apresentação do capítulo 6

184 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
184
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

apresentação do capítulo 6

  1. 1. Docente : Lia Oliveira Unidade curricular : Tecnologias da Comunicação em Educação. Grupo 7:Sofia Carvalho nº64985 Fábio Silva nº64978 Joel Figueiras nº66642Jorge Macedo nº63943Marta Menezes n64975
  2. 2.  O grupo escolheu o livro “Pensar Queer”, porque achamos o tema interessante e bastante polémico. O título despertou a nossa atenção visto que nunca nenhum elemento do grupo tinha ouvido falar do pensamento Queer, e de como este estava pouco difundido na nossa cultura e educação.
  3. 3.  Pensamento Queer é a aceitação do que é estranho e/ou diferente dos padrões considerados normais em sociedade, ou seja, quando alguém tem um comportamento e/ou atitude diferente da dos demais deve ser aceite.
  4. 4.  O capítulo escolhido pelo grupo foi: Capítulo VII: “ Nutrindo imagens, paredes sussurrantes: intersecções de identidades e ampliação de poderes no local de trabalho académico”
  5. 5.  Escolhemos o capítulo VII, porque levantou desde logo uma serie de questões ao grupo: - Se tivesse-mos um professor homossexual como reagiríamos? - Um simples gesto desse professor perante um aluno não seria alvo de “condenação” por parte dos alunos ou até mesmo da instituição em que está inserido? - Aceitaríamos o facto de entrar num gabinete de um professor, com imagens implicitamente homossexuais? Daí a nossa escolha recair para o capítulo VII, uma vez que era, na nossa opinião, algo
  6. 6.  O capítulo fala-nos da aparência estética de um gabinete de um professor universitário, que é composto por imagens, de forma a dar a perceber aos visitantes a identidade do ocupante e a forma que ele usa para se expressar. Este gabinete é usado para transmitir conhecimentos, sobre o pensamento do professor, ou seja, é um espaço de conhecimento.
  7. 7.  Este professor, é um professor universitário homossexual, de descendência africana; Neste capítulo mostra-nos que o professor leva uma vida de resistência e bastante reservada, devido ao facto de, ser teoricamente “diferente” e de não poder “lutar” pelos seus direitos de igual para igual com uma pessoa heterossexual.
  8. 8.  Ficamos ainda a perceber que apesar de muitos países como os EUA, serem democráticos e a partida se aceitasse a orientação sexual de qualquer individuo, tal não acontece. Na Califórnia, onde este professor dá aulas é justificável despedir-se alguém tendo como causa a sua orientação sexual. Tudo isto leva-nos a querer que o pensamento queer fica muito bem no
  9. 9.  Agradecemos a vossa colaboração e esperemos que tenham gostado. (video: http://www.youtube.com/watch?v=FPL0- gZsF3k) FIM

×