SlideShare uma empresa Scribd logo

4 as revoluções da modernidade - agrícola, religiosa e científica

Octavio Silvério de Souza Vieira Neto
Octavio Silvério de Souza Vieira Neto
Octavio Silvério de Souza Vieira NetoProfessor Docente I em Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro

Aula de Epistemologia - As revoluções da Modernidade: agrícola, religiosa e científica.

4 as revoluções da modernidade - agrícola, religiosa e científica

1 de 28
Baixar para ler offline
AS REVOLUÇÕES DA
     MODERNIDADE
A Virada epistemológica
moderna

   A Revolução Agrícola
   A revolução Religiosa;
   A revolução Científica;
   A revolução Filosófica;
A Revolução Agrícola
A revolução agrícola descreve um período de desenvolvimento agrícola iniciado
       na Grã-Bretanha que abarca desde o Séc. XVIII até meados do Século
          XIX, período durante o qual existiu um incremento muito alto da
   produtividade agrícola e do rendimento. Estes fatos provocaram um aumento
       de população sem precedentes, libertando do campo um significante
       percentual da população, que constituiu a mão de obra da Revolução
                                     industrial

                         o   Cercamento dos campos;
                         o   Mecanização e ampliação de tecnologias agrícolas;
                         o   Rotação quadrienal no plantio;
                         o   Uso de fertilizantes;
                         o   Aumento da população;
                         o   Liberdade de circulação (êxodo rural)
Principais
Características
A Revolução Religiosa
  A constituição
      Social
     Medieval
o Rei (Susserano)
o Igreja (Clero)
o Príncipes (Vassalos)
o Povo (Servos)
O Franciscanismo


  O Voto de
  Pobreza e a
dissociação da
Igreja Católica


                  São Francisco de Assis (1182 – 1226)
O Luteranismo

                                Lutero no Tribunal do santo
A Reforma Protestante           Ofício




  Martinho Lutero (1483-1546)

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

CopéRnico
CopéRnicoCopéRnico
CopéRnico
 
UM SENTIDO PARA A VIDA
UM SENTIDO PARA A VIDAUM SENTIDO PARA A VIDA
UM SENTIDO PARA A VIDA
 
Cosmologia
CosmologiaCosmologia
Cosmologia
 
O nascimento da ciência moderna
O nascimento da ciência modernaO nascimento da ciência moderna
O nascimento da ciência moderna
 
Trabalho galileu galilei
Trabalho galileu galileiTrabalho galileu galilei
Trabalho galileu galilei
 
O método das ciências
O método das ciênciasO método das ciências
O método das ciências
 
Apresentação2
Apresentação2Apresentação2
Apresentação2
 
7 Galileu Galilei
7 Galileu Galilei7 Galileu Galilei
7 Galileu Galilei
 
A ciencia moderna
A ciencia modernaA ciencia moderna
A ciencia moderna
 
Ctsa ciencia uma actividd humana 7ºano
Ctsa   ciencia uma actividd humana 7ºanoCtsa   ciencia uma actividd humana 7ºano
Ctsa ciencia uma actividd humana 7ºano
 
Cosmologia
CosmologiaCosmologia
Cosmologia
 
CiêNcia Tecnologia Sociedade E Ambiente
CiêNcia Tecnologia Sociedade E AmbienteCiêNcia Tecnologia Sociedade E Ambiente
CiêNcia Tecnologia Sociedade E Ambiente
 
Módulo V - O caso Galileu - Parte 1
Módulo V - O caso Galileu - Parte 1Módulo V - O caso Galileu - Parte 1
Módulo V - O caso Galileu - Parte 1
 
Newton e o heliocentrismo
Newton e o heliocentrismoNewton e o heliocentrismo
Newton e o heliocentrismo
 
Buraco negro
Buraco negroBuraco negro
Buraco negro
 
( Espiritismo) # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...
( Espiritismo)   # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...( Espiritismo)   # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...
( Espiritismo) # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...
 
Ciência, tecnologia e sociedade
Ciência, tecnologia e sociedadeCiência, tecnologia e sociedade
Ciência, tecnologia e sociedade
 
História da Ciência - Ciência Moderna
História da Ciência - Ciência ModernaHistória da Ciência - Ciência Moderna
História da Ciência - Ciência Moderna
 
Galileu galilei
Galileu galileiGalileu galilei
Galileu galilei
 
Pode se confiar-nos_cientistas
Pode se confiar-nos_cientistasPode se confiar-nos_cientistas
Pode se confiar-nos_cientistas
 

Destaque (20)

1 o nascimento da filosofia - dos pré-socráticos à aristóteles
1   o nascimento da filosofia - dos pré-socráticos à aristóteles1   o nascimento da filosofia - dos pré-socráticos à aristóteles
1 o nascimento da filosofia - dos pré-socráticos à aristóteles
 
William Herschel
William HerschelWilliam Herschel
William Herschel
 
Imperialismo alemão 2
Imperialismo alemão 2Imperialismo alemão 2
Imperialismo alemão 2
 
Religion palestina
Religion palestinaReligion palestina
Religion palestina
 
Aulão - Sociologia
Aulão - SociologiaAulão - Sociologia
Aulão - Sociologia
 
O dualismo cartesiano
O dualismo cartesianoO dualismo cartesiano
O dualismo cartesiano
 
36 epicuro-140401130219-phpapp01
36 epicuro-140401130219-phpapp0136 epicuro-140401130219-phpapp01
36 epicuro-140401130219-phpapp01
 
Slides de filo 25 manu
Slides de filo 25 manuSlides de filo 25 manu
Slides de filo 25 manu
 
Felicidade
FelicidadeFelicidade
Felicidade
 
Meninas 3a
Meninas 3aMeninas 3a
Meninas 3a
 
Felicidade 13
Felicidade 13Felicidade 13
Felicidade 13
 
Estoicismo em Ricardo Reis
Estoicismo em Ricardo ReisEstoicismo em Ricardo Reis
Estoicismo em Ricardo Reis
 
A condição humana
A condição humanaA condição humana
A condição humana
 
O segredo pronto pdf
O segredo pronto pdfO segredo pronto pdf
O segredo pronto pdf
 
Condição Humana
Condição HumanaCondição Humana
Condição Humana
 
Estoicismo
EstoicismoEstoicismo
Estoicismo
 
Impressões e ideias
Impressões e ideiasImpressões e ideias
Impressões e ideias
 
A condição humana
A condição humanaA condição humana
A condição humana
 
Estoicismo (1)
Estoicismo (1)Estoicismo (1)
Estoicismo (1)
 
Membrana completa
Membrana completaMembrana completa
Membrana completa
 

Semelhante a 4 as revoluções da modernidade - agrícola, religiosa e científica

Historia da ciência inércia 2
Historia da ciência   inércia 2Historia da ciência   inércia 2
Historia da ciência inércia 2Alexandre Abdalla
 
Historia da ciência - Inércia
Historia da ciência - InérciaHistoria da ciência - Inércia
Historia da ciência - InérciaAlexandre Abdalla
 
biografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdf
biografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdfbiografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdf
biografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdfACDUARDO
 
Introdução e História da astronomia - Aula 1
Introdução e História da astronomia - Aula 1Introdução e História da astronomia - Aula 1
Introdução e História da astronomia - Aula 1Paulo Ricardo Csc
 
O método experimental e o progresso do conhecimento
O método experimental e o progresso do conhecimentoO método experimental e o progresso do conhecimento
O método experimental e o progresso do conhecimentoDiogo.Verissimo
 
( Espiritismo) # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...
( Espiritismo)   # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...( Espiritismo)   # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...
( Espiritismo) # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
História da astronomia
História da astronomiaHistória da astronomia
História da astronomiaAlison Martins
 
A revolução cientifica
A revolução cientificaA revolução cientifica
A revolução cientificaTiago Simoes
 
100 maiores invenções do mundo registro de marca e patente em santa catarin...
100 maiores invenções do mundo   registro de marca e patente em santa catarin...100 maiores invenções do mundo   registro de marca e patente em santa catarin...
100 maiores invenções do mundo registro de marca e patente em santa catarin...Cicero Allysson Barbosa Silva
 
Renascimento Científico - Prof. Altair Aguilar
Renascimento Científico - Prof. Altair AguilarRenascimento Científico - Prof. Altair Aguilar
Renascimento Científico - Prof. Altair AguilarAltair Moisés Aguilar
 
Teoria de Galileu Galilei
Teoria de Galileu GalileiTeoria de Galileu Galilei
Teoria de Galileu Galileimomengtonoticia
 
Aristóteles e Copérnico - Geocentrismo e heliocentrismo
Aristóteles e Copérnico - Geocentrismo e heliocentrismoAristóteles e Copérnico - Geocentrismo e heliocentrismo
Aristóteles e Copérnico - Geocentrismo e heliocentrismoWagner Silva
 
19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universo
19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universo19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universo
19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universomariagrave
 
Gravitação universal
Gravitação universalGravitação universal
Gravitação universaljorgevieiraa
 
Galileu Galilei
Galileu GalileiGalileu Galilei
Galileu Galileiedson
 

Semelhante a 4 as revoluções da modernidade - agrícola, religiosa e científica (20)

História da ciência
História da ciênciaHistória da ciência
História da ciência
 
Historia da ciência inércia 2
Historia da ciência   inércia 2Historia da ciência   inércia 2
Historia da ciência inércia 2
 
Astronomia.pptx
Astronomia.pptxAstronomia.pptx
Astronomia.pptx
 
Historia da ciência - Inércia
Historia da ciência - InérciaHistoria da ciência - Inércia
Historia da ciência - Inércia
 
biografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdf
biografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdfbiografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdf
biografiaisaacnewton-130920130528-phpapp01 (1).pdf
 
Introdução e História da astronomia - Aula 1
Introdução e História da astronomia - Aula 1Introdução e História da astronomia - Aula 1
Introdução e História da astronomia - Aula 1
 
O método experimental e o progresso do conhecimento
O método experimental e o progresso do conhecimentoO método experimental e o progresso do conhecimento
O método experimental e o progresso do conhecimento
 
( Espiritismo) # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...
( Espiritismo)   # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...( Espiritismo)   # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...
( Espiritismo) # - alvaro chirispino - o livro dos espiritos no contexto do...
 
Biografia - Isaac Newton
Biografia - Isaac NewtonBiografia - Isaac Newton
Biografia - Isaac Newton
 
Historia da fisica
Historia da fisica Historia da fisica
Historia da fisica
 
História da astronomia
História da astronomiaHistória da astronomia
História da astronomia
 
A revolução cientifica
A revolução cientificaA revolução cientifica
A revolução cientifica
 
100 maiores invenções do mundo registro de marca e patente em santa catarin...
100 maiores invenções do mundo   registro de marca e patente em santa catarin...100 maiores invenções do mundo   registro de marca e patente em santa catarin...
100 maiores invenções do mundo registro de marca e patente em santa catarin...
 
Renascimento Científico - Prof. Altair Aguilar
Renascimento Científico - Prof. Altair AguilarRenascimento Científico - Prof. Altair Aguilar
Renascimento Científico - Prof. Altair Aguilar
 
Teoria de Galileu Galilei
Teoria de Galileu GalileiTeoria de Galileu Galilei
Teoria de Galileu Galilei
 
Aristóteles e Copérnico - Geocentrismo e heliocentrismo
Aristóteles e Copérnico - Geocentrismo e heliocentrismoAristóteles e Copérnico - Geocentrismo e heliocentrismo
Aristóteles e Copérnico - Geocentrismo e heliocentrismo
 
19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universo
19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universo19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universo
19 fichageo1-teorias-de-organizacao-do-universo
 
Gravitação universal
Gravitação universalGravitação universal
Gravitação universal
 
Galileu Galilei
Galileu GalileiGalileu Galilei
Galileu Galilei
 
O modelo de cosmo
O modelo de cosmoO modelo de cosmo
O modelo de cosmo
 

Mais de Octavio Silvério de Souza Vieira Neto (11)

OS SENTIDOS DA FORMAÇÃO HUMANA NA CIBERCULTURA: MÚLTIPLOS OLHARES DOS PESQUIS...
OS SENTIDOS DA FORMAÇÃO HUMANA NA CIBERCULTURA: MÚLTIPLOS OLHARES DOS PESQUIS...OS SENTIDOS DA FORMAÇÃO HUMANA NA CIBERCULTURA: MÚLTIPLOS OLHARES DOS PESQUIS...
OS SENTIDOS DA FORMAÇÃO HUMANA NA CIBERCULTURA: MÚLTIPLOS OLHARES DOS PESQUIS...
 
Tutorial - Envio de Mensagens no Moodle
Tutorial - Envio de Mensagens no MoodleTutorial - Envio de Mensagens no Moodle
Tutorial - Envio de Mensagens no Moodle
 
Como Criar um Jornal
Como Criar um Jornal Como Criar um Jornal
Como Criar um Jornal
 
Saber, poder e subjetividade e relações interpessoais
Saber, poder e subjetividade e relações interpessoaisSaber, poder e subjetividade e relações interpessoais
Saber, poder e subjetividade e relações interpessoais
 
Estrutura do Trabalho Acadêmico Segundo a ABNT 14724/2011
Estrutura do Trabalho Acadêmico Segundo a ABNT 14724/2011Estrutura do Trabalho Acadêmico Segundo a ABNT 14724/2011
Estrutura do Trabalho Acadêmico Segundo a ABNT 14724/2011
 
Tecnologia e História
Tecnologia e História Tecnologia e História
Tecnologia e História
 
Apresentação da proposta metodológica do curso fei 1º sem 2012 - isecc
Apresentação da proposta metodológica do curso fei 1º sem  2012 - iseccApresentação da proposta metodológica do curso fei 1º sem  2012 - isecc
Apresentação da proposta metodológica do curso fei 1º sem 2012 - isecc
 
6 nietzsche e a virada linguistica
6   nietzsche e a virada linguistica6   nietzsche e a virada linguistica
6 nietzsche e a virada linguistica
 
3 o mundo medieval
3   o mundo medieval3   o mundo medieval
3 o mundo medieval
 
2 helenismo
2   helenismo2   helenismo
2 helenismo
 
Informática e Tecnologia Moderna na Educação
Informática e Tecnologia Moderna na EducaçãoInformática e Tecnologia Moderna na Educação
Informática e Tecnologia Moderna na Educação
 

4 as revoluções da modernidade - agrícola, religiosa e científica

  • 1. AS REVOLUÇÕES DA MODERNIDADE A Virada epistemológica moderna A Revolução Agrícola A revolução Religiosa; A revolução Científica; A revolução Filosófica;
  • 2. A Revolução Agrícola A revolução agrícola descreve um período de desenvolvimento agrícola iniciado na Grã-Bretanha que abarca desde o Séc. XVIII até meados do Século XIX, período durante o qual existiu um incremento muito alto da produtividade agrícola e do rendimento. Estes fatos provocaram um aumento de população sem precedentes, libertando do campo um significante percentual da população, que constituiu a mão de obra da Revolução industrial o Cercamento dos campos; o Mecanização e ampliação de tecnologias agrícolas; o Rotação quadrienal no plantio; o Uso de fertilizantes; o Aumento da população; o Liberdade de circulação (êxodo rural)
  • 4. A Revolução Religiosa A constituição Social Medieval o Rei (Susserano) o Igreja (Clero) o Príncipes (Vassalos) o Povo (Servos)
  • 5. O Franciscanismo O Voto de Pobreza e a dissociação da Igreja Católica São Francisco de Assis (1182 – 1226)
  • 6. O Luteranismo Lutero no Tribunal do santo A Reforma Protestante Ofício Martinho Lutero (1483-1546)
  • 7. Lutero e a Aliança com a Ciência Lutero usou a imprensa para divulgar seus sermões para toda Europa  A Primeira Impressão da A Imprensa Bíblia em Alemão
  • 8. A Obra de Lutero Lutero:Gênio , Rebelde, Liberador – O Filme A Palavra Religiosa
  • 9. A Revolução Científica O Mundo era regido pelo modelo astronômico pitolomaico- aristotélico
  • 10. Paradoxos do Pensamento Religioso Geocentrismo Heliocentrismo
  • 11. Pedro Abelardo e os Universais Na filosofia ocupa uma posição importante por ter formulado o conceitualismo, posição que não pertence propriamente nem ao idealismo, nem ao materialismo. A obra principal de Abelardo, chamada Dialética, inspirada no pensamento de Boécio foi a obra de lógica mais influente até o final do século XIII em Roma, onde foi usada como manual escolar, já que a lógica era ministrada como parte do trivium, fornecendo aos estudantes os argumentos e armas para às disputas metafísicas e teológicas. Abelardo identificava o real ao particular e considerava o universal como o sentido das palavras (nominum significatio), rejeitando o nominalismo. Dessa forma, o significado dos nomes permitiria esclarecer os conceitos, de forma a emancipar a lógica da metafísica, tornando-a uma disciplina autônoma.
  • 12. Pedro Abelardo e Heloisa Em Nome de Deus conta a História de Abelardo e Heloisa , um amor impossível em função do moralismo de seu tempo
  • 13. Nicolau de Cusa e Guilherme de Ockham Pensadores da Igreja Católica que colocaram em xeque-mate a infalibilidade da Igreja e promoveram a abertura para um pensamento científico no seio da religião. Nicolau de Cusa (1401 – 1464) Guilherme de Ockham (1285 – 1347)
  • 14. A Douta Ignorância e a Navalha de Ockham
  • 15. Giordano Bruno e o Universo Infinito O Universo Infinito Giordano Bruno ( 1548 – 1600)
  • 16. Morte de Giordano Bruno na Foguerira da Inquisição do Santo Ofício Filme sobre Giordano Bruno: a História de um Homem à Frente de Seu Tempo Em memória ao 400° aniversário da morte de Giordano Bruno, filósofo, o Papa João Paulo II, em março de 2000, pediu perdão formalmente e retratou-se pela morte irresponsável de Giordano Bruno promovida pela Igreja Católica.
  • 17. Nicolau Copérnico 91473 – 1543) Nicolau Copérnico (em polaco Mikołaj Kopernik; em latim Nicolaus Copernicus; Toruń, 19 de Fevereiro de 1473 — Frauenburgo, 24 de Maio de 1543) foi um astrônomo e matemático polaco que desenvolveu a teoria heliocêntrica do Sistema Solar. Foi também cônego da Igreja Católica, governador e administrador, jurista, astrólogo e médico. Sua teoria do Heliocentrismo, que colocou o Sol como o centro do Sistema Solar, contrariando a então vigente teoria geocêntrica (que considerava, a Terra como o centro), é tida como uma das mais importantes hipóteses científicas de todos os tempos, tendo constituído o ponto de partida da astronomia moderna.
  • 19. A Crise do Modelo Geocêntrico O Universo Geocêntrico Copérnico, apesar justificava o edifício da de suas Igreja constatações morreu sem publicar seu livro, Rheticus, se u seguidor, em nome de Copérnico, publica a obra "De Revolutionibus Orbium Coelestium" em Nuremberg em 1543.
  • 20. Galileu Galilei e a Comprovação do Heliocentrismo
  • 21. A Resposta Estava no Céu Galileu e a demonstração do heliocentrismo Em 1609, Galileu teve conhecimento de um telescópio que foi oferecido por alto preço ao doge de Veneza. Ao saber que o instrumento era composto de duas lentes em um tubo, Galileu logo construiu um capaz de aumentar três vezes o tamanho aparente de um objeto, depois outro de dez vezes e, por fim, um capaz de aumentar 30 vezes.
  • 22. A Obra de Galileu (1564 – 1642) Fólio de Galileu, onde retrata Capa do alle as fases da Lua macchie solari Capa do Sidereus Nuncius publicado em 1610
  • 23. O Tribunal de Galileu Galilei De frente ao tribunal do Santo Ofício, Galileu abjurou ao seu conhecimento, mas sussurrou após o veredito: pour se mouve (ela se move)
  • 24. A Nova Constituição do Universo Ele se desfez dos epiciclos, equantes e outros artifícios matemáticos criados no tempo de Ptolomeu - e mantidos por Nicolau Copérnico - para enquadrar as órbitas celestes ao modelo aristotélico das esferas de cristal. Segundo Aristóteles, os céus eram divinamente perfeitos, e os corpos celestes só podiam se mover segundo a mais perfeita das formas: o círculo. Kepler, usando dados coletados por Tycho Brahe (as oposições de Marte entre 1580 e 1600), mostrou que os planetas não se moviam em órbitas circulares, mas sim elípticas. Johannes Kepler (Weil der Stadt, perto de Stuttgart, 27 Esse detalhe, somente de dezembro de 1571 - Regensburgo, 15 de novembro de perceptível por acuradas 1630) foi um astrônomo. Formulou as três leis fundamentais da mecânica celeste, conhecidas como leis medições, deu a Isaac Newton de Kepler. Dedicou-se também ao estudo da óptica. elementos para formular a teoria da gravitação universal, 50 anos mais tarde.
  • 25. Isaac Newton e a Lei da Gravitação Universal Sir Isaac Newton (Woolsthorpe, 4 de janeiro de 1643 — Londres, 31 de março de 1727)[1] foi um cientista inglês, mais reconhecido como físico e matemático, embora tenha sido também astrônomo, alquimista, filósofo natural e teólogo. Sua obra, Philosophiae Naturalis Principia Mathematica, é considerada uma das mais influentes em História da ciência. Publicada em 1687, esta obra descreve a lei da gravitação universal e as três leis de Newton, que fundamentaram a mecânica clássica. Macieira, plantada no Jardim Botânico de Cambridge em homenagem a Newton
  • 26. Halley e a periodicidade dos cometas Edmond Halley (Haggerston, 8 de novembro de 1656 — Greenwich, 14 de janeiro de 1742) além de ser Astrônomo Real Britânico e professor da Cátedra Savilian de Geometria na Universidade de Oxford foi o primeiro astrônomo a teorizar que os cometas seriam objetos periódicos, previu que no ano de 1758 um cometa cruzaria o sistema solar, devido a essa previsão, em sua homenagem, o cometa passou a ser chamado cometa de Halley. Halley publicou os resultados de suas observações em 1705, na obra A Synopsis of the Astronomy of Planets (Uma Sinopse da Astronomia dos Planetas).
  • 27. Herschel e a catalogação do Universo William Herschel foi um astrônomo inglês de origem alemã (Hanôver, 15 de Novembro de 1738 - Slough, 25 de Agosto de 1822). A primeira das mais importantes descobertas de Herschel em astronomia foi o movimento intrínseco do Sol através do espaço, em 1783. Observou cuidadosamente o movimento de sete estrelas e demonstrou que estas convergiam para um ponto fixo (que interpretou como sendo o ápex solar). De 1782 a 1785, Herschel catalogou estrelas duplas e publicou extensos catálogos, no primeiro dos quais sugeriu que muitas delas poderiam estar em movimento orbital relativo. Em 1793, mediu novamente as posições relativas de muitas estrelas duplas, comprovando assim sua hipótese. Desenvolveu também os primeiros conhecimentos sobre a constituição da Galáxia, além de ter descoberto a radiação infra-vermelha na luz do Sol e algumas notáveis conjecturas a respeito das propriedades dessa radiação.
  • 28. A Pretensão do conhecimento matemático da natureza