O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

AULA - O QUE É FELICIDADE - ARISTÓTELES- Prof. noe Assunção

1.080 visualizações

Publicada em

Aula elaborada para o 3 ano do ensino médio do módulo de Filosofia do Colégio Estadual Roselândia - Barra Mansa - RJ, como objeto de aprendizagem no estudo da Felicidade

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

AULA - O QUE É FELICIDADE - ARISTÓTELES- Prof. noe Assunção

  1. 1. Núcleo de Filosofia e Sociologia do Colégio Estadual Roselândia Prof. Noe Assunção
  2. 2. • Para Aristóteles a FELICIDADE era muito mais do que apenas uma sensação própria a um indivíduo voltado para a alegria ou os prazeres. • Não queria dizer bem-estar pessoal, nem qualidade de vida, não queria dizer apenas ter saúde ou bens, nem realização profissional, nem estar em paz consigo mesmo e com os que vivem ao seu redor, nem a mera satisfação com mercadorias e bens desejados por todos nós. Antes a felicidade era a máxima virtude. Um modo de ser humano, sem almejar ser divino, nem deixar-se ser mero animal.
  3. 3. AFINAL, O QUE É Para ARISTÓTELES a palavra VIRTUDE é entendida como a propriedade mais característica e essencial de um ser, aquela cujo exercício conduz à excelência ou perfeição desse ser, trazendo-lhe PRAZER. Por exemplo: a virtude de uma faca é o seu corte, de uma laranjeira é produzir laranjas, de um dentista é tratar dos dentes...
  4. 4. QUAL A VIRTUDE ESSENCIAL QUE DIFERENCIA O SER HUMANO DOS DEMAIS SERES?
  5. 5. O PENSAR DE FORMA RACIONAL
  6. 6. Não basta ter uma VIRTUDE ( Racionalidade) – é preciso exercitá-la
  7. 7. • Sem tirar os pés do chão, ARISTÓTELES dizia que não se pode abandonar a companhia da família e dos amigos, a riqueza e o poder. Todos esses elementos, e o prazer que deles resulta, promoveriam o bem estar material e a paz social, indispensáveis à vida plena. • O sábio não pode ter uma vida plena de contemplação se não houver alimentos, se os filhos chorarem de fome ou se a cidade estiver em desgraça. • O gozo dos prazeres estaria vinculado a outras VIRTUDES, a generosidade, a cortesia, a coragem, a paciência, a justiça , que em seu conjunto contribuiriam para a FELICIDADE completa do ser humano.
  8. 8. Como buscar a FELICIDADE num mundo com tantas COISAS RUINS?
  9. 9. NESSE MOMENTO ARISTÓTELES INICIA OS SEUS ESTUDOS SOBRE ÉTICA • Para Aristóteles, autor do clássico Ética a Nicômaco, o maior problema da ética era a FELICIDADE. • ÉTICA era a forma de vida que levava à FELICIDADE. • A busca da FELICIDADE dava o sentido da vida humana em sua dimensão pessoal e coletiva. • A polis, de onde vem a palavra política, dependia da ética. • E se falar em ética era falar em felicidade, a felicidade como parte da ética tinha um cunho político. Isso é o que nós perdemos de vista em nossos dias.

×