SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
Baixar para ler offline
10ª Reunião – PEREGRINOS DO AMOR – CELUCA – 20/08/2015
Que Jesus abençoe esta casa e todos aqui
reunidos. Nesta data nós vamos realizar uma
tarefa diferente com o grupo. Nós vamos buscar a
elevação para alcançarmos esferas muito longe
deste mundo.
Não sei se todos vão conseguir, mas todos podem
tentar. Procurem se desligar das coisas terrenas e
vamos como que formando um feixe de Amor, nos
elevando em direção ao Alto, buscando esferas
luminosas.
Esferas de paz e harmonia que todos, nós um dia,
poderemos frequentar. Busquem elevar-se,
busquem se desligar. Vamos todos juntos ao
encontro de irmãos que estão ascencionados, que
estão já vivendo em ambientes elevados de muita
luz, de muita esperança para aqueles que sofrem.
Instrutor: O que veem?
M: só vejo claridade, uma luz muito forte.
N: eu vi algumas entidades, que parecem que
tinham labaredas em volta delas. Como se
estivessem brilhando. É muito bonito.
C: flores gigantes.
Instrutor: descreva esta flor.
C: brilhante, lilás...
I: elas brilham?
C: brilham.
A: eu estou vendo luzes muito fortes, uns tons
amarelados e não estou vendo muito límpido, mas
como se tivessem nuvens ou névoas. Mas é muito
claro.
D: eu confirmo a sensação de nuvens no espaço,
claridade esbranquiçada, algumas formações
aparentemente, mas não são de forma alguma
lembrando construções. Muitas entidades
trabalhando colaborativamente. Eu tenho a
sensação que já estive nses tlugar. É um lugar
onde me sinto no espaço, no meio de planetas,
quase como se fosse uma dimensão paralela.
Dificílimo explicar. A sensação de plenitude é
muito forte.
Instrutor: mais alguém?
N: eu também confirmo que eu havia visto esses
seres de luz saindo de um lugar escuro, em uma
dimensão espacial.
S: eu me vi num grandioso campo aonde muitas e
muitas flores brilhavam intensamente. Depois me
sentei em algo que não consigo identificar o que é
e fiquei observando que as pessoas não tocavam
no chão. Os espíritos, as imagens das pessoas
flutuavam. Pessoas acamadas, sofridas, mas
flutuando.
Instrutor: queridos irmãos vamos voltar aqui,
agora para a sala. Vamos todos juntos agora a
outro lugar. Libertem a mente, com tranquilidade,
serenidade e vamos assim descendo. Descendo
para regiões mais escuras, regiões que este
planeta ainda possui em grande quantidade e que
precisa ser transformado na busca de se ter
apenas luz. Não mais trevas, mas só luz. Vamos
descendo juntos para estes lugares tenebrosos,
mas que nós já conhecemos.
Nós estamos juntos, sem dispersão e vamos assim
descendo esta alameda, um caminho entre
montanhas, não muito largo, bastante estreito.
Descemos, descemos por este caminho. E agora
enxergamos algo diferente. Parece uma pequena
floresta. Alguém pode confirmar isto? Existem
árvores, não existem? São árvores enormes que
seguram muitas entidades com elas. Difícil aceitar,
mas é assim que acontece. Existem árvores na
espiritualidade inferior que se agregam para
segurar espíritos sofredores. Da mesma forma que
um mineral através de cavernas é o local de
muitos espíritos, o vegetal também o faz.
S: eles estão confusos, não sabem o que se passa,
o que aconteceu.
I: nós vamos agora adentrando esta floresta. Não
tenham medo. Não há risco algum. Tenhamos fé
no Cristo que nos ajuda. Caminhando com
tranquilidade vamos vendo presos aos galhos
algumas entidades. Existem espíritos ali que não
conseguem sair. Precisamos retirá-los.
A: mas eles não são a árvore, não é?
I: não, eles estão presos a ela como se fossem
frutos. Vamos ter que tirar com bastante
tranquilidade o maior número possível que
conseguirmos nesta noite. Pensem que eles
conseguem se desprender destes galhos. Pensem
que eles estão saindo. Mentalizem como se algo
os pegasse e tirasse para fora.
As filhas de Maria nos ajudam neste momento,
com o seu amor, com a sua luz, com que
dissolvem os galhos que prendem estes irmãos
fazendo com que eles se soltem.
14:30’

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Palestra ESE25 buscai e achareis
Palestra ESE25   buscai e achareis Palestra ESE25   buscai e achareis
Palestra ESE25 buscai e achareis Tiburcio Santos
 
( Apometria) amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
( Apometria)   amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...( Apometria)   amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
( Apometria) amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Palestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e AchareisPalestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e Achareismanumino
 
Manancial da Vida - Paulo Roberto Gaefke
Manancial da Vida - Paulo Roberto GaefkeManancial da Vida - Paulo Roberto Gaefke
Manancial da Vida - Paulo Roberto GaefkeRobson Silva Espig
 
Palestra Espírita - Jesus na terra
Palestra Espírita - Jesus na terra Palestra Espírita - Jesus na terra
Palestra Espírita - Jesus na terra manumino
 
Espiritismo e mediunidade 04
Espiritismo e mediunidade 04Espiritismo e mediunidade 04
Espiritismo e mediunidade 04Leonardo Pereira
 
Reencarnação e grau de parentesco
Reencarnação e grau de parentescoReencarnação e grau de parentesco
Reencarnação e grau de parentescosheilaleite
 
Ação do pensamento
Ação do pensamento  Ação do pensamento
Ação do pensamento Mima Badan
 
Swami sri sathya sai baba
Swami sri sathya sai babaSwami sri sathya sai baba
Swami sri sathya sai babaAmadeu Wolff
 
CapíTulo 10 Sintese
CapíTulo 10   SinteseCapíTulo 10   Sintese
CapíTulo 10 Sintesejmeirelles
 

Mais procurados (14)

Palestra ESE25 buscai e achareis
Palestra ESE25   buscai e achareis Palestra ESE25   buscai e achareis
Palestra ESE25 buscai e achareis
 
( Apometria) amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
( Apometria)   amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...( Apometria)   amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
( Apometria) amag ramgis - oracao inicial para pedir protecao trabalho de a...
 
Palestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e AchareisPalestra Espirita - Buscai e Achareis
Palestra Espirita - Buscai e Achareis
 
Pensamento
PensamentoPensamento
Pensamento
 
Manancial da Vida - Paulo Roberto Gaefke
Manancial da Vida - Paulo Roberto GaefkeManancial da Vida - Paulo Roberto Gaefke
Manancial da Vida - Paulo Roberto Gaefke
 
Atributos de Deus
Atributos de DeusAtributos de Deus
Atributos de Deus
 
Palestra Espírita - Jesus na terra
Palestra Espírita - Jesus na terra Palestra Espírita - Jesus na terra
Palestra Espírita - Jesus na terra
 
Fluido Cósmico ou Universal
Fluido Cósmico ou UniversalFluido Cósmico ou Universal
Fluido Cósmico ou Universal
 
Espiritismo e mediunidade 04
Espiritismo e mediunidade 04Espiritismo e mediunidade 04
Espiritismo e mediunidade 04
 
Reencarnação e grau de parentesco
Reencarnação e grau de parentescoReencarnação e grau de parentesco
Reencarnação e grau de parentesco
 
Que é deus?
Que é deus?Que é deus?
Que é deus?
 
Ação do pensamento
Ação do pensamento  Ação do pensamento
Ação do pensamento
 
Swami sri sathya sai baba
Swami sri sathya sai babaSwami sri sathya sai baba
Swami sri sathya sai baba
 
CapíTulo 10 Sintese
CapíTulo 10   SinteseCapíTulo 10   Sintese
CapíTulo 10 Sintese
 

Semelhante a 10ª reunião 20-08-2015

17ª reunião treinamento - peregrinos do amor - 08-10-2015
17ª reunião treinamento - peregrinos do amor - 08-10-201517ª reunião treinamento - peregrinos do amor - 08-10-2015
17ª reunião treinamento - peregrinos do amor - 08-10-2015Norberto Scavone Augusto
 
18ª reunião treinamento - peregrinos do amor - 15-10-2015
18ª reunião treinamento - peregrinos do amor - 15-10-201518ª reunião treinamento - peregrinos do amor - 15-10-2015
18ª reunião treinamento - peregrinos do amor - 15-10-2015Norberto Scavone Augusto
 
Aula ciclo 1--4-7anos-anjo_guardiao_1
Aula ciclo 1--4-7anos-anjo_guardiao_1Aula ciclo 1--4-7anos-anjo_guardiao_1
Aula ciclo 1--4-7anos-anjo_guardiao_1Alice Lirio
 
Ouvir o fogo do espírito. varno
Ouvir o fogo do espírito. varnoOuvir o fogo do espírito. varno
Ouvir o fogo do espírito. varnoVARNO NOMADE
 
014c - O rol dos Anjos na vida
014c - O rol dos Anjos na vida014c - O rol dos Anjos na vida
014c - O rol dos Anjos na vidaOrdineGesu
 
Estudo do livro Roteiro lição 7
Estudo do livro Roteiro lição 7Estudo do livro Roteiro lição 7
Estudo do livro Roteiro lição 7Candice Gunther
 
Fraternidade anjos elementais_humanos
Fraternidade anjos elementais_humanosFraternidade anjos elementais_humanos
Fraternidade anjos elementais_humanosLuiz Pereira de Souza
 

Semelhante a 10ª reunião 20-08-2015 (20)

3ª reunião 02-07-2015
3ª reunião   02-07-20153ª reunião   02-07-2015
3ª reunião 02-07-2015
 
Reunião 33ª 11-02-2016
Reunião 33ª   11-02-2016Reunião 33ª   11-02-2016
Reunião 33ª 11-02-2016
 
17ª reunião treinamento - peregrinos do amor - 08-10-2015
17ª reunião treinamento - peregrinos do amor - 08-10-201517ª reunião treinamento - peregrinos do amor - 08-10-2015
17ª reunião treinamento - peregrinos do amor - 08-10-2015
 
26ª reunião 10-12-2015
26ª reunião   10-12-201526ª reunião   10-12-2015
26ª reunião 10-12-2015
 
Reunião 29ª 14-01-2016
Reunião 29ª   14-01-2016Reunião 29ª   14-01-2016
Reunião 29ª 14-01-2016
 
Reunião 31ª 28-01-2016
Reunião 31ª   28-01-2016Reunião 31ª   28-01-2016
Reunião 31ª 28-01-2016
 
18ª reunião treinamento - peregrinos do amor - 15-10-2015
18ª reunião treinamento - peregrinos do amor - 15-10-201518ª reunião treinamento - peregrinos do amor - 15-10-2015
18ª reunião treinamento - peregrinos do amor - 15-10-2015
 
28ª reunião 07-01-2016
28ª reunião   07-01-201628ª reunião   07-01-2016
28ª reunião 07-01-2016
 
25ª reunião 03-12-2015
25ª reunião   03-12-201525ª reunião   03-12-2015
25ª reunião 03-12-2015
 
Reunião 34ª 18-02-2016
Reunião 34ª   18-02-2016Reunião 34ª   18-02-2016
Reunião 34ª 18-02-2016
 
Conhece-te a ti mesmo
Conhece-te a ti mesmoConhece-te a ti mesmo
Conhece-te a ti mesmo
 
22ª reunião 12-11-2015
22ª reunião   12-11-201522ª reunião   12-11-2015
22ª reunião 12-11-2015
 
Aula ciclo 1--4-7anos-anjo_guardiao_1
Aula ciclo 1--4-7anos-anjo_guardiao_1Aula ciclo 1--4-7anos-anjo_guardiao_1
Aula ciclo 1--4-7anos-anjo_guardiao_1
 
Ouvir o fogo do espírito. varno
Ouvir o fogo do espírito. varnoOuvir o fogo do espírito. varno
Ouvir o fogo do espírito. varno
 
12a reunião 03-09-2015
12a reunião   03-09-201512a reunião   03-09-2015
12a reunião 03-09-2015
 
27ª reunião 17-12-2015
27ª reunião   17-12-201527ª reunião   17-12-2015
27ª reunião 17-12-2015
 
014c - O rol dos Anjos na vida
014c - O rol dos Anjos na vida014c - O rol dos Anjos na vida
014c - O rol dos Anjos na vida
 
Estudo do livro Roteiro lição 7
Estudo do livro Roteiro lição 7Estudo do livro Roteiro lição 7
Estudo do livro Roteiro lição 7
 
Mediunidade - Parte 2
Mediunidade - Parte 2Mediunidade - Parte 2
Mediunidade - Parte 2
 
Fraternidade anjos elementais_humanos
Fraternidade anjos elementais_humanosFraternidade anjos elementais_humanos
Fraternidade anjos elementais_humanos
 

Mais de Norberto Scavone Augusto

A nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parte
A nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parteA nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parte
A nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parteNorberto Scavone Augusto
 
PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a - 12 de maio 2016
PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a  - 12 de maio 2016PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a  - 12 de maio 2016
PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a - 12 de maio 2016Norberto Scavone Augusto
 
Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954
Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954
Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954Norberto Scavone Augusto
 
Eae 74 ciencia e religião rev 02 mat didatico
Eae  74   ciencia e religião   rev 02   mat didaticoEae  74   ciencia e religião   rev 02   mat didatico
Eae 74 ciencia e religião rev 02 mat didaticoNorberto Scavone Augusto
 

Mais de Norberto Scavone Augusto (20)

Apostila psv
Apostila psvApostila psv
Apostila psv
 
Eae 24 - vicios e defeitos - manipulacoes
Eae 24 - vicios e defeitos - manipulacoesEae 24 - vicios e defeitos - manipulacoes
Eae 24 - vicios e defeitos - manipulacoes
 
A nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parte
A nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parteA nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parte
A nova era - ramatis - dores e sofrimentos - 1a. parte
 
12o. A missão do espiritismo
12o. A missão do espiritismo12o. A missão do espiritismo
12o. A missão do espiritismo
 
Os mestres ramatís e kuthumi
Os mestres ramatís e kuthumiOs mestres ramatís e kuthumi
Os mestres ramatís e kuthumi
 
Reencarnação & maria modesto
Reencarnação & maria modestoReencarnação & maria modesto
Reencarnação & maria modesto
 
Reforma intima real
Reforma intima realReforma intima real
Reforma intima real
 
O dever
O deverO dever
O dever
 
Ref anjos decaidos
Ref   anjos decaidosRef   anjos decaidos
Ref anjos decaidos
 
PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a - 12 de maio 2016
PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a  - 12 de maio 2016PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a  - 12 de maio 2016
PEREGRINOS NOVA ERA - Reunião 46a - 12 de maio 2016
 
Há muito tempo numa galáxia distante
Há muito tempo numa galáxia distanteHá muito tempo numa galáxia distante
Há muito tempo numa galáxia distante
 
Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954
Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954
Emmanuel fala de ramatis em 5 de janeiro de 1954
 
Relatos parte1final
Relatos parte1finalRelatos parte1final
Relatos parte1final
 
Eae 74 ciencia e religião rev 02 mat didatico
Eae  74   ciencia e religião   rev 02   mat didaticoEae  74   ciencia e religião   rev 02   mat didatico
Eae 74 ciencia e religião rev 02 mat didatico
 
Hipacia a annie_besant
Hipacia a annie_besantHipacia a annie_besant
Hipacia a annie_besant
 
Mensagem de jesus história de um anjo
Mensagem de jesus  história de um anjoMensagem de jesus  história de um anjo
Mensagem de jesus história de um anjo
 
Reunião 11ª 27-08-2015
Reunião 11ª   27-08-2015Reunião 11ª   27-08-2015
Reunião 11ª 27-08-2015
 
Relatório peregrinos 2015
Relatório peregrinos 2015Relatório peregrinos 2015
Relatório peregrinos 2015
 
24ª reunião 26-11-2015
24ª reunião   26-11-201524ª reunião   26-11-2015
24ª reunião 26-11-2015
 
1ª reunião 18-06-2015
1ª reunião   18-06-20151ª reunião   18-06-2015
1ª reunião 18-06-2015
 

Último

07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA
07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA
07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JAhenrygabrielsilvarib
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaWillemarSousa1
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José OperárioNilson Almeida
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoRicardo Azevedo
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EMicheleRosa39
 
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxSebastioFerreira34
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...silvana30986
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxCelso Napoleon
 
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptxhenrygabrielsilvarib
 

Último (10)

07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA
07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA
07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
 
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.pptFluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
 
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
 
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx
 

10ª reunião 20-08-2015

  • 1. 10ª Reunião – PEREGRINOS DO AMOR – CELUCA – 20/08/2015 Que Jesus abençoe esta casa e todos aqui reunidos. Nesta data nós vamos realizar uma tarefa diferente com o grupo. Nós vamos buscar a elevação para alcançarmos esferas muito longe deste mundo. Não sei se todos vão conseguir, mas todos podem tentar. Procurem se desligar das coisas terrenas e vamos como que formando um feixe de Amor, nos elevando em direção ao Alto, buscando esferas luminosas. Esferas de paz e harmonia que todos, nós um dia, poderemos frequentar. Busquem elevar-se, busquem se desligar. Vamos todos juntos ao encontro de irmãos que estão ascencionados, que estão já vivendo em ambientes elevados de muita luz, de muita esperança para aqueles que sofrem. Instrutor: O que veem? M: só vejo claridade, uma luz muito forte. N: eu vi algumas entidades, que parecem que tinham labaredas em volta delas. Como se estivessem brilhando. É muito bonito. C: flores gigantes. Instrutor: descreva esta flor. C: brilhante, lilás... I: elas brilham? C: brilham. A: eu estou vendo luzes muito fortes, uns tons amarelados e não estou vendo muito límpido, mas como se tivessem nuvens ou névoas. Mas é muito claro. D: eu confirmo a sensação de nuvens no espaço, claridade esbranquiçada, algumas formações aparentemente, mas não são de forma alguma lembrando construções. Muitas entidades trabalhando colaborativamente. Eu tenho a sensação que já estive nses tlugar. É um lugar onde me sinto no espaço, no meio de planetas, quase como se fosse uma dimensão paralela. Dificílimo explicar. A sensação de plenitude é muito forte. Instrutor: mais alguém? N: eu também confirmo que eu havia visto esses seres de luz saindo de um lugar escuro, em uma dimensão espacial. S: eu me vi num grandioso campo aonde muitas e muitas flores brilhavam intensamente. Depois me sentei em algo que não consigo identificar o que é e fiquei observando que as pessoas não tocavam no chão. Os espíritos, as imagens das pessoas flutuavam. Pessoas acamadas, sofridas, mas flutuando. Instrutor: queridos irmãos vamos voltar aqui, agora para a sala. Vamos todos juntos agora a outro lugar. Libertem a mente, com tranquilidade, serenidade e vamos assim descendo. Descendo para regiões mais escuras, regiões que este planeta ainda possui em grande quantidade e que precisa ser transformado na busca de se ter apenas luz. Não mais trevas, mas só luz. Vamos descendo juntos para estes lugares tenebrosos, mas que nós já conhecemos. Nós estamos juntos, sem dispersão e vamos assim descendo esta alameda, um caminho entre montanhas, não muito largo, bastante estreito. Descemos, descemos por este caminho. E agora enxergamos algo diferente. Parece uma pequena floresta. Alguém pode confirmar isto? Existem árvores, não existem? São árvores enormes que seguram muitas entidades com elas. Difícil aceitar, mas é assim que acontece. Existem árvores na espiritualidade inferior que se agregam para segurar espíritos sofredores. Da mesma forma que um mineral através de cavernas é o local de muitos espíritos, o vegetal também o faz. S: eles estão confusos, não sabem o que se passa, o que aconteceu. I: nós vamos agora adentrando esta floresta. Não tenham medo. Não há risco algum. Tenhamos fé no Cristo que nos ajuda. Caminhando com tranquilidade vamos vendo presos aos galhos algumas entidades. Existem espíritos ali que não conseguem sair. Precisamos retirá-los. A: mas eles não são a árvore, não é? I: não, eles estão presos a ela como se fossem frutos. Vamos ter que tirar com bastante tranquilidade o maior número possível que conseguirmos nesta noite. Pensem que eles conseguem se desprender destes galhos. Pensem que eles estão saindo. Mentalizem como se algo os pegasse e tirasse para fora. As filhas de Maria nos ajudam neste momento, com o seu amor, com a sua luz, com que dissolvem os galhos que prendem estes irmãos fazendo com que eles se soltem. 14:30’