APRESENTAÇÃO1. CONCEITOS FILOSÓFICOS2. MODELO DE TRABALHO3. GESTÃO DA ORGANIZAÇÃO
EMOÇÃO COM RESULTADOS                  EXPERIÊNCIASALMA                                                EMOÇÃO             ...
CONCEITO DE VOLUNTÁRIOÉ toda pessoa ou organização que motivada pelos     valores de participação e solidariedadedisponibi...
RESPONSABILIDADE SOCIAL INDIVIDUAL   Trabalhar os valores internos faz despertar  na pessoa seu verdadeiro valor, o que a ...
TRANSFORMAÇÃO CULTURAL                   Parceiros                Indivíduo       Comunidade      SociedadeIndivíduo      ...
“Toda ordem social é criada por nós. O agir ounão agir de cada um, contribui para a formação  e consolidação da ordem em q...
Visão              Crenças e Valores                  Missão       Disseminar                               Fazer         ...
VISÃO  SER UM MOVIMENTO DISSEMINADOR DACULTURA DO VOLUNTARIADO ORGANIZADO NO BRASIL, VISANDO PESSOAS, COMUNIDADES E     UM...
MISSÃOPOTENCIALIZAR O DESENVOLVIMENTO HUMANO,  ATRAVÉS DO INCENTIVO AO VOLUNTARIADO  ORGANIZADO E ASSESSORAMENTO ÀS OSCS, ...
CRENÇAS E VALORES• TODA A PESSOA É SOLIDÁRIA E UM VOLUNTÁRIO EM  POTENCIAL.• A FILANTROPIA E O EXERCÍCIO DA CIDADANIA, PEL...
CRENÇAS E VALORES• TODO TRABALHO VOLUNTÁRIO TRAZ RETORNO PARA  A COMUNIDADE E PARA AS PESSOAS QUE O  REALIZAM.• A PRÁTICA ...
APRESENTAÇÃO1. CONCEITOS FILOSÓFICOS2. MODELO DE TRABALHO3. GESTÃO DA ORGANIZAÇÃO
MOBILIZADORA               COMPETÊNCIASARTICULADORA FORMADORAESTIMULADORA   DE REDESMEDIDORA DE IMPACTOS
MOBILIZADORAQuem mobiliza causa movimentação e predispõe   à ação. Conclama pessoas a participarem de     uma atividade so...
Visão              Crenças e Valores                  Missão       Disseminar                               Fazer         ...
PROGRAMA VOLUNTÁRIO PESSOA FÍSICAConscientizar pessoas para a realização de ações   sociais organizadas, indicando caminho...
PROGRAMA VOLUNTÁRIO PESSOA JURÍDICA Sensibilizar a empresa para ver-se como agente     estimulador de seus colaboradores, ...
PARCEIROS JOVENS VOLUNTÁRIOS• Criar condições que favoreçam a reflexão dos  jovens a respeito da Responsabilidade Social  ...
PÚBLICOS            Jovem           Educador            Diretor             Pais
TRIBOS NAS TRILHAS DA CIDADANIA• O QUE É?  Ação de mobilização para os jovens que  busca estimular e desenvolver a cultura...
COMO FUNCIONA?• Jovens e escolas formam uma Tribo.• Escolhem uma Trilha e realizam no mínimo quatro  ações voluntárias em ...
QUALIFICAÇÃO DE EDUCADORES  QUALIFICAÇÃO DE EDUCADORES EM PARTICIPAÇÃO     SOCIAL SOLIDÁRIA E MOBILIZAÇÃO JUVENILObjetivo:...
Conteúdo:I. Desenvolvimento do Potencial HumanoII. Cenário Educacional – Missão da EducaçãoIII. Juventudes, Participação S...
CRIANÇA SÉCULO XXIObjetivo:Contribuir para o desenvolvimento da criança,  considerando os aspectos físicos, emocionais, af...
PROGRAMA DAS ORGANIZAÇÕESDA SOCIEDADE CIVILObjetivos:•Conveniar com Organizações que tenham      condições dereceber volun...
ARTICULADORAQue estabelece contatos, combinações, que une,       junta, liga; diz-se de algo preparado   meticulosamente, ...
PARCEIROS            DESENVOLVIMENTO DE PRÍNCIPIOS DE TRANSPARÊNCIA E            PRESTAÇÃO DE CONTAS – (PCT) EM ORGANIZAÇÕ...
DESENVOLVIMENTO DE PRÍNCIPIOS DE TRANSPARÊNCIA E PRESTAÇÃODE CONTAS – (PCT) EM ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL – (OSC)    ...
FORMADORA    Que atinge uma grande quantidade de   pessoas e influencia na formação de seus      conceitos, ideias, crença...
METODOLOGIAS
METODOLOGIAS
Gestão para a Sustentabilidade das Organizações da Sociedade CivilObjetivo: Capacitar dirigentes e técnicos de Organizaçõe...
ESTIMULADORA DE REDESDar incentivo a; despertar ânimo, o interesse, obrio de, encorajar, incentivar, incitar. Empenhar-   ...
OBJETIVOS DA REDE    Levar a cultura do trabalho voluntário    organizado a todos os municípios do Rio  Grande do Sul, vis...
A REDE         1 - Região Fronteira         2 – Região Sul         3 - Região do Vale dos Sinos         4 – Região Metropo...
INDICADORES DA REDE                                               Acumulado até Número de Participantes no Voluntariado   ...
MEDIDORA DE IMPACTOS  Que ou quem mede, toma medidas. Avaliar aimportância, o valor comparado com outra coisa;   ponderar....
APRESENTAÇÃO1. CONCEITOS FILOSÓFICOS2. MODELO DE TRABALHO3. GESTÃO DA ORGANIZAÇÃO
GESTÃO    FATORES QUE GARANTEM RESULTADOS                LIDERANÇA                PESSOAS     CONHECIMENTO           MÉTODO
NOSSO VERDADEIRO PAPEL        SER POTENCIALIZADORA          DAS CAUSAS SOCIAIS        VOLUNTÁRIOS + GESTÃO
Não vamos lutar por estemundo novo que aspiramos.Mas iremos construí-lo juntos!
MANTENEDORES
APOIADORES
ONG PARCEIROS VOLUNTÁRIOS NA WEB   www.parceirosvoluntarios.org.br   facebook.com/parceirosvoluntarios   @PVoluntarios   b...
Apresentação Institucional ONG Parceiros Voluntários
Apresentação Institucional ONG Parceiros Voluntários
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação Institucional ONG Parceiros Voluntários

2.622 visualizações

Publicada em

Revisão Abril 2013

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.622
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
47
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Reunião com Presidetes das ACEIS com participação de 10 regiões da Rede
  • Apresentação Institucional ONG Parceiros Voluntários

    1. 1. APRESENTAÇÃO1. CONCEITOS FILOSÓFICOS2. MODELO DE TRABALHO3. GESTÃO DA ORGANIZAÇÃO
    2. 2. EMOÇÃO COM RESULTADOS EXPERIÊNCIASALMA EMOÇÃO TRANSFORMADORAS PARCEIROS VOLUNTÁRIOS GESTÃO MÉTODO PARA PROFISSIONAL O VOLUNTARIADO ORGANIZADOMENTE PODER DE MOBILIZAÇÃO EM REDES
    3. 3. CONCEITO DE VOLUNTÁRIOÉ toda pessoa ou organização que motivada pelos valores de participação e solidariedadedisponibiliza seu tempo, conhecimento e emoção para causas de interesse social e comunitário.
    4. 4. RESPONSABILIDADE SOCIAL INDIVIDUAL Trabalhar os valores internos faz despertar na pessoa seu verdadeiro valor, o que a torna mais ativa e socialmente transformadora do mundo ao seu redor.
    5. 5. TRANSFORMAÇÃO CULTURAL Parceiros Indivíduo Comunidade SociedadeIndivíduo OSC Melhor Melhor Voluntários Melhor Potencializadora de Agente todas as causas transformador Qualidade de vida e sociais da realidade. Ser cidadania Humano Integral
    6. 6. “Toda ordem social é criada por nós. O agir ounão agir de cada um, contribui para a formação e consolidação da ordem em que vivemos.” José Bernardo Toro Sociólogo Colombiano
    7. 7. Visão Crenças e Valores Missão Disseminar Fazer Sistematizar CONVOCATÓRIA ENGAJAMENTO FORMAÇÃO Visão Integral do Voluntariado • Voluntários• Website e Redes Sociais Parceiros Jovens • Crianças• Palestras Voluntários • Jovens Voluntário Voluntário• Congressos • Educadores Pessoa Pessoa• Seminário Internacional • Líderes Sociais Física Jurídica Tribos nas Criança Pare Pense Trilhas da Século • Empresários• Prêmio Parceiros Voluntários Cidadania XXI •• Relatório Anual Colaboradores• Newsletters • Consultores• Programa Cidadão Legal (TV BAND) OSC (Organizações da Sociedade Civil) e Demandas Sociais• Articulação / Conexão REDE = 48 cidades no Rio Grande do Sul
    8. 8. VISÃO SER UM MOVIMENTO DISSEMINADOR DACULTURA DO VOLUNTARIADO ORGANIZADO NO BRASIL, VISANDO PESSOAS, COMUNIDADES E UMA SOCIEDADE MAIS SOLIDÁRIA.
    9. 9. MISSÃOPOTENCIALIZAR O DESENVOLVIMENTO HUMANO, ATRAVÉS DO INCENTIVO AO VOLUNTARIADO ORGANIZADO E ASSESSORAMENTO ÀS OSCS, VISANDO A SOLUÇÃO DAS DEMANDAS SOCIAIS DAS COMUNIDADES.
    10. 10. CRENÇAS E VALORES• TODA A PESSOA É SOLIDÁRIA E UM VOLUNTÁRIO EM POTENCIAL.• A FILANTROPIA E O EXERCÍCIO DA CIDADANIA, PELA PRÁTICA DO VOLUNTARIADO, SÃO INDISPENSÁVEIS PARA A TRANSFORMAÇÃO SOCIAL.• O VOLUNTARIADO ORGANIZADO É A BASE DO DESENVOLVIMENTO DO TERCEIRO SETOR.
    11. 11. CRENÇAS E VALORES• TODO TRABALHO VOLUNTÁRIO TRAZ RETORNO PARA A COMUNIDADE E PARA AS PESSOAS QUE O REALIZAM.• A PRÁTICA DO PRINCÍPIO DA SUBSIDIARIEDADE É INDISPENSÁVEL À AUTONOMIA DAS COMUNIDADES PARA O SEU DESENVOLVIMENTO.• O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL É ALCANÇADO PELA INTERAÇÃO ENTRE OS SISTEMAS ECONÔMICO, SOCIAL E AMBIENTAL.
    12. 12. APRESENTAÇÃO1. CONCEITOS FILOSÓFICOS2. MODELO DE TRABALHO3. GESTÃO DA ORGANIZAÇÃO
    13. 13. MOBILIZADORA COMPETÊNCIASARTICULADORA FORMADORAESTIMULADORA DE REDESMEDIDORA DE IMPACTOS
    14. 14. MOBILIZADORAQuem mobiliza causa movimentação e predispõe à ação. Conclama pessoas a participarem de uma atividade social, política ou de outra natureza, insuflando-lhes entusiasmo, vontade, etc.
    15. 15. Visão Crenças e Valores Missão Disseminar Fazer Sistematizar CONVOCATÓRIA ENGAJAMENTO FORMAÇÃO Visão Integral do Voluntariado • Voluntários• Website e Redes Sociais Parceiros Jovens • Crianças• Palestras Voluntários • Jovens Voluntário Voluntário• Congressos • Educadores Pessoa Pessoa• Seminário Internacional • Líderes Sociais Física Jurídica Tribos nas Criança Pare Pense Trilhas da Século • Empresários• Prêmio Parceiros Voluntários Cidadania XXI •• Relatório Anual Colaboradores• Newsletters • Consultores• Programa Cidadão Legal (TV BAND) OSC (Organizações da Sociedade Civil) e Demandas Sociais• Articulação / Conexão REDE = 48 cidades no Rio Grande do Sul
    16. 16. PROGRAMA VOLUNTÁRIO PESSOA FÍSICAConscientizar pessoas para a realização de ações sociais organizadas, indicando caminhos de realização para aqueles que sempre quiseram fazer alguma coisa mas não sabiam como.
    17. 17. PROGRAMA VOLUNTÁRIO PESSOA JURÍDICA Sensibilizar a empresa para ver-se como agente estimulador de seus colaboradores, para o exercício da Responsabilidade Social Individual e a importância de sua participação em projetos sociais da comunidade, por intermédio da disponibilização de recursos humanos e transferência de conhecimentos.
    18. 18. PARCEIROS JOVENS VOLUNTÁRIOS• Criar condições que favoreçam a reflexão dos jovens a respeito da Responsabilidade Social Individual e Cidadania;• Estimular que o jovem assuma um papel ativo em suas comunidades;• Proporcionar ao jovem o exercício da liderança, da atitude empreendedora, da criatividade e espírito de equipe.
    19. 19. PÚBLICOS Jovem Educador Diretor Pais
    20. 20. TRIBOS NAS TRILHAS DA CIDADANIA• O QUE É? Ação de mobilização para os jovens que busca estimular e desenvolver a cultura do voluntariado no Rio Grande do Sul• A QUEM SE DESTINA? Flyer 2013 Aos jovens estudantes das escolas de ensino fundamental e / ou médio do Rio Grande do Sul. Podem participar também desta Ação, familiares e pessoas da comunidade onde as escolas estão inseridas. Cartaz Trilhas 2013
    21. 21. COMO FUNCIONA?• Jovens e escolas formam uma Tribo.• Escolhem uma Trilha e realizam no mínimo quatro ações voluntárias em suas comunidades.• Trilhas: Meio Ambiente, Cultura e Educação para Paz.
    22. 22. QUALIFICAÇÃO DE EDUCADORES QUALIFICAÇÃO DE EDUCADORES EM PARTICIPAÇÃO SOCIAL SOLIDÁRIA E MOBILIZAÇÃO JUVENILObjetivo:•Proporcionar momentos de reflexão e qualificação paraeducadores em Participação Social Solidária e Voluntáriavisando à formação do jovem como agente mobilizador,articulador e empreendedor, frente a desafios cotidianose à integração escola/comunidade, com base nasolidariedade e Responsabilidade Social Individual.
    23. 23. Conteúdo:I. Desenvolvimento do Potencial HumanoII. Cenário Educacional – Missão da EducaçãoIII. Juventudes, Participação Social Solidária e VoluntáriaIV. Proposta Educativa e Estratégias para Mobilização Juvenil• Carga horária:• Total Ensino Presencial - 40h Total Ensino à Distância - 20h
    24. 24. CRIANÇA SÉCULO XXIObjetivo:Contribuir para o desenvolvimento da criança, considerando os aspectos físicos, emocionais, afetivos e sociais, ao reconhecer as crianças como seres íntegros, que aprendem a ser e conviver consigo próprias, com os demais e o meio ambiente de maneira articulada e gradual.
    25. 25. PROGRAMA DAS ORGANIZAÇÕESDA SOCIEDADE CIVILObjetivos:•Conveniar com Organizações que tenham condições dereceber voluntários;•Capacitação para Formação de Coordenadores de Voluntários;•Capacitação Gerencial dentro dos conceitos da Qualidade Total;•Capacitação em Desenvolvimento de Lideranças;•Capacitação em formação de Redes de Colaboração.
    26. 26. ARTICULADORAQue estabelece contatos, combinações, que une, junta, liga; diz-se de algo preparado meticulosamente, avaliando-se os prós e oscontras de cada passo a ser dado para chegar-se a um determinado objetivo.
    27. 27. PARCEIROS DESENVOLVIMENTO DE PRÍNCIPIOS DE TRANSPARÊNCIA E PRESTAÇÃO DE CONTAS – (PCT) EM ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL – (OSC) GESTÃO PARA SUSTENTABILIDADE, EMPREENDEDORISMO E REDES COLABORATIVAS JOVEM DE FUTURO QUALIDADE TOTAL NO ENSINO MÉDIO REDE CONCERTO SOCIAL REDE PARCERIA SOCIAL
    28. 28. DESENVOLVIMENTO DE PRÍNCIPIOS DE TRANSPARÊNCIA E PRESTAÇÃODE CONTAS – (PCT) EM ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL – (OSC) PROJETO DE ENSINO À DISTÂNCIA VISÃO INTEGRAL DO VOLUNTARIADO PROJETO VOLUNTÁRIOS EM AÇÃO
    29. 29. FORMADORA Que atinge uma grande quantidade de pessoas e influencia na formação de seus conceitos, ideias, crenças e valores. Que ou aquele que educa, que forma intelectual e/ou moralmente (alguém), educador, professor, mestre.
    30. 30. METODOLOGIAS
    31. 31. METODOLOGIAS
    32. 32. Gestão para a Sustentabilidade das Organizações da Sociedade CivilObjetivo: Capacitar dirigentes e técnicos de Organizações da Sociedade Civil para uma atuaçãoqualificada da Organização na comunidade em que está inserida.
    33. 33. ESTIMULADORA DE REDESDar incentivo a; despertar ânimo, o interesse, obrio de, encorajar, incentivar, incitar. Empenhar- se para que algo seja criado, realizado ou intensificado, impulsionar, promover.
    34. 34. OBJETIVOS DA REDE Levar a cultura do trabalho voluntário organizado a todos os municípios do Rio Grande do Sul, visando com isso a autonomia das comunidades para seu desenvolvimento.
    35. 35. A REDE 1 - Região Fronteira 2 – Região Sul 3 - Região do Vale dos Sinos 4 – Região Metropolitana/Litoral 5 - Região da Serra 6 – Região das Hortênsias 7 – Região Central/Taquari/Rio Pardo 8 – Região da Produção/Noroeste
    36. 36. INDICADORES DA REDE Acumulado até Número de Participantes no Voluntariado Dezembro 2012 Voluntários Mobilizados 391.609 Escolas Mobilizadas 2.009 Empresas Mobilizadas 2.542 Organizações da Sociedade Civil Mobilizadas 2.774 Cidades Mobilizadas 48 Beneficiados (em torno de) 1.565.000
    37. 37. MEDIDORA DE IMPACTOS Que ou quem mede, toma medidas. Avaliar aimportância, o valor comparado com outra coisa; ponderar. Impressão ou efeito muito fortes deixados por certa ação ou acontecimento.
    38. 38. APRESENTAÇÃO1. CONCEITOS FILOSÓFICOS2. MODELO DE TRABALHO3. GESTÃO DA ORGANIZAÇÃO
    39. 39. GESTÃO FATORES QUE GARANTEM RESULTADOS LIDERANÇA PESSOAS CONHECIMENTO MÉTODO
    40. 40. NOSSO VERDADEIRO PAPEL SER POTENCIALIZADORA DAS CAUSAS SOCIAIS VOLUNTÁRIOS + GESTÃO
    41. 41. Não vamos lutar por estemundo novo que aspiramos.Mas iremos construí-lo juntos!
    42. 42. MANTENEDORES
    43. 43. APOIADORES
    44. 44. ONG PARCEIROS VOLUNTÁRIOS NA WEB www.parceirosvoluntarios.org.br facebook.com/parceirosvoluntarios @PVoluntarios blog.parceirosvoluntarios.org.br youtube.com/parceirosvoluntarios picasaweb.google.com/parceirosvoluntarios falapv@parceirosvoluntarios.org.br

    ×