Anabela Lobato                        Neuza PedroAs Tecnologias Móveis no Processo   de Ensino e Aprendizagem da          ...
 Contextualização do Estudo O Projeto Objetivo do Projeto Metodologia Participantes Recolha de Dados Tratamento dos...
Valorização equitativa              Ampliação dos         das aprendizagens que               contextos de         ocorrem...
Se os dispositivos móveis forem usados como ferramentasinstrutivas para construir a aprendizagem, podem sertratadas como f...
Leitura de    IdentificaçãoExperiência               diversos     da situação -  Pessoal               estudos        prob...
Explorar e descrever a forma como o telemóvelpoderá ser utilizado no apoio à aprendizagem deconteúdos e de competências as...
 Este estudo corresponde a uma etapa preliminar do  projeto em execução e tem como o objetivo analisar as  conceções sobr...
Experiência de              alguns anos no            ramo da formação                profissional                Cinco 35...
Desenvolvimento e aplicação de um inquérito por questionário      elaborado com recurso à aplicação Google_Docs
 Na construção do questionário foram criados indicadores de leitura  (agrupados por dimensões/categorias) que permitissem...
 Questões maioritariamente de resposta fechada. Na maioria das dimensões, foi utilizada uma escala de  mediação interval...
Criação de grelhas de sistematização dos               resultados  Tratamento dos dados qualitativos e  quantitativos reco...
 Os professores/formadores têm hábitos estabelecidos  de utilização de múltiplos dispositivos móveis,  nomeadamente compu...
 Todos os formadores utilizam o telemóvel para tratar de assuntos  escolares e/ou gerir as suas tarefas profissionais, ma...
 Para as perguntas de resposta aberta foi adotado o método de  análise de conteúdo, por este ser o mais adequado quando a...
Mas… Mesmo mobilizando os dispositivos móveis para gerir e suportar  algumas das atividades profissionais que realizam, o...
Num mundo globalizado em que cada vez mais seacede à informação e ao conhecimento com basenos dispositivos móveis e onde e...
Obrigado      Anabela Lobatoanabelalobato@campus.ul.pt      Neuza Pedro  nspedro@campus.ul.pt
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Tecnologias móveis no ensino e aprendizagem da língua inglesa

1.295 visualizações

Publicada em

Comunicacao apresentada no II Congresso Internacional TIC e Educacação, IEUL, Lisboa, Dez 2012

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.295
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
118
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tecnologias móveis no ensino e aprendizagem da língua inglesa

  1. 1. Anabela Lobato Neuza PedroAs Tecnologias Móveis no Processo de Ensino e Aprendizagem da Língua Inglesa: um Estudo de Caso no Cenfic
  2. 2.  Contextualização do Estudo O Projeto Objetivo do Projeto Metodologia Participantes Recolha de Dados Tratamento dos dados Recolhidos Análise de Resultados Conclusões Finais
  3. 3. Valorização equitativa Ampliação dos das aprendizagens que contextos de ocorrem dentro e fora aprendizagem do contexto escolar AprendizagemSociedade Digital constante e em movimento M-Learning
  4. 4. Se os dispositivos móveis forem usados como ferramentasinstrutivas para construir a aprendizagem, podem sertratadas como ferramentas para ajudar os alunos a executaras suas tarefas e promover o seu desenvolvimento,funcionamento como parceiros para o professor e para oaluno.” (Morais & Paes, 2007, p. 25)
  5. 5. Leitura de IdentificaçãoExperiência diversos da situação - Pessoal estudos problema Escassa utilização dos dispositivos móveis enquanto recurso pedagógico nas nossas escolas.
  6. 6. Explorar e descrever a forma como o telemóvelpoderá ser utilizado no apoio à aprendizagem deconteúdos e de competências associadas à línguainglesa.“É necessário que todos os indivíduos sejam educados para a sociedade dainformação e do conhecimento e se tornem adeptos de uma aprendizagemao longo da vida (…). Por outro lado, é às instituições de ensino ou formaçãoque cabe a tarefa de preparar os seus educandos para as novas competênciasda era digital (…) ” (Lima & Capitão, 2003, p. 54)
  7. 7.  Este estudo corresponde a uma etapa preliminar do projeto em execução e tem como o objetivo analisar as conceções sobre a utilização de dispositivos móveis em contexto escolar, por parte de professores do ensino secundário a exercer funções de formadores de Inglês num Centro de Formação. O presente trabalho assume um caráter exploratório e propósitos iminentemente descritivos.
  8. 8. Experiência de alguns anos no ramo da formação profissional Cinco 35 anos formadores Quatro(média de de Língua mulheres e idades) Inglesa do um homem Cenfic Conciliam ensino e formação profissional (três dos casos)
  9. 9. Desenvolvimento e aplicação de um inquérito por questionário elaborado com recurso à aplicação Google_Docs
  10. 10.  Na construção do questionário foram criados indicadores de leitura (agrupados por dimensões/categorias) que permitissem responder ao problema e aos objetivos da pesquisa. O instrumento apresenta-se assim organizado em três dimensões, que agrupam um conjunto de questões que pretendem aferir elementos particulares das conceções dos participantes quanto à utilidade, pertinência e viabilidade da integração das tecnologias móveis nas práticas escolares: Caraterísticas dos dispositivos móveis utilizados pelos formadores Utilização geral dos telemóveis nas atividades escolares Pertinência da integração do telemóvel no processo de ensino e aprendizagem da língua inglesa
  11. 11.  Questões maioritariamente de resposta fechada. Na maioria das dimensões, foi utilizada uma escala de mediação intervalar de Likert, não só pelo facto de esta facilitar o posterior tratamento dos dados recolhidos, mas também pela sua fácil aplicação e rápido entendimento por parte dos participantes (Malhotra, 2001).
  12. 12. Criação de grelhas de sistematização dos resultados Tratamento dos dados qualitativos e quantitativos recolhidos ao longo do inquérito
  13. 13.  Os professores/formadores têm hábitos estabelecidos de utilização de múltiplos dispositivos móveis, nomeadamente computadores portáteis e telemóveis. Na verdade todos os formadores indicaram possuir pelo menos estes dois equipamentos. Os formadores inquiridos utilizam com regularidade os equipamentos móveis que possuem para desempenhar um conjunto amplo e mesmo tecnicamente avançado de tarefas.
  14. 14.  Todos os formadores utilizam o telemóvel para tratar de assuntos escolares e/ou gerir as suas tarefas profissionais, mas a maioria não o encara como um recurso pedagógico a explorar no trabalho direto com os alunos. Quase todos os formadores são unanimes em considerar que o telemóvel é algo pessoal e que não deve ser misturado com a escola, pois distrai os alunos e perturba as atividades escolares. É de assinalar que o item que apresentou o valor mais baixo de concordância por parte dos formadores foi efetivamente o item associado “ao tirar partido do telemóvel .nas aulas”
  15. 15.  Para as perguntas de resposta aberta foi adotado o método de análise de conteúdo, por este ser o mais adequado quando as respostas às questões originam dados textuais dos quais é preciso extrair sentido (Ghiglione & Matalon, 2001). Recurso ao software NVivo9, com o propósito de quantificar a ocorrência de palavras no texto. Na resposta ao item 19 (“Que potencialidades acha que poderá ter a utilização do telemóvel em sala de aula?”) a maioria dos formadores considera que em contexto educativo as potencialidades do telemóvel se reduzem à possibilidade de gravação de trabalhos e/ou de tirar fotografias. Na resposta ao item 20 (“Que risco acha que poderá advir da utilização do telemóvel em sala de aula?”), a análise da grelha de frequência de palavras revela que os o fator distração dos alunos surge como o principal risco sinalizado pelos participantes.
  16. 16. Mas… Mesmo mobilizando os dispositivos móveis para gerir e suportar algumas das atividades profissionais que realizam, os formadores identificam primordialmente desvantagens na utilização de tais equipamentos para finalidades educativas. Os resultados evidenciaram que os telemóveis são primordialmente sinalizados como potenciais elementos distratores que perturbam a concentração dos alunos nas tarefas escolares . Utilização social e profissional do telemóvel Práticas de utilização pedagógica destes dispositivos
  17. 17. Num mundo globalizado em que cada vez mais seacede à informação e ao conhecimento com basenos dispositivos móveis e onde estes sãoapresentados como a evolução dos tradicionais pc’s,porque não transformá-los em aliados dosprofessores (Ferreira, 2009), ou pelo menos,explorar essa possibilidade.
  18. 18. Obrigado Anabela Lobatoanabelalobato@campus.ul.pt Neuza Pedro nspedro@campus.ul.pt

×