SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 9
Baixar para ler offline
Escola Estadual Dr. Martinho Marques
          Projeto: Variação Lingüística no nosso país.




  "A verdadeira educação consiste em pôr a descoberto ou fazer
atualizar o melhor de uma pessoa. Que livro melhor que o livro da
                         humanidade?"
                       (Mahatma Gandhi)




                          Taquarussu- MS
                           Março de 2011
Escola Estadual Dr. Martinho Marques


Projeto: Variação Lingüística no nosso país




            Projeto de formação e ensino desenvolvido pelos professores Luciana
            Cristina do Nascimento Silva, Marilza Nunes de Araújo e Rogério
            Francisco dos Santos com a colaboração da professora coordenadora
            Eliana Pigari Baptista e das professoras multiplicadoras em Tecnologia
            Educacional      Ivanete de Souza Ferreira Oliveira, Maria Aparecida
            Crivelli e Marilza Nunes Araújo do Nascimento Nascimento cujo objetivo
            é Conhecer as diversidades lingüísticas existentes em nosso país.
O Poeta da Roça


Sou fio das mata, canto da mão grossa,
Trabáio na roça, de inverno e de estio.
 A minha chupana é tapada de barro,
   Só fumo cigarro de paia de mío.

Sou poeta das brenha, não faço o papé
 De argun menestré, ou errante cantô
  Que veve vagando, com sua viola,
Cantando, pachola, à percura de amô.
Não tenho sabença, pois nunca estudei,
  Apenas eu sei o meu nome assiná.
Meu pai, coitadinho! Vivia sem cobre,
  E o fio do pobre não pode estudá.

Meu verso rastero, singelo e sem graça,
  Não entra na praça, no rico salão,
Meu verso só entra no campo e na roça
 Nas pobre paioça, da serra ao sertão.
                 (...)

          Patativa do Assaré
SUMÁRIO:



1-IDENTIFICAÇÃO .................................................................................................

2. INTRODUÇÃO ....................................................................................................

3. JUSTIFICATIVA ..................................................................................................

4. OBJETIVOS..........................................................................................................

5. METODOLOGIA .................................................................................................

6. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO .....................................................................

7. AVALIAÇÃO ............................................................................
1- IDENTIFICAÇÃO



Escola Estadual Dr.Martinho Marques

Avenida Getúlio Vargas, nº. 25.

Taquarussu, MS

Cep; 79765000

Fone: 34441287



1.1 Professores Responsáveis:

Luciana Cristina do Nascimento Silva

Função: Professor

Graduação: Letras



Marilza Nunes Araujo do Nascimento

Função: professora

Graduação: Letras

Especialização: Metodologias do Magistério Superior



Rogério Francisco dos Santos

Função: professor

Graduação: Letras



Eliana Pigari Baptista

Função: Professora Coordenadora
Graduação: Pedagogia

Especialização: Metodologia do Ensino



Ivanete de Souza Ferreira Oliveira

Função: Professora multiplicadora em Tecnologia Educacional

Graduação: Pedagogia



Maria Aparecida crivelli

Função: Professora multiplicadora em tecnologia Educacional

Graduação: Pedagogia

Especialização: Metodologia do Ensino



Marilza Nunes Araujo do Nascimento

Função: Professora multiplicadora em Tecnologia Educacional

Graduação: Letras

Especialização: Metodologias do Magistério Superior



1.2 PÚBLICO ALVO

Turma: 1º Ensino Médio A, B e C

Turnos: matutino, vespertino e noturno.

Disciplina: Língua Portuguesa

Período de execução: Março a Abril de 2011
2. INTRODUÇÃO



        Partimos do pensamento primário de que o fenômeno variação lingüística esteve presente
em todo o momento da formação e estruturação de nossa língua, ao retornarmos a língua-mãe, o
latim, percebemos que desde então, até os dias atuais, tivemos mudanças renovadoras da língua.
        A lingüística atual revela que uma língua não é homogênea e deve ser entendida
justamente pelo que caracteriza o homem a diversidade, a possibilidade de mudanças.
        É preciso compreender que tais mudanças, como se pensava no inicio, não se encerram
somente no tempo, mas também se manifestam no espaço, nas camadas sociais e nas
representações estilísticas.
        Sendo assim, pretendemos com o referido projeto proporcionar ao aluno, por meio da
pesquisa, o conhecimento sobre a língua materna e suas variedades lingüísticas.


3. JUSTIFICATIVA

        Este projeto se torna importante por sentirmos a necessidade de proporcionar aos nossos
educandos um momento de pesquisa e conhecimento das inúmeras e ricas variedades lingüísticas
existentes em nosso imenso Brasil, e ainda por atender o conteúdo proposto no referencial
curricular.
        Desta maneira, pensamos enquanto docentes em mediar este conteúdo através de aulas
lúdicas, pesquisa e trabalho audiovisual, músicas, danças e também com os sabores deste bonito
país. Justificamos também a realização deste trabalho por entendermos e defendermos que a
diversidade linguística cultural precisa ser respeitada e apreciada pelo brasileiro, pois ela é nossa
marca identitária. Todavia, ainda há grande preconceito lingüístico, cultural e social em nosso
país.


4. OBJETIVO GERAL


        Conhecer as diversidades lingüísticas existentes em nosso país e valorizá-las enquanto
        marca identitária;
4.1 OBJETIVOS ESPECÍFICOS


               Conhecer as variedades lingüísticas existentes nas cinco regiões brasileiras;
               Respeitar cada cultura por meio dessas variedades;
               Vivenciar por meio dos trabalhos realizados a riqueza de nosso país.

        5. METODOLOGIA


        1º Momento:

        Em um primeiro momento será realizado com os alunos, aulas expositivas por parte dos
        professores para poder situá-los e dizer sobre importância do estudo do conteúdo.Será mostrado
        ao educando, por meio de vídeo, as cinco regiões do país, enfocando os estados que compõem
        cada região, como também entrevistas às pessoas desses estados enfatizando o falar de cada um,
        no caso, dialetos e sotaques. Serão abordados também os diversos fatores causadores da variação
        da língua como: históricos, regionais, classe social etc.

        2º Momento:

        Os professores irão desenvolver com os alunos vídeos sobre a riqueza cultural do país,
        enfatizando os falares do povo brasileiro. A turma será dividida em grupo que pesquisará sobre
        determinada região do país.

        3º Momento

         Os discentes terão que apresentar ao professor, por meio de seminário, o resultado da pesquisa,
        vídeo, música, dança teatro, poemas etc.

        4 º Momento

        Será realizado na escola, com a participação das séries envolvidas no projeto, um momento
        cultural, no qual os alunos estarão apresentando aos demais um pouco da cultura de cada região,
        através da dança, música, teatro, poemas, comidas típicas e, principalmente, enfatizando os
        dialetos e sotaques dos estados pesquisados pertencentes as cinco regiões do Brasil.

        6.CRONOGRAMA
Ações                           Data         Tecnologias utilizadas                 Professor responsável
7. AVALIAÇÃO


Os alunos serão avaliados no decorrer de todo o projeto, tendo em vista a participação,
pontualidade, criatividade e responsabilidade do trabalho grupal, além do trabalho de pesquisa
com relação ao tema.

Professores Responsáveis

Luciana Cristina do Nascimento Silva
Marilza Nunes do Nascimento Araújo
Rogério Francisco dos Santos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Formação das palavras
Formação das palavrasFormação das palavras
Formação das palavrascolveromachado
 
Charge, Cartum, Caricatura
Charge, Cartum, CaricaturaCharge, Cartum, Caricatura
Charge, Cartum, Caricaturaprojetoassis
 
Oficina de descritores português 9º ano
Oficina de descritores português 9º anoOficina de descritores português 9º ano
Oficina de descritores português 9º anoClaudiaAdrianaSouzaS
 
Orações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas SubstantivasOrações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas SubstantivasBlog Estudo
 
Funções da Linguagem - Língua Portuguesa. Exemplos com músicas brasileiras
Funções da Linguagem - Língua Portuguesa.  Exemplos com músicas brasileirasFunções da Linguagem - Língua Portuguesa.  Exemplos com músicas brasileiras
Funções da Linguagem - Língua Portuguesa. Exemplos com músicas brasileirasDouglas Vieira
 
Aula 04 variacao linguistica
Aula 04   variacao linguisticaAula 04   variacao linguistica
Aula 04 variacao linguisticaMarcia Simone
 
Slide introdução à literatura
Slide introdução à literaturaSlide introdução à literatura
Slide introdução à literaturafabrinnem
 
Gêneros Textuais
Gêneros TextuaisGêneros Textuais
Gêneros TextuaisEdna Brito
 
Pré modernismo-slides
Pré modernismo-slidesPré modernismo-slides
Pré modernismo-slidesZenia Ferreira
 
Orações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas AdverbiaisOrações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas AdverbiaisFábio Guimarães
 
Texto literário x nao literario
Texto literário x nao literarioTexto literário x nao literario
Texto literário x nao literarioEDUARDO VALONES
 
O pré modernismo
O pré modernismoO pré modernismo
O pré modernismoAna Batista
 

Mais procurados (20)

Formação das palavras
Formação das palavrasFormação das palavras
Formação das palavras
 
Charge, Cartum, Caricatura
Charge, Cartum, CaricaturaCharge, Cartum, Caricatura
Charge, Cartum, Caricatura
 
Variedades linguísticas
Variedades linguísticasVariedades linguísticas
Variedades linguísticas
 
Aula intertextualidade
Aula intertextualidadeAula intertextualidade
Aula intertextualidade
 
Oficina de descritores português 9º ano
Oficina de descritores português 9º anoOficina de descritores português 9º ano
Oficina de descritores português 9º ano
 
Tipologia textual
Tipologia textualTipologia textual
Tipologia textual
 
Orações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas SubstantivasOrações Subordinadas Substantivas
Orações Subordinadas Substantivas
 
Introdução à literatura
Introdução à literaturaIntrodução à literatura
Introdução à literatura
 
Gêneros textuais
Gêneros textuaisGêneros textuais
Gêneros textuais
 
Funções da Linguagem - Língua Portuguesa. Exemplos com músicas brasileiras
Funções da Linguagem - Língua Portuguesa.  Exemplos com músicas brasileirasFunções da Linguagem - Língua Portuguesa.  Exemplos com músicas brasileiras
Funções da Linguagem - Língua Portuguesa. Exemplos com músicas brasileiras
 
Aula 04 variacao linguistica
Aula 04   variacao linguisticaAula 04   variacao linguistica
Aula 04 variacao linguistica
 
Slide introdução à literatura
Slide introdução à literaturaSlide introdução à literatura
Slide introdução à literatura
 
Variedades linguísticas
Variedades linguísticasVariedades linguísticas
Variedades linguísticas
 
Gêneros Textuais
Gêneros TextuaisGêneros Textuais
Gêneros Textuais
 
Pré modernismo-slides
Pré modernismo-slidesPré modernismo-slides
Pré modernismo-slides
 
Orações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas AdverbiaisOrações Subordinadas Adverbiais
Orações Subordinadas Adverbiais
 
Texto literário x nao literario
Texto literário x nao literarioTexto literário x nao literario
Texto literário x nao literario
 
O pré modernismo
O pré modernismoO pré modernismo
O pré modernismo
 
Gênero poesia
Gênero poesiaGênero poesia
Gênero poesia
 
Romantismo prosa
Romantismo prosaRomantismo prosa
Romantismo prosa
 

Destaque

Variedades Linguísticas
Variedades LinguísticasVariedades Linguísticas
Variedades Linguísticas7 de Setembro
 
VariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíSticaVariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíSticaElza Silveira
 
Variacao linguistica
Variacao linguisticaVariacao linguistica
Variacao linguisticacaurysilva
 
6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação LinguísticaAngélica Manenti
 
Variação linguistica slide
Variação linguistica   slideVariação linguistica   slide
Variação linguistica slideIvana Serrano
 
O PRECONCEITO LINGUÍSTICO NO AMBIENTE ESCOLAR: COMO PREVENIR?
O PRECONCEITO LINGUÍSTICO NO AMBIENTE ESCOLAR: COMO PREVENIR?O PRECONCEITO LINGUÍSTICO NO AMBIENTE ESCOLAR: COMO PREVENIR?
O PRECONCEITO LINGUÍSTICO NO AMBIENTE ESCOLAR: COMO PREVENIR?Jididias Rodrigues da Silva
 
DIVERSIDADE LINGUÍSTICA NA SALA DE AULA
DIVERSIDADE LINGUÍSTICA NA SALA DE AULADIVERSIDADE LINGUÍSTICA NA SALA DE AULA
DIVERSIDADE LINGUÍSTICA NA SALA DE AULARoberto Carlos Sena
 
Variação linguistica aulão
Variação linguistica   aulãoVariação linguistica   aulão
Variação linguistica aulãoeeepadrianonobre
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguísticacaurysilva
 
Linguagem formal e informal/ variação linguística 6º ano
Linguagem formal e informal/ variação linguística 6º anoLinguagem formal e informal/ variação linguística 6º ano
Linguagem formal e informal/ variação linguística 6º anoFlavia Barretto Corrêa Catita
 
Variações linguísticas
Variações linguísticasVariações linguísticas
Variações linguísticasGabriel Lima
 
Norma culta e variedade linguística
Norma culta e variedade linguísticaNorma culta e variedade linguística
Norma culta e variedade linguísticaGedalias .
 
Linguagem e Comunicação
Linguagem e ComunicaçãoLinguagem e Comunicação
Linguagem e Comunicação7 de Setembro
 
Pibid letras - Variação Linguística
Pibid letras - Variação LinguísticaPibid letras - Variação Linguística
Pibid letras - Variação LinguísticaBeto Batis
 

Destaque (20)

Variedades Linguísticas
Variedades LinguísticasVariedades Linguísticas
Variedades Linguísticas
 
VariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíSticaVariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíStica
 
Variacao linguistica
Variacao linguisticaVariacao linguistica
Variacao linguistica
 
6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística
 
Projeto Pedro
Projeto PedroProjeto Pedro
Projeto Pedro
 
Variação linguistica slide
Variação linguistica   slideVariação linguistica   slide
Variação linguistica slide
 
O PRECONCEITO LINGUÍSTICO NO AMBIENTE ESCOLAR: COMO PREVENIR?
O PRECONCEITO LINGUÍSTICO NO AMBIENTE ESCOLAR: COMO PREVENIR?O PRECONCEITO LINGUÍSTICO NO AMBIENTE ESCOLAR: COMO PREVENIR?
O PRECONCEITO LINGUÍSTICO NO AMBIENTE ESCOLAR: COMO PREVENIR?
 
DIVERSIDADE LINGUÍSTICA NA SALA DE AULA
DIVERSIDADE LINGUÍSTICA NA SALA DE AULADIVERSIDADE LINGUÍSTICA NA SALA DE AULA
DIVERSIDADE LINGUÍSTICA NA SALA DE AULA
 
Variação linguistica aulão
Variação linguistica   aulãoVariação linguistica   aulão
Variação linguistica aulão
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguística
 
Variação Linguística
Variação LinguísticaVariação Linguística
Variação Linguística
 
Linguagem formal e informal/ variação linguística 6º ano
Linguagem formal e informal/ variação linguística 6º anoLinguagem formal e informal/ variação linguística 6º ano
Linguagem formal e informal/ variação linguística 6º ano
 
Variações linguísticas
Variações linguísticasVariações linguísticas
Variações linguísticas
 
Norma culta e variedade linguística
Norma culta e variedade linguísticaNorma culta e variedade linguística
Norma culta e variedade linguística
 
Variedades linguisticas
Variedades linguisticasVariedades linguisticas
Variedades linguisticas
 
LÍNGUA & LINGUAGEM
LÍNGUA & LINGUAGEMLÍNGUA & LINGUAGEM
LÍNGUA & LINGUAGEM
 
Variações linguísticas
Variações linguísticasVariações linguísticas
Variações linguísticas
 
Linguagem e Comunicação
Linguagem e ComunicaçãoLinguagem e Comunicação
Linguagem e Comunicação
 
Linguagem
LinguagemLinguagem
Linguagem
 
Pibid letras - Variação Linguística
Pibid letras - Variação LinguísticaPibid letras - Variação Linguística
Pibid letras - Variação Linguística
 

Semelhante a Conhecer as variedades linguísticas do Brasil

Projeto Trancoso
Projeto TrancosoProjeto Trancoso
Projeto TrancosoJozi Mares
 
Projeto feira do connhecimento nioaque 2013
Projeto feira do connhecimento  nioaque 2013Projeto feira do connhecimento  nioaque 2013
Projeto feira do connhecimento nioaque 2013Edgar De Lima Barbosa
 
Projeto feira do connhecimento nioaque 2013
Projeto feira do connhecimento  nioaque 2013Projeto feira do connhecimento  nioaque 2013
Projeto feira do connhecimento nioaque 2013Edgar De Lima Barbosa
 
Atividades de Enriquecimento Curricular 2023_2024.pdf
Atividades de Enriquecimento Curricular 2023_2024.pdfAtividades de Enriquecimento Curricular 2023_2024.pdf
Atividades de Enriquecimento Curricular 2023_2024.pdflucar2010
 
Ad2 de didática diversidade cultural
Ad2 de didática   diversidade culturalAd2 de didática   diversidade cultural
Ad2 de didática diversidade culturalLudmillaB
 
Apresentação fernandosilvinhaemarineide
Apresentação fernandosilvinhaemarineideApresentação fernandosilvinhaemarineide
Apresentação fernandosilvinhaemarineideFernando
 
Apresentação fernandosilvinhaemarineide
Apresentação fernandosilvinhaemarineideApresentação fernandosilvinhaemarineide
Apresentação fernandosilvinhaemarineideFernando
 
Universidade do estado do rio de janeiro
Universidade do estado do rio de janeiroUniversidade do estado do rio de janeiro
Universidade do estado do rio de janeiromarta santos
 
Projeto resgate da diversidade cultural 2017
Projeto resgate da diversidade cultural 2017Projeto resgate da diversidade cultural 2017
Projeto resgate da diversidade cultural 2017josane menezes sanches
 
Slide estágio Educação e diversidade; uniasselvi
Slide estágio Educação e diversidade; uniasselviSlide estágio Educação e diversidade; uniasselvi
Slide estágio Educação e diversidade; uniasselviTamiresDamaceno
 
Planejamento de aula - receitas de famílias - patrimônio cultural
Planejamento de aula - receitas de famílias - patrimônio culturalPlanejamento de aula - receitas de famílias - patrimônio cultural
Planejamento de aula - receitas de famílias - patrimônio culturalDirce Cristiane Camilotti
 
Livro02 portugues (44 fls 6 reais)
Livro02 portugues (44 fls 6 reais)Livro02 portugues (44 fls 6 reais)
Livro02 portugues (44 fls 6 reais)Manim Edições
 
Trabalho de didática- Grupo Juliana Manço e Silvio de Carvalho
Trabalho de didática- Grupo Juliana Manço e Silvio de CarvalhoTrabalho de didática- Grupo Juliana Manço e Silvio de Carvalho
Trabalho de didática- Grupo Juliana Manço e Silvio de Carvalhojulianadsm
 
Culturando.pdf- eletiva- português - artes - artes- história
Culturando.pdf- eletiva- português - artes - artes- históriaCulturando.pdf- eletiva- português - artes - artes- história
Culturando.pdf- eletiva- português - artes - artes- históriasilvaneide5
 
Diversidade Cultural Ad2 Didática
Diversidade Cultural Ad2 DidáticaDiversidade Cultural Ad2 Didática
Diversidade Cultural Ad2 DidáticaMayara Costa
 
Bicastiradentes pluralidadeculturalii etnias
Bicastiradentes pluralidadeculturalii etniasBicastiradentes pluralidadeculturalii etnias
Bicastiradentes pluralidadeculturalii etniastemastransversais
 

Semelhante a Conhecer as variedades linguísticas do Brasil (20)

Projeto Trancoso
Projeto TrancosoProjeto Trancoso
Projeto Trancoso
 
Projeto feira do connhecimento nioaque 2013
Projeto feira do connhecimento  nioaque 2013Projeto feira do connhecimento  nioaque 2013
Projeto feira do connhecimento nioaque 2013
 
Projeto feira do connhecimento nioaque 2013
Projeto feira do connhecimento  nioaque 2013Projeto feira do connhecimento  nioaque 2013
Projeto feira do connhecimento nioaque 2013
 
Atividades de Enriquecimento Curricular 2023_2024.pdf
Atividades de Enriquecimento Curricular 2023_2024.pdfAtividades de Enriquecimento Curricular 2023_2024.pdf
Atividades de Enriquecimento Curricular 2023_2024.pdf
 
Ad2 de didática diversidade cultural
Ad2 de didática   diversidade culturalAd2 de didática   diversidade cultural
Ad2 de didática diversidade cultural
 
Projeto de Educação Patrimonial
Projeto de Educação PatrimonialProjeto de Educação Patrimonial
Projeto de Educação Patrimonial
 
Apresentação fernandosilvinhaemarineide
Apresentação fernandosilvinhaemarineideApresentação fernandosilvinhaemarineide
Apresentação fernandosilvinhaemarineide
 
Apresentação fernandosilvinhaemarineide
Apresentação fernandosilvinhaemarineideApresentação fernandosilvinhaemarineide
Apresentação fernandosilvinhaemarineide
 
Universidade do estado do rio de janeiro
Universidade do estado do rio de janeiroUniversidade do estado do rio de janeiro
Universidade do estado do rio de janeiro
 
Projeto resgate da diversidade cultural 2017
Projeto resgate da diversidade cultural 2017Projeto resgate da diversidade cultural 2017
Projeto resgate da diversidade cultural 2017
 
Slide estágio Educação e diversidade; uniasselvi
Slide estágio Educação e diversidade; uniasselviSlide estágio Educação e diversidade; uniasselvi
Slide estágio Educação e diversidade; uniasselvi
 
Lpvol1
Lpvol1Lpvol1
Lpvol1
 
Unid4 2a josilene
Unid4 2a josileneUnid4 2a josilene
Unid4 2a josilene
 
Planejamento de aula - receitas de famílias - patrimônio cultural
Planejamento de aula - receitas de famílias - patrimônio culturalPlanejamento de aula - receitas de famílias - patrimônio cultural
Planejamento de aula - receitas de famílias - patrimônio cultural
 
Español herança cultural.
Español herança cultural.Español herança cultural.
Español herança cultural.
 
Livro02 portugues (44 fls 6 reais)
Livro02 portugues (44 fls 6 reais)Livro02 portugues (44 fls 6 reais)
Livro02 portugues (44 fls 6 reais)
 
Trabalho de didática- Grupo Juliana Manço e Silvio de Carvalho
Trabalho de didática- Grupo Juliana Manço e Silvio de CarvalhoTrabalho de didática- Grupo Juliana Manço e Silvio de Carvalho
Trabalho de didática- Grupo Juliana Manço e Silvio de Carvalho
 
Culturando.pdf- eletiva- português - artes - artes- história
Culturando.pdf- eletiva- português - artes - artes- históriaCulturando.pdf- eletiva- português - artes - artes- história
Culturando.pdf- eletiva- português - artes - artes- história
 
Diversidade Cultural Ad2 Didática
Diversidade Cultural Ad2 DidáticaDiversidade Cultural Ad2 Didática
Diversidade Cultural Ad2 Didática
 
Bicastiradentes pluralidadeculturalii etnias
Bicastiradentes pluralidadeculturalii etniasBicastiradentes pluralidadeculturalii etnias
Bicastiradentes pluralidadeculturalii etnias
 

Mais de nunesmaril

Trabalho de artes alaysse e roberto
Trabalho de artes alaysse e robertoTrabalho de artes alaysse e roberto
Trabalho de artes alaysse e robertonunesmaril
 
Arlindo e erik
Arlindo e erikArlindo e erik
Arlindo e eriknunesmaril
 
Turmas noturno
Turmas noturnoTurmas noturno
Turmas noturnonunesmaril
 
Slide literatura
Slide literaturaSlide literatura
Slide literaturanunesmaril
 
Fernando em Fernando
Fernando em FernandoFernando em Fernando
Fernando em Fernandonunesmaril
 
Ricardo Reis em Fernando
Ricardo Reis em FernandoRicardo Reis em Fernando
Ricardo Reis em Fernandonunesmaril
 
Ricardo Reis em Fernando
Ricardo Reis em FernandoRicardo Reis em Fernando
Ricardo Reis em Fernandonunesmaril
 
Alberto Caeiro em Fernando
Alberto Caeiro em FernandoAlberto Caeiro em Fernando
Alberto Caeiro em Fernandonunesmaril
 
Gêneros textuais
Gêneros textuaisGêneros textuais
Gêneros textuaisnunesmaril
 
Navegando no mundo da literatura
Navegando no mundo da literaturaNavegando no mundo da literatura
Navegando no mundo da literaturanunesmaril
 
Gislaine e ivanice (2)
Gislaine e ivanice (2)Gislaine e ivanice (2)
Gislaine e ivanice (2)nunesmaril
 
Flavio,iara (2)
Flavio,iara (2)Flavio,iara (2)
Flavio,iara (2)nunesmaril
 
Funções da linguagem slides
Funções da linguagem slidesFunções da linguagem slides
Funções da linguagem slidesnunesmaril
 

Mais de nunesmaril (17)

Reis
ReisReis
Reis
 
Trabalho de artes alaysse e roberto
Trabalho de artes alaysse e robertoTrabalho de artes alaysse e roberto
Trabalho de artes alaysse e roberto
 
Arlindo e erik
Arlindo e erikArlindo e erik
Arlindo e erik
 
Artes.nadyne
Artes.nadyneArtes.nadyne
Artes.nadyne
 
Artes.nadyne
Artes.nadyneArtes.nadyne
Artes.nadyne
 
Turmas noturno
Turmas noturnoTurmas noturno
Turmas noturno
 
Slide literatura
Slide literaturaSlide literatura
Slide literatura
 
Fernando em Fernando
Fernando em FernandoFernando em Fernando
Fernando em Fernando
 
Ricardo Reis em Fernando
Ricardo Reis em FernandoRicardo Reis em Fernando
Ricardo Reis em Fernando
 
Ricardo Reis em Fernando
Ricardo Reis em FernandoRicardo Reis em Fernando
Ricardo Reis em Fernando
 
Alberto Caeiro em Fernando
Alberto Caeiro em FernandoAlberto Caeiro em Fernando
Alberto Caeiro em Fernando
 
Gêneros textuais
Gêneros textuaisGêneros textuais
Gêneros textuais
 
Navegando no mundo da literatura
Navegando no mundo da literaturaNavegando no mundo da literatura
Navegando no mundo da literatura
 
Gislaine e ivanice (2)
Gislaine e ivanice (2)Gislaine e ivanice (2)
Gislaine e ivanice (2)
 
Flavio,iara (2)
Flavio,iara (2)Flavio,iara (2)
Flavio,iara (2)
 
Geovani nerd!
Geovani nerd!Geovani nerd!
Geovani nerd!
 
Funções da linguagem slides
Funções da linguagem slidesFunções da linguagem slides
Funções da linguagem slides
 

Conhecer as variedades linguísticas do Brasil

  • 1. Escola Estadual Dr. Martinho Marques Projeto: Variação Lingüística no nosso país. "A verdadeira educação consiste em pôr a descoberto ou fazer atualizar o melhor de uma pessoa. Que livro melhor que o livro da humanidade?" (Mahatma Gandhi) Taquarussu- MS Março de 2011
  • 2. Escola Estadual Dr. Martinho Marques Projeto: Variação Lingüística no nosso país Projeto de formação e ensino desenvolvido pelos professores Luciana Cristina do Nascimento Silva, Marilza Nunes de Araújo e Rogério Francisco dos Santos com a colaboração da professora coordenadora Eliana Pigari Baptista e das professoras multiplicadoras em Tecnologia Educacional Ivanete de Souza Ferreira Oliveira, Maria Aparecida Crivelli e Marilza Nunes Araújo do Nascimento Nascimento cujo objetivo é Conhecer as diversidades lingüísticas existentes em nosso país.
  • 3. O Poeta da Roça Sou fio das mata, canto da mão grossa, Trabáio na roça, de inverno e de estio. A minha chupana é tapada de barro, Só fumo cigarro de paia de mío. Sou poeta das brenha, não faço o papé De argun menestré, ou errante cantô Que veve vagando, com sua viola, Cantando, pachola, à percura de amô. Não tenho sabença, pois nunca estudei, Apenas eu sei o meu nome assiná. Meu pai, coitadinho! Vivia sem cobre, E o fio do pobre não pode estudá. Meu verso rastero, singelo e sem graça, Não entra na praça, no rico salão, Meu verso só entra no campo e na roça Nas pobre paioça, da serra ao sertão. (...) Patativa do Assaré
  • 4. SUMÁRIO: 1-IDENTIFICAÇÃO ................................................................................................. 2. INTRODUÇÃO .................................................................................................... 3. JUSTIFICATIVA .................................................................................................. 4. OBJETIVOS.......................................................................................................... 5. METODOLOGIA ................................................................................................. 6. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO ..................................................................... 7. AVALIAÇÃO ............................................................................
  • 5. 1- IDENTIFICAÇÃO Escola Estadual Dr.Martinho Marques Avenida Getúlio Vargas, nº. 25. Taquarussu, MS Cep; 79765000 Fone: 34441287 1.1 Professores Responsáveis: Luciana Cristina do Nascimento Silva Função: Professor Graduação: Letras Marilza Nunes Araujo do Nascimento Função: professora Graduação: Letras Especialização: Metodologias do Magistério Superior Rogério Francisco dos Santos Função: professor Graduação: Letras Eliana Pigari Baptista Função: Professora Coordenadora
  • 6. Graduação: Pedagogia Especialização: Metodologia do Ensino Ivanete de Souza Ferreira Oliveira Função: Professora multiplicadora em Tecnologia Educacional Graduação: Pedagogia Maria Aparecida crivelli Função: Professora multiplicadora em tecnologia Educacional Graduação: Pedagogia Especialização: Metodologia do Ensino Marilza Nunes Araujo do Nascimento Função: Professora multiplicadora em Tecnologia Educacional Graduação: Letras Especialização: Metodologias do Magistério Superior 1.2 PÚBLICO ALVO Turma: 1º Ensino Médio A, B e C Turnos: matutino, vespertino e noturno. Disciplina: Língua Portuguesa Período de execução: Março a Abril de 2011
  • 7. 2. INTRODUÇÃO Partimos do pensamento primário de que o fenômeno variação lingüística esteve presente em todo o momento da formação e estruturação de nossa língua, ao retornarmos a língua-mãe, o latim, percebemos que desde então, até os dias atuais, tivemos mudanças renovadoras da língua. A lingüística atual revela que uma língua não é homogênea e deve ser entendida justamente pelo que caracteriza o homem a diversidade, a possibilidade de mudanças. É preciso compreender que tais mudanças, como se pensava no inicio, não se encerram somente no tempo, mas também se manifestam no espaço, nas camadas sociais e nas representações estilísticas. Sendo assim, pretendemos com o referido projeto proporcionar ao aluno, por meio da pesquisa, o conhecimento sobre a língua materna e suas variedades lingüísticas. 3. JUSTIFICATIVA Este projeto se torna importante por sentirmos a necessidade de proporcionar aos nossos educandos um momento de pesquisa e conhecimento das inúmeras e ricas variedades lingüísticas existentes em nosso imenso Brasil, e ainda por atender o conteúdo proposto no referencial curricular. Desta maneira, pensamos enquanto docentes em mediar este conteúdo através de aulas lúdicas, pesquisa e trabalho audiovisual, músicas, danças e também com os sabores deste bonito país. Justificamos também a realização deste trabalho por entendermos e defendermos que a diversidade linguística cultural precisa ser respeitada e apreciada pelo brasileiro, pois ela é nossa marca identitária. Todavia, ainda há grande preconceito lingüístico, cultural e social em nosso país. 4. OBJETIVO GERAL Conhecer as diversidades lingüísticas existentes em nosso país e valorizá-las enquanto marca identitária;
  • 8. 4.1 OBJETIVOS ESPECÍFICOS Conhecer as variedades lingüísticas existentes nas cinco regiões brasileiras; Respeitar cada cultura por meio dessas variedades; Vivenciar por meio dos trabalhos realizados a riqueza de nosso país. 5. METODOLOGIA 1º Momento: Em um primeiro momento será realizado com os alunos, aulas expositivas por parte dos professores para poder situá-los e dizer sobre importância do estudo do conteúdo.Será mostrado ao educando, por meio de vídeo, as cinco regiões do país, enfocando os estados que compõem cada região, como também entrevistas às pessoas desses estados enfatizando o falar de cada um, no caso, dialetos e sotaques. Serão abordados também os diversos fatores causadores da variação da língua como: históricos, regionais, classe social etc. 2º Momento: Os professores irão desenvolver com os alunos vídeos sobre a riqueza cultural do país, enfatizando os falares do povo brasileiro. A turma será dividida em grupo que pesquisará sobre determinada região do país. 3º Momento Os discentes terão que apresentar ao professor, por meio de seminário, o resultado da pesquisa, vídeo, música, dança teatro, poemas etc. 4 º Momento Será realizado na escola, com a participação das séries envolvidas no projeto, um momento cultural, no qual os alunos estarão apresentando aos demais um pouco da cultura de cada região, através da dança, música, teatro, poemas, comidas típicas e, principalmente, enfatizando os dialetos e sotaques dos estados pesquisados pertencentes as cinco regiões do Brasil. 6.CRONOGRAMA Ações Data Tecnologias utilizadas Professor responsável
  • 9. 7. AVALIAÇÃO Os alunos serão avaliados no decorrer de todo o projeto, tendo em vista a participação, pontualidade, criatividade e responsabilidade do trabalho grupal, além do trabalho de pesquisa com relação ao tema. Professores Responsáveis Luciana Cristina do Nascimento Silva Marilza Nunes do Nascimento Araújo Rogério Francisco dos Santos