Geologia 10 intervenção do homem nos subsistemas terrestres

7.870 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
2 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.870
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
335
Comentários
2
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Geologia 10 intervenção do homem nos subsistemas terrestres

  1. 1. Biologia e GeologiaIntervenção do Homem nos subsistemas terrestres
  2. 2. 2 Nuno Correia 2011/12
  3. 3. 3Subsistemas terrestres e ação antrópica Nuno Correia 2011/12
  4. 4. 4Impactes na geosfera Nuno Correia 2011/12
  5. 5. 5 Nuno Correia 2011/12
  6. 6. 6 Nuno Correia 2011/12
  7. 7. 7 Nuno Correia 2011/12
  8. 8. 8 Nuno Correia 2011/12
  9. 9. 9 Recurso Natural Depósitos de materiais que existem, ou sepensa que existem, e que possuem interesse económico e/ou político. Nuno Correia 2011/12
  10. 10. 10 Nuno Correia 2011/12
  11. 11. 11 Nuno Correia 2011/12
  12. 12. 12 Nuno Correia 2011/12
  13. 13. 13 Nuno Correia 2011/12
  14. 14. 14Recursos hídricos Nuno Correia 2011/12
  15. 15. 15 Nuno Correia 2011/12
  16. 16. 16 Nuno Correia 2011/12
  17. 17. 17 Nuno Correia 2011/12
  18. 18. 18 Nuno Correia 2011/12
  19. 19. 19Combustíveis fósseis Nuno Correia 2011/12
  20. 20. 20Combustíveis fósseis Nuno Correia 2011/12
  21. 21. 21 Nuno Correia 2011/12
  22. 22. 22 Nuno Correia 2011/12
  23. 23. 23Os combustíveis fósseis são recursos energéticos sobreexplorados Nuno Correia 2011/12
  24. 24. 24 Nuno Correia 2011/12
  25. 25. 25 Nuno Correia 2011/12
  26. 26. 26 O ciclo das rochas permite areciclagem de recursos minerais Nuno Correia 2011/12
  27. 27. 27 Nuno Correia 2011/12
  28. 28. 28 Nuno Correia 2011/12
  29. 29. 29 Recursos Minerais em Portugal A produção portuguesa de recursos minerais é fundamentalmente constituída por matérias-primas para construção e minérios metálicos. Nuno Correia 2011/12
  30. 30. 30 Nuno Correia 2011/12
  31. 31. 31Aumento da produção de resíduos Nuno Correia 2011/12
  32. 32. 32 Nuno Correia 2011/12
  33. 33. 33 Nuno Correia 2011/12
  34. 34. 34 Nuno Correia 2011/12
  35. 35. 35 Nuno Correia 2011/12
  36. 36. 36 ItáliaCrise do lixo em Nápoles faz sete feridos entre os bombeiros. Sete bombeiros ficaram feridos perto de Nápoles quando o seu camião foi atacado por vândalos à margem de manifestações contra a reabertura de uma lixeira para armazenar as toneladas de desperdícios que se acumulam na região. Maio, 2008 - Lusa / SOL Nuno Correia 2011/12
  37. 37. 37 Nuno Correia 2011/12
  38. 38. 38 Nuno Correia 2011/12
  39. 39. 39 Nuno Correia 2011/12
  40. 40. 40 Nuno Correia 2011/12
  41. 41. 41 Nuno Correia 2011/12
  42. 42. 42 Nuno Correia 2011/12
  43. 43. 43 Nuno Correia 2011/12
  44. 44. 44 Nuno Correia 2011/12
  45. 45. 45Recuperação de áreas degradadas Nuno Correia 2011/12
  46. 46. 46Catástrofes Naturais Nuno Correia 2011/12
  47. 47. 47 Nuno Correia 2011/12
  48. 48. 48Desenvolvimento Sustentável Nuno Correia 2011/12
  49. 49. 49 Nuno Correia 2011/12
  50. 50. 50Desenvolvimento SustentávelCorresponde ao conjunto de processos e atitudes que podem satisfazer as necessidades domomento actual, ou seja, as nossas necessidades, sem colocar em risco as necessidades das gerações futuras. Nuno Correia 2011/12
  51. 51. 51 Nuno Correia 2011/12
  52. 52. 52 Corresponde ao conjunto de processos e atitudes que podem satisfazer as necessidades do momentoactual, ou seja, as nossas necessidades, sem colocar em risco as necessidades das gerações futuras. Nuno Correia 2011/12
  53. 53. 53Corresponde ao conjunto de processos e atitudes quepodem satisfazer as necessidades do momento actual, ou seja, as nossas necessidades, sem colocar em risco as necessidades das gerações futuras. Nuno Correia 2011/12
  54. 54. 54 Nuno Correia 2011/12
  55. 55. 55Conservação do património geológico Nuno Correia 2011/12
  56. 56. 56Geopark de Arouca É um território, bem delimitado geograficamente, com uma estratégia de desenvolvimento sustentado baseado na conservação do património geológico, em associação com os restantes elementos do património natural e cultural. (Brilha, 2009)
  57. 57. 57 Nuno Correia 2011/12
  58. 58. 58 Nuno Correia 2011/12
  59. 59. 59 Nuno Correia 2011/12
  60. 60. 60 Nuno Correia 2011/12

×