Ppt 23 Darwinismo

2.738 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.738
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
147
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ppt 23 Darwinismo

  1. 1.  Em Dezembro de 1931 iniciou-se um novo e brilhante capítulo na história da Biologia. Um jovem naturalista inglês, de 22 anos, Charles Robert Darwin [1809- 1882], partia a bordo de um navio da armada britânica, o HMS Beagle.
  2. 2. O que Darwin viu na viagem ?
  3. 3.  Raciocínio Geológico (Geologia 10º) ...surgem como resultado de um conjunto de vivências de  Dados da Biogeografia acontecimentos e de conhecimentos que indivíduos questionadores e motivados experimentam. As teorias são um produto da mente humana...
  4. 4.  identificou em Jedburgh, na Escócia, aquilo a que hoje chamamos uma "discordância" - uma superfície de erosão que separa dois corpos rochosos de idades diferentes.  Esta superfície representa, portanto, um hiato temporal entre dois episódios distintos de formação de sequências de camadas geológicas.  As discordâncias provam que existem forças geológicas em acção durante períodos de tempo incomensuravelmente longos. Conforme Hutton afirmou: "não há A superfície de discordância da Praia do Telheiro vestígios de um começo - nem pode ser observada ao longo das escarpas da perspectiva de um fim." Costa Vicentina, cerca de 5 km para Norte do Cabo de S. Vicente (Sagres, Portugal).
  5. 5.  a Terra era incomensuravelmente antiga, não tinha nenhum princípio e não havia nenhuma indicação de que caminhasse para um fim, e continuaria interminavelmente a atravessar ciclos geológicos infindáveis, caracterizados por elevações e abatimentos sucessivos de grandes blocos de terra ligados ao mar.  William Whewell, o grande filósofo de Cambridge, ele próprio muito interessado em geologia, chamou a esta abordagem da Terra «uniformitarismo».
  6. 6.  Sem Lyell é provável que não tivesse existido Darwin: não teria havido percepções intelectuais, nem viagem do Beagle tal como é habitualmente entendida. Os pensamentos de Darwin começaram a rondar a ideia de que as pequenas alterações podem produzir grandes efeitos. Janet Browne
  7. 7.  engenheiro e geólogo britânico, constatou que todas as camadas rochosas que examinava continham conjuntos específicos de fósseis e que essas associações fossilíferas variavam de estrato geológico para estrato geológico, verticalmente, ao longo das sequências de camadas.
  8. 8.  a sucessão vertical das associações de fósseis era um poderoso instrumento para a cartografia geológica, pois os conjuntos de fósseis característicos de cada idade eram constantes, independentemente do tipo de rocha que os continha.
  9. 9.  Os fósseis são vestígios de organismos do passado preservados no registo geológico, nas rochas.  Há fósseis muito recentes, mas na maioria dos casos são extremamente antigos, datando de há centenas de milhões de anos (Ma.).  A formação de fósseis é um fenómeno geológico comum. Em principio, todos os materiais orgânicos podem fossilizar. Contudo, nem todas as formas de vida do passado foram preservadas como fósseis.
  10. 10. Tatu
  11. 11.  A grande diversidade de seres vivos e o aspecto exótico que, por vezes, assumem algumas espécies, bem como a constatação de gue a fauna e a flora diferem de continente para continente e das montanhas para os desertos, constituem elementos relevantes na formulação da teoria de Darwin.
  12. 12. A ocorrência de semelhanças nítidas entre organismos de regiões geográficas muito distantes; Família Rheidae Família Struthionidae
  13. 13.  O estudo das áreas de distribuição das diferentes espécies faz salientar dois casos distintos:  A ocorrência de semelhanças nítidas entre organismos de regiões geográficas muito distantes;  A ocorrência de grande diversidade específica em indivíduos distribuídos em zonas geográficas muito próximas.
  14. 14.  O atol é uma ilha em forma de anel feita de corais e outros invertebrados, em forma aproximadamente circular, constituindo em seu interior uma lagoa.  Estrutura circular de coral contendo uma laguna interior, sem nenhuma aparente conexão com as rochas da Crosta.
  15. 15.  Um atol começa pela formação de um recife costeiro de corais ao redor de uma ilha vulcânica.  À medida que esta ilha vai afundando o recife vai se acumulando e crescendo para fora em busca de águas mais ricas em nutrientes e transformando- se em um recife de barreira.  A parte central, com menor circulação de água fica preservada como uma laguna interior.

×