"A parábola dos dois filhos"
Ao professor: Parábola dos dois filhos (Mateus 21:23 - 32)
A vontade de Deus é boa, agradável...
Deus sempre te amou e sempre vai te amar, e quer cuidar de você, por isso a vontade de Deus
sempre é a melhor.
Memorização...
Andamento:
Jesus estava no templo ensinando. Muitas pessoas estavam ouvindo Jesus, entre essas
pessoas tinham muitos líder...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A parábola dos dois filhos

257 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
257
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A parábola dos dois filhos

  1. 1. "A parábola dos dois filhos" Ao professor: Parábola dos dois filhos (Mateus 21:23 - 32) A vontade de Deus é boa, agradável e perfeita (Romanos 12:2b) A explicação da parábola: 1)O pai: Deus 2)Os filhos: obedientes e desobedientes Obedientes: são os que se arrependem, confessam os pecados, abandonam, faz as devidas reparações e tomam providências para não repetirem o erro, se regeneram, transformando em obreiros na "vinha do Senhor". Desobedientes: são os que procuram manter uma aparência de respeito e de religiosidade, mas que apesar da organização não fazem a vontade do pai. Professor, o filho obediente é aquele que realmente reconhecer o pecado (Mateus 12:41), se arrepende e confessa. Podemos pecar, e vamos, mas o processo de santificação não pode ser interrompido. Reflita: Servo fiel é aquele que procura e pratica a vontade de Deus, e não aquele que segue tradições religiosas e não obedece aquilo que ensina. Professor, tem praticado aquilo que tem ensinado aos seus alunos? (Mateus 23:3 - "Fazei e guardai, pois, tudo quanto eles vos disserem, porém não os imiteis nas suas obras; porque dizem e não fazem). Memorização do versículo (Romanos 12:2b): "A vontade de Deus é boa, agradável e perfeita." Introdução: Pergunta às crianças e espere respostas: O que é sentir vontade? É ter desejo de comer ou fazer alguma coisa, por exemplo: tomar sorvete, comer pizza, passear, comprar uma roupa, ir à piscina, brincar, etc. E quando essa vontade não pode ser realizada naquele momento, como você age? Respostas negativas: Chora, fica triste, emburrado, insiste até conseguir, mente para satisfazer a vontade, etc. Respostas positivas: compreende, fica triste mas espera com paciência, deixa pra lá, etc. Outra pergunta: Deus tem vontade? A resposta das crianças pode ser sim ou não. Vamos ver na Bíblia (leia o versículo primeiro na Bíblia, depois no visual): Explicação: Sim, Deus tem vontade, mas a vontade de Deus é sempre boa, quer dizer, que nunca nos prejudica, é seguro e também é agradável, isto é, Ele tem prazer em nos agradar! E perfeita porque ela é completa, é maravilhosa e não há nenhum defeito. Aplicação à criança: Deus nos fez com vontade, mas muitas vezes, a vontade que sentimos nos leva a fazer coisas que não agradam a Deus. A vontade de Deus é que você seja salvo, receba o perdão dos seus pecados, tenha uma vida cheia do Espírito Santo e que conheça e obedeça a Sua Palavra.
  2. 2. Deus sempre te amou e sempre vai te amar, e quer cuidar de você, por isso a vontade de Deus sempre é a melhor. Memorização: (mínimo sete vezes) Jogo do eco: o professor diz o verso, a turma toda ecoa. O professor deve dizer alguma característica, por exemplo, olhos azuis, os meninos, cabelos castanhos; e em seguida, somente as crianças que tenham as características mencionadas devem ecoar o versículo. Esboço lição 4 - Os Dois Filhos Texto Bíblico: Mateus 21:23-32 Objetivo do professor: Que a criança obedeça não somente no falar, mas também na maneira de agir. Ensino principal à criança: que você perceba que o que você faz é mais importante do que você diz e tudo o que disser que vai fazer deve cumprir. Introdução: Pode ser teatro, fantoche ou contar a historinha. Personagens: narrador, mamãe, João, Guilherme. Narrador: Alguma vez sua mãe pediu para você fazer alguma tarefa em casa? Com certeza sim! Na casa de João e Guilherme aconteceu uma situação parecida. Vamos ver qual foi? Mamãe entra no quarto de João e diz: - Filho, ontem a noite houve muito vento e as folhas das árvores cairam na calçada. Gostaria que você pegasse um saco de lixo e uma vassoura e limpasse a frente da casa. João: - Ah, não mamãe! Você não está vendo que estou muito ocupado? Estou trabalhando neste avião e não quero parar. Narrador: João continua a fazer o avião com palitos de sorvete, queria terminar rápido para brincar com ele. A mãe deu meia volta e saiu procurando o outro filho. Ele estava assistindo televisão. Mamãe: Guilherme, você poderia limpar a calçada da frente? Porque está cheia de folhas por causa do vento de ontem. Guilherme: - Sim mamãe, eu vou! Mamãe: - Que bom! Vou deixar o saco de lixo e a vassoura perto da porta. Narrador: Depois a mamãe saiu para fazer compras no mercado, João começou a pensar: - Eu posso limpar a calçada e ainda terei tempo de brincar com o avião hoje. Narrador: Então, muito disposto, João foi limpar a calçada. Quando a mamãe chegou do mercado, viu João trabalhando e perguntou: -Cadê o Guilherme? João: - Não sei mamãe! Dá última vez que o vi, estava assistindo televisão. Narrador: Pergunte as crianças: Qual dos dois filhos será que agradou e obedeceu a sua mãe? (espere as respostas). Na parábola de hoje, Jesus contou uma situação parecida, para mostrar como algumas pessoas respondem a Palavra de Deus. Vamos ver como foi?
  3. 3. Andamento: Jesus estava no templo ensinando. Muitas pessoas estavam ouvindo Jesus, entre essas pessoas tinham muitos líderes religiosos que não gostavam de Jesus e começaram a fazer perguntas difíceis só para verem o que Jesus responderia. (v. 23) Eles não conheciam quem era realmente o Senhor Jesus, por isso não gostavam dEle. Mas a Bíblia diz, em João 3:16, que " Deus amou o mundo de tal maneira", significa que Deus ama a todas as pessoas, amava aquelas pessoas e ama a mim e a você também. Por isso enviou aqui neste mundo o seu único filho, o Senhor Jesus , para morrer na cruz tomando o castigo do nosso pecado, por amor a cada um de nós, para que eu e você possamos ser salvos e ter a vida eterna. Mas aquelas pessoas, os líderes religiosos, não conheciam quem era o Senhor Jesus de verdade. Então Ele contou uma parábola com a intenção de incomodar os religiosos da época e fazê-los pensar em sua vida. (v. 28 a 30) (Conte a história com suas próprias palavras ou leia diretamente na Bíblia.) Clímax: Depois de contar a parábola, Jesus fez uma pergunta aos líderes religiosos: (Leia na Bíblia v.31) - Qual dos dois filhos havia obedecido ao seu pai? O segundo filho. (Deixe as crianças responderem!) Conclusão: Jesus disse aos líderes religiosos, que eles eram como o primeiro filho da história. Porque diziam amar a Deus, mas não faziam a vontade dEle. Aplicação à criança: Deus quer que você obedeça não somente nas palavras, mas também fazendo aquilo que você fala que vai fazer. Por exemplo: sua mãe pediu para guardar os brinquedos e você disse sim, mas continuou brincando, e depois foi fazer outra coisa, deixando tudo espalhado. A Bíblia diz que desobediência é pecado, falar que vai fazer algo e não fazer, isso não agrada a Deus! A Bíblia diz que todos nós pecamos, eu e você! Todos nós fazemos coisas erradas, por exemplo: mentir, responder ao pai e a mãe, brigar com irmãos ou amiguinhos, falar que fez a lição de casa e não fez, etc. Você tem sido desobediente? Saiba que não cumprir aquilo que fala que vai fazer e não faz é pecado. A Bíblia diz que você deve se arrepender, confessar os seus pecados para Deus e que Ele perdoa. (Leia 1 João 1:9) Vamos orar: Querido Deus, peço que me ajude a ser obediente, que o Senhor me perdoe pelas vezes que falei que ia fazer algo e não fiz. Em nome de Jesus, amém! 1) Faça apelo para as crianças que ainda não receberam o Senhor Jesus como Senhor e Salvador. 2) Faça um desafio às crianças: entregue para cada criança um lembrete do versículo Romanos 12:2 b e desafie a criança a todos os dias da semana, de preferência de manhã, ler o versículo e orar pedindo ajuda a Deus para ser obediente não somente nas palavras, mas também fazendo aquilo que fala que vai fazer. Não se esqueça de perguntar a elas no próximo domingo se lembraram de pedir ajuda a Deus. Deixe que testemunhem! Atividade em classe: Leve figuras de crianças ajudando em casa, na escola, na igreja, etc. e pergunte às crianças como elas podem ajudar em sua casa, na escola ou na igreja. Deixe que elas dêem sugestões, depois mostre figuras de crianças ajudando e desafie às crianças a ajudarem durante a semana. No próximo domingo, pergunte às crianças quem ajudou.

×