O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
PALESTRANOSSOS FILHOSSÃO ESPÍRITOS
Princípios fundamentaisA ESCOLA MAIOR1 – Deus2 – Espírito3 – Comunicação4 – Mediunidade5 – Reencarnação                   ...
Princípios fundamentaisA ESCOLA MAIOR1 – Deus2 – Espírito3 – Comunicação4 – Mediunidade5 – Reencarnação                   ...
Princípios fundamentaisA ESCOLA MAIOR1 – Deus2 – Espírito3 – Comunicação4 – Mediunidade5 – Reencarnação                   ...
Princípios fundamentaisA ESCOLA MAIOR1 – Deus2 – Espírito3 – Comunicação4 – Mediunidade5 – Reencarnação                   ...
Princípios fundamentaisA ESCOLA MAIOR1 – Deus2 – Espírito3 – Comunicação4 – Mediunidade5 – Reencarnação                   ...
Princípios fundamentaisA ESCOLA MAIOR1 – Deus2 – Espírito3 – Comunicação4 – Mediunidade5 – Reencarnação                   ...
Princípios fundamentaisA ESCOLA MAIOR1 – Deus2 – Espírito3 – Comunicação4 – Mediunidade5 – Reencarnação                   ...
Princípios fundamentaisA ESCOLA MAIOR1 – Deus2 – Espírito3 – Comunicação4 – Mediunidade5 – Reencarnação                   ...
Princípios fundamentaisA ESCOLA MAIOR1 – Deus2 – Espírito3 – Comunicação4 – Mediunidade5 – Reencarnação                   ...
Princípios fundamentaisA ESCOLA MAIOR1 – Deus2 – Espírito3 – Comunicação4 – Mediunidade5 – Reencarnação                   ...
Qual a finalidadeda encarnação?   EVOLUIR    (alcançar a perfeição)
A família = quebra-cabeça
A educação sob a ótica espíritaConcepção   Até os 7 anos   Após os 7 anos
A infânciaA idade infantil os torna brandos, acessíveis aos conselhos;É o período ideal para serealizar a educação doesp...
Em “O Consolador” (Emmanuel / Chico Xavier, temos:Q     O período infantil é o mais importante para a109   tarefa educativ...
A bagagem do passadoImpulsos etendências semanifestam desdea mais tenra idade.
Pais, jardineiros do lar“Desde o berço, a criança manifesta os instintos bons ou maus que traz de sua existência anterior;...
Encontro das almas no LARMotivos :• Resgate; apoio; afeições; desafetos; missão.Finalidade:• Estreitar os laços de AMOR.É ...
Reencontro de espíritos           simpáticos e antipáticos• “Nos elos de consangüinidade,  reavemos o convívio de todos  a...
Laços Espirituais e Consanguíneos
MISSÃO DOS PAIS        Preparar os filhosVIDA MATERIAL      VIDA ESPIRITUAL
A EDUCAÇÃOEducar é criar hábitos.Para isso, precisamos de disciplina.
Em “O Consolador” (Emmanuel / Chico Xavier, temos:Q     Que deve fazer a mãe terrestre para cumprir      evangelicamente o...
Em “O Consolador” (Emmanuel / Chico Xavier, temos:Q     Que deve fazer a mãe terrestre para cumprir      evangelicamente o...
Em “O Consolador” (Emmanuel / Chico Xavier, temos:Q     Que deve fazer a mãe terrestre para cumprir      evangelicamente o...
As provas rudes “As provas rudes, ouvi-me bem, são quase sempreindício de um fim de sofrimento e de umaperfeiçoamento do E...
RESIGNAÇÃO:  ATIVA E CONSCIENTECONFORMISMO:PASSIVO E INCONSCIENTE    (“O Homem Novo” de J. Herculano Pires.)
Processo pedagógico da   evolução do Espírito:      O educando é um     espírito reencarnado;
Processo pedagógico da   evolução do Espírito:      Todo espírito é criado     por Deus e possui     potencialidades natu...
Processo pedagógico da   evolução do Espírito:      O educando possui idéias     inatas e tendências trazidas     de seu ...
Processo pedagógico da   evolução do Espírito:      A formação de     hábitos morais deve     preponderar sobre a     ins...
Processo pedagógico da   evolução do Espírito:     O educando deve    construir sua    perfectibilidade;
Processo pedagógico da   evolução do Espírito:     A reencarnação é    instrumento    pedagógico divino;
Processo pedagógico da   evolução do Espírito:     O Amor, sentimento    maior, comanda a    educação do Espírito.
Teu filho“Ama e educa-o, oferecendo-lhe o melhor da tuaalma, ainda mesmo que o teufilho não possa compreendera nobreza do ...
Palestra Espírita - Nossos filhos são espíritos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Palestra Espírita - Nossos filhos são espíritos

5.824 visualizações

Publicada em

Palestra baseada no Livro - Nosso Filhos São Espíritos, de Hermínio C. Miranda e nas obras básicas da Doutrina Espírita

Publicada em: Espiritual

Palestra Espírita - Nossos filhos são espíritos

  1. 1. PALESTRANOSSOS FILHOSSÃO ESPÍRITOS
  2. 2. Princípios fundamentaisA ESCOLA MAIOR1 – Deus2 – Espírito3 – Comunicação4 – Mediunidade5 – Reencarnação 6 – Responsabilidade 7 – Evolução 8 – Cristo 9 – Caridade 10 – Pluralidade
  3. 3. Princípios fundamentaisA ESCOLA MAIOR1 – Deus2 – Espírito3 – Comunicação4 – Mediunidade5 – Reencarnação 6 – Responsabilidade 7 – Evolução 8 – Cristo 9 – Caridade 10 – Pluralidade
  4. 4. Princípios fundamentaisA ESCOLA MAIOR1 – Deus2 – Espírito3 – Comunicação4 – Mediunidade5 – Reencarnação 6 – Responsabilidade 7 – Evolução 8 – Cristo 9 – Caridade 10 – Pluralidade
  5. 5. Princípios fundamentaisA ESCOLA MAIOR1 – Deus2 – Espírito3 – Comunicação4 – Mediunidade5 – Reencarnação 6 – Responsabilidade 7 – Evolução 8 – Cristo 9 – Caridade 10 – Pluralidade
  6. 6. Princípios fundamentaisA ESCOLA MAIOR1 – Deus2 – Espírito3 – Comunicação4 – Mediunidade5 – Reencarnação 6 – Responsabilidade 7 – Evolução 8 – Cristo 9 – Caridade 10 – Pluralidade
  7. 7. Princípios fundamentaisA ESCOLA MAIOR1 – Deus2 – Espírito3 – Comunicação4 – Mediunidade5 – Reencarnação 6 – Responsabilidade 7 – Evolução 8 – Cristo 9 – Caridade 10 – Pluralidade
  8. 8. Princípios fundamentaisA ESCOLA MAIOR1 – Deus2 – Espírito3 – Comunicação4 – Mediunidade5 – Reencarnação 6 – Responsabilidade 7 – Evolução 8 – Cristo 9 – Caridade 10 – Pluralidade
  9. 9. Princípios fundamentaisA ESCOLA MAIOR1 – Deus2 – Espírito3 – Comunicação4 – Mediunidade5 – Reencarnação 6 – Responsabilidade 7 – Evolução 8 – Cristo 9 – Caridade 10 – Pluralidade
  10. 10. Princípios fundamentaisA ESCOLA MAIOR1 – Deus2 – Espírito3 – Comunicação4 – Mediunidade5 – Reencarnação 6 – Responsabilidade 7 – Evolução 8 – Cristo 9 – Caridade 10 – Pluralidade
  11. 11. Princípios fundamentaisA ESCOLA MAIOR1 – Deus2 – Espírito3 – Comunicação4 – Mediunidade5 – Reencarnação 6 – Responsabilidade 7 – Evolução 8 – Cristo 9 – Caridade 10 – Pluralidade
  12. 12. Qual a finalidadeda encarnação? EVOLUIR (alcançar a perfeição)
  13. 13. A família = quebra-cabeça
  14. 14. A educação sob a ótica espíritaConcepção Até os 7 anos Após os 7 anos
  15. 15. A infânciaA idade infantil os torna brandos, acessíveis aos conselhos;É o período ideal para serealizar a educação doespírito reencarnante;Não é o único período,prossegue na adolescência.(Relacionamento entre Pais e Filhos - Umberto Ferreira)
  16. 16. Em “O Consolador” (Emmanuel / Chico Xavier, temos:Q O período infantil é o mais importante para a109 tarefa educativa? EM SUMA: Passada a fase infantil, os processos de Educação Moral que formam o caráter, tornam-se mais difíceis. Atingida a maioridade, se a educação não houver feita no lar, só o processo violento das provas rudes no mundo pode renovar o pensamento e a concepção das criaturas.
  17. 17. A bagagem do passadoImpulsos etendências semanifestam desdea mais tenra idade.
  18. 18. Pais, jardineiros do lar“Desde o berço, a criança manifesta os instintos bons ou maus que traz de sua existência anterior; é a estudá-los que é preciso se aplicar; todos os males tem princípio no egoísmo e no orgulho; espreitai, pois, os menores sinais que revelem os gérmens destes vícios, e empenhai-vos em combatê-los, sem esperar que lancem raízes profundas (…)” (ESE, Cap XIV, Item 9)
  19. 19. Encontro das almas no LARMotivos :• Resgate; apoio; afeições; desafetos; missão.Finalidade:• Estreitar os laços de AMOR.É no LAR que se iniciam nossas lutas.Os filhos são espíritos a nós ligados peloslaços de afeição ou pelos laços da reparação.
  20. 20. Reencontro de espíritos simpáticos e antipáticos• “Nos elos de consangüinidade, reavemos o convívio de todos aqueles que nos associaram ao destino, pelos vínculos do bem ou do mal, através das portas benditas da reencarnação.” (Emmanuel / Leis de Amor – Chico Xavier / Waldo Vieira)
  21. 21. Laços Espirituais e Consanguíneos
  22. 22. MISSÃO DOS PAIS Preparar os filhosVIDA MATERIAL VIDA ESPIRITUAL
  23. 23. A EDUCAÇÃOEducar é criar hábitos.Para isso, precisamos de disciplina.
  24. 24. Em “O Consolador” (Emmanuel / Chico Xavier, temos:Q Que deve fazer a mãe terrestre para cumprir evangelicamente os seus deveres, conduzindo134 os filhos para o bem e a verdade? • Compreender que seus filhos são antes, filhos de Deus; • Prepará-los para o trabalho e a luta que os esperam; • Controlar atitudes e concertar as posições mentais; • Deixar o egoísmo e o orgulho de lado;
  25. 25. Em “O Consolador” (Emmanuel / Chico Xavier, temos:Q Que deve fazer a mãe terrestre para cumprir evangelicamente os seus deveres, conduzindo134 os filhos para o bem e a verdade? • Ensinar o respeito pelo infortúnio alheio; • Ensinar a tolerância, mas não esquecer da energia no momento necessário; • Reconhecer a heterogeneidade das tendên- cias e a diversidade dos temperamentos;
  26. 26. Em “O Consolador” (Emmanuel / Chico Xavier, temos:Q Que deve fazer a mãe terrestre para cumprir evangelicamente os seus deveres, conduzindo134 os filhos para o bem e a verdade? • Ensinar que toda dor é respeitável, todo trabalho edificante é divino e todo desperdício é falta grave; • Diante dos problemas das provas e da dor: elevar o pensamento a Deus; • Ser o bom conselho sem parcialidade, o es- tímulo do trabalho e a fonte de harmonia no lar.
  27. 27. As provas rudes “As provas rudes, ouvi-me bem, são quase sempreindício de um fim de sofrimento e de umaperfeiçoamento do Espírito, quando aceitas com opensamento em Deus.” “Acolhei-os, portanto, como irmãos; auxiliai-os, edepois, no mundo dos Espíritos, a família se felicitarápor haver salvo alguns náufragos que, a seuturno, poderão salvar outros.”ESE (Cap. XIV, Item 9). Santo Agostinho
  28. 28. RESIGNAÇÃO: ATIVA E CONSCIENTECONFORMISMO:PASSIVO E INCONSCIENTE (“O Homem Novo” de J. Herculano Pires.)
  29. 29. Processo pedagógico da evolução do Espírito:  O educando é um espírito reencarnado;
  30. 30. Processo pedagógico da evolução do Espírito:  Todo espírito é criado por Deus e possui potencialidades naturais;
  31. 31. Processo pedagógico da evolução do Espírito:  O educando possui idéias inatas e tendências trazidas de seu passado (vidas anteriores);
  32. 32. Processo pedagógico da evolução do Espírito:  A formação de hábitos morais deve preponderar sobre a instrução intelectual;
  33. 33. Processo pedagógico da evolução do Espírito:  O educando deve construir sua perfectibilidade;
  34. 34. Processo pedagógico da evolução do Espírito:  A reencarnação é instrumento pedagógico divino;
  35. 35. Processo pedagógico da evolução do Espírito:  O Amor, sentimento maior, comanda a educação do Espírito.
  36. 36. Teu filho“Ama e educa-o, oferecendo-lhe o melhor da tuaalma, ainda mesmo que o teufilho não possa compreendera nobreza do teu sacrifício e aexcelsitude da tua abnegação.Receberás do Pai celestial abênção da alegria e da Paz.(Emmanuel - Família)

×