POESIA DE SE FAZER, DE SE VER E DE SE LER Este trabalho, destinado a alunos do  Ensino Fundamental – Anos Iniciais, tem po...
INTRODUÇÃO <ul><li>Um dos aspectos mais fascinantes da poesia, principalmente, a infantil é a ludicidade, o brincar com so...
TAREFA <ul><li>Recompor poemas, seguindo as orientações propostas nos sites que serão determinados </li></ul><ul><li>Decla...
PROCESSO <ul><li>Na sala de aula </li></ul><ul><li>Ler, ouvir declamar  diversos poemas do livro  111 Poemas para crianças...
RECURSOS   <ul><ul><ul><ul><li>Sites de  ciberpoesia: </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>http://www.ciberpoe...
AVALIAÇÃO <ul><li>O que se pretende com este trabalho é levar o poema  ao aluno, oportunizando a interação com a poesia at...
CONCLUSÃO <ul><li>Ao realizar este trabalho,  tanto o professor, como os alunos terão mais interesse e entusiasmo para tra...
CRÉDITOS   <ul><ul><li>Esta webquest foi planejada por Odete T. Sutili Capelesso, aluna do Curso Mediadores de Leitura na ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Poesia de se fazer e de se ver

2.926 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.926
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Poesia de se fazer e de se ver

  1. 1. POESIA DE SE FAZER, DE SE VER E DE SE LER Este trabalho, destinado a alunos do Ensino Fundamental – Anos Iniciais, tem por objetivo proporcionar aos alunos outras formas de experimentação da linguagem poética, ao interagirem através de ferramenta Webquest. Créditos Conclusão Avaliação Recursos Processo Tarefa Introdução
  2. 2. INTRODUÇÃO <ul><li>Um dos aspectos mais fascinantes da poesia, principalmente, a infantil é a ludicidade, o brincar com sons e imagens. Essa característica é amplamente potencializada pelas tecnologias, quando o poema passa do meio impresso para o eletrônico. </li></ul><ul><li>No espaço digital, a linguagem verbal do poema ganha como acréscimo o som, a imagem, o movimento, a cor e um aparato tecnológico para que se possa, ao mesmo tempo em que se brinca com palavras, imagens e sons, construir nossos poemas </li></ul><ul><li>Vejam que legal!! Nós também seremos autores dos poemas! </li></ul><ul><li>Vamos brincar de fazer, ver e ler poemas? Quem gostaria? </li></ul>
  3. 3. TAREFA <ul><li>Recompor poemas, seguindo as orientações propostas nos sites que serão determinados </li></ul><ul><li>Declamar poemas, seguindo as orientações propostas nos sites que serão determinados </li></ul><ul><li>Produzir poemas visuais, brincando com espaços, palavras e cores ( para isso, escolher o aplicativo Ms PAINT ) </li></ul>
  4. 4. PROCESSO <ul><li>Na sala de aula </li></ul><ul><li>Ler, ouvir declamar diversos poemas do livro 111 Poemas para crianças , Sergio Capparelli </li></ul><ul><li>Ver e ler diversos poemas visuais do livro Poesia Visual , de Sérgio Capparelli </li></ul><ul><li>Produzir poemas visuais, brincado com as palavras e seus significados, distribuídas no espaço em branco da folha, assim como com as cores. </li></ul><ul><li>Essas atividades deverão acontecer com a participação e orientação da professora. </li></ul><ul><li>No laboratório de informática </li></ul><ul><li>Acessar e ler atentamente as orientações propostas nesta wubquest, esclarecendo todas as dúvidas quanto às tarefas a serem executadas </li></ul><ul><li>No computador em “meus documentos” criar uma pasta da turma e nela criar outra pasta com o nome do aluno para salvar os poemas criados. </li></ul><ul><li>Visitar os sites propostos, interagindo com as diversas leituras e orientações de leitura dos poemas disponibilizados nos sites </li></ul><ul><li>Recompor um poema e criar e completar outro poema , a partir das instruções do site e salvá-lo </li></ul><ul><li>Produzir um poema visual utilizando o aplicativo Ms PAINT e salvá-lo </li></ul><ul><li>Imprimir as produções dos alunos para serem socializadas no espaço da sala de aula e da escola </li></ul><ul><li>Na sala de aula </li></ul><ul><li>Ler de diferentes maneiras( dramatizando,declamando, etc.) os poemas criados para serem vivenciados e socializados entre os alunos da turma </li></ul><ul><li>Organizar uma exposição dos poemas criados pelos alunos na forma de varal da poesia para serem socializados com a escola. </li></ul>
  5. 5. RECURSOS <ul><ul><ul><ul><li>Sites de ciberpoesia: </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>http://www.ciberpoesia.com.br/zoom/zoom.swf </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><ul><li>http://www.capparelli.com.br/ </li></ul></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Aplicativo Ms PAINT </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>CAPPARELLI, Sérgio. 111 poemas para </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>crianças . Porto Alegre; L&PM, 2003. </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>________. Poesia visual . São Paulo: Global, 2000. </li></ul></ul></ul></ul>
  6. 6. AVALIAÇÃO <ul><li>O que se pretende com este trabalho é levar o poema ao aluno, oportunizando a interação com a poesia através das novas tecnologias. </li></ul><ul><li>A avaliação se dará a partir das manifestações poéticas dos alunos, criadas a partir da interação proposta nos sites, no aplicativo Ms PAINT e da participação em sala de aula nas atividades apresentadas antes e depois do laboratório de informática, mas considerando-se, acima de tudo, a interação, a criatividade do aluno. </li></ul>
  7. 7. CONCLUSÃO <ul><li>Ao realizar este trabalho, tanto o professor, como os alunos terão mais interesse e entusiasmo para trabalhar a poesia, um gênero, normalmente, desprestigiado no trabalho do professor, sendo comumente explorado em datas comemorativas ou para trabalhar a gramática. </li></ul><ul><li>A ludicidade, o jogar com sons, palavras e significados serão potencializados. Assim como a experiência da criação poética valendo-se de recursos sonoros, visuais, verbais serão otimizados pelas tecnologias. </li></ul><ul><li>A experimentação de novas experiências estéticas, o desenvolvimentos de novas habilidades, também serão proporcionadas através dessas atividades. Assim como novas maneiras de ler e de produzir poesia serão oportunizadas aos alunos. </li></ul>
  8. 8. CRÉDITOS <ul><ul><li>Esta webquest foi planejada por Odete T. Sutili Capelesso, aluna do Curso Mediadores de Leitura na Bibliodiversidade da UFRGS </li></ul></ul><ul><ul><li>Email: [email_address] </li></ul></ul>

×