Encontro Estadualda Rede Parceiros   Voluntários 24 de julho de 2012
AGENDA1   QUEM SOMOS2   MÉTODO GERENCIAL3   PROJETO NA PARCEIROS VOLUNTÁRIOS
Quem Somos  Referência Mundial  O Professor Falconi é sócio-fundador do INDG e considerado um dos mais renomados  consulto...
Quem Somos  Geral  Maior consultoria de gestão do Brasil.    Global: 25 países    Diversificada: 50 segmentos    Bem estru...
Quem Somos  Características  Maior consultoria de gestão do Brasil.    Metas claramente expressas nos contratos       Toda...
Quem Somos  Nossos Clientes atuam no Setor Público e Privado                                                      Setor   ...
Quem Somos  Alguns Clientes do Setor Público                    Esfera Federal                       26 Órgãos            ...
Quem Somos  Alguns Clientes do Setor Privado                    Siderurgia                       74 clientes              ...
Quem Somos  Reconhecimento                    Entre as 100 Melhores e Maiores                   Empresas da Revista Exame ...
AGENDA1   QUEM SOMOS2   MÉTODO GERENCIAL3   PROJETO NA PARCEIROS VOLUNTÁRIOS
Método Gerencial  Fatores Críticos de Sucesso  “Sempre ouvi a frase: ‘Informação é poder!’  Não acredito muito nela.  As o...
Método Gerencial  Sistema de Gestão do INDG              5 Anos        GERENCIAMENTO ESTRATÉGICO            Estabelecer   ...
Método Gerencial  Sistema de Gestão do INDG                                                Problemas              5 Anos  ...
AGENDA1   QUEM SOMOS2   MÉTODO DE TRABALHO3   PROJETO NA PARCEIROS VOLUNTÁRIOS
Projeto na Parceiros Voluntários   O Método PDCA aplicado à Reestruturação Organizacional e de   Processos                ...
Projeto na Parceiros Voluntários   A Reestruturação Organizacional e de Processos envolve elementos   essenciais ao alcanc...
PROPÓSITOO                   "Potencializar o desenvolvimento humano, por intermédio do voluntariado organizado, para a so...
Projeto na Parceiros Voluntários      Partindo do novo mapa estratégico, estes foram os processos priorizados      pela Li...
Projeto na Parceiros Voluntários   Exemplos de melhorias propostas    Desenvolver a Rede PV:        Agrupamento das unid...
Projeto na Parceiros Voluntários   Modelo conceitual de Rede considerado no reprojeto                     Atuação no Estad...
Reestruturação Organizacional e de Processos  Modelo de Estrutura Matricial de Gestão aplicável à PV                      ...
Projeto na Parceiros Voluntários   Uma sistemática disciplinada de acompanhamento dos planos   de ação garante a implantaç...
“Liderar é bater metasconsistentemente, com o time       fazendo certo.”                   Vicente Falconi Campos         ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação INDG 25º Encontro Estadual da Rede Parceiros Voluntários

1.530 visualizações

Publicada em

Apresentação INDG 25º Encontro Estadual da Rede Parceiros Voluntários

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.530
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação INDG 25º Encontro Estadual da Rede Parceiros Voluntários

  1. 1. Encontro Estadualda Rede Parceiros Voluntários 24 de julho de 2012
  2. 2. AGENDA1 QUEM SOMOS2 MÉTODO GERENCIAL3 PROJETO NA PARCEIROS VOLUNTÁRIOS
  3. 3. Quem Somos Referência Mundial O Professor Falconi é sócio-fundador do INDG e considerado um dos mais renomados consultores em gestão no Brasil e no mundo* Revista Exame / nov.2009 Vicente Falconi Revista HSM Management / dez.2009 Revista HSM Management / ago.2008 Fundador * Segundo a Revista “Quality Progress”, da American Society for Quality Control
  4. 4. Quem Somos Geral Maior consultoria de gestão do Brasil. Global: 25 países Diversificada: 50 segmentos Bem estruturada: 1000 consultores Soluções específicas Setor público Setor privado Terceiro setor Source: Gestão do Conhecimento INDG/2011
  5. 5. Quem Somos Características Maior consultoria de gestão do Brasil. Metas claramente expressas nos contratos Todas as propostas possuem um objetivo ligado a um indicador financeiro. Ensinar fazendo Trabalho é inteiramente realizado na empresa ou na instituição. Multiplicar o conhecimento no cliente As metas devem ser alcançadas pela própria equipe do cliente.
  6. 6. Quem Somos Nossos Clientes atuam no Setor Público e Privado Setor Privado* Siderurgia Mineração Financeiro Setor Alimentício Químico/Petroquímico Público Construção Civil Comércio varejista Esfera Federal + 43 segmentos Esfera Estadual Esfera Municipal * 7 Segmentos mais representativos do PIB brasileiro
  7. 7. Quem Somos Alguns Clientes do Setor Público Esfera Federal 26 Órgãos Federais Esfera Estadual 229 Órgãos Estaduais Setor Público Esfera Municipal 69 Órgãos Municipais
  8. 8. Quem Somos Alguns Clientes do Setor Privado Siderurgia 74 clientes 849 frentes Setor Privado Mineração 17 clientes 278 frentes Financeiro 38 clientes 268 frentes
  9. 9. Quem Somos Reconhecimento Entre as 100 Melhores e Maiores Empresas da Revista Exame 81% são ou já foram clientes do INDG.
  10. 10. AGENDA1 QUEM SOMOS2 MÉTODO GERENCIAL3 PROJETO NA PARCEIROS VOLUNTÁRIOS
  11. 11. Método Gerencial Fatores Críticos de Sucesso “Sempre ouvi a frase: ‘Informação é poder!’ Não acredito muito nela. As organizações estão cheias de informações em seus computadores e não sabem o que fazer com elas! Capacidade analítica aliada e conhecimento aliados a uma Liderança que faça acontecer são O Verdadeiro Poder!” Vicente Falconi Campos
  12. 12. Método Gerencial Sistema de Gestão do INDG 5 Anos GERENCIAMENTO ESTRATÉGICO Estabelecer Políticas metas Ações longo prazo Objetivos Gerenciamento METAS ANUAIS de Projetos 1 Ano Estabelecer e Melhorias Inovações atingir metas médio prazo Dia a dia SISTEMA DE PADRONIZAÇÃO Manter resultados Gerenciamento da Rotina do Trabalho do Dia a Dia RESULTADOS
  13. 13. Método Gerencial Sistema de Gestão do INDG Problemas 5 Anos GERENCIAMENTO ESTRATÉGICO crônicos Meta Estabelecer Políticas prioritários metas Ações longo prazo Objetivos D C Plano Gerenciamento METAS ANUAIS de Projetos 1 Ano Estabelecer e Melhorias Inovações P A atingir metas médio prazo Execução Plano Dia a dia SISTEMA DE PADRONIZAÇÃO Ação corretiva Manter (diária) Padrões resultados Gerenciamento da Rotina do Trabalho do Dia a Dia D C RESULTADOS Resultados S A Verificação Execução
  14. 14. AGENDA1 QUEM SOMOS2 MÉTODO DE TRABALHO3 PROJETO NA PARCEIROS VOLUNTÁRIOS
  15. 15. Projeto na Parceiros Voluntários O Método PDCA aplicado à Reestruturação Organizacional e de Processos Detalhamento do problema Mapeamento da estrutura atual e da cadeia de processos Mapeamento da situação atual dos • Reprojeto da Estrutura • Reprojeto da Estrutura processos P Organizacional e dos Processos Organizacional e dos Processos Reprojeto e padronização dos processos Reprojeto da estrutura organizacional Planejamento integrado de Implantação D • Execução • Execução Execução do plano de implantação C • Acompanhamento da • Acompanhamento da Acompanhamento dos resultados e implantação e ações corretivas implantação e ações corretivas da implantação A
  16. 16. Projeto na Parceiros Voluntários A Reestruturação Organizacional e de Processos envolve elementos essenciais ao alcance dos Resultados Estratégicos da PV ESTRATÉGIAS DA PARCEIROS VOLUNTÁRIOS Representa as Representa a cadeia de competências, habilidades processos da organização e e comportamento o inter-relacionamento necessárias à equipe, bem entre processos finalísticos como seu quantitativo. e de apoio. Processos Pessoas Tecnologia e Estrutura Representa a forma de Infraestrutura Representa a visão da organização e divisão do Tecnologia como trabalho, envolvendo viabilizadora das responsabilidade, MUDANÇAS em cada um autoridade, decisão e dos elementos anteriores e comunicação. da integração entre eles. RESULTADOS
  17. 17. PROPÓSITOO "Potencializar o desenvolvimento humano, por intermédio do voluntariado organizado, para a solução das demandas sociais da comunidade." Potencializar as OSCs Estimular a realização Para atendimentos da da RSE/CVC nas Estimular o ensino da RSI Empresas Demandas Sociais Instituições EducacionaisFOCO ESTRATÉGICO Mobilizar e Ativar Recursos Humanos Voluntários Potencializar a REDE Parceiros Voluntários Disseminar Conhecimentos Sistematizados em Metodologias, Tecnologias Sociais e TI Parcerias e/ou Mantenedores/ Projetos com Parcerias Apoiadores Empresas e Governamentais Processos Finalísticos PROCESSOS INTERNOS InstituiçõesSUSTENTABILIDADE FINANCEIRA Processos de Apoio Certificações Pessoas Mobilizadora Fortalecimento da Estimular aAPRENDIZADO Articuladora Realizadas e com Adotar PESSOAS E Formadora de Pessoas e Competências p/ Cultura cientifidade do Instituições Estimuladora de Rede Organizacional Modelo conhecimentos atingimento das Estratégias Medidora de Resultados Princípios & Valores Mental p TI da PV
  18. 18. Projeto na Parceiros Voluntários Partindo do novo mapa estratégico, estes foram os processos priorizados pela Liderança e seu impacto sobre os objetivos estratégicos da PV Assessorar as Captar Desenvolver Instit. Educac. Assessorar Foco Estratégico Processos recuros para o OSC de Projetos a Rede desenv. da RSIPotencializar as OSCspara atendimentos das Demandas Sociais ✪ ✪ ✪Mobilizar e Ativar Recursos HumanosVoluntários ✪ ✪ ✪ ✪Potencializar a REDE Parceiros Voluntários ✪ ✪ ✪Disseminar Conhecimentos Sistematizados emMetodologias, Tecnologias Sociais e TI ✪ ✪ ✪ ✪Estimular a realização da RSE nas Empresas ✪Atuar Projetos de Voluntariado própriose de Terceiros ✪ ✪ ✪ ✪Estimular o ensino da RSI nas InstituiçõesEducacionais ✪ ✪ ✪ Impacto dos processos prioritários sobre os objetivos estratégicos da PV
  19. 19. Projeto na Parceiros Voluntários Exemplos de melhorias propostas  Desenvolver a Rede PV:  Agrupamento das unidades por similaridade de municípios, visando identificar as boas práticas e multiplicá-las na Rede.  Assessorar IEs para o desenvolvimento da RSI:  Estabelecer acompanhamento sistemático das ações das tribos;  Criar informativo mensal com as principais ações desenvolvidas pelas tribos.  Assessorar OSC:  Foco do processo é no atendimento da demanda e não no desejo do voluntário;  Caso não haja voluntário cadastrado para atender uma demanda, deverá se partir para uma captação dirigida.
  20. 20. Projeto na Parceiros Voluntários Modelo conceitual de Rede considerado no reprojeto Atuação no Estado Instituição de Ensino Unidade 1 OSC Regional 1 Unidade 2 Empresa RS Regional 2 Unidade n Regional n Gestão de Rede PV Atuação Fora do Estado RJ IPP Estado X SEDUC X
  21. 21. Reestruturação Organizacional e de Processos Modelo de Estrutura Matricial de Gestão aplicável à PV Gestão da Rede Unidades OSC Empresa Instituição Ensino Gestão do Conhecimento Gestão do Voluntariado em IEs Gestão do Voluntariado em Empresas Gestão OSC Áreas de Suporte
  22. 22. Projeto na Parceiros Voluntários Uma sistemática disciplinada de acompanhamento dos planos de ação garante a implantação das melhorias Desenvolvimento dos Planos de Ação ção Planos de a para implantar as alterações propostas ... Estruturação do Acompanhamento dos Planos .
  23. 23. “Liderar é bater metasconsistentemente, com o time fazendo certo.” Vicente Falconi Campos Muito Obrigado!

×