COMPREENDER A ESTRUTURA E A DINÂMICA DA GEOSFERA Vulcanologia – Minimização do risco vulcânico
Sumário <ul><li>Vulcanologia - Minimização do risco vulcânico </li></ul>Nuno Correia 08/09
Zona de Risco <ul><li>A definição de áreas de risco resulta do levantamento dos perigos e ameaças associadas a fenómenos e...
Exemplo : Merapi (Java) Nuno Correia 08/09 http://www.isset.org/doc.php?pagelocation=42&doc=799 Distance traveled by volca...
Minimização <ul><li>História eruptiva. </li></ul><ul><li>Vigilância. </li></ul>Nuno Correia 08/09
Minimização de riscos vulcânicos – previsão e prevenção Carta de risco vulcânico para a Montanha Pelada, no caso de uma er...
Vigilância Nuno Correia 08/09
Nuno Correia 08/09
As ilhas açorianas têm registado, ao longo da sua história, uma enorme actividade vulcânica. Em Portugal, o vulcanismo pri...
Os geólogos consideram que o vulcanismo em S. Miguel, Terceira e Graciosa tem origem …  no rifte da Terceira. A idade das ...
S. Miguel que foi crescendo devido à actividade de seis grandes fases vulcânicas.
<ul><li>A origem dos fenómenos vulcânicos existentes nas diferentes ilhas ainda é pouco conhecida, sendo difícil tratar co...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Powerpoint 7 Vulcanologia (MinimizaçãO Do Risco VulcâNico)

3.108 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.108
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
23
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
130
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Powerpoint 7 Vulcanologia (MinimizaçãO Do Risco VulcâNico)

  1. 1. COMPREENDER A ESTRUTURA E A DINÂMICA DA GEOSFERA Vulcanologia – Minimização do risco vulcânico
  2. 2. Sumário <ul><li>Vulcanologia - Minimização do risco vulcânico </li></ul>Nuno Correia 08/09
  3. 3. Zona de Risco <ul><li>A definição de áreas de risco resulta do levantamento dos perigos e ameaças associadas a fenómenos eruptivos. </li></ul>Nuno Correia 08/09
  4. 4. Exemplo : Merapi (Java) Nuno Correia 08/09 http://www.isset.org/doc.php?pagelocation=42&doc=799 Distance traveled by volcanic materials on the southwest flank of Merapi. From Suryo and Clarke (1985). Volcanic hazard map for Merapi volcano from Suryo and Clarke (1985). Photo of three-dimensional hazard map of Merapi volcano.
  5. 5. Minimização <ul><li>História eruptiva. </li></ul><ul><li>Vigilância. </li></ul>Nuno Correia 08/09
  6. 6. Minimização de riscos vulcânicos – previsão e prevenção Carta de risco vulcânico para a Montanha Pelada, no caso de uma erupção idêntica à de 1902. Estas cartas baseiam-se na história da actividade eruptiva do vulcão e permitem prever o seu comportamento futuro.
  7. 7. Vigilância Nuno Correia 08/09
  8. 8. Nuno Correia 08/09
  9. 9. As ilhas açorianas têm registado, ao longo da sua história, uma enorme actividade vulcânica. Em Portugal, o vulcanismo primário activo está praticamente reduzido ao Arquipélago dos Açores, sendo histórica a erupção do vulcão dos Capelinhos, no Faial, que durou mais de um ano.
  10. 10. Os geólogos consideram que o vulcanismo em S. Miguel, Terceira e Graciosa tem origem … no rifte da Terceira. A idade das ilhas do lado Este da dorsal médio-atlântica … aumenta com a distância a esta dorsal.
  11. 11. S. Miguel que foi crescendo devido à actividade de seis grandes fases vulcânicas.
  12. 12. <ul><li>A origem dos fenómenos vulcânicos existentes nas diferentes ilhas ainda é pouco conhecida, sendo difícil tratar com clareza os limites entre as diferentes placas tectónicas. </li></ul><ul><li>As ilhas, geologicamente recentes, têm idades distintas. </li></ul><ul><li>O Pico é a ilha mais recente. (vulcão do Pico – ponto mais alto de Portugal) </li></ul><ul><li>Os geólogos consideram que o vulcanismo nas ilhas centrais, e em particular em S. Miguel, poderá dever-se a um hot spot . </li></ul>

×