Festa junina gatig

613 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Festa junina gatig

  1. 1. Arraiá Cultural 2010 Caldos, cachorro quente, canjica, cocadas, bolos, brincadeiras como pescaria, bola na boca do palhaço, bola na lata e mão na cumbuca, são apenas algumas das atrações do Arraiá Cultural, organizado pelo Grupo de Artes e Teatro da Ilha do Governador (GATIG) em parceria com a Casa de Cultura Elbe de Holanda (CCEH). Além das brincadeiras (correio do amor, bingo, ovo na colher, corrida no saco, dança da laranja entre outras), comidas e músicas típicas, a festa contará com concursos para eleger a melhor dupla infantil no forró, o galã e a miss simpatia caipira, o Xerife e a Sinhazinha do Arraiá Cultural 2010. Sem esquecer, é claro, do casamento caipira, garantia de boas gargalhadas que terá até o dia da noiva, uma preparação especial e hilária para aquela que viverá um dos dias mais importantes de sua vida. Apresentação das quadrilhas infantil e melhor idade não poderiam faltar. Às 20 horas um grupo tocará grandes sucessos do forró ao vivo, e aqueles que não sabem dançar não precisam se “avexar”, um professor dará uma aula com os principais passos para ninguém fazer feio. A entrada custará apenas um real e toda a renda será revertida para a montagem dos espetáculos beneficentes do GATIG e para a manutenção da Casa de Cultura Elbe de Holanda, que vem resistindo nesses 8 anos de atividade sem patrocínios, sempre buscando oferecer atrações culturais e artísticas a preços populares. O arraiá é mais uma atividade do Movimento SOS CCEH. Uma festa para toda a família para todos os moradores da Ilha do Governador e adjacências! Dia 18 de julho, domingo, das 14 às 21h Casa de Cultural Elbe de Holanda Rua Eng. Rozauro Zambrano, 302 – Jardim Guanabara – Ilha do Governador (21) 2466-0661 Programação 14h: Abertura 15h: Quadrilha infantil 16h: Quadrilha da melhor idade 17h: Bingo 18h: Forró do Elias e concursos 19h: Dia da noiva e casamento caipira 20h: Shows musicais 21h: Encerramento Sobre o Grupo de Artes e Teatro da Ilha do Governador (GATIG) O GATIG (Grupo de Artes e Teatro da Ilha do Governador) foi fundado em 1972 por Elbe de Holanda, a Tia Elbe, quando, durante um apagão em um dia chuvoso, chamou algumas amigas de suas filhas para uma noite de brincadeiras. Desde então, o grupo formou profissionais, realizou dezenas de montagens, participou de festivas e conquistou prêmios. Tia Elbe era uma artista completa (dramaturga, teatróloga, poetiza, artista plástica, cidadã honorária do Rio de Janeiro) e faleceu em 2001, deixando em legado de mais de 50 textos teatrais, entre infantis e adultos. Também foi uma das fundadoras da FETAERJ (Federação de Teatro Associativo do Estado do Rio de Janeiro) e na década de 80 e liderou a campanha “Teatro a Ilha Quer!” que, através da Secretaria de Cultura do Município, conquistou a primeira lona cultural do Rio de Janeiro, localizada no Aterro do Cocotá. O espaço funcionou até 1994 e o GATIG foi seu administrador até 1989.
  2. 2. Nos anos 90 o grupo realizou muitos trabalhos nos teatros Lemos Cunha e Óperon. Nesse último chegou a criar a OTO (Oficina de Teatro Óperon), onde Tia Elbe e outros professores formaram muitos dos atuais profissionais do grupo, entre atores, atrizes, técnicos, músicos, cenógrafos, figurinistas, maquiadores, iluminadores, contra-regras, diretores e produtores. Atualmente o GATIG realiza diversas atividades, como o Festival de Esquetes Elbe de Holanda, Paixão de Cristo na Igreja São José Operário, apresentações de O Boi e o Burro no Caminho de Belém no final do ano em orfanatos e demais instituições de caridade, o bloco carnavalesco Filhos da Tia e o Arraiá Cultural. Outras informações: www.gatig.com.br e www.gatig.blogspot.com Sobre a Casa de Cultura Elbe de Holanda (CCEH) A Casa de Cultura Elbe de Holanda (CCEH) é um espaço cultural sem fins lucrativos, criado e administrado por artistas e não artistas que desejam continuar o trabalho de Elbe de Holanda em prol da cultura como elemento de formação dos jovens. A casa teve como um de seus fundadores o ator e dublador Castro Gonzaga (http://pt.wikipedia.org/wiki/Castro_Gonzaga), que passou boa parte de sua vida morando na Ilha do Governador, cujo trabalho em mais de cinqüenta anos de carreira ainda pode ser visto em dezenas de novelas, minisséries e filmes nos quais participou. Seu último trabalho na televisão foi a novela O Profeta, exibida em 2006 pela Rede Globo. Inaugurada em 2 de junho de 2002, tem como missão de democratizar o acesso à cultura, informação e lazer, oferecendo cursos e eventos nas diversas modalidades artísticas, contribuindo para a difusão do patrimônio imaterial na Ilha do Governador e proximidades. Outras informações: www.cceh.com.br Sobre o Movimento SOS CCEH O movimento foi criado para fazer frente às dificuldades financeiras enfrentada pela casa. Um grupo de voluntários (alunos e seus pais, artistas e público) busca meios de arrecadarem fundos e tornar o espaço auto-sustentável, realizando eventos, buscando associados que contribuam uma pequena quantia trimestralmente entre outras soluções.
  3. 3. Fotos O álbum com todas as fotos de divulgação, com possibilidade de download em alta resolução, pode ser visitado no link abaixo: http://www.4shared.com/dir/aWul1S4m/Fotos_divulgao_-_Jnior_Mandrio.html Favor, ao publicar alguma foto, creditar Júnior Mandriola. Contato Norton Tavares Assessor de imprensa (21) 8175-1232 norton@nortontavares.com www.nortontavares.com

×