“ Ide... e
PREFÁCIOA Ascensão de Cristo Jesus não deveser entendida como uma partida, comouma despedida, mas como uma novapresença do...
1a. Leitura - Atos dos Apóstolos   At 1,1-11No meu primeiro livro, ó Teófilo, já trateide tudo o que Jesus fez e ensinou, ...
Jesus respondeu: “Não vos cabesaber os tempos e os momentos queo Pai determinou com a sua própriaautoridade. Mas receberei...
2a. Leitura - Carta de São Paulo aos Efésios                                    Ef 1,17-23Irmãos: O Deus de nosso Senhor J...
Proclamação do Evangelho de N. S.Jesus Cristo segundo MarcosMc 16, 15-20Naquele tempo, Jesus se manifestouaos onze discípu...
Na 1ª Leitura, nos é apresenta o tema dadespedida de Jesus. Enfatiza a vinda doEspírito Santo e o testemunho que osdiscípu...
Neste Evangelho de Marcos, Jesusenvia seus discípulos em missão. “Idepor todo mundo e pregai o Evangelho atoda criatura”. ...
Irmãs e irmãos do Evangelho, aAscensão do Senhor é o "coroamento deuma caminhada". É assim que devemosentender: não como u...
Ascensão de Jesus nos faz lembrar:Nossa ascensão - como Jesusrealizou plenamente a vontade doPai, chegando à glorificação,...
APROFUNDANDO A PALAVRA - Celebrar a solenidadeda Ascensão do Senhor é celebrar já a nossa vitória,pois somos chamados como...
Oração do dia:Pai da Misericórdia,contemplando aascensão de Teu FilhoJesus para junto de Ti,assumo a tarefa delevar ao mun...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Bela Mensagem

1.548 visualizações

Publicada em

Dica do Pe. Paulinho assistem!

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.548
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
867
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Bela Mensagem

  1. 1. “ Ide... e
  2. 2. PREFÁCIOA Ascensão de Cristo Jesus não deveser entendida como uma partida, comouma despedida, mas como uma novapresença do Mestre, que se manifestamediante sinais.Hoje, a fé na presença de Jesus vivo nascomunidades nos move ao alegreempenho em construir um mundo novo,solidário e fraterno, com união em tornodo projeto de vida plena para todos, semrestrições.A nossa missão é o testemunho do amorinfinito a nós doado por Jesus, oreconhecimento e a valorização dossinais de vida encontrados no dia-a-diada comunidade, da sua ressurreição.Ser discípulo é testemunhar o amor doPai!!!
  3. 3. 1a. Leitura - Atos dos Apóstolos At 1,1-11No meu primeiro livro, ó Teófilo, já trateide tudo o que Jesus fez e ensinou, desdeo começo, até ao dia em que foi levadopara o céu, depois te ter dado instruçõespelo Espírito Santo,aos apóstolos quetinha escolhido.Foi a eles que Jesus se mostrou vivodepois da sua paixão, com numerosasprovas. Durante quarenta dias, apareceu-lhes falando do Reino de Deus. Duranteuma refeição, deu-lhes esta ordem: “Nãovos afasteis de Jerusalém, mas esperai arealização da promessa do Pai, da qualvós me ouvistes falar: ‘João batizou comágua; vós, porém, sereis batizados com oEspírito Santo, dentro de poucos dias’”.Então os que estavam reunidosperguntaram a Jesus: “Senhor, é agoraque vais restaurar o Reino em Israel?”
  4. 4. Jesus respondeu: “Não vos cabesaber os tempos e os momentos queo Pai determinou com a sua própriaautoridade. Mas recebereis o poderdo Espírito Santo que descerá sobrevós, para serdes minhas testemunhasem Jerusalém, em toda a Judéia e naSamaria, a até os confins da terra”.Depois de dizer isso, Jesus foi levadoao céu, à vista deles. Uma nuvem oencobriu, de forma que seus olhosnão podiam mais vê-lo. Os apóstoloscontinuavam olhando para o céu,enquanto Jesus subia. Apareceramentão dois homens vestidos debranco, que lhes disseram: “Homensda Galiléia, por que ficais aqui,parados, olhando para o céu? EsseJesus que vos foi levado para o céu,virá do mesmo modo como o vistespartir para o céu”.
  5. 5. 2a. Leitura - Carta de São Paulo aos Efésios Ef 1,17-23Irmãos: O Deus de nosso Senhor JesusCristo, o Pai a quem pertence a glória, vosdê um espírito de sabedoria que vo-lo revelee faça verdadeiramente conhecer. Que eleabra o vosso coração à sua luz, para quesaibais qual a esperança que o seuchamamento vos dá, qual a riqueza daglória que está na vossa herança com ossantos, e que imenso poder ele exerceu emfavor de nós que cremos, de acordo com asua ação e força onipotente.Ele manifestou sua força em Cristo, quandoo ressuscitou dos mortos e o fez sentar-se àsua direita nos céus, bem acima de toda aautoridade, poder, potência, soberania ouqualquer título que se possa mencionar nãosomente neste mundo, mas ainda no mundofuturo. Sim, ele pôs tudo sob os seus pés efez dele, que está acima de tudo, a Cabeçada Igreja, que é o seu corpo, a plenitude daquele que possui a plenitude universal.
  6. 6. Proclamação do Evangelho de N. S.Jesus Cristo segundo MarcosMc 16, 15-20Naquele tempo, Jesus se manifestouaos onze discípulos, e disse-lhes: “Idepelo mundo inteiro e anunciai oEvangelho a toda criatura! Quem crer efor batizado será salvo. Quem não crerserá condenado. Os sinais queacompanharão aqueles que creremserão estes: expulsarão demônios emmeu nome, falarão novas línguas; sepegarem em serpentes ou beberemalgum veneno mortal, não lhes fará malalgum; quando impuserem as mãossobre os doentes, eles ficarão curados”Depois de falar com os discípulos, oSenhor Jesus foi levado ao céu, esentou-se à direita de Deus. Osdiscípulos então saíram e pregaram portoda parte. O Senhor os ajudava econfirmava sua palavra por meio dossinais que a acompanhavam.
  7. 7. Na 1ª Leitura, nos é apresenta o tema dadespedida de Jesus. Enfatiza a vinda doEspírito Santo e o testemunho que osdiscípulos vão ser chamados a dar "atéos confins da terra". Nos mostra, que osensinamentos e ações de Jesuscontinuam nos ensinamentos e nasações da comunidade cristã.Na 2ª leitura, São Paulo define a relaçãoentre Cristo e a Igreja: formamos comEle um "Corpo" destinado à Vida Plena.Por isso, devemos viver uma comunhãototal com ELE, e com todos os nossosirmãos. É a exaltação do ressuscitado,retirado da terra e glorificado no céu.
  8. 8. Neste Evangelho de Marcos, Jesusenvia seus discípulos em missão. “Idepor todo mundo e pregai o Evangelho atoda criatura”. A exigência do anúncioda Boa-Nova é: crer e ser batizados.Aos que tiverem a coragem de crer naBoa Nova e forem batizados, realizarãomuitos sinais que revelam a presençade Jesus Ressuscitado no seio dacomunidade.Uma comunidade que quiser sertestemunha da ressurreição deve sersinal de vida, lutar contra as forças damorte, para que o mundo seja um lugarfavorável à vida saudável, deve crer queoutro mundo é possível. A ascensão deJesus sustenta a esperança de quantossonham e se empenham por umamanhã melhor! Na ação litúrgica destedomingo, como discípulosmissionários, glorificamos o Senhor e,na alegria pascal, esperamos o Espíritode Pentecostes.
  9. 9. Irmãs e irmãos do Evangelho, aAscensão do Senhor é o "coroamento deuma caminhada". É assim que devemosentender: não como um abandono ouespécie de despedida; mas como umamissão cumprida que atinge um novomodo de ser.Mas não poderemos viver plenamente aRessurreição e Ascensão do Senhorenquanto tiver irmãos nossos excluídos.Libertar, curar e salvar as pessoas écumprir o mandato missionário doSenhor: "Ide e fazei discípulos meustodos os povos, batizando-os em nomedo Pai e do Filho e do Espírito Santo...”.Jesus quer ver-nos subindo todos osandares dos hospitais, asilos, cadeias.Quer ver-nos levando alento e confortoaos que sofrem. Levando uma palavra defé, de amor e de otimismo aos excluídose marginalizados. Só assim receberemoso passaporte para subirmos ao céu.
  10. 10. Ascensão de Jesus nos faz lembrar:Nossa ascensão - como Jesusrealizou plenamente a vontade doPai, chegando à glorificação, assim ocristão, realiza plenamente a simesmo, partilhando com ele domesmo destino.Nossa Vocação Missionária - a Igrejaé uma “Comunidade Missionária”,cuja missão é testemunhar nomundo a proposta de salvação e delibertação que Jesus veio trazer aoshomens.E Nós, vivemos o ideal missionário?Estamos conscientes de que naIgreja de Cristo, todo batizado émissionário. Cristo pode contar,hoje, com todos nós? Pe. Antônio G. Dalla Costa-CS
  11. 11. APROFUNDANDO A PALAVRA - Celebrar a solenidadeda Ascensão do Senhor é celebrar já a nossa vitória,pois somos chamados como membros de seu corpo aparticipar de sua glória. Essa garantia nos foi dada pelasua ressurreição, mas Jesus espera de nós, nossaresposta que consiste em participar também de sua vidae missão, enquanto peregrinamos neste mundo.Ao contemplamos a Ascensão de Jesus, não podemosficar parados desejosos somente de participar de suaglória. Jesus prometeu a graça do Espírito Santo aosseus discípulos a fim de que fossem suas testemunhasaté os confins da terra... Como herdeiros desta glóriaque é a participação no seu Reino, somos chamadosa proclamar esta boa notícia a toda criatura (cf. Mc16,15), a fim de que a missão de Jesus continueatravés do anúncio de seu Evangelho. Assim fizeramos discípulos, após a ascensão de Jesus, pregando oEvangelho por toda parte e realizando sinais, aexemplo de Jesus, confirmando assim a sua palavra.A missão de anunciar este é Evangelho tem comoobjetivo suscitar a fé, ou seja, a adesão à vida deJesus, de modo que crendo seja batizado e salvo.Hoje o desafio da missão evangelizadora da Igreja éde anunciar o Evangelho para os que ja forambatizados, mas não vivem a fé. Oxalá o nossotestemunho seja um Evangelho vivo para osafastados, a fim de que se reanimem na fé. Pe. Danival M. Coelho
  12. 12. Oração do dia:Pai da Misericórdia,contemplando aascensão de Teu FilhoJesus para junto de Ti,assumo a tarefa delevar ao mundo inteiroe a toda criatura, amensagem do TeuEvangelho. Amém.

×