E.E.E.F.M Profª Maria Penedo
Ariane Lopes, Carolina Rossi, Dandara Cristina e Yuri Fernandes
Iván Ríos
Profª Darlete Gomes
Manuel de Jesús Muñoz Ortiz
Mais conhecido como Ivan Rios ou também pelo nome de
José Juvenal Velandia, nasceu em San Fran...
Foi um membro da União Patriótica , mas para dissolver o agrupamento político de comandos
urbanos ingressou na FARC.
També...
Foi acusado de Rebelião, Terrorismo, Narcotrafico e Homicidio.
Em 2006, ele foi incluído na Lista de Clinton, o Departamen...
Iván Ríos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Iván Ríos

193 visualizações

Publicada em

Publicada em: Governo e ONGs
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
193
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Iván Ríos

  1. 1. E.E.E.F.M Profª Maria Penedo Ariane Lopes, Carolina Rossi, Dandara Cristina e Yuri Fernandes Iván Ríos Profª Darlete Gomes
  2. 2. Manuel de Jesús Muñoz Ortiz Mais conhecido como Ivan Rios ou também pelo nome de José Juvenal Velandia, nasceu em San Francisco, Putumayo, 19 de dezembro de 1961. Foi um guerrilheiro colombiano Chefe do Bloco Central das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) e o membro mais jovem do Alto Comando Central. Morreu em Sonsón, Natioquia 03 março de 2008, assassinado por seu Chefe de Segurança "Rojas", ou Pablo Montoya segundo o Ministério de Defesa da Colômbia.
  3. 3. Foi um membro da União Patriótica , mas para dissolver o agrupamento político de comandos urbanos ingressou na FARC. Também participou do comitê temático e equipe de negociação das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia , durante as negociações de paz entre a guerrilha e o governo do presidente Andrés Pastrana, nos meses de janeiro de 1999 a fevereiro de 2002 . Em novembro 2003, entraria na Secretaria FARC, quando foi nomeado pelo Estado-Maior Central substituindo Efrain Guzman que morreu de uma doença.
  4. 4. Foi acusado de Rebelião, Terrorismo, Narcotrafico e Homicidio. Em 2006, ele foi incluído na Lista de Clinton, o Departamento de Estado dos Estados Unidos afirma que Ríos estabeleceu políticas a respeito da cocaína na Farc, dirigindo e controlando a produção, fabricação e distribuição de centenas de toneladas de cocaína para os Estados Unidos e em outros países, com objetivo de financiar a FARC. Ele também foi acusado da morte de centenas de pessoas, e ofereceu uma recompensa de até 5 milhões de dolares por informações que levem à sua captura e/ou condenação. De acordo com informações obtidas a partir do computador de Ríos depois de sua morte, ele havia autorizado entre 2005 e 2007, a execução de cerca de 200 combatentes suspeitos de ser infiltrados.

×