Geo 24 recursos geológicos - recursos geológicos (exercícios)

6.171 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.171
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.047
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
243
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Geo 24 recursos geológicos - recursos geológicos (exercícios)

  1. 1. RECURSOS GEOLÓGICOS Exercícios
  2. 2. RECURSOS HÍDRICOSNUNO CORREIA 2011/12 2
  3. 3. A análise do movimento e armazenamento da água em profundidade pode ser feito com algumasexperiências laboratoriais simples. As colunas A, B, C e D foram preenchidas com igual volume desedimentos de diferente granulometria, de acordo com as indicações da figura. Em seguida,verteu-se um volume igual de água nas 4 colunas com sedimentos. NUNO CORREIA 2011/12 3
  4. 4. Selecione a única opção que permite obter uma afirmação correta. Um aquífero corresponde a uma formação rochosa...(A) ... que permite a infiltração lenta da água.(B) ... muito porosa e que permite a drenagem muito rápida da água, dificultando a sua captação.(C) ... que não possui água em poros e fissuras.(D) ... que possui água, em poros e fissuras e que pode ser usada para exploração ou captação.NUNO CORREIA 2011/12 4
  5. 5. A maior taxa de infiltração ocorrerá na coluna...(A) ... A. (C)... C.(B) ... B. (D)... D.NUNO CORREIA 2011/12 5
  6. 6. A porosidade é superior na coluna...(A) ... B, pois a mistura formada por grãos de 0,2 cm são as mais porosas.(B) ... D, pois as argilas retêm elevadas quantidades de água nos seus poros.(C) ... B, pois quanto maiores e melhor calibrados forem os grãos mais afastados se encontram.(D) ... D, pois as argilas originam as amostras mais porosas. NUNO CORREIA 2011/12 6
  7. 7. Foi realizada uma nova experiência usando uma coluna igual à B, adicionando-se água atétodos os poros ficaram preenchidos. Em seguida, abriu-se uma torneira na base da coluna eregistaram-se os dados constantes na tabela I. NUNO CORREIA 2011/12 7
  8. 8. Classifique como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das seguintes afirmações relativas à experiência descrita.(A) Numa coluna composta por uma mistura homogénea de grãos com 0,4 cm de tamanho, seria de esperar que a água drenasse em menos de 2,1 segundos.(B) A água substitui o ar que se encontra nos poros, deslocando-se no sentido descendente pelo efeito da gravidade.(C) Para uma coluna contendo apenas grãos de argila seria de esperar uma menor retenção de água na amostra.(D) A adição de 50 ml de água resulta na distribuição da água pela superfície dos grãos que se encontram no topo da coluna e no preenchimento dos poros na base da coluna. NUNO CORREIA 2011/12 8
  9. 9. Classifique como verdadeira (V) ou falsa (F) cada uma das seguintes afirmações relativas à experiência descrita.(A) Para aumentar o tempo que demora a drenar a água da coluna é necessário aumentar o tamanho dos grãos que se encontram na mistura.(B) O armazenamento de um volume de água superior a 124 ml implica o uso de uma amostra homogénea mais porosa e formada por grãos minerais mais pequenos.(C) A coluna usada pode corresponder a um modelo de um aquífero confinado.(D) Caso sejam adicionados apenas 100 ml de água à coluna cria-se uma zona de saturação no topo da coluna e uma zona de aeração na base da coluna. NUNO CORREIA 2011/12 9
  10. 10. Explique em que medida a porosidade e a permeabilidade são importantes na pesquisa e captação de água subterrânea, referindo o exemplo das argilas.NUNO CORREIA 2011/12 10
  11. 11. 1) Um aquífero é uma formação geológica que permite a acumulação e circulação de água de tal forma que possa ser explorada de uma forma rentável.2) Para que estas características se verifiquem, essa formação geológica tem de ser porosa para facilitar a acumulação de água e permeável para permitir a sua circulação.3) As argilas não formam bons aquíferos uma vez que apesar de muito porosas são pouco permeáveis o que dificulta a extração da água. NUNO CORREIA 2011/12 11
  12. 12. Os aquíferos costeiros constituem um recurso importante de água doce cuja qualidade tem |vindoa decair devido ao aumento do consumo de água. A pressão humana que se tem verificado naszonas litorais, especialmente nos meses estivais, tem conduzido a uma exploração intensiva eprolongada das captações de água doce próximas do mar. A instalação de captações de águadoce em zonas costeiras exige estudos que permitam acautelar a contaminação dos aquíferoscom água salgada. A interface água doce - água salgada, representada na figura, é uma zona degradiente de concentrações resultante da mistura entre as águas. Foi estabelecida, por Ghyben eHerzberg, uma relação empírica constante entre o nível freático acima do nível do mar (t) e aaltura da coluna de água doce abaixo do nível do mar (h). Para cada metro que o nível freáticoesteja acima do nível do mar, há 40 metros de coluna de água doce sobre a água salgada (1:40).A aplicação desta relação permite a captação sustentada de água doce nas zonas costeiras. NUNO CORREIA 2011/12 12
  13. 13. Foi estabelecida, por Ghyben e Herzberg, uma relação empírica constante entre o nível freáticoacima do nível do mar (t) e a altura da coluna de água doce abaixo do nível do mar (h). Para cadametro que o nível freático esteja acima do nível do mar, há 40 metros de coluna de água doce sobrea água salgada (1:40). A aplicação desta relação permite a captação sustentada de água doce naszonas costeiras.Selecione a única opção que permite obteruma afirmação correta.1.1. Pela aplicação da relação de Ghyben-Herzberg, se a coluna de água doce for de 20metros abaixo do nível do mar, a altura de águaacima do nível do mar será de...(A) ... 2,5 metros.(B) ... 2,0 metros.(C) ... 1,5 metros.(D) ... 0,5 metros. NUNO CORREIA 2011/12 13
  14. 14. Foi estabelecida, por Ghyben e Herzberg, uma relação empírica constante entre o nível freáticoacima do nível do mar (t) e a altura da coluna de água doce abaixo do nível do mar (h). Para cadametro que o nível freático esteja acima do nível do mar, há 40 metros de coluna de água doce sobrea água salgada (1:40). A aplicação desta relação permite a captação sustentada de água doce naszonas costeiras.Segundo os estudos efetuados por Ghyben eHerzberg, se ocorrer uma sobre-exploração de umaquífero costeiro, a interface água doce - águasalgada...(A) ... desloca-se para a superfície, podendo ocorrer contaminação.(B) ... mantém a sua posição, podendo ocorrer contaminação.(C) ... desloca-se para níveis mais profundos, prevenindo a contaminação.(D) ... mantém a sua posição, prevenindo a contaminação. NUNO CORREIA 2011/12 14
  15. 15. Foi estabelecida, por Ghyben e Herzberg, uma relação empírica constante entre o nível freáticoacima do nível do mar (t) e a altura da coluna de água doce abaixo do nível do mar (h). Para cadametro que o nível freático esteja acima do nível do mar, há 40 metros de coluna de água doce sobrea água salgada (1:40). A aplicação desta relação permite a captação sustentada de água doce naszonas costeiras. Na exploração sustentada de um aquífero costeiro, a velocidade de extração de água tem que ser _____ à velocidade de recarga, de forma a permitir o seu reequilíbrio por entrada de água _______ .(A) superior (...) salgada(B) inferior (...) doce(C) inferior (...) salgada(D) superior (...) doce NUNO CORREIA 2011/12 15
  16. 16. Foi estabelecida, por Ghyben e Herzberg, uma relação empírica constante entre o nível freáticoacima do nível do mar (t) e a altura da coluna de água doce abaixo do nível do mar (h). Para cadametro que o nível freático esteja acima do nível do mar, há 40 metros de coluna de água doce sobrea água salgada (1:40). A aplicação desta relação permite a captação sustentada de água doce naszonas costeiras.Uma zona de aeração mais _____ permite, emtempo de pluviosidade elevada, recarregar oaquífero e ______ a contaminação.(A) porosa (...) retardar(B) porosa (...) acelerar(C) permeável (...) retardar(D) permeável (...) acelerar NUNO CORREIA 2011/12 16
  17. 17. Afirmações Chave I. Pressão hidrostática(A) Determina a capacidade de armazenamento de II. Nível hidrostático uma rocha. III. Aquífero livre(B) Quanto maior for a sua superfície mais fácil será a IV. Zona de saturação contaminação do aquífero. V. Permeabilidade(C) O seu limite superior coincide com o nível VI. Zona de recarga hidrostático do aquífero. VII. Aquífero cativo(D) O seu limite superior é constituído por rochas VIII.Porosidade impermeáveis. NUNO CORREIA 2011/12 17
  18. 18. NUNO CORREIA 2011/12 18
  19. 19. NUNO CORREIA 2011/12 19
  20. 20. ENERGIA GEOTÉRMICANUNO CORREIA 2011/12 20
  21. 21. NUNO CORREIA 2011/12 21
  22. 22. 22A figura 1 representa uma das formas de aproveitamento do calor interno da Terra paraproduzir energia elétrica. Classifique como verdadeira (V) ou falsa (F) as seguintes afirmaçõesrespeitantes ao aproveitamento da geotermia, representado na figura.(A) O calor presente na crusta terrestre é usado para aquecer a água que gera energia em profundidade.(B) O calor presente em profundidade é transferido para a água.(C) A água fria é transportada até à superfície, sendo enviada novamente para as fraturas profundas.(D) Ocorre a produção de C02 que é libertado para a atmosfera e pode agravar o efeito de estufa.(E) O fluido é transportado em profundidade num circuito fechado.(F) A geotermia corresponde a uma fonte de energia renovável. NUNO CORREIA 2011/12
  23. 23. Selecione a única opção que permite obter uma afirmação correta.Em Portugal, o aproveitamento da energia geotérmica de alta entalpia ocorre principalmente...(A) ... nos Açores, pois encontram-se numa região com baixo grau geotérmico.(B) ... na Madeira, pois resultou de fenómenos vulcânicos que ocorreram há milhões de anos.(C) ... na plataforma continental.(D) ... nas regiões associadas a falhas que permitem obter fluidos com temperaturas infe riores a 100 °C. NUNO CORREIA 2011/12 23
  24. 24. O aproveitamento energético representado é de...(A) ... baixa entalpia, pois os fluidos circulantes são aquecidos a temperaturas superiores a 150 °C.(B) ... alta entalpia, pois os fluidos circulantes são aquecidos a temperaturas inferiores a 150 °C.(C) ... baixa entalpia, pois os fluidos circulantes são aquecidos a temperaturas inferiores a 150 °C.(D) ... alta entalpia, pois os fluidos circulantes são aquecidos a temperaturas superiores a 150 °C. NUNO CORREIA 2011/12 24
  25. 25. Explique o motivo de se verificarem regularmente as propriedadesfísico-químicas da água que é libertada como subproduto do processorepresentado na figura.NUNO CORREIA 2011/12 25
  26. 26. A água ao circular em profundidade fica enriquecida em elementos químicos que, ao atingirem a superfície podem contribuir para a degradação do ambiente, sendo por isso fundamental a sua monitorização para minimizar esses impactos negativos.NUNO CORREIA 2011/12 26
  27. 27. RECURSOS MINERAISNUNO CORREIA 2011/12 27
  28. 28. Os filões de quartzo auríferos de Jales e Gralheira são classificados como relacionados com intrusão, pois derivam essencialmente de fluidos magmático- hidrotermais resultantes da cristalização fracionada do magma do granito moscovítico e biotítico que originou granito um granito moscovítico, filões com cerca de 1.7 ppm de Au. Contudo, durante a cristalização fracionada houve libertação de calor que provocou a libertação de fluidos metamórficos do micaxisto e o aquecimento de fluidos meteóricos que reagiram com o micaxisto e removeram elementos.NUNO CORREIA 2011/12 28
  29. 29. 29 NUNO CORREIA 2011/12 http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=495065&tm=6&layout=122&visual=61
  30. 30. Os filões de quartzo auríferos de Jales e Gralheira sãoclassificados como relacionados com intrusão, pois derivamessencialmente de fluidos magmático-hidrotermais resultantesda cristalização fracionada do magma do granito moscovítico ebiotítico que originou granito um granito moscovítico, filões comcerca de 1.7 ppm de Au.Contudo, durante a cristalização fracionada houve libertação decalor que provocou a libertação de fluidos metamórficos domicaxisto e o aquecimento de fluidos meteóricos que reagiramcom o micaxisto e removeram elementos. Na zona de Jales existem muitas pedreiras que exploram o granito. Indique algumas utilizações do granito. NUNO CORREIA 2011/12 30
  31. 31. O granito, devido ao seu valor económico, pode ser considerado...(A)um recurso mineral metálico.(B)um recurso mineral não metálico.(C)um recurso energético.(D)um recurso renovável. NUNO CORREIA 2011/12 31
  32. 32. Nas regiões graníticas encontram-se, com frequência, empresas deáguas engarrafadas. Justifique a presença destas empresas em zonas graníticas. NUNO CORREIA 2011/12 32
  33. 33. Nas regiões graníticas encontram-se, com frequência empresas de águas engarrafadas, pois ocorre acumulação de águas no granito, o que permite a sua exploração. O granito é uma rocha magmática intrusiva que, por esse motivo, se encontra muito fraturada, devido às diferenças de temperatura. As fraturas permitem a circulação interna de água que se acumula nas zonas impermeáveis, permitindo a sua exploração.http://e-geo.ineti.pt/bds/recursos_geotermicos/Ocorrencias/01_moncao.htm NUNO CORREIA 2011/12 33
  34. 34. A extração de minérios bem como a sua concentração sãoatividades humanas com grande impacte ambiental. Refira justificando, dois aspetos ambientais associados à extração de minérios.NUNO CORREIA 2011/12 34
  35. 35. Da atividade mineira resulta a produção de minerais sem aproveitamento económico e que são acumulados em escombreiras. Estas, são frequentemente, abandonadas após a exploração. Estas escombreiras abandonadas ficam expostas à ação dos agentes erosivos em particular da água. Ocorre infiltração na escombreira, as águas lixiviantes transportam consigo elementos químicos altamente nocivos que acabam por contaminar ecossistemas e em particular, aquíferos. Este problema é particularmente grave quando se trata de minérios metálicos. 35NUNO CORREIA 2011/12
  36. 36. Faça corresponder a cada uma das afirmações de 1 a 7 o respetivo conceito indicado na chave. Coluna 1 Coluna 21. Conjunto de rochas ou minerais, sem interesse prático, A. Clarke que acompanham um minério. B. Escombreira2. Concentração média de um elemento químico na C. Ganga crosta terrestre. D. Jazigo3. Materiais residuais provenientes da exploração mineira E. Minério amontoados à superfície.4. Material rochoso com interesse económico.5. Depósito de inertes.6. Região da crosta terrestre enriquecida num dado mineral ou rocha.7. Material economicamente aproveitável de um jazigo mineral. NUNO CORREIA 2011/12 36
  37. 37. Explique por que razão a extensão da região sujeita a metamorfismo associado às intrusões magmáticas, depende do volume e da intrusão magmática e da suscetibilidade das rochas encaixantes.NUNO CORREIA 2011/12 37
  38. 38. A extensão do metamorfismo de contacto é diretamente proporcional ao tamanho do corpo plutónicoe principalmente à sua temperatura, pois quanto mais calor o magma libertar, maior a auréola decontacto. A natureza das rochas encaixantes também influência, pois as rochas mais sensíveis, corpor exemplo as sedimentares, estão associadas a maior extensão/grau de metamorfismo. NUNO CORREIA 2011/12 38

×