13/11/13

Raimundo Moura - CRENTES CARNAIS – 1 Coríntios 3. 1 a 3...

CRENTES CARNAIS – 1 Coríntios 3. 1 a 3
Entendemos pe...
13/11/13

Raimundo Moura - CRENTES CARNAIS – 1 Coríntios 3. 1 a 3...

outros não estão no mesmo nível de suas espiritualid...
13/11/13

Raimundo Moura - CRENTES CARNAIS – 1 Coríntios 3. 1 a 3...

fatos geradores de emoções. A verdade, é que como nã...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Raimundo moura crentes carnais – 1 coríntios 3. 1 a 3..

366 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
366
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Raimundo moura crentes carnais – 1 coríntios 3. 1 a 3..

  1. 1. 13/11/13 Raimundo Moura - CRENTES CARNAIS – 1 Coríntios 3. 1 a 3... CRENTES CARNAIS – 1 Coríntios 3. 1 a 3 Entendemos perfeitamente, que a idéia que o evangelho nos deixa, é que todos os crentes deveriam ser cheios do Espírito Santo no momento de sua conversão, uma vez que esse fato acontece por obra e graça do Espírito Santo. O grande problema é que o evangelho moderno, procura dispensar a conversão genuina, sendo necessário tão somente convencer as pessoas de algumas vantagens materiais advindas de um relacionamento com a igreja. Talvez não seja fácil para as pessoas reconhecerem os crentes carnais e separá-las dos crentes verdadeiramente Espirituais, uma vez que foram introduzidas algumas práticas no meio evangélico que tem por finalidade fazer com que crentes carnais sejam vistos como espirituais, em detrimento, até mesmo daqueles que buscam um relacionamento verdadeiro com o Espiritual de Deus. O Apóstolo Paulo identifica o problema dos crentes carnais na igreja de Coríntios. Veja o que ele diz: Eu, porem, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, e sim como a carnais, como a crianças em Cristo. Leite vos dei a beber, não vos dei alimento sólido; porque ainda não podeis suportá-lo. Nem ainda agora o podeis, porque ainda sois carnais. Porquanto, havendo entre vós ciúmes e contendas, não é assim que sois carnais e andais segundo o homem? A verdade, é que o evangelho fácil a que eles aderiram, entre outras coisas, produz também uma “espiritualidade” fácil e rápida, que lhes permite, entre outras coisas, a ostentação de um poder sobrenatural. O grande problema gerado dentro de muitas igrejas, é que a maioria dos crentes carnais, se sentem tão “espirituais”, que se fosse possível, exterminariam todos aqueles que, medidos segundo seus próprios entendimentos, não sejam classificados como “espirituais”. A palavra de Deus nos dá algumas características desse tipo de crentes que sempre esteve dentro das igrejas. O Apóstolo Paulo conhecia bem essas pessoas, e como elas viviam, e não escondia essa situação que invadia as igrejas de sua época. Mas ele também combatia com bastante firmeza. Romano cap. 7 vers. 5: Porque, quando vivíamos segundo a carne, as paixões pecaminosas postas em realce pela lei operavam em nossos membros, a fim de frutificarem para a morte. Paulo aponta claramente para o verdadeiro comportamento dos crentes carnais. Vers. 18 a 20: Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem nenhum, pois o querer o bem está em mim; não, porem o efetuá-lo. Porque não faço o bem que prefiro, mas o mal que não quero, esse faço. Mas, se eu faço o que não quero, já não sou eu quem o faz, e sim o pecado que habita em mim. Esta situação que Paulo apresenta, diz respeito a todos os crentes carnais, qualquer que seja a circunstância. Não existe ninguém que não esteja verdadeiramente no Espírito, que a carne não se manifeste pelas suas próprias obras. Em Gálatas no cap. 5 vers. 19 a 21, ele escreve: Ora, as obras da carne são conhecidas e são: Prostituição, impureza, lascívia idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, ciúmes, iras, discórdias, dissensões, facções, invejas, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, a respeito das quais eu vos declaro, como já outrora vos preveni, que não herdarão o reino de Deus os que tais coisas praticam. Como as obras da carne são manifestas, muitos crentes carnais procuram reprimir esses desejos por meio de jejuns, orações, vigílias, subindo montes, e até alguns usam de atitudes severas com o próprio corpo como forma de combater seus desejos. Todavia, como não conseguem viver segundo o Espírito, esses desejos terminam por levá-los à prática do pecado. Os pensamentos maus e impuros estão sempre assolando a mente dos crentes carnais. Alguns, que talvez possuam algum temor de Deus, buscam combater essas intenções pensando em outras coisas. Muitas vezes, até pedem a Deus que limpe suas mentes contaminadas. Entretanto, até mesmo em sonhos essas intenções os assolam, levando-os muitas vezes a ceder às paixões da carne. Uma coisa muito comum entre os crentes carnais, é o pecado da vanglória. É bastante comum o desejo de serem reconhecidos no ambiente em que elas convivem, notadamente pelo que elas realizam. As coisas que realizam, tem sempre o objetivo de colocá-las em evidência. Mateus cap. 23 vers. 5: Praticam, porem, todas as suas obras com o fim de serem vistos dos homens; Pois alargam os seus filactérios e alongam as suas franjas. Vers. 6: Amam o primeiro lugar nos banquetes e as primeiras cadeiras nas sinagogas. Sempre apresentam alguma desculpa para não executar qualquer tarefa que considere de menor valor. O crente carnal jamais compreenderá o que disse Jesus em Marcos cap. 9 vers. 35: E ele assentando-se, chamou os doze e lhes disse: Se alguém quer ser o primeiro, será o último e servo de todos. Esse ensinamento de Jesus coloca em cheque e sob suspeição a verdadeira identidade da maioria dos que se dizem crentes. Geralmente essas pessoas se caracterizam pela formação de grupos compostos sempre por aqueles que partilham dos mesmos sentimentos, e buscam sempre serem beneficiadas de alguma forma dentro do seu campo de atuação. É comum entre essas pessoas, a fornicação, os pensamentos impuros, os desejos sexuais as conversas tolas, a hostilidade, a discórdia, a maledicência, a inveja, o ódio, e todas as demais coisas produzidas pela carne. O crente carnal está sempre disposto a defender o chamado amor próprio, magoa-se com muita facilidade e reage prontamente a tudo que possa significar ofensa. Quando contrariados, apontam os defeitos dos outros, buscando com isso camuflar a sua vida de aparências. Apesar de serem carnais, Julgam sempre que os https://www.facebook.com/raimundo.moura.96/posts/359403060863698 1/3
  2. 2. 13/11/13 Raimundo Moura - CRENTES CARNAIS – 1 Coríntios 3. 1 a 3... outros não estão no mesmo nível de suas espiritualidades. Os crentes carnais procuram sempre mostrar sua superioridade espiritual afim de sobrepor-se aos outros. São ágeis em esconder seus pecados, em camuflar os seus desejos carnais, mas estão sempre prontos a condenar os erros dos outros. É sempre natural para um crente carnal apontar para o pecado dos outros. Falam de tudo quanto é aparente nos outros, usando até mesmo uma linguagem bastante severa. Suas exortações e pregações são sempre em alto e bom tom, como se o falar por se só surtisse os efeitos desejados, prescindindo, assim, do testemunho e do exemplo de vida que devemos ter. Acham que o discurso tem o poder de encobrir seus pecados. Quando bajulados, exaltam as pessoas e as colocam na mais alta estima Mateus cap. 23 vers. 4: Atam fardos pesados e difíceis de carregar e os põe sobre os ombros dos homens; entretanto, eles mesmos nem com o dedo querem movê-los. Romanos cap. 2 vers. 21 a 24: Tu, pois, que ensinas a outrem, não te ensinas a ti mesmo? Tu, que pregas que não se deve furtar, furtas? Dizes que não se deve cometer adultério e o cometes? Abominas os ídolos e lhes rouba os templos? Tu, que te glorias na lei, desonras a Deus pela transgressão da lei? Pois, como está escrito, o nome de Deus é blasfemado entre os gentios por vossa causa. No que diz respeito à vida espiritual, os testemunhos de experiências dos crentes carnais com Deus se baseia única e exclusivamente em suas emoções. Para eles a vida cristã está totalmente baseada em emoções. O crente carnal está sempre falando sobre sua fé e de suas experiências sobrenaturais: Visões, arrebatamentos, revelações, tremedeiras, desmaios, choram, riem, pulam, caem, mas nem sequer sabem em que tropeçaram. Jeremias cap. 13 vers. 16: Daí glória ao Senhor, vosso Deus, antes que ele faça vir as trevas, e antes que tropecem os vossos pés nos montes tenebrosos; antes que, esperando vós luz, ele a mude em sombra de morte e a reduza à escuridão. Gostam de exibir seus troféus divinos: Graça, curas, bênçãos e prosperidades, alcançados por meio de suas orações poderosas, mas nunca pela fé na obra de justiça que Deus realizou em Cristo Jesus. Estão sempre aprendendo, mas nunca podem chegar ao pleno conhecimento da verdade. Emoções fazem parte da vida de crente, é verdade, e sempre serão bem vidas, quando forem produzidas por atos de uma fé genuína, e não pela vontade humana, pois é nos estados emocionais provocados com a intervenção humana, que as pessoas tem se tornado presas fáceis de espíritos enganadores. 1 Pedro cap. 5 vers. 8: Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar. É impossível ser sóbrio e está vigilante, quando se vive embriagado pelo emocionalismo. 1 Pedro cap. 1 vers. 13: Por isso, cingindo o vosso entendimento, sede sóbrios e esperai inteiramente na graça que vos está sendo trazida na revelação de Jesus Cristo. 1 Tessalonicenses cap. 5 vers. 6: Assim, pois, não durmamos como os demais; pelo contrário, vigiemos e sejamos sóbrios. A embriaguês do emocionalismo tem nos impedido de vigiar e a Igreja do Senhor vem sendo terrivelmente contaminada. Os crentes carnais, logo cedo são contaminados pela síndrome do poder espiritual, e essa busca quase irrascível, lhes cega o entendimento, fazendo com que vejam o que não existe, ou que só existe para levá-los ao engano, para que não consigam ver o que é palpável e está e está diante dos nossos olhos, que é a verdade da palavra de Deus. Por não conhecerem as Escrituras, acreditam que qualquer manifestação de poder provem do Espiritual de Deus, mas, aqueles que conhecem a palavra de Deus, sabem que esse engano nos traz terríveis conseqüências para nossa vida como crentes. Veja o que diz em 2 Tessalonicenses cap. 2 vers. 9 e 10: Ora, o aparecimento do iníquo é segundo a eficácia de satanás, com todo poder, e sinais, e prodígios da mentira, e com todo engano de injustiça aos que perecem, porque não acolheram o amor da verdade para serem salvos. Em Apocalípse cap. 13, o Apóstolo João fala da segunda besta que emerge da terra. Vers. 12 e 13: Exerce toda a autoridade da primeira besta na sua presença. Faz com que a terra e os seus habitantes adorem a primeira besta, cuja ferida mortal fora curada. Tambem opera grandes sinais de maneira que até fogo do céu faz descer à terra, diante dos homens. Para os crentes carnais, está reservado o que diz em 2 Tessalonicênses cap. 2 vers. 11 e 12: É por este motivo, pois, que Deus lhes manda a operação do erro, para darem crédito à mentira, a fim de serem julgados todos quantos não deram crédito à verdade; antes, pelo contrário, deleitaram-se com a injustiça. O inimigo de Deus e de nossas almas, é mestre em promover várias emoções no meio dos crentes carnais, e eles ávidos por essas coisas as recebem como sendo o mover do Espírito Santo. 2 Coríntios cap. 14 vers. 14 e 15: E não é de admirar, porque o próprio satanás se transforma em anjo de luz. Não é muito, pois, que os seus próprios ministros se transformem em ministros de justiça; e o fim deles será conforme as suas obras. Os crentes carnais não gostam de cultos onde não haja emoções, e se não houver, terá sempre alguém disposto a promovêlas. A busca é sempre por lugares onde se estejam fazendo sinais e maravilhas. Uma característica bastante peculiar dos crentes carnais, é que eles estão sempre precisando de estímulos, afim de que possam apresentarse como sendo espirituais. O grande problema é que a falta de conhecimento da palavra de Deus, bem como o seu relacionamento com Deus, são insuficientes para tal fim. Com o objetivo de preencher essa grande lacuna, apela-se para métodos mais simples, tal como o emocionalísmo, que pretende unicamente levar as pessoas a um estado de êxtase ou de transe, então, ai acontecem as manifestações de que tanto o crente carnal precisa. Nesse campo, as igrejas e seus ministrantes tem se tornado especialistas e indispensáveis na promoção dos chamados https://www.facebook.com/raimundo.moura.96/posts/359403060863698 2/3
  3. 3. 13/11/13 Raimundo Moura - CRENTES CARNAIS – 1 Coríntios 3. 1 a 3... fatos geradores de emoções. A verdade, é que como não conseguimos mais demonstrar uma espiritualidade verdadeira, até porque ela já não mais existe, resta tão somente atingir um estado aparente, buscado no campo das emoções, quando então, a igreja parece que tem vida. Em Apocalípse cap. 3 vers. 1, o Senhor Jesus diz: Conheço as tuas obras, que tens nome de que vives e estais morto. Cap. 22 vers. 12: E eis que venho sem demora, e comigo está o galardão que tenho para retribuir a cada um, segundo as suas obras. Vers. 14: Bem aventurados aqueles que lavam as suas vestiduras no sangue do Cordeiro, para que lhes assista o direito à árvore da vida, e entrem na cidade pelas. Vers. 15: Fora ficam os cães, os feiticeiros, os impuros, os assassinos, os idólatras e todo aquele que ama e pratica a mentira. Na verdade, quando professamos um conhecimentos que não temos e uma fé que não a possuímos, somos de fato mentirosos. Podemos entender perfeitamente essa diferença entre o crente carnal e o que vive e anda no Espírito, visto que, os que vivem segundo o Espírito, pela fé oferecem o seu melhor para Deus, enquanto que aqueles que vivem segundo a carne, buscam sempre o que é melhor para si mesmo. Tito cap. 1 vers. 16: No tocante a Deus, professam conhecê-lo; entretanto, o negam por suas obras; é por isso que são abomináveis, desobedientes e reprovados para toda a boa obra. Esse texto caracteriza perfeitamente os crentes carnais e nos dá plena condição de identificá-los para não sermos também vítimas dos seus enganos. Que o Senhor nos abençoe e nos guarde, dando-nos sempre o discernimento espiritual para não sermos envolvidos pelos laços do inimigo. Amem https://www.facebook.com/raimundo.moura.96/posts/359403060863698 3/3

×