Portuguesa na Serie B 2014 
O Equilíbrio Estrutural e Funcional de qualquer time de futebol está associado ao aspecto cogn...
Portuguesa na Serie B 2014 
Rafael Santos 
Brinner 
Luciano Castan 
Arnaldo 
Jean Motta 
Pinatares 
Maycon 
Jocinei 
Gabri...
Arnaldo 
Brinner 
Luciano Castan 
Jean Motta 
Rafael Santos 
Pinatares 
Maycon 
Fase de Construção das Ações Ofensivas 
A ...
Arnaldo 
Brinner 
Luciano Castan 
Jean Motta 
Rafael Santos 
Pinatares 
Maycon 
Fase de Ações Defensivas 
Quando a equipe ...
Fase Criação das Ações Ofensivas 
Gabriel Xavier 
Jocinei 
Pinatares 
Rafael Santos 
Jean Motta 
Maycon 
Arnaldo 
Nesta fa...
Fase de Recuperação Defensiva 
Gabriel Xavier 
Jocinei 
Pinatares 
Rafael Santos 
Jean Motta 
Maycon 
Arnaldo 
Quanto a im...
Fase de Finalização 
Alemão 
Serginho 
Pinatares 
Rafael Santos 
Maycon 
Jocinei 
Gabriel Xavier 
Esta fase precisa de exe...
Equilíbrio Defensivo 
Alemão 
Serginho 
Pinatares 
Rafael Santos 
Maycon 
Jocinei 
Gabriel Xavier 
Quanto ao equilíbrio de...
Portuguesa na Serie B 2014 
Conclusão 
Construir um time com uma estrutura organizada, estilo de jogo coletivo aliado a di...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Associação Portuguesa de Desportos 2014 - Equilíbrio Estrutural e Funcional

301 visualizações

Publicada em

Quando se diz que a Portuguesa tem um time limitado, essa limitação está no equilíbrio das fases ofensivas e defensivas, onde a complementariedade das ações e decisões de seus jogadores está ausente

Publicada em: Esportes
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
301
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Associação Portuguesa de Desportos 2014 - Equilíbrio Estrutural e Funcional

  1. 1. Portuguesa na Serie B 2014 O Equilíbrio Estrutural e Funcional de qualquer time de futebol está associado ao aspecto cognitivo e emocional de seus jogadores. Um time se constrói com uma estrutura organizada, funcional e equilibrada proposta por um modelo de jogo, com jogadores inteligentes, versáteis, que se complementem na movimentação e posicionamento. Isso faz com que o jogo flua nas fases ofensivas e defensivas de forma coletiva onde: . os passadores de qualidade possam executar seus passes e abrir qualquer defesa; . o portador da bola consiga progredir cumprindo o princípio da penetração; . os grandes princípios como pressionar, fechar espaços e organizar as linhas em uma recuperação de bola sejam bem executados e resolvam o problema da estrutura diante do adversário e organizam as funções dos jogadores; . os pequenos princípios de jogo como contenção e cobertura defensiva auxiliam no que fazer em cada momento. Odair de Santi; Gilmar de Santi; E-mail: golsanti@uol.com.br
  2. 2. Portuguesa na Serie B 2014 Rafael Santos Brinner Luciano Castan Arnaldo Jean Motta Pinatares Maycon Jocinei Gabriel Xavier Serginho Alemão Outubro 2014 Odair de Santi; Gilmar de Santi; E-mail: golsanti@uol.com.br
  3. 3. Arnaldo Brinner Luciano Castan Jean Motta Rafael Santos Pinatares Maycon Fase de Construção das Ações Ofensivas A melhor fase de construção das ações ofensivas seria pelo lado direito, com Rafael Santos e Brinner, Brinner e Arnaldo, Arnaldo e Maycon, Maycon e Jean Motta. Quando a bola está com Arnaldo a qualidade na circulação da bola fica fragilizada porque Arnaldo é um jogador com características de verticalização das jogadas. Outubro 2014
  4. 4. Arnaldo Brinner Luciano Castan Jean Motta Rafael Santos Pinatares Maycon Fase de Ações Defensivas Quando a equipe está posicionada para defender e recuperar a posse de bola os jogadores que não se complementam não conseguem se proteger do adversário que tem tempo para pensar o jogo e finalizar com qualidade. Também não tem um jogador posicionado para contra-atacar e fazer a cobertura defensiva para recuperar a bola. Outubro 2014
  5. 5. Fase Criação das Ações Ofensivas Gabriel Xavier Jocinei Pinatares Rafael Santos Jean Motta Maycon Arnaldo Nesta fase é preciso aproveitar a combinação tática. As melhores combinações e movimentações surgem com os jogadores Jean Motta e Maycon, Arnaldo e Maycon, Jean Motta e Jocinei, Pinatares e Gabriel Xavier. As piores com Jean Motta e Gabriel Xavier, Jean Motta e Pinatares, Jean Motta e Arnaldo, Arnaldo e Pinatares, Arnaldo e Gabriel Xavier. Outubro 2014
  6. 6. Fase de Recuperação Defensiva Gabriel Xavier Jocinei Pinatares Rafael Santos Jean Motta Maycon Arnaldo Quanto a impedir a criação de jogadas do adversário e recuperar a bola, é preciso subir as linhas para diminuir os espaços. Mas a equipe tem dificuldades por não se encaixar na pressão. Os meias e volantes não conseguem fechar as linhas de passe por não ter uma sintonia fina entre eles. Outubro 2014
  7. 7. Fase de Finalização Alemão Serginho Pinatares Rafael Santos Maycon Jocinei Gabriel Xavier Esta fase precisa de execuções tecno-táticas rápidas e precisas. O imprevisível meia Jocinei não tem precisão nos arremates e nem criatividade, mas tem boa movimentação com o imprevisível e seguro volante Maycon. Na movimentação Maycon se completa com o atacante Serginho. Já Gabriel Xavier e Alemão se encaixam e deveria ficar a cargo de Gabriel os chutes de longa distância. Outubro 2014
  8. 8. Equilíbrio Defensivo Alemão Serginho Pinatares Rafael Santos Maycon Jocinei Gabriel Xavier Quanto ao equilíbrio defensivo Alemão e Serginho que deveriam impedir a construção de ações ofensivas do adversário não se complementam na movimentação da marcação e posicionamento, sobrecarregando o setor de meio de campo. Outubro 2014
  9. 9. Portuguesa na Serie B 2014 Conclusão Construir um time com uma estrutura organizada, estilo de jogo coletivo aliado a disciplina, talento, habilidade, ousadia, métodos científicos de jogo e criatividade , exige planejamento e uma boa avaliação técnica, tática e principalmente do Estado Cognitivo Emocional (ECE) dos jogadores. Futebol é entender o resultado da interação de diversos fatores, como físicos, técnicos, táticos e principalmente mentais (Estado Cognitivo Emocional) incorporados ao aspectos cognitivos (tomada de decisão),emocionais (hábitos) e princípios de jogos que determinam a decisão e ação mais eficaz a ser executada pelo jogador. Quando se diz que a Portuguesa tem um time limitado, essa limitação está no equilíbrio das fases ofensivas e defensivas, onde a complementariedade das ações e decisões de seus jogadores está ausente. Odair de Santi; Gilmar de Santi; E-mail: golsanti@uol.com.br

×