GESTÃO DE QUALIDADE TOTAL

1.812 visualizações

Publicada em

Apresentação elaborada para uma mini palestra sobre GESTÃO de QUALIDADE TOTAL.

Publicada em: Negócios
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.812
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
62
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

GESTÃO DE QUALIDADE TOTAL

  1. 1. EQUIPE: Diego Araújo Jefferson Moura Katia Mikaelly Mauro Viana Osmar Pinheiro Otaviano Moura Sara Viana
  2. 2. O Compromisso assumido pela Cúpula da Empresa e acordado em todos osR níveis, de fazer da qualidade total o foco das Atenções.IE • Visão, missão e Valores da empresa.NT • Definição do Negócio da Empresa.AÇÃOI Captação de dados e processamento de informações para alimentar oN processo decisório e gerencial.FO • Necessidades dos Clientes;RM • Desempenho dos Concorrentes;A • Demanda ativa e potencialÇÃ • Ambiente externo (Governo, Fiscais, Comunicação)O • Benchmarkings
  3. 3. PL Desdobramento da decisão e orientaçãoAN estratégica em termos de objetivosEJ operacionais, contendo a descrição dosAM recursos e prazos para seu atingimento, assimEN como orçamentos e procedimentos de controleTO pertinentes.ORG Mobilização de Recursos (materiais, humanos e físico-financeiros)AN para que o planejamento possa ser executado com máxima eficáciaIZ e eficiência.AÇÃO
  4. 4. C Produção de Perfeita Compreensão e Acordo, O M Contínua e Sistematicamente. U N - COMUNICAÇÃO INTERNA I C - COMUNICAÇÃO EXTERNA A Ç A Comunicação Interna à nas Empresas é uma prática O que deveria obrigatoriamente fazer parte do dia-a-dia dos colaboradores, com o objetivo de estreitar a relação com a própria empresa, gerando assim maior interatividade e conhecimento. Empresas que utilizam o Google Apps for Para isso, a ComunicaçãoBusiness relatam melhorias na produtividade das precisa ser muito bem dirigida aoequipes de trabalho através do uso das público-alvo, que neste caso sãoferramentas de comunicação e colaboração muito os próprios colaboradores.fáceis de utilizar.
  5. 5. MO Provimento de ações adequadas à movimentação dos processos deTI conscientização, envolvimento e comprometimento requeridos emVA todos os níveisÇÃOLID Acionamento, Monitoração e Controle de todos osER processos desencadeados e promoção da capacitaçãoA contínua das pessoas envolvidasNÇA
  6. 6. A P C D MetaSituação atual
  7. 7. A – ACTION (Agir P – Plan (Planejar) corretivamente ou Padronizar) C – Check (Verificar) D – Do (Executar)PLAN DO CHECK ACTION• Definir metas e objetivos. • Educar, Treinar. • Garantir os • Obter resultados e medidas• Estabelecer meios para • Executar a Tarefa. compará-los. corretivas. Executar.
  8. 8. Causa Causa Fundamental Fundamental Ação de correção CausaFundamental Problema somente para remoção do sintoma Causa Fundamental Problema Causas fundamentais Reincidente do Problema não são investigadas Mesmas causas fundamentais atuam novamente Não são tomadas ações para bloquear as causas fundamentais do problema
  9. 9. • Adicione os problemas remanescentes.• Planeje o que deve ser feito para resolver esses problemas.• Reflita sobre as coisas que transcorreram bem e mal durante a melhoria das atividades.

×