Raquel de Oliveira Silva<br />Matrícula: 10212080135/ Nova Friburgo;<br />Waldelice da Silva   <br />Matricula :2009120827...
Prática educativa de qualidade e utilização de novas tecnologias<br />
Nessa perspectiva, o educador deve:<br />Assumir papel fundamental  como mediador das aprendizagens , sobretudo como model...
A ESCOLA DEVE SE ADAPTAR A ESTA NOVA REALIDADEA partilha e a troca de experiências, idéias e questões sobre o mundo fazem ...
A responsabilidade dos professores é enorme , pois o seu modo de  utilizar a  tecnologia pode fazer toda a diferença<br />
O professor que tem clareza acerca de seus objetivos certamente saberá escolher as atividades que promoverão mais aprendiz...
Professores e alunos devem aprender juntos, rompendo a idéia convencional de que o professor  deve ter todo o conhecimento...
O educador na EAD deve levar o aluno a ser reflexivo e questionador, consciente de que assim como a tecnologia muda consta...
Computadores e internet na escola, por si sós, não garantem a inclusão dos alunos e professores nesta cibercultura. Para q...
Dessa forma, contribuir para o desenvolvimento deste novo saber que inclui a síntese das múltiplas linguagens deve ser, ta...
Estamos passando por uma transição, onde o indivíduo que era apenas leitor e receptor de conhecimentos passa a ser on-line...
O Professor de EAD e sua prática pedagógica<br />“O professor se transforma <br />agora no estimulador da <br />curiosidad...
Esse acesso ás  novas tecnologias usadas na EAD,  libertam o homem das limitações de espaço, permitindo que os milhares de...
A função do professor está mudando e ele será um formulador de problemas, um provocador de interrogações e um coordenador ...
Uma formação de qualidade é articulada com instrução, desenvolvimento de conhecimento e formação para a cidadania. A práti...
A formação de professores em novas tecnologias permite que cada professor perceba, desde sua própria realidade, interesses...
O fato de só colocar computadores em uma escola raras vezes traz impacto significativo. Para atingir efeitos positivos, é ...
Se espera do professor no século XXI que ele seja aquele que ajude a tecer a trama do desenvolvimento individual e coletiv...
Observar e mediar a 					interação dos alunos, 				analisando a participação <br />de cada um, buscando identificar<br />e...
O educador deve se conscientizar  de que o aprendiz é sujeito ativo no processo de construção de seu conhecimento, e assim...
Sendo assim para que tenhamos uma prática educativa de qualidade na EAD,  usando as novas tecnologias como suporte para in...
    promovendo encontros presenciais e virtuais, nos quais os participantes da rede possam ter a oportunidade de estabelec...
Referências Bibliográficas<br />CASTRO.Andrea de Farias, ALFABETIZAÇÃO DIGITAL: Uma necessidade social no contexto escolar...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ad1 de ead

176 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
176
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ad1 de ead

  1. 1. Raquel de Oliveira Silva<br />Matrícula: 10212080135/ Nova Friburgo;<br />Waldelice da Silva   <br />Matricula :20091208273  /Maracanã<br />Denise de Abreu Ferreira<br />Matrícula:20081208846 /Maracanã<br />NatháliaLopes Anjos<br />Matrícula: 2009220814-2/ Nova Iguaçu<br />AD1 DE EAD<br />Aluno: Washington de Oliveira e Silva<br />Matrícula: 20082208074<br />Polo: Petrópolis<br />
  2. 2. Prática educativa de qualidade e utilização de novas tecnologias<br />
  3. 3. Nessa perspectiva, o educador deve:<br />Assumir papel fundamental como mediador das aprendizagens , sobretudo como modelo que é para os mais novos, adotando determinados comportamentos e atitudes em face das tecnologias;<br />Deve assumir-se com conhecimento e critério, analisando cuidadosamente os materiais que coloca a disposição das alunos;<br />Conhecer o potencial das tecnologias e seu histórico de utilização em diferentes contextos para avaliar sua eficácia.<br />
  4. 4. A ESCOLA DEVE SE ADAPTAR A ESTA NOVA REALIDADEA partilha e a troca de experiências, idéias e questões sobre o mundo fazem avançar o desenvolvimento psicológico e social de quem aprende, enfatizando o potencial da comunicação como motor do conhecimento e do envolvimento em percursos de pesquisa.<br />
  5. 5. A responsabilidade dos professores é enorme , pois o seu modo de utilizar a tecnologia pode fazer toda a diferença<br />
  6. 6. O professor que tem clareza acerca de seus objetivos certamente saberá escolher as atividades que promoverão mais aprendizagem entre os alunos que têm acesso a esses recursos. <br />
  7. 7. Professores e alunos devem aprender juntos, rompendo a idéia convencional de que o professor deve ter todo o conhecimento para, somente em seguida, transmiti-lo ao aluno.<br />O educador deve se preparar para oferecer ao aluno acesso à informação como possibilidade de construção de conhecimento, através do qual este vai configurá-la à sua própria maneira; <br />
  8. 8. O educador na EAD deve levar o aluno a ser reflexivo e questionador, consciente de que assim como a tecnologia muda constantemente, os pontos a serem discutidos também mudam, ou se não mudam completamente, certamente evoluem.<br />
  9. 9. Computadores e internet na escola, por si sós, não garantem a inclusão dos alunos e professores nesta cibercultura. Para que a interação aconteça, deve haver uma mudança de posicionamento do professor, que passará de transmissor para co-produtor das atividades que induzam ao conhecimento, pois agora neste ambiente todos podem participar, organizar e modificar a estrutura da mensagem. <br />
  10. 10. Dessa forma, contribuir para o desenvolvimento deste novo saber que inclui a síntese das múltiplas linguagens deve ser, também, um compromisso da escola, compreendendo, acompanhando e justificando os processos cognitivos das pessoas e a nova formação cultural que se faz com, e em torno, desta questão que é a alfabetização digital, recurso mais utilizado na EAD.<br />
  11. 11. Estamos passando por uma transição, onde o indivíduo que era apenas leitor e receptor de conhecimentos passa a ser on-line, onde ele interage e participa na elaboração do conteúdo e na criação do conhecimento<br />
  12. 12. O Professor de EAD e sua prática pedagógica<br />“O professor se transforma <br />agora no estimulador da <br />curiosidade do aluno <br />por querer conhecer, <br />por pesquisar, <br />por buscar a informação mais relevante”.(Moran, 1995).<br />
  13. 13. Esse acesso ás novas tecnologias usadas na EAD, libertam o homem das limitações de espaço, permitindo que os milhares de culturas dispersos pelo planeta possam se contaminar mutuamente e se tornarem visíveis umas às outras.<br />
  14. 14. A função do professor está mudando e ele será um formulador de problemas, um provocador de interrogações e um coordenador de equipes de trabalho que sistematizará as experiências e será memória uma viva de uma educação que  valoriza e torna possível o diálogo e a colaboração de todos.<br />
  15. 15. Uma formação de qualidade é articulada com instrução, desenvolvimento de conhecimento e formação para a cidadania. A prática docente para a responsabilidade social envolve busca de formas pedagógicas para o ensinar e aprender, e a competência para usar a tecnologia da informática e suas diferentes linguagens para aplicação pedagógica, educadores engajados com a transformação social devem estar preparados para formar cidadãos críticos e ativos frente aos novos instrumentos educativos.<br />
  16. 16. A formação de professores em novas tecnologias permite que cada professor perceba, desde sua própria realidade, interesses e expectativas, como as tecnologias podem ser útil a ele. O uso efetivo da tecnologia por parte dos alunos, passa primeiro por uma assimilação da tecnologia pelos professores.<br />
  17. 17. O fato de só colocar computadores em uma escola raras vezes traz impacto significativo. Para atingir efeitos positivos, é fundamental considerar uma capacitação intensiva inicial e um apoio contínuo, começando com os professores, que por sua vez, poderão capacitar a seus alunos. É necessário planejar a integração da tecnologia na cultura da escola, fenômeno de avaliação gradual, que requer apoio externo.<br />
  18. 18. Se espera do professor no século XXI que ele seja aquele que ajude a tecer a trama do desenvolvimento individual e coletivo e que saiba manejar os instrumentos que a cultura irá indicar como representativos dos modos de viver e de pensar civilizados, específicos dos novostempos.<br />
  19. 19. Observar e mediar a interação dos alunos, analisando a participação <br />de cada um, buscando identificar<br />e corrigir equívocos, <br />organizando assim as<br />condições para a aprendizagem.<br />
  20. 20. O educador deve se conscientizar de que o aprendiz é sujeito ativo no processo de construção de seu conhecimento, e assim considerar a palavra de cada aluno como participação importante na produção do saber implementando ações significativas promovendo seu desenvolvimento para a produção, co-produção e transferência de conhecimento por parte de seus alunos.<br />
  21. 21. Sendo assim para que tenhamos uma prática educativa de qualidade na EAD, usando as novas tecnologias como suporte para informação e conhecimento, faz-se necessário que o educador busque propiciar ao aluno maior autonomia na busca deste conhecimento, no momento em que precisam e na medida em que cada um considerar necessário, criando espaços de conversação,<br />CONCLUSÃO:<br />
  22. 22. promovendo encontros presenciais e virtuais, nos quais os participantes da rede possam ter a oportunidade de estabelecer contatos, conversar, trocar idéias e intercambiar experiências, se reconhecendo no outro, comparar diferenças e criar vínculos afetivos.<br />
  23. 23. Referências Bibliográficas<br />CASTRO.Andrea de Farias, ALFABETIZAÇÃO DIGITAL: Uma necessidade social no contexto escolar. Rio de Janeiro,2003<br />Apostilas: Reinventar a sala de aula na cibercultura, Marco Silva.<br />Exigências para formação do professor na cibercultura, Marco Silva<br />www.cedu.ufal.br/projetos/internet/brasiliadef.htm<br />

×