Formas de integração na ue

8.734 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.734
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
32
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
114
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Formas de integração na ue

  1. 1. Trabalho feito por : Mamadú Balde Nº10 Nataniel Garcia Nº13 Nuno Ramos Nº14 Rosa Brito Nº16 Soraia Sanches Nº17 Blogue: http://oscincoeaue.blogspot.com/ Email: oscinco32@gmail.com
  2. 2. Integração económica <ul><li>definição: É um processo que decorre da união das economias nacionais em regiões económicas mais amplas. Prolonga-se por um período igualmente longo , no qual, os países efectuam adaptações económicas que se alargam aos nível social e político, de modo a diminuir as diferenças estruturais entre si. Tem como principal objectivo a manutenção da paz e o desenvolvimento económico entre os países. </li></ul>Assim a integração pode subdividir-se e assumir diferentes formas, que traduzem os diferentes graus de integração, dos quais: - Zona de Comércio Livre - União aduaneira - Mercado Comum - União Económica e Monetária - Integração Politica
  3. 3. Zona de comércio livre <ul><li>Principais objectivos: </li></ul><ul><li>Emerge a partir do acordo entre diversos países com vista a revogar as barreiras alfandegárias e comerciais entre si. </li></ul><ul><li>Elimina os impostos á importação de produtos. </li></ul><ul><li>Facilita a livre circulação de produtos fabricados pelos países terceiros. </li></ul><ul><li>Alem disso cada país mantém a sua própria pauta aduaneira e o seu próprio regime de comercio com terceiros países. </li></ul><ul><li>Na formação desta zona presume que os países que a integram tenham um grau de desenvolvimento comparativamente semelhante. </li></ul>
  4. 4. União aduaneira <ul><li>Principais objectivos: </li></ul><ul><li>Na união aduaneira , coesão entre países, efectua-se a livre circulação de todos os produtos que se encontrem no território dos países-membros (dado que foram eliminados os direitos aduaneiros ás livres trocas de produtos). Este tipo de integração realiza-se quando os países apresentam uma forte relação entre si. </li></ul>
  5. 5. Mercado comum <ul><li>Principais objectivos: </li></ul><ul><li>É a livre circulação de pessoas, serviços e capitais para qualquer país que pertença à união europeia. </li></ul><ul><li>Permite que os trabalhadores se fixem livremente num país de maneira a melhorar as condições de vida (habitação, trabalho, saúde, etc.) </li></ul><ul><li>Livre estabelecimento de empresas num país onde existem condições vantajosas que facilitam valer-se às fontes de capital em todos os Estados-membros . Exemplo: deslocamo-nos para outro país e decidimos estabelecer a nossa empresa. Como vamos precisar de dinheiro para puder geri-la da melhor maneira decidimos recorrer ao crédito nesses mesmos países. </li></ul>
  6. 6. União económica e monetária <ul><li>Principais objectivos: </li></ul><ul><li>Organização das políticas orçamentais, definindo limites para a dívida e o défice públicos. </li></ul><ul><li>Destina-se a manter a harmonia entre os estados membros ,com vista a assegurar uma moeda única, o euro. </li></ul><ul><li>Em 1991, foi assinado um Tratado que fez a divisão desta politica em 3 fases. </li></ul>
  7. 7. União politica <ul><li>Principais objectivos: </li></ul><ul><li>É a ultima fase do processo de integração económica onde é criada uma política comum entre os estados membros. </li></ul>
  8. 8. Formas de integração na UE <ul><li>Vantagens </li></ul><ul><li>Economias de escala </li></ul><ul><li>Intensificação da competição da politica económica </li></ul><ul><li>Aumento do poder de negociação internacional </li></ul><ul><li>Desvantagens </li></ul><ul><li>Desigualdades de desenvolvimento </li></ul><ul><li>Perda de receitas fiscais </li></ul><ul><li>Perda de politicas nacionais e de integração </li></ul>

×