14/11/13

Estudo Bíblico - Quando Jesus Diz: Fazei Discípulos

QUANDO JESUS DIZ: FAZEI DISCÍPULOS
Significa formar discípu...
14/11/13

Estudo Bíblico - Quando Jesus Diz: Fazei Discípulos

servir ao Senhor (João 4:23,24)
Sua formação:
a) O discípul...
14/11/13

Estudo Bíblico - Quando Jesus Diz: Fazei Discípulos

Seu propósito: “Porque o amor do dinheiro é raiz de todos o...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Estudo bíblico quando jesus diz fazei discípulos

234 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
234
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estudo bíblico quando jesus diz fazei discípulos

  1. 1. 14/11/13 Estudo Bíblico - Quando Jesus Diz: Fazei Discípulos QUANDO JESUS DIZ: FAZEI DISCÍPULOS Significa formar discípulos. Ele diz que é para fazer discípulos, ensinando-os a guardar tudo o que ele mandou. O ensino de Jesus visava a formação de vida. Quando Jesus diz: fazei discípulos, significa: formar discípulos. Ele diz que é para fazer discípulos, ensinando-os a guardar tudo o que ele mandou. O ensino de Jesus visava a formação de vida. Paulo também ensinava com vistas à formação de discípulos. O propósito do seu ensino era: “Cristo formado em vós” (Gálatas 4:19). Não diz: Cristo informado em vós, mas Cristo formado em vós. Vamos dar uma definição sobre o que é formar discípulos: Formar discípulo é aplicar a palavra de Deus em sua vida, dar-lhe acompanhamento, e concretizar a sua prática. O discipulador deve cooperar com a operação do Espírito Santo na vida do seu discípulo, até que Cristo seja formado nele. Apontaremos quatro áreas em que Deus quer dar crescimento ao discípulo: 1 2 3 4 – – – – Comunhão com Deus; Caráter; Relacionamentos; Testemunho e discipulado. A primeira está relacionada com Deus, a segunda consigo mesmo, a terceira com os outros, e a quarta com os incrédulos. 1. Comunhão com Deus Seu propósito: Devemos levar o discípulo a uma vida normal e perseverante na oração e jejum (Mateus 6:5-18) Sua formação: a) b) c) d) e) Ver as dificuldades que o discípulo apresenta para não orar ou orar pouco, e jejuar. Rever seu horário e colocar prioridades. Colocar tempo para esta prática, e começar aos poucos. Levá-lo a ser perseverante. Levá-lo a ser criativo no período de oração e jejum: intercessão, louvor, línguas, etc. Palavra de Deus Seu propósito: Jesus diz que aquele que o ama, provará que o ama, quando guarda e obedece a sua palavra (João 14:21). a) Ver as dificuldades que o discípulo apresenta para ler e estudar a palavra de Deus b) Ajudá-lo na leitura de livro por livro da bíblia. Podemos colocar número de leitura de páginas por dia. Quem não planejar ler, não lê. c) Apresentar-lhe meios que o ajudarão na leitura e estudo da palavra. d) Indicar livros auxiliares para estudos. e) Observar se o discípulo dá importância ao estudo progressivo, ocasional e reforçado: se entende, tem revelação e coloca-o em prática. Adoração Seu propósito: Deus busca adoradores que o adorem em espírito e em verdade. Adorar significa estudos.casadosenhor.com.br/estudo.asp?id=266 1/3
  2. 2. 14/11/13 Estudo Bíblico - Quando Jesus Diz: Fazei Discípulos servir ao Senhor (João 4:23,24) Sua formação: a) O discípulo tem convicção de que ele deve ser um adorador? b) Levar o discípulo a combinar sua adoração com os lábios com a adoração de sua vida diária. c) Adoração é fazer tudo para a glória de Deus. d) A adoração que Deus quer é a santidade da nossa vida. 2. Caráter Caráter é o fruto do íntimo da nossa vida. É pelos frutos que somos conhecidos. É pelo que falamos e fazemos que revelamos quem somos. Veremos as áreas do caráter do discípulo que devem ser tratadas para serem conformadas com o padrão da palavra do Senhor; submissão e obediência; amor e serviço; uso da palavra; uso do dinheiro; responsabilidade; pureza; estudo e trabalho; higiene pessoal. Submissão Seu propósito: O discípulo se submete e obedece à palavra do Senhor e àqueles que Deus colocou como suas autoridades delegadas. Deus se agrada da obediência. (Efésios 5:21). Sua formação: a) Ver se todas as áreas do discípulo estão debaixo de autoridade, seja na igreja, no lar, no trabalho, no estudo, na vida civil. b) Observar se ele é dócil à direção que lhe é dada. Onde há problemas, corrigi-lo e levá-lo à libertação. c) Colocar alvos específicos para sua submissão e obediência, com temor, respeito, reciprocidade, serviço. d) Livrar o discípulo de cair no espírito deste século, de rebeldia, insatisfação, críticas, etc. Serviço Seu propósito: Jesus diz que o maior é aquele que serve. E Ele mesmo deu-nos exemplo quando foi obediente até a morte de cruz. Servir uns aos outros é a expressão máxima do amor (Mateus 20:25-28) Sua formação: a) Observar se o discípulo é realmente um servo, ou se é alguém que não serve e até que quer ser servido. Ver suas reações em situações que exigem servidores. b) Ele se envolve ajudando os irmãos: oferece-se para cooperar, participar? c) O que um discípulo é em casa é na vida cristã. Observa-se ele ajuda em casa: lava louça, arruma a cama, envolve-se nas atividades do lar, etc. Ajudá-lo com alvos. d) Colocar no seu coração um desejo de ser servo como o foi Jesus. Uso da língua da nossa boca não deve sair nenhuma palavra torpe, isto é, indecente; “e sim, unicamente a que for boa para edificação, conforme a necessidade, e assim transmita graça aos que ouvem.” (Efésios 4:29) Sua formação: 1) O discípulo deve ser responsável pelo que diz 2) Deve ser homem de uma só palavra 3) Nos seus lábios não pode existir: dúvidas, engano, mentira, indecência, procrastinação (ficar adiando), dolo, maledicência, etc. 4) Observar como ele usa a palavra Dinheiro estudos.casadosenhor.com.br/estudo.asp?id=266 2/3
  3. 3. 14/11/13 Estudo Bíblico - Quando Jesus Diz: Fazei Discípulos Seu propósito: “Porque o amor do dinheiro é raiz de todos os males; e alguns, nessa cobiça, se desviaram da fé, e a si mesmos se atormentaram com muitas dores.” (1 Timóteo 6:10) O que ganhamos é para a obra do Senhor, para nossa casa e para ajudar as pessoas. 1) Observar no discípulo se ele é avarento, ou egoísta, ou vive pedindo dinheiro emprestado, se paga o que deve, se é esbanjador. 2) Ele dá o dízimo e oferta para o Senhor, ou rouba dele? 3) Ele declara seu imposto? Paga tributos? Trabalha com notas? 4) Traz suas contas em ordem? 5) Fazer um orçamento com o discípulo e levá-lo a viver dentro dele. 6) Ele ajuda os necessitados? 7) Depende de Deus para o suprimento de suas necessidades? estudos.casadosenhor.com.br/estudo.asp?id=266 3/3

×