Mecanismos De Defesa EspecíFicos (ApresentaçãO Nr. 5)

3.186 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.186
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
31
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mecanismos De Defesa EspecíFicos (ApresentaçãO Nr. 5)

  1. 1. SISTEMA IMUNITÁRIO Mecanismos de defesa - específica
  2. 2. Imunidade mediada por células A imunidade mediada por células resulta da participação dos linfócitos T. Estes linfócitos só reconhecem antigénios apresentados na superfície das células do nosso organismo, ligados a moléculas particulares que são marcadores individuais. Esta é a base do reconhecimento dos nossos próprios antigénios (self), que permite a tolerância imunológica, e é também a base do reconhecimento de antigénios que nos são estranhos (non-self) quando apresentados por células especializadas para esse fim, chamadas c é l u l a s apresentadoras. (Quando, por exemplo, um macrófago fagocita uma bactéria ou um vírus, ao dar-se a destruição dentro do macrófago, formam-se fragmentos peptídicos que são antigénicos. Esses fragmentos antigénicos ligam-se a certos marcadores superficiais do macrófago que os exibe e apresenta aos linfócitos T.)
  3. 3. Células apresentadora
  4. 4. Activação dos linfócitos T  Os linfócitos T são activos contra parasitas multicelulares, fungos, células infectadas por bactérias ou vírus, células cancerosas, tecidos enxertados e órgãos transplantados.  A exposição e a ligação de linfócitos T com o antigénio apropriado (selecção clonal) activa esses linfócitos, que entram em divisão (proliferação clonal).
  5. 5. Proliferação clonal
  6. 6. Th - helper (TH do inglês Helper), também chamadas células CD4 - reconhecem o complexo antigénio--MHC da superfície dos macrófagos e libertam mediadores químicos (citoquinas) que estimulam outras células do sistema imunitário (linfócitos B, fagócitos e outros linfócitos T).
  7. 7. Tc - Citotóxicos Linfócitos T citotóxicos ou citolíticos (Tc), também chamadas células CD8 -capazes de reconhecer e destruir células infectadas e células cancerosas. Os linfócitos reconhecem estas células devido ao facto de elas exibirem glicoproteínas anormais na sua superfície (quer sejam fragmentos dos vírus, quer sejam substâncias anormais de células cancerosas). Depois de activados, segregam substâncias tóxicas que destroem essas células infectadas ou cancerosas. Apresentam dois processos de actuação: provocam a lise celular ou através da produção de citocinas.
  8. 8. Ts - Supressores Segregam substâncias que moderam ou suprimem a resposta imunitária (divisão de células imunitárias e produção de anticorpos) quando a infecção já foi ultrapassada.
  9. 9. Cooperação dos sistemas imunitários

×