Geologia11Recursos hídricos
Nuno Correia 2012/132
A água subterrânea é um recurso geológico de extremaimportância, que constitui cerca de 0,6% do total de águaque existe na...
Nuno Correia 2012/13 4
 Cerca de 15% da água queprecipita sobre a superfícieda Terra infiltra-se no solo,por acção da gravidade, eorigina a água...
AquíferoNuno Correia 2012/13 6Formação geológica que permite a circulação earmazenamento de água nos seus espaços vazios,p...
Nuno Correia 2012/13 7
Principais tipos de AquíferosNuno Correia 2012/13 8
Nuno Correia 2012/13 9
Nuno Correia 2012/13 10
Nuno Correia 2012/13 11Zonas de humidade num aquífero livre
Nuno Correia2012/13 12
13Nuno Correia 2012/13
Nuno Correia 2012/13 14Parâmetros característicos dos aquíferos Porosidade Permeabilidade
 A porosidade é a percentagem do volume total darocha ou dos sedimentos que é ocupado porespaços vazios, ou poros. A por...
Nuno Correia 2012/13 16
Nuno Correia 2012/13 17
Nuno Correia 2012/13 18
Nuno Correia 2012/13 19
Nuno Correia 2012/13 20
Nuno Correia 2012/13 21
 É a capacidade das rochas transmitirem fluidosatravés dos poros ou fracturas. As rochas permeáveis deixam-se atravessar...
Nuno Correia 2012/13 23
Nuno Correia 2012/13 24Composição química das águassubterrâneas
Nuno Correia 2012/13 25Sobreexploração dos aquíferosEsgotamentodos aquíferosDéfice deágua àsuperfícieSubsidência(gradual o...
Nuno Correia 2012/13 26
Nuno Correia 2012/13 27
Nuno Correia 2012/13 28Descida do nível freático,em relação com a ocupaçãohumana.
Nuno Correia 2012/13 29
Nuno Correia 2012/13 30
Nuno Correia 2012/13 31
Nuno Correia 2012/13 32
Nuno Correia 2012/13 33
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Geologia 11 recursos geológicos - recursos hídricos

2.699 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Geologia 11 recursos geológicos - recursos hídricos

  1. 1. Geologia11Recursos hídricos
  2. 2. Nuno Correia 2012/132
  3. 3. A água subterrânea é um recurso geológico de extremaimportância, que constitui cerca de 0,6% do total de águaque existe na Terra. Integra a etapa mais lenta do ciclohidrológico e aquela que não é directamente observável.Nuno Correia 2012/13 3Recursos Hidrológicos
  4. 4. Nuno Correia 2012/13 4
  5. 5.  Cerca de 15% da água queprecipita sobre a superfícieda Terra infiltra-se no solo,por acção da gravidade, eorigina a água subterrâneaque preenche os aquíferos.Nuno Correia 2012/13 5Água subterrânea
  6. 6. AquíferoNuno Correia 2012/13 6Formação geológica que permite a circulação earmazenamento de água nos seus espaços vazios,possibilitando o aproveitamento deste líquido.http://www.whymap.org/nn_354300/whymap/EN/Downloads/Global__maps/globalmaps__node__en.html?__nnn=true
  7. 7. Nuno Correia 2012/13 7
  8. 8. Principais tipos de AquíferosNuno Correia 2012/13 8
  9. 9. Nuno Correia 2012/13 9
  10. 10. Nuno Correia 2012/13 10
  11. 11. Nuno Correia 2012/13 11Zonas de humidade num aquífero livre
  12. 12. Nuno Correia2012/13 12
  13. 13. 13Nuno Correia 2012/13
  14. 14. Nuno Correia 2012/13 14Parâmetros característicos dos aquíferos Porosidade Permeabilidade
  15. 15.  A porosidade é a percentagem do volume total darocha ou dos sedimentos que é ocupado porespaços vazios, ou poros. A porosidade constitui uma medida da capacidadeda rocha em armazenar água. Algumas rochas sedimentares, como arenitos econglomerados, têm poros entre os grãos deminerais, pelo que podem armazenar umaquantidade apreciável de água. As rochas cristalinas não têm poros entre os grãosde minerais, mas podem armazenar água emfracturas.Nuno Correia 2012/13 15Porosidade
  16. 16. Nuno Correia 2012/13 16
  17. 17. Nuno Correia 2012/13 17
  18. 18. Nuno Correia 2012/13 18
  19. 19. Nuno Correia 2012/13 19
  20. 20. Nuno Correia 2012/13 20
  21. 21. Nuno Correia 2012/13 21
  22. 22.  É a capacidade das rochas transmitirem fluidosatravés dos poros ou fracturas. As rochas permeáveis deixam-se atravessarfacilmente pela água. A permeabilidade das rochas está relacionadacom as dimensões dos poros e com a formacomo se estabelece a comunicação entre eles.Nuno Correia 2012/13 22Permeabilidade
  23. 23. Nuno Correia 2012/13 23
  24. 24. Nuno Correia 2012/13 24Composição química das águassubterrâneas
  25. 25. Nuno Correia 2012/13 25Sobreexploração dos aquíferosEsgotamentodos aquíferosDéfice deágua àsuperfícieSubsidência(gradual oucatastrófica)Salinização deaquíferoscosteiros
  26. 26. Nuno Correia 2012/13 26
  27. 27. Nuno Correia 2012/13 27
  28. 28. Nuno Correia 2012/13 28Descida do nível freático,em relação com a ocupaçãohumana.
  29. 29. Nuno Correia 2012/13 29
  30. 30. Nuno Correia 2012/13 30
  31. 31. Nuno Correia 2012/13 31
  32. 32. Nuno Correia 2012/13 32
  33. 33. Nuno Correia 2012/13 33

×