Pedra Azul,
A Princesinha do Sertão
...VEM NÃO - Erasmino Rodrigues
...Vem não... Aqui morreria de tristeza e de saudade. Aqui não há
manhãs puras, nem o maru...
...Vem não...Aqui não há sonhos, só a realidade dura como concreto,
como dura é a face dos que cruzam nosso caminho0 todos...
Fortaleza – Iluminada com carbureto –
Década de 20
...Vem não... Aqui quase sempre a esperança termina onde começa a
favel...
Avenida Joaquim Antunes
...vem não. Aqui se mata por qualquer motivo. A sirene fere nossos
ouvidos. Falta aquela mansidão ...
Praça da Igrejinha de Nossa
Senhora da Conceição
...vem não...Aqui não tem amizade, aqui morreria de tristeza e de
saudade...
Fundos do Mercado Municipal – 1938
Feira em 1938, Fortaleza – MG.
...vem não...Aqui não tem São João, não fazemos biscoito...
Posse do Prefeito Manoel Gusmão
Av. Jesulino Rodrigues
... Vem sim.Paráfrase do texto “Vem não” de Erasmino Rodrigues
Vem sim... Aqui ninguém
morre de tristeza nem
saudade. Sempre tem um
sorriso e uma brisa
perfumada no fim da tarde.
... Vem sim. Aqui ainda tem
tradição, boi de janeiro,
carnaval e São João.
Aqui a gente ainda acende
fogueira, faz biscoit...
... Vem sim. Aqui o povo é matuto
brasileiro, baiano guerreiro,
mineiro hospitaleiro. Aqui tem
acarajé, pão de queijo, pé ...
... Vem sim. Aqui rocinha não é
favela, tem paisagem esbelta pra
gente admirar.
... Vem sim. Aqui cem anos valem mais
que mil pedras azuis.
Aqui é melhor que aí, então não fica aí
não, volta. Vem sim, p...
Recordação
Paráfrase do texto “Meu Potro” de Erasmino Rodrigues
Vasculho minhas lembranças
Num burrinho empacado.
Vejo minha linha do tempo
No trotar manso
Viajo no meu pensamento.
Puxo ...
Olhe aquelas pessoas, aquelas paisagens,
aquele lugar.
Por ali andei eu, vivi, corri, brinquei
sem medos.
Aí vai meu burri...
Solto as rédeas do meu burrinho
ele vai, não para.
Eu paro, lembro e calo.
A lembrança passa
rápida... E fica
Só saudade.
...
O mercado, a praça, o cinema
a Pedra da Conceição.
Tudo isto me vem de repente
como um relâmpago
brilhando nos meus olhos.
Tanta saudade acumulada, durante a árdua
Caminhada pela vida.
Mas as alegrias existem.
Basta que acendamos uma fogueira,
F...
Trinta anos! Afinal de contas,
que são trinta anos? Pode não ser nada,
Mas estou sempre remoendo esta saudade.
Minha sensi...
PROJETO DE LITERATURA
ESCOLA ESTADUAL CASSIANO MENDES
PROFª: EVA OZANA
ALUNOS DO 3ºS “M” – 2012: MIRELLE LIMA ANDRADE (ima...
Pedra Azul - Paráfrase de Poemas de Erasmino Rodrigues
Pedra Azul - Paráfrase de Poemas de Erasmino Rodrigues
Pedra Azul - Paráfrase de Poemas de Erasmino Rodrigues
Pedra Azul - Paráfrase de Poemas de Erasmino Rodrigues
Pedra Azul - Paráfrase de Poemas de Erasmino Rodrigues
Pedra Azul - Paráfrase de Poemas de Erasmino Rodrigues
Pedra Azul - Paráfrase de Poemas de Erasmino Rodrigues
Pedra Azul - Paráfrase de Poemas de Erasmino Rodrigues
Pedra Azul - Paráfrase de Poemas de Erasmino Rodrigues
Pedra Azul - Paráfrase de Poemas de Erasmino Rodrigues
Pedra Azul - Paráfrase de Poemas de Erasmino Rodrigues
Pedra Azul - Paráfrase de Poemas de Erasmino Rodrigues
Pedra Azul - Paráfrase de Poemas de Erasmino Rodrigues
Pedra Azul - Paráfrase de Poemas de Erasmino Rodrigues
Pedra Azul - Paráfrase de Poemas de Erasmino Rodrigues
Pedra Azul - Paráfrase de Poemas de Erasmino Rodrigues
Pedra Azul - Paráfrase de Poemas de Erasmino Rodrigues
Pedra Azul - Paráfrase de Poemas de Erasmino Rodrigues
Pedra Azul - Paráfrase de Poemas de Erasmino Rodrigues
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Pedra Azul - Paráfrase de Poemas de Erasmino Rodrigues

577 visualizações

Publicada em

Este é um projeto da professora Eva Ozana, desenvolvido a E. E. Cassiano Mendes, com os alunos do 3o. ano do ensino médio, no ano de 2012.
Fotos do arquivo Buritis, de Itamar Porto, Canal 100, e Paulo Chaves.

Publicada em: Arte e fotografia
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
577
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pedra Azul - Paráfrase de Poemas de Erasmino Rodrigues

  1. 1. Pedra Azul, A Princesinha do Sertão
  2. 2. ...VEM NÃO - Erasmino Rodrigues ...Vem não... Aqui morreria de tristeza e de saudade. Aqui não há manhãs puras, nem o marulhar do capim de pendão cor de rosa. Não há brisa perfumada , nem tardes quietas... .
  3. 3. ...Vem não...Aqui não há sonhos, só a realidade dura como concreto, como dura é a face dos que cruzam nosso caminho0 todos os dias. Não há como sorrir:, o ônibus demora tanto! Eu estou tão cansado, miseravelmente extenuado. O dia foi tão duro como o fora ontem e o será amnhã... .
  4. 4. Fortaleza – Iluminada com carbureto – Década de 20 ...Vem não... Aqui quase sempre a esperança termina onde começa a favela , as pontes e os viadutos. Aqui não tem céu...Aqui casas não tem janelas e os muros são tão altos!...Aqui não tem Ana de Niz, não tem Zé Goguenta. Aqui todos correm buscando alguma coisa que talvez nunca cheguem a alcançar... .
  5. 5. Avenida Joaquim Antunes ...vem não. Aqui se mata por qualquer motivo. A sirene fere nossos ouvidos. Falta aquela mansidão do nosso entardecer, falta a nostalgia das sombras lançadas sobre as pedras... .
  6. 6. Praça da Igrejinha de Nossa Senhora da Conceição ...vem não...Aqui não tem amizade, aqui morreria de tristeza e de saudade. Aqui se morre no meio da rua, na fila, em qualquer lugar. Passa, olha e segue adiante sem constrangimento – estamos acostumados .
  7. 7. Fundos do Mercado Municipal – 1938 Feira em 1938, Fortaleza – MG. ...vem não...Aqui não tem São João, não fazemos biscoito, não acendemos fogueira, não soltamos bombão. Fique aí. Não venha pra cá... ...vem não! .
  8. 8. Posse do Prefeito Manoel Gusmão
  9. 9. Av. Jesulino Rodrigues
  10. 10. ... Vem sim.Paráfrase do texto “Vem não” de Erasmino Rodrigues
  11. 11. Vem sim... Aqui ninguém morre de tristeza nem saudade. Sempre tem um sorriso e uma brisa perfumada no fim da tarde.
  12. 12. ... Vem sim. Aqui ainda tem tradição, boi de janeiro, carnaval e São João. Aqui a gente ainda acende fogueira, faz biscoito, brinca na rua depois das oito e as pedras continuam lá a observar.
  13. 13. ... Vem sim. Aqui o povo é matuto brasileiro, baiano guerreiro, mineiro hospitaleiro. Aqui tem acarajé, pão de queijo, pé de moleque, cocada, quadrilha, samba-enredo, bicho da carneira, jardim da fantasia.
  14. 14. ... Vem sim. Aqui rocinha não é favela, tem paisagem esbelta pra gente admirar.
  15. 15. ... Vem sim. Aqui cem anos valem mais que mil pedras azuis. Aqui é melhor que aí, então não fica aí não, volta. Vem sim, pode vir.
  16. 16. Recordação Paráfrase do texto “Meu Potro” de Erasmino Rodrigues
  17. 17. Vasculho minhas lembranças Num burrinho empacado. Vejo minha linha do tempo No trotar manso Viajo no meu pensamento. Puxo o freio, paro. Corre meu burrinho pelos lugares antigos do meu caminho.
  18. 18. Olhe aquelas pessoas, aquelas paisagens, aquele lugar. Por ali andei eu, vivi, corri, brinquei sem medos. Aí vai meu burrinho nesse mesmo caminho Preso aos dentes, o bridão. Ando devagarzinho. E diante de mim, o que vejo?
  19. 19. Solto as rédeas do meu burrinho ele vai, não para. Eu paro, lembro e calo. A lembrança passa rápida... E fica Só saudade. Recordação.
  20. 20. O mercado, a praça, o cinema a Pedra da Conceição. Tudo isto me vem de repente como um relâmpago brilhando nos meus olhos.
  21. 21. Tanta saudade acumulada, durante a árdua Caminhada pela vida. Mas as alegrias existem. Basta que acendamos uma fogueira, Façamos meia dúzia de biscoitos, para que nosso Coração inflame, e voltemos a ser criança. Trecho do poema “Madrugada” de Erasmino Rodrigues
  22. 22. Trinta anos! Afinal de contas, que são trinta anos? Pode não ser nada, Mas estou sempre remoendo esta saudade. Minha sensibilidade vem à tona. Então eu choro, derramo meu pranto, Em qualquer lugar, em qualquer canto. Trecho do texto “Trinta anos” de Erasmino Rodrigues
  23. 23. PROJETO DE LITERATURA ESCOLA ESTADUAL CASSIANO MENDES PROFª: EVA OZANA ALUNOS DO 3ºS “M” – 2012: MIRELLE LIMA ANDRADE (imagens) ANA LUIZA , AMANDA, KARLA, MAIRA , MIRELLE (paráfrases) .

×