Recentes decisões do FED e BC Europeu:qual o impacto nos seus investimentos?
Estrutura diferenteSubprime e quebra de bancosAção coordenada de BCsCrise de endividamento de governos
Política Econômica: qual o piso?14%                     Juros Real x Nominal com Selic a 7,50%                            ...
Dados EUA: QE3 Resolve?   80                              NUCI pós novembro de 2009                     1600       Estoque...
Espanha            Entrada na Zona do Euro:            moeda forte, juros baixos.                            =            ...
Itália125                   Itália: Relação Dívida/PIB                                       300                     Itáli...
Atividade: Recessão, desemprego e desconfiança                        PIB Zona do Euro x Grécia (%YoY)                    ...
Desaceleração do PIB mundial                                Dados Banco Mundial          2007 2008 2009 2010 2011 2012    ...
Outubro de 2012
Indicadores de atividade em queda em todo o mundo  desemprego elevadoEUA tentando recuperar e desacelerandoChina desaceler...
Grécia: ponta do Iceberg  novas ajudas e renegociações  alongamento de prazoEspanha e Itália: grandes riscos  províncias n...
Países devem cumprir pactuadoRisco moralBundesbank contrário à aquisição indiscriminada detítulos e centralização da polít...
Papel do BCE e outros Organismos Multilaterais(FMI, Comissão Europeia)Mario Draghi mostrando independência consegueaprovar...
Compra de títulos concentrada em 1 a 3 anosSem limites para compras de títulosTodos os títulos esterilizadosSem rating mín...
PIB 2012 entre -0,6% e -0,2%PIB 2013 +0,4% e +1,4% (revisada queda)Inflação abaixo de 2% para 2012 e 2013Espaço para queda...
Manteve juros entre zero e 0,25%Compra de títulos MBS lastreados em hipotecasUS$ 40 bilhões/mêsSem prazo para acabarProrro...
Cortou PIB 2012 para entre 1,7% e 2,0%2013 entre 2,5% e 3,0%cheque em branco para compras  imobiliário melhorando  alerta ...
Retomada do crescimento moderada e de longo prazoChina voltando a liderar, secundada pelos EUAChina:  Novos dirigentes  Ne...
EUA: Programa vai aquecer economia  QE3 menor impacto  Abismo fiscal (imposto e teto dívida)Europa patinando  situação div...
Mobilidade social                     Previsibilidade   Irrelevância do  para classe                    macroeconômica    ...
Melhorando a Produtividade                           Ampliando                  concorrência em crescente do              ...
Mercados com menor aversão ao risco   É preciso colocar para funcionar os programas (BCE, FED)Investidores tendo que redim...
Brasil: mudanças ainda maiores com programas dedesoneração e investimentosAtitude Bacen e FazendaBrasil ainda fundado no c...
Competição difícil pelas novas técnicas  Algoritmo, robôs, alta frequênciaDedicação em tempo integral dos gestores, avalia...
Mercado DomésticoCâmbio                  Bolsa Juros              Commodities    Mercado Internacional
2005   2012
Controles        RentabilidadeProcessos                     Filosofia                 Equipe
R$ 5 mil FerramentasCadastro Único   GestoresIndependentes
Alvaro Bandeira    Sandra Blanco @alvarobandeira    @sandrablanco
Concurso Cultural
Alvaro Bandeira citou que a crise europeia afeta menos o Brasilque a desaceleração da China. Por que isso ocorre?Sandra Bl...
Recentes Decisões do FED e BC Europeu - Expo Money - ÓRAMA
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Recentes Decisões do FED e BC Europeu - Expo Money - ÓRAMA

233 visualizações

Publicada em

Saiba qual o impacto do FED e BC Europeu nos seus investimentos! Palestra de Alvaro Bandeira e Sandra Blanco na Expo Money - RJ.

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
233
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Recentes Decisões do FED e BC Europeu - Expo Money - ÓRAMA

  1. 1. Recentes decisões do FED e BC Europeu:qual o impacto nos seus investimentos?
  2. 2. Estrutura diferenteSubprime e quebra de bancosAção coordenada de BCsCrise de endividamento de governos
  3. 3. Política Econômica: qual o piso?14% Juros Real x Nominal com Selic a 7,50% 14% Juros Real x Nominal com Selic a 7,00%12% 12%10% 10%8% 8%6% 6%4% 4%2% 2% Juros Real Juros Nominal Juros Real Juros Nominal0% 0% jan/09 jul/09 jan/10 jul/10 jan/11 jul/11 jan/12 jul/12 jan/13 jan/09 jul/09 jan/10 jul/10 jan/11 jul/11 jan/12 jul/12 jan/13
  4. 4. Dados EUA: QE3 Resolve? 80 NUCI pós novembro de 2009 1600 Estoques no atacado pós novembro 2009 78 1550 76 1500 74 1450 72 1400 70 1350 68 1300 nov-09 jun-10 jan-11 ago-11 mar-12 nov-09 abr-10 set-10 fev-11 jul-11 dez-11 1 Gastos com consumo pós Novembro 2009 EUA: PPI e CPI pós novembro 2009 (QE2) 8,00,8 6,00,6 4,00,4 2,00,2 0,0 0 -2,0-0,2 -4,0 CPI PPI-0,4 -6,0 nov-09 abr-10 set-10 fev-11 jul-11 dez-11 mai-12 ago-09 dez-09 abr-10 ago-10 dez-10 abr-11 ago-11
  5. 5. Espanha Entrada na Zona do Euro: moeda forte, juros baixos. = População alavancada: boom no preço dos imóveis.75 160 Espanha: Relação Dívida/PIB Espanha:70 68,2 Vencimentos 14065 120 60,160 100 Juros Dívida55 53,2 53,2 8050 42,9 6045 40,7 39,940 36,2 4035 2030 0 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 2021 2022
  6. 6. Itália125 Itália: Relação Dívida/PIB 300 Itália: Vencimentos 120,1120 119,1 250 115,8 200 Juros Dívida115 150110 108,8 106,7 100 105,6 105,8105 104 50100 0 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 2021 2022 1,5 Itália: PIB trimestral 1 0,5 0 -0,5 -1 2T09 1T10 4T10 3T11 2T12
  7. 7. Atividade: Recessão, desemprego e desconfiança PIB Zona do Euro x Grécia (%YoY) Espanha: Taxa de desemprego (%)4,0 10 232,0 20 50,0 17 0 14-2,0 11 Zona do Euro Grécia -5-4,0 8-6,0 -10 5 1T01 1T02 1T03 1T04 1T05 1T06 1T07 1T08 1T09 1T10 1T11 abr-00 nov-01 jul-03 mar-05 nov-06 jul-08 mar-10 nov-11 BCE: Depósitos Overnight (bilhões de Euros) 8 Títulos Italianos e Espanhóis: Yields 10A 7,53700 73200 6,5 62700 Itália Espanha 5,52200 5 4,51700 41200 3,5 nov-99 out-01 set-03 ago-05 jul-07 jun-09 mai-11 01/01/2008 01/02/2010 01/03/2012
  8. 8. Desaceleração do PIB mundial Dados Banco Mundial 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2007 2008 2009 2010 2011 2012 EUA 1,9% -0,3% -3,5% 3,0% 1,6% 1,8% Z.Euro 2,9% 0,4% -4,1% 1,7% 2,1% -0,5% Alemanha 2,7% 1,0% -4,7% 3,5% 2,5% 1,0% Inglaterra 2,7% -0,1% -4,9% 1,3% 1,0% 1,0% 2008 2009 2010 2011 2012 Brasil 5,2% -0,3% 7,5% 2,7% 1,7%Argentina 6,8% 0,9% 9,2% 6,5% 4,0% 2008 2009 2010 2011 2012 Chile 3,7% -1,5% 5,3% 6,0% 4,2% China 9,6% 9,1% 10,3% 9,2% 7,5% México 1,5% -6,5% 5,5% 3,0% 3,0% Japão -1,2% -5,2% 3,9% 0,5% 2,0% 2008 2009 2010 2011 2012 Mundo 2,80% -0,70% 5,10% 3,40% 3,00%
  9. 9. Outubro de 2012
  10. 10. Indicadores de atividade em queda em todo o mundo desemprego elevadoEUA tentando recuperar e desacelerandoChina desacelerando afetando emergentes
  11. 11. Grécia: ponta do Iceberg novas ajudas e renegociações alongamento de prazoEspanha e Itália: grandes riscos províncias necessitando de ajuda (Catalunha, Valencia, Múrcia, etc.) Itália - ajustes mais profundosAlemanha: grande entrave novos governos França, Itália e Espanha unidosPortugal, Irlanda: cumprindo pactuado maior fôlego para ajustes
  12. 12. Países devem cumprir pactuadoRisco moralBundesbank contrário à aquisição indiscriminada detítulos e centralização da política econômica na UEUso dos fundos de resgate europeu presidente Buba solitário e marcando posição
  13. 13. Papel do BCE e outros Organismos Multilaterais(FMI, Comissão Europeia)Mario Draghi mostrando independência consegueaprovar medidas prometidas anteriormenteFED na dependência do BCE para adotar medidas
  14. 14. Compra de títulos concentrada em 1 a 3 anosSem limites para compras de títulosTodos os títulos esterilizadosSem rating mínimoCondicionantes para entrar no programaFMI acompanhará programa
  15. 15. PIB 2012 entre -0,6% e -0,2%PIB 2013 +0,4% e +1,4% (revisada queda)Inflação abaixo de 2% para 2012 e 2013Espaço para queda de juros e remuneração dedepósitos
  16. 16. Manteve juros entre zero e 0,25%Compra de títulos MBS lastreados em hipotecasUS$ 40 bilhões/mêsSem prazo para acabarProrrogação operação twistJuros baixos até meados de 2015
  17. 17. Cortou PIB 2012 para entre 1,7% e 2,0%2013 entre 2,5% e 3,0%cheque em branco para compras imobiliário melhorando alerta de abismo fiscal (fiscal Cliff) PL Famílias: queda de US$ 300 bi no 2º trimestre
  18. 18. Retomada do crescimento moderada e de longo prazoChina voltando a liderar, secundada pelos EUAChina: Novos dirigentes Necessidade de crescimento Investimento em infraestrutura US$ 160 bilhões
  19. 19. EUA: Programa vai aquecer economia QE3 menor impacto Abismo fiscal (imposto e teto dívida)Europa patinando situação diversa por países eventual saída da zona do euroAtuação dos bancos centrais em resposta ao FED eBCE na flexibilizaçãoInflação e juros voltando no futuro, dólar fraco, baixoinvestimento, desemprego
  20. 20. Mobilidade social Previsibilidade Irrelevância do para classe macroeconômica risco político médiaFormalização do Bônus Políticas sociais mercado de demográfico focadas trabalho significativo Mercado deSistema bancário Crédito bancário capitais bem regulado com expansão ampliando dinâmica
  21. 21. Melhorando a Produtividade Ampliando concorrência em crescente do investimentos todos os setores setor privado setoriais de atividade Apetite Investimentos estrangeiro Consolidação das em melhor metas de infraestrutura inflação (nem tanto) com consenso Passivo externo InserçãoImplementação concentrado em internacional por de reformas investimentos ao demanda pormicroeconômicas invés de dívida commodities externa
  22. 22. Mercados com menor aversão ao risco É preciso colocar para funcionar os programas (BCE, FED)Investidores tendo que redimensionar posições emativos de riscoMudanças de prioridades setoriais Necessidade de ser mais agressivo com consciência
  23. 23. Brasil: mudanças ainda maiores com programas dedesoneração e investimentosAtitude Bacen e FazendaBrasil ainda fundado no consumo, redução de juros ecompulsórioSetor de energia e carteiras fundadas em dividendos
  24. 24. Competição difícil pelas novas técnicas Algoritmo, robôs, alta frequênciaDedicação em tempo integral dos gestores, avaliaçõesglobais, reuniões com executivos e fornecedoresNecessidade de diversificar corretamente
  25. 25. Mercado DomésticoCâmbio Bolsa Juros Commodities Mercado Internacional
  26. 26. 2005 2012
  27. 27. Controles RentabilidadeProcessos Filosofia Equipe
  28. 28. R$ 5 mil FerramentasCadastro Único GestoresIndependentes
  29. 29. Alvaro Bandeira Sandra Blanco @alvarobandeira @sandrablanco
  30. 30. Concurso Cultural
  31. 31. Alvaro Bandeira citou que a crise europeia afeta menos o Brasilque a desaceleração da China. Por que isso ocorre?Sandra Blanco citou 3 principais vantagens de se investir emFundos de Investimentos. Cite 2 vantagens.Qual a principal missão da ÓRAMA?

×