SINESTESIASa b r i l 2 0 1 3 – n ú m e r o 1a b r i l 2 0 1 3 – n ú m e r o 1Revista
SINESTESIASCaixa Postal 73, Ribeirão Pires, SPCEP 09400 970projetooficinativa@hotmail.com (e-mail, msn)carlos rogerio amor...
O nosso jeito de fazerEconomias e CulturasSolidárias e Criativasdo Fórum Social Mundial, que nasceu emPorto Alegre e depoi...
Uma casa que é pura...Ocupar os espaços públicos da cidade de Ribeirão Pires (e de muitas outrasem nossas andanças) é fasc...
O que podemos – ou não – fazerEsse é um desafio que lançamos a cada cidadão VIVO desteplaneta – porque às vezes parece que...
Momentos atmosfericos´6
RECICLAGEM COM LATASMARCIA MARIA BATTISTINI, marciapi@hotmail.comartesã participante da Feira GAIOLA ATMOSFÉRICA__________...
Nosso acervo socialAo longo dos anos e nas diversasvivências, fomos coletando muitosmateriais interessantes einspiradores ...
Concurso solidario deFOTOGRAFIASSOCIOCULTURAIS____________Num concurso solidário não existem melhores oupiores. O mais imp...
A revista SINESTESIAS é uma publicaçãoaperiódica e conta com sua participaçãopara seguir existindo. Colaborações,propostas...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Revista SINESTESIAS n° 1

141 visualizações

Publicada em

Nova publicação com ideias e trabalhos desenvolvidos na Feira de Economias e Culturas Solidárias e Criativas GAIOLA ATMOSFÉRICA, em parceria com o Projeto OFICINATIVA, também registrando ações de diversos cantos por um outro mundo melhor possível. Lançamento em abril de 2013.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
141
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Revista SINESTESIAS n° 1

  1. 1. SINESTESIASa b r i l 2 0 1 3 – n ú m e r o 1a b r i l 2 0 1 3 – n ú m e r o 1Revista
  2. 2. SINESTESIASCaixa Postal 73, Ribeirão Pires, SPCEP 09400 970projetooficinativa@hotmail.com (e-mail, msn)carlos rogerio amorim (facebook, skype)oficinativa (twitter)www.oficinativa.blogspot.com.brpáginas & conteúdos3.....O nosso jeito de fazerEconomias e CulturasSolidárias e Criativas4.....Uma casa que é puraSINESTESIA4.....Um mapeamento emprocesso...5.....O que podemos – ou não –fazer / o que devemos – ou não– fazer6.....Momentos atmosféricos7.....Reciclagem com latas8.....Nosso acervo social9.....SINESTESIAS, tambémaudiovisuais9.....Concurso solidário deFOTOGRAFIASSOCIOCULTURAISAqui está SINESTESIAS em seu primeirosopro de vida. Pretendemos neste novoespaço educomunicativo, registrar asexperiências que estamos realizando naFeira GAIOLA ATMOSFÉRICA e em todasas ações paralelas que estamosdesenvolvendo. E já são muitas. Afinal,como dizemos e repetimos desde o princípio– em 2006 – estamos tentando simplesmentedar sentidos mais nobres e prazerosos anossas estadias terrenas e, porconsequência, a nossas relações sociais...Então, bem vind@sa esse novo canal popular!!!!
  3. 3. O nosso jeito de fazerEconomias e CulturasSolidárias e Criativasdo Fórum Social Mundial, que nasceu emPorto Alegre e depois ganhou o mundo...E como o evento original, arrumamos nossasmalas e barracas e saímos circulando por nossoestado, depois por nosso país e logo por nossoplaneta, participando de toda atividade quepromovesse aprendizados e trocas. Troca, aliás,que é um dos formatos mais utilizados nosencontros deste segmento econômico. E temostrocado muito...Mas logo o volume da canção só aumentava:Você tem sede de que?A GENTE TEM SEDE DE QUE?(Titãs)E você e a gente tem sede de muita coisa, né?Então, juntando Culturas + criatividade e...São muitas as maneiras de sefazer uma feira de economiasolidária. Antes de dar o primeiropasso nessa aventura, mescla deentretenimento e árduo trabalho,nos preocupamos em ver, visitar,estudar, investigar os conceitos,as possibilidades, o que estavaacontecendo neste intriganteuniverso da criação, da recriaçãocoletiva. Assim, andamos muitopelas cidades do ABC, numaépoca na qual fervilhavam asvibrações que chegavam do suldo país, por conta das edições3
  4. 4. Uma casa que é pura...Ocupar os espaços públicos da cidade de Ribeirão Pires (e de muitas outrasem nossas andanças) é fascinante mas, em alguns momentos, se tornainsuficiente para materializar todas as efervescentes vontades que nãoparam de crescer em nossos corações e mentes. Queremos além doagradável encontro-evento-festa, aberto, interativo, integrativo, outros tantosque possibilitem conversas mais intimistas, esboços e planejamentos maisestratégicos, leituras e estudos de materiais instigantes, organização,edição e divulgação de nossos registros e uma porção de itens quefavoreçam a consolidação da GAIOLA. Concretizamos com esse fim a CASASINESTÉSICA, uma pequena edificação com enorme vocação. Já conhece?SINESTESIAum mapeamento em processo...A partir de 2013, nossa feira solidária e criativa tem assumido outras “responsabilidades“.Mas não queremos que estas se tornem pesos intragáveis em nossas práticas rotineiras: temos deseguir trilhando os passos lúdicos e estimulantes que nos propusemos nessa jornada.Uma dessas novidades “sérias“ que estáchegando é a organização semestral do Guia demanifestações culturais do ABC. Trata-se deum projeto a longo prazo de coletar informações econtatos de “agentes fazedores de coisas“ emnossa região. E mais que isso: mobilizarsocialmente a rede para que não se transformeapenas em mais uma publicação do gênero.Na verdade, o Guia já existe mas ficou paradopor cerca de 2 anos. As atualizações ocorremsempre em junho e em dezembro e até o mêsanterior a esses, a GAIOLA estará recebendo asinscrições de artistas, artesãos, educadores,ativistas, espaços, eventos, entre outras.4
  5. 5. O que podemos – ou não – fazerEsse é um desafio que lançamos a cada cidadão VIVO desteplaneta – porque às vezes parece que há gente não tãodisposta a viver – para que criemos um manifesto no qualenumeremos nossos DIREITOS e DEVERES mais urgentes...O que devemos – ou não – fazer...e isso independente dos regimentos e normas que já existem – quesão muitos e cada vez mais sem sentido. Podemos utilizar a própriafeira para ser o palco dessas discussões e retomar o antigo costumedo comunitário como prioridade dentro dos grupos humanos.Um pouco de nossa sede nesses tempos....5
  6. 6. Momentos atmosfericos´6
  7. 7. RECICLAGEM COM LATASMARCIA MARIA BATTISTINI, marciapi@hotmail.comartesã participante da Feira GAIOLA ATMOSFÉRICA__________________________________________As latas fazem parte de nosso dia a dia, acondicionam molhos, leite em pó, farináceos,conservas, doces, bombons, etc.Portanto para reaproveitá-las e contribuir com o meio ambiente, passamos algumas ideais paraque, com pouco material e criatividade, possamos transformá-las em utensílios para uso geralna decoração, na cozinha, na varanda, no banheiro, no escritório, etc, como podem observarem fotos e nas amostras expostas.Elas podem ser usadas para:- guardar acessórios femininos e enfeites infantis;- guardas bolas de gude e pequenos brinquedos masculinos;- cotonetes, algodão, presilhas para cabelo, grampos de cabelo;- temperos secos, como orégano, colorau, farinhas, sobras debolacha, de torradas, castanhas;- como organizador de costura – botões, linhas, fita métrica;- como organizador de manicure – esmalte, removedor, algodão;- como porta talheres para servir a mesa ou decorar a cozinha;- como porta lápis e acessórios de escritório;- como lindas embalagens para presente;- como cachepô ou arranjos de flores secas;- como balde para pregadores de roupa.Enfim, use a sua imaginação e crie!ProcedimentoPegue a lata de sua preferência, lave-a bem e deixe secarao sol ou seque com secador de cabelos se tiver.Retire com removedor de esmalte de unha ou outro quetenha: a data de validade (aquela com tinta azul ou preta),pois essa mancha as demais.Passe do lado de fora um produto chamado PRIMER quegarante tanto a colagem da tinta como evita a ferrugem...Se desejar, poderá usá-lo internamente também e apóspintar.Deixe secar bem o produto ou seque com secador de cabelos. Escolha as tintas edecoração de sua preferência e monte o trabalho.Você pode usar, se tiver em casa, tinta látex também, mas somente após o usodo primer.7
  8. 8. Nosso acervo socialAo longo dos anos e nas diversasvivências, fomos coletando muitosmateriais interessantes einspiradores e já sabíamos que aoportunidade de compartilhá-loschegaria, mesmo que demorasse umpouco. Temos agora a satisfação deabrir nossas portas para que acomunidade possa utilizar essematerial e ampliar sua visão demundo. Temos disponíveis:- livros, revistas e jornais;- LPs, K7s, CDs e DVDs;- brinquedos e jogos;- fanzines e outraspublicações alternativas;- fotos, cartazes, etc.Também estaremosrealizando com essesmateriais atividadesespecíficas (mostras,workshops, saraus) e a cadaedição desta revista,falaremos de um item denosso catálogo. Só na CASASINESTÉSICA.Como decoração: Pode-se usar colagem de figuras,papeis desenhados, recortes de bichinhos e outros,fitas, fita adesiva especifica, botões, laços, floressecas, frutas artificiais e tudo que o motivo a ser feitopermitir. Por exemplo, se você estiver fazendo umalata para cozinha, procure colocar objetos referentesao motivo que esta fazendo, no caso, xícaras, bule,bolinhos, frutas, aves, etc.No final, passe uma camada de verniz, que pode serspray ou com pincel, desde que cubra todo otrabalho, para que não estrague com qualquer gotade água.O material relatado – primer e verniz para artesanato– é encontrado em lojas especializadas ou dematerial de construção. A cola usada para colagem écola branca diluída em um pouco de água. Essamistura também serve para impermeabilização dotrabalho, caso não tenha o vernizQualquer duvida, faça contato.Márcia realizandooficina dereciclagem de latasna edição denovembro de 2012da Feira GAIOLAATMOSFÉRICA8
  9. 9. Concurso solidario deFOTOGRAFIASSOCIOCULTURAIS____________Num concurso solidário não existem melhores oupiores. O mais importante é a participação e avariedade de materiais que podemos apreciar comoresultado. No fundo, TOD@S ganham: haverá umapublicação virtual gratuita compilando as obrasrecebidas dentro do prazo de inscrição e umaexposição pública na edição de junho da FeiraGAIOLA ATMOSFÉRICA. Um protesto, umarecordação, um flagrante, um detalhe, identificado edatado, em qualquer formato disponível, tudo issopode ser considerado uma FOTOGRAFIASOCIOCULTURAL para esta convocatória. Asinscrições podem ser feitas entre 1 de abril e 26 demaio. Não deixe de participar!!!obra de Jacob das Artes instaladanum jardim, centro de Piracicaba, SPdezembro 2010SINESTESIAS,também audiovisuais_______________Consideramos a GAIOLA ATMOSFÉRICA umgrande laboratório que almeja proporcionar aoscidadãos das mais diversas origens e condiçõesum espaço para experimentar algo distintodaquilo que é cotidiano e convencial, mas quepossa se converter futuramente em algo fluente.Uma das ações que realmente nos cativa é a daEduComunicação, essa possibilidade de criar opróprio conteúdo, o próprio material reflexivo, deacordo com as crenças que temos e a partir doreferencial que nos agrada. E as tecnologiasatuais tem facilitado bastante a captação, aedição e a divulgação dessas produções. Apequena revolução que arquitetamos passanecessariamento pela autonomia em váriossetores básicos de nossa vida: Educação eComunicação são certamentedois bem importantes.Além da Revista SINESTESIAS,que está em sua mão, estamosplanejando também programasem áudio e programas em vídeo econtamos com a participação detod@s @s interessad@s.Vamos criar nossa própriaCOMUNICAÇÃO!!!9´
  10. 10. A revista SINESTESIAS é uma publicaçãoaperiódica e conta com sua participaçãopara seguir existindo. Colaborações,propostas, provocações, parcerias serãosempre consideradas. Ela é parteintegrante das ações paralelas à Feira deEconomias e Culturas Solidárias eCriativas GAIOLA ATMOSFÉRICA nessecontínuo processo de desenvolvimentoque tanto acreditamos.

×