SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 47
Baixar para ler offline
O  Centro Espírita Nosso Lar Homenageia no dia de hoje, ALLAN KARDEC, o Codificador da Doutrina Espírita
A  MISSÃO  DE  ALLAN  KARDEC Organização: Fatima e Pedro Rubens Carvalho  - abril 2007 CEJEN – Centro Espírita Jesus de Nazaré – S.J.Campos - SP
Nos EUA,  acontecimentos sobrenaturais  marcaram  o início:
-  Espíritos  Superiores –  mensageiros do Mestre
SÉCULO DEZENOVE : os Espíritos Superiores, quais estrelas cadentes, manifestaram-se em vários pontos do Mundo,  sugerindo aos homens o retorno à prática do bem e da caridade.
1848:  ano em que  os Espíritos  invadiram  a Terra
de grandes revelações  para a humanidade   manifestações  mediúnicas da era  contemporânea  INÍCIO :
CIENTISTAS  ESTUDIOSOS   DOS  FENÔMENOS  E  DAS  MÉDIUNS
Dedicaram-se à investigação dos fenômenos   ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Cientistas renomados da época de Kardec
CONCLUSÃO CIENTÍFICA :   ACEITAM A EXISTÊNCIA  DE UMA  INTERFERÊNCIA ESPIRITUAL NOS ACONTECIMENTOS
UM SÉCULO E MEIO DE DOUTRINA ESPÍRITA LIVRO DOS ESPÍRITOS: REPOSITÓRIO DOS ENSINAMENTOS REVELADOS PELOS ESPÍRITOS SUPERIORES. CODIFICADO POR ALLAN KARDEC  E PUBLICADO EM 18 DE ABRIL DE 1857, EM PARIS,  ABRIU UMA NOVA ERA PARA A REGENERAÇÃO DA HUMANIDADE.
está novamente conosco, há um século e meio, revivescido pelas explicações lúcidas  dos que, considerados mortos,  retornaram para testemunhar a própria imortalidade  e oferecer aos homens as luzes de uma nova era.   Mensagem de Jesus, o Evangelho,
      OBRAS  DA  CODIFICAÇÃO KARDEQUIANA Allan Kardec:  o homem que aceitou o compromisso  de codificar os ensinamentos dos Espíritos  e que organizou  O Livro dos Espíritos  e as demais obras que consolidaram o Espiritismo,  realizou sua tarefa com denodo                                                                                      1857 1861 1864 1865 1868
PRINCÍPIOS BÁSICOS DOUTRINA  ESPÍRITA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
EXISTÊNCIA  DE  DEUS ,[object Object],[object Object]
QUE  É  DEUS ? ,[object Object],[object Object],[object Object]
PLANETA  TERRA:  o que é ?   ,[object Object],[object Object]
IMORTALIDADE DA ALMA
EXISTÊNCIA  DA  REENCARNAÇÃO Mecanismo perfeito da Justiça Divina,  explica-nos porque existe tanta desigualdade  de destino das criaturas na Terra
Lei da Reencarnação
ESQUECIMENTO DO PASSADO
COMUNICABILIDADE DOS ESPÍRITOS VIDÊNCIA MÉDIUNS MATERIALIZAÇÕES PSICOFONIA PSICOGRAFIA APARIÇÕES
FÉ  RACIOCINADA compreensão dos fenômenos espirituais
FÉ RACIOCINADA ,[object Object]
FÉ RACIOCINADA ,[object Object]
Fé cega ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
FÉ  RACIOCINADA ,[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
LEI  DA  EVOLUÇÃO
A alma,  seguindo a lei de evolução  que rege os corpos,  vem se desenvolvendo através dos reinos da natureza  e através dos séculos,  até chegar à nossa espécie.
[object Object],[object Object],Uma cadeia ascendente e contínua  liga todas as criações evolução evolução evolução evolução
Super- C onscient e (futuro) Sub-Consciente ( passado) Consciente (presente)
 
Todos os Espíritos são criados simples e ignorantes, estando sujeitos à Lei de Evolução.   TRAJETÓRIA EVOLUTIVA DO ESPÍRITO
   Em sua sabedoria infinita, Deus criou todos os seres fatalmente destinados à perfeição.
QUEM SOU? DE  ONDE  VIM? PARA ONDE VOU?
Esp íritas, amai-vos, instruí-vos. Para que  estou na terra?
"Reconhece-se o verdadeiro Espírita pela sua transformação moral e pelos esforços que faz para domar as suas más inclinações "  Allan Kardec
ESPIRITISMO EXPLICA: ,[object Object],[object Object],[object Object]
31 de março de 1869  "Pelo espiritismo  a humanidade deve entrar em uma nova fase,  a do progresso moral,  que é a sua conseqüência inevitável".
Rio Piracicaba PLANETA TERRA  Escola Bendita Do livro “A Vida Conta” Espírito Maria Dolores Psicografia de Francisco Cândido Xavier
Quem vê a Terra de longe Nota que o Orbe no Espaço Recorda um comboio de aço Varando os céus na amplidão;
Em trilhos de mar e terra, Conquanto em linha disforme, Formando o comboio enorme Cada cidade é um vagão.
Contemplo esse trem-escola, Conduzindo várias classes, Em salões de muitas faces, Cada pessoa é aprendiz; Todo viajor nessa nave, Em nome da Luz Divina, Luta, sofre e raciocina, Aprendendo a ser feliz.
Cada qual em seu refúgio, Seja palácio ou choupana, Recebe da escola humana As lições do Eterno Bem; Cada aluno está restrito Ao progresso em que se marca, Até que, enfim, desembarca Nas plataformas do Além.
Do livro “A Vida Conta” Espírito Maria Dolores Psicografia de Francisco Cândido Xavier Alma querida , prossegue No educand ário  sublime, Que nada  te desanime Nos dias de  prova e dor... Quem conquista as notas altas Quem mais se alteia e merece É quem mais serve e esquece Na sementeira do Amor.
OBRIGADO, KARDEC !

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O CÉU E O INFERNO "Visão Espírita"
O CÉU E O INFERNO "Visão Espírita"O CÉU E O INFERNO "Visão Espírita"
O CÉU E O INFERNO "Visão Espírita"Jorge Luiz dos Santos
 
18abril1857 advento do espirito de verdade
18abril1857 advento do espirito de verdade18abril1857 advento do espirito de verdade
18abril1857 advento do espirito de verdadeHenrique Vieira
 
Resumo dos Pontos Principais Doutrina Espírita
Resumo dos Pontos Principais Doutrina EspíritaResumo dos Pontos Principais Doutrina Espírita
Resumo dos Pontos Principais Doutrina EspíritaGraça Maciel
 
Emancipação parcial da alma 1
Emancipação parcial da alma 1Emancipação parcial da alma 1
Emancipação parcial da alma 1Graça Maciel
 
Não vim trazer a paz, maz a espada
Não vim trazer a paz, maz a espadaNão vim trazer a paz, maz a espada
Não vim trazer a paz, maz a espadaSergio Menezes
 
Nova geraçao
Nova geraçaoNova geraçao
Nova geraçaodijfergs
 
2.4.2 encarnacao nos diferentes mundos
2.4.2   encarnacao nos diferentes mundos2.4.2   encarnacao nos diferentes mundos
2.4.2 encarnacao nos diferentes mundosMarta Gomes
 
3ª aula da natureza das comunicações - coem
3ª aula   da natureza das comunicações - coem3ª aula   da natureza das comunicações - coem
3ª aula da natureza das comunicações - coemWagner Quadros
 
Roteiro 4 progressão dos espíritos
Roteiro  4   progressão dos espíritosRoteiro  4   progressão dos espíritos
Roteiro 4 progressão dos espíritosBruno Cechinel Filho
 
Allan Kardec, Sua Vida E Sua Obra.Ppsx
Allan Kardec, Sua Vida E Sua Obra.PpsxAllan Kardec, Sua Vida E Sua Obra.Ppsx
Allan Kardec, Sua Vida E Sua Obra.PpsxRoque Souza
 
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDECO CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDECJorge Luiz dos Santos
 
Reencarnação, objetivo, justiça e escolha das provas
Reencarnação, objetivo, justiça e escolha das provasReencarnação, objetivo, justiça e escolha das provas
Reencarnação, objetivo, justiça e escolha das provasEduardo Ottonelli Pithan
 
Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862igmateus
 
Slides autodescobrimento e a psicologia espírita - primeira parte
Slides   autodescobrimento e a psicologia espírita - primeira parteSlides   autodescobrimento e a psicologia espírita - primeira parte
Slides autodescobrimento e a psicologia espírita - primeira parteCélio Alves de Moura
 

Mais procurados (20)

O CÉU E O INFERNO "Visão Espírita"
O CÉU E O INFERNO "Visão Espírita"O CÉU E O INFERNO "Visão Espírita"
O CÉU E O INFERNO "Visão Espírita"
 
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMOMEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
MEDIUNIDADE E ESPIRITISMO
 
18abril1857 advento do espirito de verdade
18abril1857 advento do espirito de verdade18abril1857 advento do espirito de verdade
18abril1857 advento do espirito de verdade
 
Resumo dos Pontos Principais Doutrina Espírita
Resumo dos Pontos Principais Doutrina EspíritaResumo dos Pontos Principais Doutrina Espírita
Resumo dos Pontos Principais Doutrina Espírita
 
Emancipação parcial da alma 1
Emancipação parcial da alma 1Emancipação parcial da alma 1
Emancipação parcial da alma 1
 
Não vim trazer a paz, maz a espada
Não vim trazer a paz, maz a espadaNão vim trazer a paz, maz a espada
Não vim trazer a paz, maz a espada
 
Nova geraçao
Nova geraçaoNova geraçao
Nova geraçao
 
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucuraPalestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
 
2.4.2 encarnacao nos diferentes mundos
2.4.2   encarnacao nos diferentes mundos2.4.2   encarnacao nos diferentes mundos
2.4.2 encarnacao nos diferentes mundos
 
A realeza de jesus
A realeza de jesusA realeza de jesus
A realeza de jesus
 
3ª aula da natureza das comunicações - coem
3ª aula   da natureza das comunicações - coem3ª aula   da natureza das comunicações - coem
3ª aula da natureza das comunicações - coem
 
Roteiro 4 progressão dos espíritos
Roteiro  4   progressão dos espíritosRoteiro  4   progressão dos espíritos
Roteiro 4 progressão dos espíritos
 
Obras básicas
Obras básicasObras básicas
Obras básicas
 
Allan Kardec, Sua Vida E Sua Obra.Ppsx
Allan Kardec, Sua Vida E Sua Obra.PpsxAllan Kardec, Sua Vida E Sua Obra.Ppsx
Allan Kardec, Sua Vida E Sua Obra.Ppsx
 
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDECO CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
 
Reencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familiaReencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familia
 
Reencarnação, objetivo, justiça e escolha das provas
Reencarnação, objetivo, justiça e escolha das provasReencarnação, objetivo, justiça e escolha das provas
Reencarnação, objetivo, justiça e escolha das provas
 
Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862Viagem Espírita em 1862
Viagem Espírita em 1862
 
Obsessão
ObsessãoObsessão
Obsessão
 
Slides autodescobrimento e a psicologia espírita - primeira parte
Slides   autodescobrimento e a psicologia espírita - primeira parteSlides   autodescobrimento e a psicologia espírita - primeira parte
Slides autodescobrimento e a psicologia espírita - primeira parte
 

Destaque

Resumo o livro dos espíritos - item 10 - 16
Resumo o livro dos espíritos - item 10 - 16Resumo o livro dos espíritos - item 10 - 16
Resumo o livro dos espíritos - item 10 - 16Graça Maciel
 
Visão Espírita do Carnaval
Visão Espírita do CarnavalVisão Espírita do Carnaval
Visão Espírita do CarnavalPAN1911
 
Educação espírita para a infância
Educação espírita para a infânciaEducação espírita para a infância
Educação espírita para a infânciaDalila Melo
 
Culto Do Evangelho No Lar
Culto  Do  Evangelho No   LarCulto  Do  Evangelho No   Lar
Culto Do Evangelho No LarHome
 

Destaque (6)

Resumo o livro dos espíritos - item 10 - 16
Resumo o livro dos espíritos - item 10 - 16Resumo o livro dos espíritos - item 10 - 16
Resumo o livro dos espíritos - item 10 - 16
 
O Livro dos Espíritos
O Livro dos EspíritosO Livro dos Espíritos
O Livro dos Espíritos
 
Visão Espírita do Carnaval
Visão Espírita do CarnavalVisão Espírita do Carnaval
Visão Espírita do Carnaval
 
Agua
AguaAgua
Agua
 
Educação espírita para a infância
Educação espírita para a infânciaEducação espírita para a infância
Educação espírita para a infância
 
Culto Do Evangelho No Lar
Culto  Do  Evangelho No   LarCulto  Do  Evangelho No   Lar
Culto Do Evangelho No Lar
 

Semelhante a Allan Kardec 150 Anos LIVRO DOS ESPÍRITOS

Genese cap 11 parte 3 de 3 2018 Imig e Emig Anjos decaidos
Genese cap 11 parte 3 de 3   2018 Imig e Emig Anjos decaidosGenese cap 11 parte 3 de 3   2018 Imig e Emig Anjos decaidos
Genese cap 11 parte 3 de 3 2018 Imig e Emig Anjos decaidosFernando Pinto
 
Tríplice Aspecto da Doutrina Espírita
Tríplice Aspecto da Doutrina EspíritaTríplice Aspecto da Doutrina Espírita
Tríplice Aspecto da Doutrina EspíritaAntonino Silva
 
Fund1Mod07Rot3e5-[2012]guto
Fund1Mod07Rot3e5-[2012]gutoFund1Mod07Rot3e5-[2012]guto
Fund1Mod07Rot3e5-[2012]gutoGuto Ovsky
 
Evolução em dois mundos
Evolução em dois mundosEvolução em dois mundos
Evolução em dois mundosEWALDO DE SOUZA
 
Palestra Pluralidade Mundos Habitados
Palestra Pluralidade Mundos HabitadosPalestra Pluralidade Mundos Habitados
Palestra Pluralidade Mundos Habitadoscab3032
 
Cosmovisao Espírita
Cosmovisao EspíritaCosmovisao Espírita
Cosmovisao EspíritaFalec
 
Ciência dos Espiritos.pdf Eliphas Levi
Ciência dos Espiritos.pdf Eliphas LeviCiência dos Espiritos.pdf Eliphas Levi
Ciência dos Espiritos.pdf Eliphas LeviBaltazar Maciel
 
_A Ciência dos Espíritos.pdf
_A Ciência dos Espíritos.pdf_A Ciência dos Espíritos.pdf
_A Ciência dos Espíritos.pdfEdom Ferreira
 
Introdução a doutrina espirita-Palestra do Curso Espiritismo E Evangelho-GECM...
Introdução a doutrina espirita-Palestra do Curso Espiritismo E Evangelho-GECM...Introdução a doutrina espirita-Palestra do Curso Espiritismo E Evangelho-GECM...
Introdução a doutrina espirita-Palestra do Curso Espiritismo E Evangelho-GECM...Marcelo do Nascimento Rodrigues
 
Cosmovisão
CosmovisãoCosmovisão
CosmovisãoFalec
 
Evangeliza - Diferentes categorias de mundos habitados
Evangeliza - Diferentes categorias de mundos habitadosEvangeliza - Diferentes categorias de mundos habitados
Evangeliza - Diferentes categorias de mundos habitadosAntonino Silva
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...Cynthia Castro
 
Viajantes das estrelas
Viajantes das estrelasViajantes das estrelas
Viajantes das estrelascarlos freire
 
O livro dos espíritos herculano
O livro dos espíritos herculanoO livro dos espíritos herculano
O livro dos espíritos herculanoAntonio SSantos
 
O livro dos espíritos herculano
O livro dos espíritos herculanoO livro dos espíritos herculano
O livro dos espíritos herculanoAntonio SSantos
 

Semelhante a Allan Kardec 150 Anos LIVRO DOS ESPÍRITOS (20)

Allan kardec-150-anos-le-120528729896746-2
Allan kardec-150-anos-le-120528729896746-2Allan kardec-150-anos-le-120528729896746-2
Allan kardec-150-anos-le-120528729896746-2
 
Genese cap 11 parte 3 de 3 2018 Imig e Emig Anjos decaidos
Genese cap 11 parte 3 de 3   2018 Imig e Emig Anjos decaidosGenese cap 11 parte 3 de 3   2018 Imig e Emig Anjos decaidos
Genese cap 11 parte 3 de 3 2018 Imig e Emig Anjos decaidos
 
Tríplice Aspecto da Doutrina Espírita
Tríplice Aspecto da Doutrina EspíritaTríplice Aspecto da Doutrina Espírita
Tríplice Aspecto da Doutrina Espírita
 
Fund1Mod07Rot3e5-[2012]guto
Fund1Mod07Rot3e5-[2012]gutoFund1Mod07Rot3e5-[2012]guto
Fund1Mod07Rot3e5-[2012]guto
 
Evolução em dois mundos
Evolução em dois mundosEvolução em dois mundos
Evolução em dois mundos
 
Palestra Pluralidade Mundos Habitados
Palestra Pluralidade Mundos HabitadosPalestra Pluralidade Mundos Habitados
Palestra Pluralidade Mundos Habitados
 
Cosmovisao Espírita
Cosmovisao EspíritaCosmovisao Espírita
Cosmovisao Espírita
 
Ciência dos Espiritos.pdf Eliphas Levi
Ciência dos Espiritos.pdf Eliphas LeviCiência dos Espiritos.pdf Eliphas Levi
Ciência dos Espiritos.pdf Eliphas Levi
 
_A Ciência dos Espíritos.pdf
_A Ciência dos Espíritos.pdf_A Ciência dos Espíritos.pdf
_A Ciência dos Espíritos.pdf
 
Introdução a doutrina espirita-Palestra do Curso Espiritismo E Evangelho-GECM...
Introdução a doutrina espirita-Palestra do Curso Espiritismo E Evangelho-GECM...Introdução a doutrina espirita-Palestra do Curso Espiritismo E Evangelho-GECM...
Introdução a doutrina espirita-Palestra do Curso Espiritismo E Evangelho-GECM...
 
Cosmovisão
CosmovisãoCosmovisão
Cosmovisão
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - a mediunidade atraves dos tempos
( Espiritismo)   # - amag ramgis - a mediunidade atraves dos tempos( Espiritismo)   # - amag ramgis - a mediunidade atraves dos tempos
( Espiritismo) # - amag ramgis - a mediunidade atraves dos tempos
 
Evangeliza - Diferentes categorias de mundos habitados
Evangeliza - Diferentes categorias de mundos habitadosEvangeliza - Diferentes categorias de mundos habitados
Evangeliza - Diferentes categorias de mundos habitados
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XX - Corpo e Espiritual e...
 
A Caminho da Luz
A Caminho da LuzA Caminho da Luz
A Caminho da Luz
 
Abril
AbrilAbril
Abril
 
Mofra cartilha
Mofra cartilhaMofra cartilha
Mofra cartilha
 
Viajantes das estrelas
Viajantes das estrelasViajantes das estrelas
Viajantes das estrelas
 
O livro dos espíritos herculano
O livro dos espíritos herculanoO livro dos espíritos herculano
O livro dos espíritos herculano
 
O livro dos espíritos herculano
O livro dos espíritos herculanoO livro dos espíritos herculano
O livro dos espíritos herculano
 

Mais de Fatima Carvalho

Depois da travessia - depoimentos esclarecedores
Depois da travessia -  depoimentos esclarecedores Depois da travessia -  depoimentos esclarecedores
Depois da travessia - depoimentos esclarecedores Fatima Carvalho
 
Valores do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
Valores  do trabalho em equipe segundo a Doutrina EspíritaValores  do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
Valores do trabalho em equipe segundo a Doutrina EspíritaFatima Carvalho
 
Mulheres novos rumos 2015
Mulheres novos rumos  2015Mulheres novos rumos  2015
Mulheres novos rumos 2015Fatima Carvalho
 
As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho Fatima Carvalho
 
Eurípedes Barsanulfo e a Educação
Eurípedes Barsanulfo e a EducaçãoEurípedes Barsanulfo e a Educação
Eurípedes Barsanulfo e a EducaçãoFatima Carvalho
 
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)Fatima Carvalho
 
Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013Fatima Carvalho
 
Superação das dificuldades final (out 2012)
Superação das dificuldades final (out 2012)Superação das dificuldades final (out 2012)
Superação das dificuldades final (out 2012)Fatima Carvalho
 
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...Fatima Carvalho
 
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos ExistenciaisVazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos ExistenciaisFatima Carvalho
 
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5Fatima Carvalho
 
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4Fatima Carvalho
 
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3Fatima Carvalho
 
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2Fatima Carvalho
 
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1Fatima Carvalho
 
Casimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
Casimiro Cunha POESIA No Santuario InteriorCasimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
Casimiro Cunha POESIA No Santuario InteriorFatima Carvalho
 
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITAO PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITAFatima Carvalho
 

Mais de Fatima Carvalho (20)

Depois da travessia - depoimentos esclarecedores
Depois da travessia -  depoimentos esclarecedores Depois da travessia -  depoimentos esclarecedores
Depois da travessia - depoimentos esclarecedores
 
Valores do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
Valores  do trabalho em equipe segundo a Doutrina EspíritaValores  do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
Valores do trabalho em equipe segundo a Doutrina Espírita
 
Mulheres novos rumos 2015
Mulheres novos rumos  2015Mulheres novos rumos  2015
Mulheres novos rumos 2015
 
As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho
 
Eurípedes Barsanulfo e a Educação
Eurípedes Barsanulfo e a EducaçãoEurípedes Barsanulfo e a Educação
Eurípedes Barsanulfo e a Educação
 
A arte de ouvir 08 2015
A arte de ouvir 08 2015A arte de ouvir 08 2015
A arte de ouvir 08 2015
 
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
Libertação da sombra (Joanna de Ângelis)
 
Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013Transformacao interior e regeneracao 2013
Transformacao interior e regeneracao 2013
 
Superação das dificuldades final (out 2012)
Superação das dificuldades final (out 2012)Superação das dificuldades final (out 2012)
Superação das dificuldades final (out 2012)
 
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
A força da convicção do amparo dos benfeitores espirituais (animação só vista...
 
TODOS APRENDENDO
TODOS APRENDENDOTODOS APRENDENDO
TODOS APRENDENDO
 
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos ExistenciaisVazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
Vazio existencial (Joanna Angelis) Conflitos Existenciais
 
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
Resiliência e Burnout (Teoria e Superação) parte 5
 
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
Resiliência e Burnout (teoria e superação) parte 4
 
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
Resiliência e burnout teoria e superação parte 3
 
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
Resiliência e burnout (teoria e superação) parte 2
 
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
Resiliência e Burnout (teoria e superacao) parte 1
 
Casimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
Casimiro Cunha POESIA No Santuario InteriorCasimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
Casimiro Cunha POESIA No Santuario Interior
 
A IMPORTANCIA DA DOR
A  IMPORTANCIA DA DORA  IMPORTANCIA DA DOR
A IMPORTANCIA DA DOR
 
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITAO PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
 

Último

HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxrenatacolbeich1
 
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024SamiraMiresVieiradeM
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 

Último (20)

HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 

Allan Kardec 150 Anos LIVRO DOS ESPÍRITOS

  • 1. O Centro Espírita Nosso Lar Homenageia no dia de hoje, ALLAN KARDEC, o Codificador da Doutrina Espírita
  • 2. A MISSÃO DE ALLAN KARDEC Organização: Fatima e Pedro Rubens Carvalho - abril 2007 CEJEN – Centro Espírita Jesus de Nazaré – S.J.Campos - SP
  • 3. Nos EUA, acontecimentos sobrenaturais marcaram o início:
  • 4. - Espíritos Superiores – mensageiros do Mestre
  • 5. SÉCULO DEZENOVE : os Espíritos Superiores, quais estrelas cadentes, manifestaram-se em vários pontos do Mundo, sugerindo aos homens o retorno à prática do bem e da caridade.
  • 6. 1848: ano em que os Espíritos invadiram a Terra
  • 7. de grandes revelações para a humanidade manifestações mediúnicas da era contemporânea INÍCIO :
  • 8. CIENTISTAS ESTUDIOSOS DOS FENÔMENOS E DAS MÉDIUNS
  • 9.
  • 10. CONCLUSÃO CIENTÍFICA : ACEITAM A EXISTÊNCIA DE UMA INTERFERÊNCIA ESPIRITUAL NOS ACONTECIMENTOS
  • 11. UM SÉCULO E MEIO DE DOUTRINA ESPÍRITA LIVRO DOS ESPÍRITOS: REPOSITÓRIO DOS ENSINAMENTOS REVELADOS PELOS ESPÍRITOS SUPERIORES. CODIFICADO POR ALLAN KARDEC E PUBLICADO EM 18 DE ABRIL DE 1857, EM PARIS, ABRIU UMA NOVA ERA PARA A REGENERAÇÃO DA HUMANIDADE.
  • 12. está novamente conosco, há um século e meio, revivescido pelas explicações lúcidas dos que, considerados mortos, retornaram para testemunhar a própria imortalidade e oferecer aos homens as luzes de uma nova era. Mensagem de Jesus, o Evangelho,
  • 13.     OBRAS DA CODIFICAÇÃO KARDEQUIANA Allan Kardec: o homem que aceitou o compromisso de codificar os ensinamentos dos Espíritos e que organizou O Livro dos Espíritos e as demais obras que consolidaram o Espiritismo, realizou sua tarefa com denodo                                                                       1857 1861 1864 1865 1868
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 19. EXISTÊNCIA DA REENCARNAÇÃO Mecanismo perfeito da Justiça Divina, explica-nos porque existe tanta desigualdade de destino das criaturas na Terra
  • 22. COMUNICABILIDADE DOS ESPÍRITOS VIDÊNCIA MÉDIUNS MATERIALIZAÇÕES PSICOFONIA PSICOGRAFIA APARIÇÕES
  • 23. FÉ RACIOCINADA compreensão dos fenômenos espirituais
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 28.
  • 29. LEI DA EVOLUÇÃO
  • 30. A alma, seguindo a lei de evolução que rege os corpos, vem se desenvolvendo através dos reinos da natureza e através dos séculos, até chegar à nossa espécie.
  • 31.
  • 32. Super- C onscient e (futuro) Sub-Consciente ( passado) Consciente (presente)
  • 33.  
  • 34. Todos os Espíritos são criados simples e ignorantes, estando sujeitos à Lei de Evolução.  TRAJETÓRIA EVOLUTIVA DO ESPÍRITO
  • 35.   Em sua sabedoria infinita, Deus criou todos os seres fatalmente destinados à perfeição.
  • 36. QUEM SOU? DE ONDE VIM? PARA ONDE VOU?
  • 37. Esp íritas, amai-vos, instruí-vos. Para que estou na terra?
  • 38. "Reconhece-se o verdadeiro Espírita pela sua transformação moral e pelos esforços que faz para domar as suas más inclinações " Allan Kardec
  • 39.
  • 40. 31 de março de 1869 "Pelo espiritismo a humanidade deve entrar em uma nova fase, a do progresso moral, que é a sua conseqüência inevitável".
  • 41. Rio Piracicaba PLANETA TERRA Escola Bendita Do livro “A Vida Conta” Espírito Maria Dolores Psicografia de Francisco Cândido Xavier
  • 42. Quem vê a Terra de longe Nota que o Orbe no Espaço Recorda um comboio de aço Varando os céus na amplidão;
  • 43. Em trilhos de mar e terra, Conquanto em linha disforme, Formando o comboio enorme Cada cidade é um vagão.
  • 44. Contemplo esse trem-escola, Conduzindo várias classes, Em salões de muitas faces, Cada pessoa é aprendiz; Todo viajor nessa nave, Em nome da Luz Divina, Luta, sofre e raciocina, Aprendendo a ser feliz.
  • 45. Cada qual em seu refúgio, Seja palácio ou choupana, Recebe da escola humana As lições do Eterno Bem; Cada aluno está restrito Ao progresso em que se marca, Até que, enfim, desembarca Nas plataformas do Além.
  • 46. Do livro “A Vida Conta” Espírito Maria Dolores Psicografia de Francisco Cândido Xavier Alma querida , prossegue No educand ário sublime, Que nada te desanime Nos dias de prova e dor... Quem conquista as notas altas Quem mais se alteia e merece É quem mais serve e esquece Na sementeira do Amor.