SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 77
Baixar para ler offline
FORÇAS  SEXUAIS  DA  ALMA Organização: Fatima A.Carvalho CEJEN – C.E. Jesus de Nazaré – junho 2010
Aprender para compreender
BIBLIOGRAFIA
BIBLIOGRAFIA
BIBLIOGRAFIA
BIBLIOGRAFIA
BIBLIOGRAFIA
BIBLIOGRAFIA
Créditos:   CEFAK  CENTRO  ESPÍRITA FRATERNIDADE ALLAN KARDEC Área Especial nº 7 - Setor 'D' Sul -  Taguatinga – DF http://www.cefak.org.br/ Disponível em: http://www.cefak.org.br/download/vida1.pdf Acesso em :  7 de abril de 2004 BIBLIOGRAFIA
Sexo é fundamental à vida universal.  Encontra-se nas origens da própria vida, a qual é emanada ao criador. O sexo na vida universal
Todavia, mal compreendido
SEXO  =  PECADO
SEXO  =  PECADO
SEXO  =  PECADO  =  HUMOR
SEXO  não  é PECADO
O sexo na visão espírita Destrói a noção de pecado
O sexo na visão espírita Essência espiritual
 
EVOLUÇÃO DO  INSTINTO SEXUAL O Espírito André Luiz trata da evolução do instinto sexual nos vários reinos da natureza .   capítulo   XVIII
EVOLUÇÃO DO  INSTINTO SEXUAL REINO VEGETAL "Por milênios e milênios o princípio inteligente se demorou no hermafroditismo das plantas, como por exemplo, nos fanerógamos, em cujas flores os estames e os pistilos articulam, respectivamente, elementos masculinos e femininos".
EVOLUÇÃO DO  INSTINTO SEXUAL REINO VEGETAL Nas plantas criptogâmicas celulares e vasculares ensaiara longamente a reprodução sexuada, na formação de gametos (anterozóides e oosfera)"  Nos protozoários, há ensaios de reprodução monogâmica
EVOLUÇÃO DO  INSTINTO SEXUAL REINO ANIMAL "Longo tempo foi gasto na evolução do instinto sexual em vários tipos de animais inferiores, alternando-se-lhe os estados de hermafroditismo com os de unissexualidade para que se lhe aperfeiçoasse as características na direção dos vertebrados."
O homem caminha  para a angelitude
Nos seres primitivos e em todas as criaturas que se demoram voluntariamente no nível dos brutos, a descarga de semelhante energia opera-se inconsideradamente, fato que lhes custa resultados angustiosos a lhes lastrearem longo tempo de fixação em existências menos felizes, para que todos aprendamos que ninguém abusa de alguém sem carrear prejuízo a si mesmo
Banalização  do sexo
[object Object],[object Object]
Sexo é espírito e vida,  a serviço da felicidade  e da harmonia do Universo.
 
Através dele dimanam  forças criativas,  a que devemos,  na Terra:
 
 
 
Se os seres humanos deixarem de fazer sexo atingiriam a perfeição espiritual mais rapidamente?
Hojatoleslam Kazem Sedighi  líder religioso do Irã
“ Muitas  mulheres  que não se vestem de forma modesta levam os homens jovens ao mau caminho, corrompem a sua castidade e espalham o adultério pela sociedade. Isso, consequentemente, faz aumentar o número de terremotos” Hojatoleslam Kazem Sedighi – líder religioso do Irã
O que podemos fazer para evitar que fiquemos enterrados sob escombros?  Não há outra solução senão tomar refúgio na religião e adaptar nossas vidas ao código de moralidade do Islã.”  Hojatoleslam Kazem Sedighi – líder religioso do Irã
Por causa de sua posição geográfica,  o Irã é um dos países mais sensíveis a abalos sísmicos.
Do barbarismo à liberalidade
Enquanto isto, no Brasil ... O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, aconselhou a prática de sexo como forma de combater a hipertensão
A principal mensagem da iniciativa é prevenir a pressão alta e chamar atenção para a importância dos exercícios físicos
Além das escolhas individuais, como escolher alimentos saudáveis, manter peso ideal, exercitar-se com regularidade e reduzir o consumo de sal.
Mas surge um problema :
VIAGRA – Brasil quebra patente
Pode ser um estímulo ao uso abusivo
Pode ser um estímulo ao uso inconsequente
Pode ser um estímulo ao uso inconsequente
HUMANIDADE ATUAL
Se os seres humanos deixassem  de fazer sexo atingiriam a perfeição espiritual imediatamente?
É um despropósito subtrair as manifestações do sexo aos seres humanos, a pretexto de elevação compulsória, porque as sugestões da erótica se entranham na estrutura da alma.  De igual modo, seria absurdo deslocá-lo de sua posição venerável, a fim de arremessá-lo às aventuras menos dignas, com a desculpa de garantir-lhe a libertação.
  Quando o sexo for exercido com responsabilidade e não agressivamente, quando os indivíduos compreenderem que o prazer cobra um preço, e este, na união sexual, mesmo com os cuidados dos preservativos, é a fecundação, haverá uma mudança real no comportamento geral, abrindo espaço para a adolescência bem orientada na família em equilíbrio.
Evolução espiritual  implica na  utilização equilibrada do sexo.  Sexo bem dirigido  leva à monogamia ou à castidade construtiva.  Sexo mal dirigido  leva à poligamia ou castidade sem aplicação das energias construtivas".
  O  espírito humano possui nas forças psicossexuais, um dos pilares da sua própria evolução intelectual e ética, por ser a conseqüência de aquisições multimilenares e continuamente renovadas pelas novas experiências no ciclo das reencarnações .
Não devemos esquecer que o amor sexual deve ser entendido como o impulso da vida que conduz o homem às grandes realizações do amor divino, através da progressividade de sua espiritualização, no devotamento e no sacrifício ... Emmanuel  (Chico Xavier)  O Consolador
(...) Deus não extermina as paixões dos homens, mas fá-las evoluir, convertendo-as pela dor, em sagrados patrimônios da alma, competindo às criaturas: dominar o coração,  guiar os impulsos,  orientar as tendências,   na evolução sublime dos seus sentimentos . Emmanuel (Chico Xavier) O Consolador
viciação do amor sexual
Examinando-se, ainda, o elevado coeficiente de viciação do amor sexual, que os homens criaram para seus destinos, somos obrigados a ponderar que, se muitos contraem débitos penosos, entre os excessos da fortuna, da inteligência e do poder, outros o fazem pelo sexo, abusando de um dos  mais sagrados pontos de referência de sua vida.  Emmanuel (Chico Xavier) – O Consolador
 
Atos inconsequentes geram abuso  e falta de saciedade compulsão sexual
A influência espiritual obsessiva ? Somos responsáveis  por nossas escolhas
A influência espiritual obsessiva Atraimos os que vibram na mesma sintonia
estamos cercados de entidades  que não vemos, vibrando em diferentes faixas vibratórias A influência espiritual obsessiva
A importância do tratamento
O melhor agente profilático para esses desequilíbrios  (físicos e emocionais)  é evitar a promiscuidade,  tão em voga na atualidade.
É por esse motivo que observamos, muitas vezes, almas numerosas aprendendo entre as angústias do sexuais do mundo, a renúncia e o sacrifício, em marcha para as mais puras aquisições do amor divino...  Emmanuel (Chico Xavier) – O Consolador
 
 
 
A  sexualidade não é obstáculo para a evolução é oportunidade de: crescimento entendimento amor afetividade
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object]
A sexualidade está diretamente ligada  à Lei de Causa e Efeito.  Sendo suas respostas ou reações proporcionais,  temos como efeitos a alegria ou a dor.  Depende da aplicação que lhe dermos Lei de Causa e Efeito
Lei de Causa e Efeito À medida que o indivíduo evolui, passa a compreender que a energia sexual envolve o impositivo do discernimento e da responsabilidade em sua aplicação,
Lei de Causa e Efeito e que, por isso mesmo, deve estar controlada por valores morais que garantam o seu emprego digno, seja na procriação, asseguradora da família, ou na criação de obras beneméritas da sensibilidade e da cultura, com vistas à evolução e ao burilamento da vida no Planeta.
Nossas escolhas determinam  nosso destino
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Palestra Sexualidade na Visão Espírita
Palestra Sexualidade na Visão EspíritaPalestra Sexualidade na Visão Espírita
Palestra Sexualidade na Visão EspíritaMarcelo Suster
 
Datashow - Os vícios na visão espírita
Datashow  - Os vícios na visão espíritaDatashow  - Os vícios na visão espírita
Datashow - Os vícios na visão espíritaAlfredo Lopes
 
Fase2 aula 09 slides
Fase2 aula 09 slidesFase2 aula 09 slides
Fase2 aula 09 slidesIara Paiva
 
Mediunidade com Jesus - n.17
Mediunidade com Jesus - n.17Mediunidade com Jesus - n.17
Mediunidade com Jesus - n.17Graça Maciel
 
O sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramento
O sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramentoO sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramento
O sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramentoJose Luiz Maio
 
Capítulo XVI - Evangelho Segundo o Espiritismo
Capítulo XVI - Evangelho Segundo o EspiritismoCapítulo XVI - Evangelho Segundo o Espiritismo
Capítulo XVI - Evangelho Segundo o Espiritismogrupodepaisceb
 
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e lei
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e leiCapítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e lei
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e leiEduardo Ottonelli Pithan
 
A páscoa na visão espírita
A páscoa na visão espíritaA páscoa na visão espírita
A páscoa na visão espíritaGraça Maciel
 
Ajuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudaráAjuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudaráLisete B.
 
O homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioO homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioGraça Maciel
 

Mais procurados (20)

Objetivo da encarnação
Objetivo da encarnaçãoObjetivo da encarnação
Objetivo da encarnação
 
Palestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciênciaPalestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciência
 
Palestra Sexualidade na Visão Espírita
Palestra Sexualidade na Visão EspíritaPalestra Sexualidade na Visão Espírita
Palestra Sexualidade na Visão Espírita
 
Datashow - Os vícios na visão espírita
Datashow  - Os vícios na visão espíritaDatashow  - Os vícios na visão espírita
Datashow - Os vícios na visão espírita
 
Causas das aflições
Causas das afliçõesCausas das aflições
Causas das aflições
 
Fase2 aula 09 slides
Fase2 aula 09 slidesFase2 aula 09 slides
Fase2 aula 09 slides
 
Palestra 8 obsessão espiritual
Palestra 8 obsessão espiritualPalestra 8 obsessão espiritual
Palestra 8 obsessão espiritual
 
O Poder do Pensamento
O Poder do PensamentoO Poder do Pensamento
O Poder do Pensamento
 
Mediunidade com Jesus - n.17
Mediunidade com Jesus - n.17Mediunidade com Jesus - n.17
Mediunidade com Jesus - n.17
 
Lei de destruição
Lei de destruiçãoLei de destruição
Lei de destruição
 
Perispirito: formação, propriedades e funções.
Perispirito: formação, propriedades e funções.Perispirito: formação, propriedades e funções.
Perispirito: formação, propriedades e funções.
 
VISÃO ESPÍRITA DO NATAL
VISÃO ESPÍRITA DO NATALVISÃO ESPÍRITA DO NATAL
VISÃO ESPÍRITA DO NATAL
 
Família material e espiritual
Família material e espiritualFamília material e espiritual
Família material e espiritual
 
O sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramento
O sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramentoO sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramento
O sono, sonhos, emancipação da alma, desdobramento
 
Capítulo XVI - Evangelho Segundo o Espiritismo
Capítulo XVI - Evangelho Segundo o EspiritismoCapítulo XVI - Evangelho Segundo o Espiritismo
Capítulo XVI - Evangelho Segundo o Espiritismo
 
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e lei
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e leiCapítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e lei
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e lei
 
A páscoa na visão espírita
A páscoa na visão espíritaA páscoa na visão espírita
A páscoa na visão espírita
 
Ajuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudaráAjuda te que o céu te ajudará
Ajuda te que o céu te ajudará
 
Duelo
DueloDuelo
Duelo
 
O homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioO homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafio
 

Destaque

Power point Sexualidade na Literatura
Power  point Sexualidade na LiteraturaPower  point Sexualidade na Literatura
Power point Sexualidade na Literaturagracafigueiredo2
 
Módulos de Pagamentos Gratuitos Para Magento Ecommerce
Módulos de Pagamentos Gratuitos Para Magento EcommerceMódulos de Pagamentos Gratuitos Para Magento Ecommerce
Módulos de Pagamentos Gratuitos Para Magento EcommerceCerebrum
 
LIÇÃO 09 – NÃO ADULTERARÁS
LIÇÃO 09 – NÃO ADULTERARÁSLIÇÃO 09 – NÃO ADULTERARÁS
LIÇÃO 09 – NÃO ADULTERARÁSLourinaldo Serafim
 
Sexualidade e adolescência
Sexualidade e adolescênciaSexualidade e adolescência
Sexualidade e adolescênciaDalila Melo
 
Livro Voltei (resumo compacto) - Francisco Cândido Xavier
Livro Voltei (resumo compacto) - Francisco Cândido XavierLivro Voltei (resumo compacto) - Francisco Cândido Xavier
Livro Voltei (resumo compacto) - Francisco Cândido Xaviercontatodoutrina2013
 
Espírito, PErispírito e Alma: Modelo Geométrico do Espírito
Espírito, PErispírito e Alma: Modelo Geométrico do EspíritoEspírito, PErispírito e Alma: Modelo Geométrico do Espírito
Espírito, PErispírito e Alma: Modelo Geométrico do EspíritoDavid Lucas Desidério
 

Destaque (7)

Power point Sexualidade na Literatura
Power  point Sexualidade na LiteraturaPower  point Sexualidade na Literatura
Power point Sexualidade na Literatura
 
Módulos de Pagamentos Gratuitos Para Magento Ecommerce
Módulos de Pagamentos Gratuitos Para Magento EcommerceMódulos de Pagamentos Gratuitos Para Magento Ecommerce
Módulos de Pagamentos Gratuitos Para Magento Ecommerce
 
LIÇÃO 09 – NÃO ADULTERARÁS
LIÇÃO 09 – NÃO ADULTERARÁSLIÇÃO 09 – NÃO ADULTERARÁS
LIÇÃO 09 – NÃO ADULTERARÁS
 
Sexualidade e adolescência
Sexualidade e adolescênciaSexualidade e adolescência
Sexualidade e adolescência
 
Sexualidade à Luz Da Doutrina EspíRita
Sexualidade à Luz Da Doutrina EspíRitaSexualidade à Luz Da Doutrina EspíRita
Sexualidade à Luz Da Doutrina EspíRita
 
Livro Voltei (resumo compacto) - Francisco Cândido Xavier
Livro Voltei (resumo compacto) - Francisco Cândido XavierLivro Voltei (resumo compacto) - Francisco Cândido Xavier
Livro Voltei (resumo compacto) - Francisco Cândido Xavier
 
Espírito, PErispírito e Alma: Modelo Geométrico do Espírito
Espírito, PErispírito e Alma: Modelo Geométrico do EspíritoEspírito, PErispírito e Alma: Modelo Geométrico do Espírito
Espírito, PErispírito e Alma: Modelo Geométrico do Espírito
 

Semelhante a Sexo, evolução espiritual e Lei de Causa e Efeito

Aula 11 - Sexo e Espiritismo - Mocidade Espírita Chico Xavier
Aula 11 - Sexo e Espiritismo - Mocidade Espírita Chico XavierAula 11 - Sexo e Espiritismo - Mocidade Espírita Chico Xavier
Aula 11 - Sexo e Espiritismo - Mocidade Espírita Chico XavierSergio Lima Dias Junior
 
Reencarnação e Patologia do Sexo - Homossexualismo
Reencarnação e Patologia do Sexo - HomossexualismoReencarnação e Patologia do Sexo - Homossexualismo
Reencarnação e Patologia do Sexo - HomossexualismoEduardo Henrique Marçal
 
Curso de Entrevistadores - Sexualidade
Curso de Entrevistadores - SexualidadeCurso de Entrevistadores - Sexualidade
Curso de Entrevistadores - SexualidadeCeile Bernardo
 
Curso de Entrevistadores - Sexualidade
Curso de Entrevistadores - SexualidadeCurso de Entrevistadores - Sexualidade
Curso de Entrevistadores - SexualidadeCeile Maria Bernardo
 
Aproblematica_da_sexualidade2(1)
Aproblematica_da_sexualidade2(1)Aproblematica_da_sexualidade2(1)
Aproblematica_da_sexualidade2(1)Ari Carrasco
 
Estudo de pais 31
Estudo de pais 31Estudo de pais 31
Estudo de pais 31Fatoze
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XVI, XVII e XVIII - Deter...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XVI, XVII e XVIII - Deter...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XVI, XVII e XVIII - Deter...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XVI, XVII e XVIII - Deter...Cynthia Castro
 
Pastoral familiar - Sexualidade
Pastoral familiar - SexualidadePastoral familiar - Sexualidade
Pastoral familiar - Sexualidadefamiliaregsul4
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...Cynthia Castro
 

Semelhante a Sexo, evolução espiritual e Lei de Causa e Efeito (20)

Aula M1(16 a 17 anos) (26/04/12) - O valor da vida
Aula M1(16 a 17 anos) (26/04/12) - O valor da vida Aula M1(16 a 17 anos) (26/04/12) - O valor da vida
Aula M1(16 a 17 anos) (26/04/12) - O valor da vida
 
Aula 11 - Sexo e Espiritismo - Mocidade Espírita Chico Xavier
Aula 11 - Sexo e Espiritismo - Mocidade Espírita Chico XavierAula 11 - Sexo e Espiritismo - Mocidade Espírita Chico Xavier
Aula 11 - Sexo e Espiritismo - Mocidade Espírita Chico Xavier
 
Reencarnação e Patologia do Sexo - Homossexualismo
Reencarnação e Patologia do Sexo - HomossexualismoReencarnação e Patologia do Sexo - Homossexualismo
Reencarnação e Patologia do Sexo - Homossexualismo
 
Aula M2 - Sexualidade
Aula M2 - SexualidadeAula M2 - Sexualidade
Aula M2 - Sexualidade
 
Homossexualidade, na ótica espirita
Homossexualidade, na ótica espiritaHomossexualidade, na ótica espirita
Homossexualidade, na ótica espirita
 
Vida e sexo
Vida e sexoVida e sexo
Vida e sexo
 
Homossexualismo
HomossexualismoHomossexualismo
Homossexualismo
 
O impulso sexual
O impulso sexualO impulso sexual
O impulso sexual
 
Curso de Entrevistadores - Sexualidade
Curso de Entrevistadores - SexualidadeCurso de Entrevistadores - Sexualidade
Curso de Entrevistadores - Sexualidade
 
Curso de Entrevistadores - Sexualidade
Curso de Entrevistadores - SexualidadeCurso de Entrevistadores - Sexualidade
Curso de Entrevistadores - Sexualidade
 
Sexualidade
SexualidadeSexualidade
Sexualidade
 
Aproblematica_da_sexualidade2(1)
Aproblematica_da_sexualidade2(1)Aproblematica_da_sexualidade2(1)
Aproblematica_da_sexualidade2(1)
 
Estudo de pais 31
Estudo de pais 31Estudo de pais 31
Estudo de pais 31
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XVI, XVII e XVIII - Deter...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XVI, XVII e XVIII - Deter...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XVI, XVII e XVIII - Deter...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XVI, XVII e XVIII - Deter...
 
Pastoral familiar - Sexualidade
Pastoral familiar - SexualidadePastoral familiar - Sexualidade
Pastoral familiar - Sexualidade
 
Homossexualismo
HomossexualismoHomossexualismo
Homossexualismo
 
Le vida de insulamento voto de silencio
Le vida de insulamento   voto de silencioLe vida de insulamento   voto de silencio
Le vida de insulamento voto de silencio
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos VIII, IX, X e XI - Matrim...
 
Dinâmica Aula M1 Aborto
Dinâmica Aula M1 Aborto Dinâmica Aula M1 Aborto
Dinâmica Aula M1 Aborto
 
EQUILÍBRIO SEXUAL
EQUILÍBRIO SEXUALEQUILÍBRIO SEXUAL
EQUILÍBRIO SEXUAL
 

Mais de Fatima Carvalho

Depois da travessia - depoimentos esclarecedores
Depois da travessia -  depoimentos esclarecedores Depois da travessia -  depoimentos esclarecedores
Depois da travessia - depoimentos esclarecedores Fatima Carvalho
 
Valores do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
Valores  do trabalho em equipe segundo a Doutrina EspíritaValores  do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
Valores do trabalho em equipe segundo a Doutrina EspíritaFatima Carvalho
 
Mulheres novos rumos 2015
Mulheres novos rumos  2015Mulheres novos rumos  2015
Mulheres novos rumos 2015Fatima Carvalho
 
As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho Fatima Carvalho
 
Eurípedes Barsanulfo e a Educação
Eurípedes Barsanulfo e a EducaçãoEurípedes Barsanulfo e a Educação
Eurípedes Barsanulfo e a EducaçãoFatima Carvalho
 
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)Fatima Carvalho
 
Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013Fatima Carvalho
 
Superação das dificuldades final (out 2012)
Superação das dificuldades final (out 2012)Superação das dificuldades final (out 2012)
Superação das dificuldades final (out 2012)Fatima Carvalho
 
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...Fatima Carvalho
 
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos ExistenciaisVazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos ExistenciaisFatima Carvalho
 
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5Fatima Carvalho
 
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4Fatima Carvalho
 
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3Fatima Carvalho
 
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2Fatima Carvalho
 
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1Fatima Carvalho
 
Casimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
Casimiro Cunha POESIA No Santuario InteriorCasimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
Casimiro Cunha POESIA No Santuario InteriorFatima Carvalho
 
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITAO PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITAFatima Carvalho
 

Mais de Fatima Carvalho (20)

Depois da travessia - depoimentos esclarecedores
Depois da travessia -  depoimentos esclarecedores Depois da travessia -  depoimentos esclarecedores
Depois da travessia - depoimentos esclarecedores
 
Valores do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
Valores  do trabalho em equipe segundo a Doutrina EspíritaValores  do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
Valores do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
 
Mulheres novos rumos 2015
Mulheres novos rumos  2015Mulheres novos rumos  2015
Mulheres novos rumos 2015
 
As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho
 
Eurípedes Barsanulfo e a Educação
Eurípedes Barsanulfo e a EducaçãoEurípedes Barsanulfo e a Educação
Eurípedes Barsanulfo e a Educação
 
A arte de ouvir 08 2015
A arte de ouvir 08 2015A arte de ouvir 08 2015
A arte de ouvir 08 2015
 
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
 
Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013
 
Superação das dificuldades final (out 2012)
Superação das dificuldades final (out 2012)Superação das dificuldades final (out 2012)
Superação das dificuldades final (out 2012)
 
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
 
TODOS APRENDENDO
TODOS APRENDENDOTODOS APRENDENDO
TODOS APRENDENDO
 
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos ExistenciaisVazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
 
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
 
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
 
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
 
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
 
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
 
Casimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
Casimiro Cunha POESIA No Santuario InteriorCasimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
Casimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
 
A IMPORTANCIA DA DOR
A  IMPORTANCIA DA DORA  IMPORTANCIA DA DOR
A IMPORTANCIA DA DOR
 
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITAO PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
 

Sexo, evolução espiritual e Lei de Causa e Efeito

  • 1. FORÇAS SEXUAIS DA ALMA Organização: Fatima A.Carvalho CEJEN – C.E. Jesus de Nazaré – junho 2010
  • 9. Créditos: CEFAK CENTRO ESPÍRITA FRATERNIDADE ALLAN KARDEC Área Especial nº 7 - Setor 'D' Sul - Taguatinga – DF http://www.cefak.org.br/ Disponível em: http://www.cefak.org.br/download/vida1.pdf Acesso em : 7 de abril de 2004 BIBLIOGRAFIA
  • 10. Sexo é fundamental à vida universal. Encontra-se nas origens da própria vida, a qual é emanada ao criador. O sexo na vida universal
  • 12. SEXO = PECADO
  • 13. SEXO = PECADO
  • 14. SEXO = PECADO = HUMOR
  • 15. SEXO não é PECADO
  • 16. O sexo na visão espírita Destrói a noção de pecado
  • 17. O sexo na visão espírita Essência espiritual
  • 18.  
  • 19. EVOLUÇÃO DO INSTINTO SEXUAL O Espírito André Luiz trata da evolução do instinto sexual nos vários reinos da natureza . capítulo XVIII
  • 20. EVOLUÇÃO DO INSTINTO SEXUAL REINO VEGETAL "Por milênios e milênios o princípio inteligente se demorou no hermafroditismo das plantas, como por exemplo, nos fanerógamos, em cujas flores os estames e os pistilos articulam, respectivamente, elementos masculinos e femininos".
  • 21. EVOLUÇÃO DO INSTINTO SEXUAL REINO VEGETAL Nas plantas criptogâmicas celulares e vasculares ensaiara longamente a reprodução sexuada, na formação de gametos (anterozóides e oosfera)" Nos protozoários, há ensaios de reprodução monogâmica
  • 22. EVOLUÇÃO DO INSTINTO SEXUAL REINO ANIMAL "Longo tempo foi gasto na evolução do instinto sexual em vários tipos de animais inferiores, alternando-se-lhe os estados de hermafroditismo com os de unissexualidade para que se lhe aperfeiçoasse as características na direção dos vertebrados."
  • 23. O homem caminha para a angelitude
  • 24. Nos seres primitivos e em todas as criaturas que se demoram voluntariamente no nível dos brutos, a descarga de semelhante energia opera-se inconsideradamente, fato que lhes custa resultados angustiosos a lhes lastrearem longo tempo de fixação em existências menos felizes, para que todos aprendamos que ninguém abusa de alguém sem carrear prejuízo a si mesmo
  • 26.
  • 27. Sexo é espírito e vida, a serviço da felicidade e da harmonia do Universo.
  • 28.  
  • 29. Através dele dimanam forças criativas, a que devemos, na Terra:
  • 30.  
  • 31.  
  • 32.  
  • 33. Se os seres humanos deixarem de fazer sexo atingiriam a perfeição espiritual mais rapidamente?
  • 34. Hojatoleslam Kazem Sedighi líder religioso do Irã
  • 35. “ Muitas  mulheres que não se vestem de forma modesta levam os homens jovens ao mau caminho, corrompem a sua castidade e espalham o adultério pela sociedade. Isso, consequentemente, faz aumentar o número de terremotos” Hojatoleslam Kazem Sedighi – líder religioso do Irã
  • 36. O que podemos fazer para evitar que fiquemos enterrados sob escombros? Não há outra solução senão tomar refúgio na religião e adaptar nossas vidas ao código de moralidade do Islã.” Hojatoleslam Kazem Sedighi – líder religioso do Irã
  • 37. Por causa de sua posição geográfica, o Irã é um dos países mais sensíveis a abalos sísmicos.
  • 38. Do barbarismo à liberalidade
  • 39. Enquanto isto, no Brasil ... O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, aconselhou a prática de sexo como forma de combater a hipertensão
  • 40. A principal mensagem da iniciativa é prevenir a pressão alta e chamar atenção para a importância dos exercícios físicos
  • 41. Além das escolhas individuais, como escolher alimentos saudáveis, manter peso ideal, exercitar-se com regularidade e reduzir o consumo de sal.
  • 42. Mas surge um problema :
  • 43. VIAGRA – Brasil quebra patente
  • 44. Pode ser um estímulo ao uso abusivo
  • 45. Pode ser um estímulo ao uso inconsequente
  • 46. Pode ser um estímulo ao uso inconsequente
  • 48. Se os seres humanos deixassem de fazer sexo atingiriam a perfeição espiritual imediatamente?
  • 49. É um despropósito subtrair as manifestações do sexo aos seres humanos, a pretexto de elevação compulsória, porque as sugestões da erótica se entranham na estrutura da alma. De igual modo, seria absurdo deslocá-lo de sua posição venerável, a fim de arremessá-lo às aventuras menos dignas, com a desculpa de garantir-lhe a libertação.
  • 50.   Quando o sexo for exercido com responsabilidade e não agressivamente, quando os indivíduos compreenderem que o prazer cobra um preço, e este, na união sexual, mesmo com os cuidados dos preservativos, é a fecundação, haverá uma mudança real no comportamento geral, abrindo espaço para a adolescência bem orientada na família em equilíbrio.
  • 51. Evolução espiritual implica na utilização equilibrada do sexo. Sexo bem dirigido leva à monogamia ou à castidade construtiva. Sexo mal dirigido leva à poligamia ou castidade sem aplicação das energias construtivas".
  • 52.   O espírito humano possui nas forças psicossexuais, um dos pilares da sua própria evolução intelectual e ética, por ser a conseqüência de aquisições multimilenares e continuamente renovadas pelas novas experiências no ciclo das reencarnações .
  • 53. Não devemos esquecer que o amor sexual deve ser entendido como o impulso da vida que conduz o homem às grandes realizações do amor divino, através da progressividade de sua espiritualização, no devotamento e no sacrifício ... Emmanuel (Chico Xavier) O Consolador
  • 54. (...) Deus não extermina as paixões dos homens, mas fá-las evoluir, convertendo-as pela dor, em sagrados patrimônios da alma, competindo às criaturas: dominar o coração, guiar os impulsos, orientar as tendências, na evolução sublime dos seus sentimentos . Emmanuel (Chico Xavier) O Consolador
  • 56. Examinando-se, ainda, o elevado coeficiente de viciação do amor sexual, que os homens criaram para seus destinos, somos obrigados a ponderar que, se muitos contraem débitos penosos, entre os excessos da fortuna, da inteligência e do poder, outros o fazem pelo sexo, abusando de um dos mais sagrados pontos de referência de sua vida. Emmanuel (Chico Xavier) – O Consolador
  • 57.  
  • 58. Atos inconsequentes geram abuso e falta de saciedade compulsão sexual
  • 59. A influência espiritual obsessiva ? Somos responsáveis por nossas escolhas
  • 60. A influência espiritual obsessiva Atraimos os que vibram na mesma sintonia
  • 61. estamos cercados de entidades que não vemos, vibrando em diferentes faixas vibratórias A influência espiritual obsessiva
  • 62. A importância do tratamento
  • 63. O melhor agente profilático para esses desequilíbrios (físicos e emocionais) é evitar a promiscuidade, tão em voga na atualidade.
  • 64. É por esse motivo que observamos, muitas vezes, almas numerosas aprendendo entre as angústias do sexuais do mundo, a renúncia e o sacrifício, em marcha para as mais puras aquisições do amor divino... Emmanuel (Chico Xavier) – O Consolador
  • 65.  
  • 66.  
  • 67.  
  • 68. A sexualidade não é obstáculo para a evolução é oportunidade de: crescimento entendimento amor afetividade
  • 69.
  • 70.
  • 71.
  • 72.
  • 73. A sexualidade está diretamente ligada à Lei de Causa e Efeito. Sendo suas respostas ou reações proporcionais, temos como efeitos a alegria ou a dor. Depende da aplicação que lhe dermos Lei de Causa e Efeito
  • 74. Lei de Causa e Efeito À medida que o indivíduo evolui, passa a compreender que a energia sexual envolve o impositivo do discernimento e da responsabilidade em sua aplicação,
  • 75. Lei de Causa e Efeito e que, por isso mesmo, deve estar controlada por valores morais que garantam o seu emprego digno, seja na procriação, asseguradora da família, ou na criação de obras beneméritas da sensibilidade e da cultura, com vistas à evolução e ao burilamento da vida no Planeta.
  • 76. Nossas escolhas determinam nosso destino
  • 77.