SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
Convite à humildade Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
Os que são incapazes de consegui-la, identificam-na como fraqueza . Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
Os pessimistas que chafurdam  no poço do orgulho ferido  e não se dispõem à luta, detestam-na,  porque se sentem incapazes de possuí-la. Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
Os derrotistas utilizam-se da subestima para denegri-la. Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
Os fracos, falsamente investidos de força,  falseiam-lhe o significado,  deturpando-lhe a soberana realidade. Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
Porque muitos não lograram vivê-la e derraparam em plenos exercícios, desconsideram-na. Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
Ela, no entanto,  fulgura e prossegue. Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
Sustenta no cansaço,  acalenta nas dores,  robustece na luta,  encoraja no insucesso,  levanta na queda...   Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
Louva a dor que corrige,  abençoa a dificuldade que ensina,  agradece a soledade  que exercita a reflexão,  ampara o trabalho que disciplina   Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
e é reconhecida a todos,  inclusive aos que passam por maus,  por ensinarem, embora inconscientemente,  o valor dos bons e a excelência do bem. Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
Chega e dulcifica a amargura,  balsamizando qualquer ferida exposta,  mesmo em chaga repelente. Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
Identifica-se pela meiguice,  e sutil, agrada,  oferecendo plenitude,  quando tudo conspira contra a paz  de que se faz instrumento. Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
Escudo dos verdadeiros heróis, tem sido a coroa dos mártires,  o sinal dos santos  e a característica dos sábios. Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
Com ela o homem adquire grandeza interior,  e considerando a majestade da Criação,  como membro atuante da vida, que é,  eleva-se e, assim,  eleva a humanidade inteira. Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
Conquistá-la,  ao fim das pelejas exaustivas,  é lograr paz. Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
No diálogo entre Jesus e Pilatos,  esteve  presente no silêncio do Amigo Divino  e ausente no enganado fâmulo* de César... Joanna de Ângelis - Divaldo Franco * servo, escravo
Seu nome é humildade.   Joanna de Ângelis - Divaldo Franco

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Palestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e AchareisPalestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e Achareismanumino
 
Obreiros da vida eterna capítulo 18
Obreiros da vida eterna capítulo 18Obreiros da vida eterna capítulo 18
Obreiros da vida eterna capítulo 18Lar Irmã Zarabatana
 
Livro dos Espiritos Q.274 ESE cap 21 item 10e11
Livro dos Espiritos Q.274 ESE cap 21 item 10e11Livro dos Espiritos Q.274 ESE cap 21 item 10e11
Livro dos Espiritos Q.274 ESE cap 21 item 10e11Patricia Farias
 
Jesus e o templo - n.16
Jesus e o templo - n.16Jesus e o templo - n.16
Jesus e o templo - n.16Graça Maciel
 
Palestra ESE cap 8 bem aventurados puros
Palestra ESE cap 8 bem aventurados purosPalestra ESE cap 8 bem aventurados puros
Palestra ESE cap 8 bem aventurados purosTiburcio Santos
 
O homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioO homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioGraça Maciel
 
Retorno à vida corporal 1,5h
Retorno à vida corporal 1,5hRetorno à vida corporal 1,5h
Retorno à vida corporal 1,5hhome
 
Um fluido vital chamado ectoplasma
Um fluido vital chamado ectoplasmaUm fluido vital chamado ectoplasma
Um fluido vital chamado ectoplasmaventofrio
 
PALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDA
PALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDAPALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDA
PALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDAMauro Santos
 
O Poder da Fé
O Poder da FéO Poder da Fé
O Poder da Féigmateus
 
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 07 A queda de otavio
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 07 A queda de otavioEstudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 07 A queda de otavio
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 07 A queda de otavioJose Luiz Maio
 

Mais procurados (20)

Palestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e AchareisPalestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e Achareis
 
Obreiros da vida eterna capítulo 18
Obreiros da vida eterna capítulo 18Obreiros da vida eterna capítulo 18
Obreiros da vida eterna capítulo 18
 
Livro dos Espiritos Q.274 ESE cap 21 item 10e11
Livro dos Espiritos Q.274 ESE cap 21 item 10e11Livro dos Espiritos Q.274 ESE cap 21 item 10e11
Livro dos Espiritos Q.274 ESE cap 21 item 10e11
 
Jesus e o templo - n.16
Jesus e o templo - n.16Jesus e o templo - n.16
Jesus e o templo - n.16
 
Palestra ESE cap 8 bem aventurados puros
Palestra ESE cap 8 bem aventurados purosPalestra ESE cap 8 bem aventurados puros
Palestra ESE cap 8 bem aventurados puros
 
Não se pode servir da deus e a mamón
Não se pode servir da deus e a mamónNão se pode servir da deus e a mamón
Não se pode servir da deus e a mamón
 
Coem 2013 aula mediunidade e disciplina
Coem 2013   aula mediunidade e disciplinaCoem 2013   aula mediunidade e disciplina
Coem 2013 aula mediunidade e disciplina
 
O homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioO homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafio
 
Cristo Consolador
Cristo ConsoladorCristo Consolador
Cristo Consolador
 
JustiçA da Reencarnação
JustiçA  da  ReencarnaçãoJustiçA  da  Reencarnação
JustiçA da Reencarnação
 
Retorno à vida corporal 1,5h
Retorno à vida corporal 1,5hRetorno à vida corporal 1,5h
Retorno à vida corporal 1,5h
 
Pressentimentos
PressentimentosPressentimentos
Pressentimentos
 
Um fluido vital chamado ectoplasma
Um fluido vital chamado ectoplasmaUm fluido vital chamado ectoplasma
Um fluido vital chamado ectoplasma
 
PALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDA
PALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDAPALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDA
PALESTRA - LEI DO TRABALHO - LEI DA VIDA
 
Animismo e Mediunidade
Animismo e MediunidadeAnimismo e Mediunidade
Animismo e Mediunidade
 
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucuraPalestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
 
O passe espirita
O passe espiritaO passe espirita
O passe espirita
 
A pascoa visao_espirita jsoh
A pascoa visao_espirita jsohA pascoa visao_espirita jsoh
A pascoa visao_espirita jsoh
 
O Poder da Fé
O Poder da FéO Poder da Fé
O Poder da Fé
 
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 07 A queda de otavio
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 07 A queda de otavioEstudando com Andre Luiz - Os Mensageiros   capitulo 07 A queda de otavio
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 07 A queda de otavio
 

Mais de Fatima Carvalho

Depois da travessia - depoimentos esclarecedores
Depois da travessia -  depoimentos esclarecedores Depois da travessia -  depoimentos esclarecedores
Depois da travessia - depoimentos esclarecedores Fatima Carvalho
 
Valores do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
Valores  do trabalho em equipe segundo a Doutrina EspíritaValores  do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
Valores do trabalho em equipe segundo a Doutrina EspíritaFatima Carvalho
 
Mulheres novos rumos 2015
Mulheres novos rumos  2015Mulheres novos rumos  2015
Mulheres novos rumos 2015Fatima Carvalho
 
As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho Fatima Carvalho
 
Eurípedes Barsanulfo e a Educação
Eurípedes Barsanulfo e a EducaçãoEurípedes Barsanulfo e a Educação
Eurípedes Barsanulfo e a EducaçãoFatima Carvalho
 
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)Fatima Carvalho
 
Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013Fatima Carvalho
 
Superação das dificuldades final (out 2012)
Superação das dificuldades final (out 2012)Superação das dificuldades final (out 2012)
Superação das dificuldades final (out 2012)Fatima Carvalho
 
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...Fatima Carvalho
 
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos ExistenciaisVazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos ExistenciaisFatima Carvalho
 
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5Fatima Carvalho
 
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4Fatima Carvalho
 
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3Fatima Carvalho
 
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2Fatima Carvalho
 
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1Fatima Carvalho
 
Casimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
Casimiro Cunha POESIA No Santuario InteriorCasimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
Casimiro Cunha POESIA No Santuario InteriorFatima Carvalho
 
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITAO PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITAFatima Carvalho
 

Mais de Fatima Carvalho (20)

Depois da travessia - depoimentos esclarecedores
Depois da travessia -  depoimentos esclarecedores Depois da travessia -  depoimentos esclarecedores
Depois da travessia - depoimentos esclarecedores
 
Valores do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
Valores  do trabalho em equipe segundo a Doutrina EspíritaValores  do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
Valores do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
 
Mulheres novos rumos 2015
Mulheres novos rumos  2015Mulheres novos rumos  2015
Mulheres novos rumos 2015
 
As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho
 
Eurípedes Barsanulfo e a Educação
Eurípedes Barsanulfo e a EducaçãoEurípedes Barsanulfo e a Educação
Eurípedes Barsanulfo e a Educação
 
A arte de ouvir 08 2015
A arte de ouvir 08 2015A arte de ouvir 08 2015
A arte de ouvir 08 2015
 
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
 
Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013
 
Superação das dificuldades final (out 2012)
Superação das dificuldades final (out 2012)Superação das dificuldades final (out 2012)
Superação das dificuldades final (out 2012)
 
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
 
TODOS APRENDENDO
TODOS APRENDENDOTODOS APRENDENDO
TODOS APRENDENDO
 
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos ExistenciaisVazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
 
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
 
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
 
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
 
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
 
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
 
Casimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
Casimiro Cunha POESIA No Santuario InteriorCasimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
Casimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
 
A IMPORTANCIA DA DOR
A  IMPORTANCIA DA DORA  IMPORTANCIA DA DOR
A IMPORTANCIA DA DOR
 
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITAO PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
 

Joanna de ângelis convite à humildade

  • 1. Convite à humildade Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
  • 2. Os que são incapazes de consegui-la, identificam-na como fraqueza . Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
  • 3. Os pessimistas que chafurdam no poço do orgulho ferido e não se dispõem à luta, detestam-na, porque se sentem incapazes de possuí-la. Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
  • 4. Os derrotistas utilizam-se da subestima para denegri-la. Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
  • 5. Os fracos, falsamente investidos de força, falseiam-lhe o significado, deturpando-lhe a soberana realidade. Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
  • 6. Porque muitos não lograram vivê-la e derraparam em plenos exercícios, desconsideram-na. Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
  • 7. Ela, no entanto, fulgura e prossegue. Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
  • 8. Sustenta no cansaço, acalenta nas dores, robustece na luta, encoraja no insucesso, levanta na queda... Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
  • 9. Louva a dor que corrige, abençoa a dificuldade que ensina, agradece a soledade que exercita a reflexão, ampara o trabalho que disciplina Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
  • 10. e é reconhecida a todos, inclusive aos que passam por maus, por ensinarem, embora inconscientemente, o valor dos bons e a excelência do bem. Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
  • 11. Chega e dulcifica a amargura, balsamizando qualquer ferida exposta, mesmo em chaga repelente. Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
  • 12. Identifica-se pela meiguice, e sutil, agrada, oferecendo plenitude, quando tudo conspira contra a paz de que se faz instrumento. Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
  • 13. Escudo dos verdadeiros heróis, tem sido a coroa dos mártires, o sinal dos santos e a característica dos sábios. Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
  • 14. Com ela o homem adquire grandeza interior, e considerando a majestade da Criação, como membro atuante da vida, que é, eleva-se e, assim, eleva a humanidade inteira. Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
  • 15. Conquistá-la, ao fim das pelejas exaustivas, é lograr paz. Joanna de Ângelis - Divaldo Franco
  • 16. No diálogo entre Jesus e Pilatos, esteve presente no silêncio do Amigo Divino e ausente no enganado fâmulo* de César... Joanna de Ângelis - Divaldo Franco * servo, escravo
  • 17. Seu nome é humildade. Joanna de Ângelis - Divaldo Franco