratas de Reichenbache também não sabia onde estava Sherlock Holmes por três anos, agora Watson se pergunta de Holmes ira ler esta narrativa (178).Agora eles tinha acordado cedo e viu Holmes estava andando de lado a lado e saia uma fumaça bem branca do seu cachimbo e era muito fácil perceber que o tabaco era muito forte, pois ele usa de acordo com seu humor, ai alguém bate na porta com um envelope para Holmes e o Watson e o Holmes conversão falando sobre o professor de Cambridge a mensagem dizia "Aguardou na entrada principal de Cambridge.Venha logo", ao chegar lá foram recebidos pelo inspetor
  23. 23. Lastrade e fizeram contas e o capitulo termina com os 3 conversando. Capitulo 11 No capítulo 11 "Os Cálculos”, começa com Holmes e Watson chegando de viagem e estão de volta a bela cidade londrês nos seus aposentos em Baker Street e lá eles estão falando sobre a morte do Sr Hamilton que ambos gostavam tanto que é o caso principal a ser resolvido do por que alguém estaria tentando mata-lo, mas a Sra. Hudson entrou com uma mensagem para Sherlock Holmes, no bilhete dizia que havia novidades sobre o caso de Cambridge. Quando eles chegam a Scotland Yard o acusado fala com eles, mas não deixa de estar sendo acusado da morte de Sr Hamiltone Holmes. No final do
  24. 24. capitulo o Watson fica pensando sobre Holmes não ter envolvido muito até adormecer, pois está muito focado em um caso muito importante que é o do Sr Hamilton e o prprio Watson não consegue dormir, pois fica pensando sobre seu velho amigo Holmes e ele tem várias pessoas em mente, como um prisioneiro e vários outros. E nesse capitulo Holmes tambem olha sobre a matéria de teorema que é aplicada em muitas ocasiões. Holmes estava confuso pois nao sabia quem teria cometido o grande crime .Holmes nao sabia se a morte do Sr Hamilton fora acidental ou material, pois estava com muita duvida e nao podia sair falando quem teria cometido o crime, e entao arruma todas as pistas que tem senta e começa á raciocianar e começa a ter noçao das coisas que havia
  25. 25. acontecido e Watson só o observando e admirando o trabalho de seu companheiro. Capitulo 12 No Capítulo 12 "A Solução" , começa com Watson acordando e descendo para tomar o cafe da manhã e encontra Holmes andando de um lado para o outro com seu cachimbo de barro e quando Holmes percebe a existência do Watson na sala, ele fica imóvel e para conversar sobre uma pessoa que chegaria para falar as conclusões do caso, mas a campainha toca e entra a Sra Hudson que dá licença para um homem tímido e assustado que tinha 25 anos, olhos azuis claros e inteligente, Holmes se esforça muito para conseguir resolver esse caso e Watson mau estava
  26. 26. ajudando-o. Agora uma campainha toca e é o inspetor Lestrade com noticias, mas o homem estranho que havia chegado antes tinha que contar uma historia que dizia sobre a morte de seus pais o investimento no Sr Hamilton e a viajem que ele avia feito para acha-lo é no final da historia,e com muita coragem ergueu o peito, ele admite que foi ele que havia matado o Sr Hamilton, e Watson e holmes já disconfiavam dele á muito tempo, pois ele deixava muitas pistas importante que quase todo mundo já iria resolver sem nenhum problema, mais na verdade ele mesmo se matou e ninguem desconfiava disso, e quem o ajudou a desvendar esse misterio foi o morador da mesma casa, o senhor Axel Andersen. E é assim que encerra mais um capítulo do belo livro “Matemática e Mistério em Baker
  27. 27. Street” que acho que todo mundo gostou, pois eu gostei bastante. Por que vale a pena ler o livro? Vale a pena ler pois o livro é muito interessante, cheio de mistérios, você ganha noções básicas em certas áreas da matemática e muita prática na leitura. Vale a pena ler o livro, pois além de todas as vantagens acima, você vai se aventurar numa nova experiência.

×