SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
Baixar para ler offline
AViolência                                                  Espírito: Meimei Médium : Chico Xavier
Violência não está unicamente  nos processos da vida física.  Acha-se igualmente ocultada  nos recessos de nossa vida íntima.
Sabemos que quase todas as ocorrências começam nas fontes do pensamento.Reflete nisso e auxilia a ti mesmo, auxiliando aos outros.
Façamos o propósito de nos fixarmos tão somente no bem.  Se alguém errou,  abstenhamo-nos de dramatizar o episódio, mentalizando males satélites em torno do acontecido.
Seja a compaixão o início do nosso conhecimento em torno do assunto, elegendo no silêncio a prioridade de nossa atitude.  Se a falta é grave, não nos desloquemos do silencio para o comentário desairoso ou infeliz.
Se já dispomos da felicidade de orar, busquemos envolver as vítimas do caso no benefício da prece  e aguardemos da Providência Divina o socorro que se lhe faça necessário.
Fantasiar minudências, em derredor do problema  é criar dificuldades em nosso prejuízo, de vez que a fraqueza é inerente ao nosso próprio modo de ser;
e favorecendo aberturas para o mal, estaremos ameaçados de cair nas tentações em que se arremessaram aqueles mesmos companheiros que pretendemos julgar precipitadamente.
A indulgência com o serviço fraterno em prol de quem errou,  é um dos mais importantes caminhos para a sustentação da paz.
Compadeçamo-nos uns dos outros.Solicitou-nos o Cristo:                             "Não julgueis".Neste apelo do Divino Mestre, saibamos incluir a violência mental.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (18)

Casamento com propósito
Casamento com propósitoCasamento com propósito
Casamento com propósito
 
Almas Problemas
Almas ProblemasAlmas Problemas
Almas Problemas
 
Uma Premissa BáSica
Uma Premissa BáSicaUma Premissa BáSica
Uma Premissa BáSica
 
Ja dpf almas problemas
Ja dpf almas problemasJa dpf almas problemas
Ja dpf almas problemas
 
E normal ser alegre
E normal ser alegreE normal ser alegre
E normal ser alegre
 
Fale Com Eles
Fale Com ElesFale Com Eles
Fale Com Eles
 
O Que E O Perdão
O Que E O PerdãoO Que E O Perdão
O Que E O Perdão
 
O cristão e o perdão
O cristão e  o perdãoO cristão e  o perdão
O cristão e o perdão
 
Quando menos esperamos
Quando menos esperamosQuando menos esperamos
Quando menos esperamos
 
Se estas sofrendo
Se estas sofrendoSe estas sofrendo
Se estas sofrendo
 
Perdao
PerdaoPerdao
Perdao
 
Vida Feliz - 031
Vida Feliz - 031Vida Feliz - 031
Vida Feliz - 031
 
A arte de nao adoecer
A arte de nao adoecerA arte de nao adoecer
A arte de nao adoecer
 
O meu caminho para esta quaresma
O meu caminho para esta quaresmaO meu caminho para esta quaresma
O meu caminho para esta quaresma
 
A caridade da língua
A caridade da línguaA caridade da língua
A caridade da língua
 
Aula 90 a filosofia da dor
Aula 90 a filosofia  da dorAula 90 a filosofia  da dor
Aula 90 a filosofia da dor
 
O Deus que Faz - Damares
O Deus que Faz - DamaresO Deus que Faz - Damares
O Deus que Faz - Damares
 
O sentimento mais libertador
O sentimento mais libertadorO sentimento mais libertador
O sentimento mais libertador
 

Semelhante a Meimei - mensagem A violência

Exposicao 28 junho 2011 auto-obsessao
Exposicao 28 junho 2011   auto-obsessaoExposicao 28 junho 2011   auto-obsessao
Exposicao 28 junho 2011 auto-obsessaocaminhodaluz41
 
Manifestação da mente de deus
Manifestação da mente de deusManifestação da mente de deus
Manifestação da mente de deusAlice Negrão
 
Fora Da Caridade NãO Há SalvaçãO
Fora Da Caridade NãO Há SalvaçãOFora Da Caridade NãO Há SalvaçãO
Fora Da Caridade NãO Há SalvaçãOSergio Menezes
 
A Compreensão espiritual dos Relacionamentos
A Compreensão espiritual dos RelacionamentosA Compreensão espiritual dos Relacionamentos
A Compreensão espiritual dos Relacionamentosmommentumadinfinitum
 
A cola infalível
A cola infalívelA cola infalível
A cola infalívelHelio Cruz
 
Reforma Íntima e Livre Arbítrio
Reforma Íntima e Livre ArbítrioReforma Íntima e Livre Arbítrio
Reforma Íntima e Livre ArbítrioIdéias Luz
 
Fora da Caridade não há Salvação
Fora da Caridade não há SalvaçãoFora da Caridade não há Salvação
Fora da Caridade não há SalvaçãoLuciane Belchior
 
Livro De Respostas. 16 A 20. Jrcordeiro.
Livro De Respostas. 16 A 20. Jrcordeiro.Livro De Respostas. 16 A 20. Jrcordeiro.
Livro De Respostas. 16 A 20. Jrcordeiro.José Roberto Cordeiro
 
Sobre a mágoa
Sobre a mágoaSobre a mágoa
Sobre a mágoaHelio Cruz
 
Aprenda a olhar[1]..aac..pi..
Aprenda a olhar[1]..aac..pi..Aprenda a olhar[1]..aac..pi..
Aprenda a olhar[1]..aac..pi..Nilce Bravo
 
O doutrinador Dialogo com as Sombras
O doutrinador   Dialogo com as SombrasO doutrinador   Dialogo com as Sombras
O doutrinador Dialogo com as SombrasProf. Paulo Ratki
 

Semelhante a Meimei - mensagem A violência (20)

Exposicao 28 junho 2011 auto-obsessao
Exposicao 28 junho 2011   auto-obsessaoExposicao 28 junho 2011   auto-obsessao
Exposicao 28 junho 2011 auto-obsessao
 
Manifestação da mente de deus
Manifestação da mente de deusManifestação da mente de deus
Manifestação da mente de deus
 
Fora Da Caridade NãO Há SalvaçãO
Fora Da Caridade NãO Há SalvaçãOFora Da Caridade NãO Há SalvaçãO
Fora Da Caridade NãO Há SalvaçãO
 
Edição n. 39 do CH Noticias - Setembro/2018
Edição n. 39 do CH Noticias - Setembro/2018Edição n. 39 do CH Noticias - Setembro/2018
Edição n. 39 do CH Noticias - Setembro/2018
 
ÓDIO na visão Espírita
ÓDIO na visão EspíritaÓDIO na visão Espírita
ÓDIO na visão Espírita
 
Perdão
PerdãoPerdão
Perdão
 
A Compreensão espiritual dos Relacionamentos
A Compreensão espiritual dos RelacionamentosA Compreensão espiritual dos Relacionamentos
A Compreensão espiritual dos Relacionamentos
 
AUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMA
AUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMAAUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMA
AUTOCONHECIMENTO X AUTOESTIMA
 
A cola infalível
A cola infalívelA cola infalível
A cola infalível
 
Reforma Íntima e Livre Arbítrio
Reforma Íntima e Livre ArbítrioReforma Íntima e Livre Arbítrio
Reforma Íntima e Livre Arbítrio
 
Fora da Caridade não há Salvação
Fora da Caridade não há SalvaçãoFora da Caridade não há Salvação
Fora da Caridade não há Salvação
 
Livro De Respostas. 16 A 20. Jrcordeiro.
Livro De Respostas. 16 A 20. Jrcordeiro.Livro De Respostas. 16 A 20. Jrcordeiro.
Livro De Respostas. 16 A 20. Jrcordeiro.
 
Sobre a mágoa
Sobre a mágoaSobre a mágoa
Sobre a mágoa
 
Aprenda a olhar[1]..aac..pi..
Aprenda a olhar[1]..aac..pi..Aprenda a olhar[1]..aac..pi..
Aprenda a olhar[1]..aac..pi..
 
Aprenda a olhar
Aprenda a olharAprenda a olhar
Aprenda a olhar
 
Aula - Desobssessão 2.ppt
Aula - Desobssessão 2.pptAula - Desobssessão 2.ppt
Aula - Desobssessão 2.ppt
 
Aprenda a olhar
Aprenda a olharAprenda a olhar
Aprenda a olhar
 
Sob dores extenuantes
 Sob dores extenuantes Sob dores extenuantes
Sob dores extenuantes
 
O doutrinador Dialogo com as Sombras
O doutrinador   Dialogo com as SombrasO doutrinador   Dialogo com as Sombras
O doutrinador Dialogo com as Sombras
 
Motivos de Resignação
Motivos de ResignaçãoMotivos de Resignação
Motivos de Resignação
 

Mais de Fatima Carvalho

Depois da travessia - depoimentos esclarecedores
Depois da travessia -  depoimentos esclarecedores Depois da travessia -  depoimentos esclarecedores
Depois da travessia - depoimentos esclarecedores Fatima Carvalho
 
Valores do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
Valores  do trabalho em equipe segundo a Doutrina EspíritaValores  do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
Valores do trabalho em equipe segundo a Doutrina EspíritaFatima Carvalho
 
Mulheres novos rumos 2015
Mulheres novos rumos  2015Mulheres novos rumos  2015
Mulheres novos rumos 2015Fatima Carvalho
 
As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho Fatima Carvalho
 
Eurípedes Barsanulfo e a Educação
Eurípedes Barsanulfo e a EducaçãoEurípedes Barsanulfo e a Educação
Eurípedes Barsanulfo e a EducaçãoFatima Carvalho
 
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)Fatima Carvalho
 
Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013Fatima Carvalho
 
Superação das dificuldades final (out 2012)
Superação das dificuldades final (out 2012)Superação das dificuldades final (out 2012)
Superação das dificuldades final (out 2012)Fatima Carvalho
 
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...Fatima Carvalho
 
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos ExistenciaisVazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos ExistenciaisFatima Carvalho
 
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5Fatima Carvalho
 
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4Fatima Carvalho
 
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3Fatima Carvalho
 
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2Fatima Carvalho
 
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1Fatima Carvalho
 
Casimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
Casimiro Cunha POESIA No Santuario InteriorCasimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
Casimiro Cunha POESIA No Santuario InteriorFatima Carvalho
 
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITAO PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITAFatima Carvalho
 

Mais de Fatima Carvalho (20)

Depois da travessia - depoimentos esclarecedores
Depois da travessia -  depoimentos esclarecedores Depois da travessia -  depoimentos esclarecedores
Depois da travessia - depoimentos esclarecedores
 
Valores do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
Valores  do trabalho em equipe segundo a Doutrina EspíritaValores  do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
Valores do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
 
Mulheres novos rumos 2015
Mulheres novos rumos  2015Mulheres novos rumos  2015
Mulheres novos rumos 2015
 
As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho
 
Eurípedes Barsanulfo e a Educação
Eurípedes Barsanulfo e a EducaçãoEurípedes Barsanulfo e a Educação
Eurípedes Barsanulfo e a Educação
 
A arte de ouvir 08 2015
A arte de ouvir 08 2015A arte de ouvir 08 2015
A arte de ouvir 08 2015
 
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
 
Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013
 
Superação das dificuldades final (out 2012)
Superação das dificuldades final (out 2012)Superação das dificuldades final (out 2012)
Superação das dificuldades final (out 2012)
 
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
 
TODOS APRENDENDO
TODOS APRENDENDOTODOS APRENDENDO
TODOS APRENDENDO
 
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos ExistenciaisVazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
 
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
 
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
 
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
 
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
 
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
 
Casimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
Casimiro Cunha POESIA No Santuario InteriorCasimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
Casimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
 
A IMPORTANCIA DA DOR
A  IMPORTANCIA DA DORA  IMPORTANCIA DA DOR
A IMPORTANCIA DA DOR
 
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITAO PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
 

Meimei - mensagem A violência

  • 1. AViolência Espírito: Meimei Médium : Chico Xavier
  • 2. Violência não está unicamente nos processos da vida física. Acha-se igualmente ocultada nos recessos de nossa vida íntima.
  • 3. Sabemos que quase todas as ocorrências começam nas fontes do pensamento.Reflete nisso e auxilia a ti mesmo, auxiliando aos outros.
  • 4. Façamos o propósito de nos fixarmos tão somente no bem. Se alguém errou, abstenhamo-nos de dramatizar o episódio, mentalizando males satélites em torno do acontecido.
  • 5. Seja a compaixão o início do nosso conhecimento em torno do assunto, elegendo no silêncio a prioridade de nossa atitude. Se a falta é grave, não nos desloquemos do silencio para o comentário desairoso ou infeliz.
  • 6. Se já dispomos da felicidade de orar, busquemos envolver as vítimas do caso no benefício da prece e aguardemos da Providência Divina o socorro que se lhe faça necessário.
  • 7. Fantasiar minudências, em derredor do problema é criar dificuldades em nosso prejuízo, de vez que a fraqueza é inerente ao nosso próprio modo de ser;
  • 8. e favorecendo aberturas para o mal, estaremos ameaçados de cair nas tentações em que se arremessaram aqueles mesmos companheiros que pretendemos julgar precipitadamente.
  • 9. A indulgência com o serviço fraterno em prol de quem errou, é um dos mais importantes caminhos para a sustentação da paz.
  • 10. Compadeçamo-nos uns dos outros.Solicitou-nos o Cristo: "Não julgueis".Neste apelo do Divino Mestre, saibamos incluir a violência mental.