A Hepatite A, também conhecida como
hepatite infecciosa é uma doença aguda
do fígado, causada pelo vírus da hepatite
A (HA...
Transmissão
A principal forma de contaminação é por água e
alimentos contaminados.
A transmissão é feita por alimentos mal...
Sinais e sintomas

Pele e olhos amarelados;
Febre;
Dor abdominal;
Náuseas e vômito;
Falta de apetite;
Urina mais escura;
F...
Prevenção

Respeito às medidas de higiene universais: hábito de
higienização das mãos, alimentar-se com alimentos de
orige...
Exames

O médico realizará um exame físico e verificará se seu
fígado está aumentado e sensível.
Os exames de sangue para ...
Tratamento

Não há tratamento específico para
hepatite A. O descanso é recomendado
quando os sintomas da hepatite A são
ma...
A hepatite B, provocada pelo Vírus da Hepatite B
(VHB), descoberto em 1965, é a mais perigosa das
hepatites e uma das doen...
TRANSMISSÃO

O

vírus transmite-se através do contacto com
o sangue e fluidos corporais de uma pessoa
infectada, da mesma...
SINTOMAS

 Os

primeiros sintomas a surgir são febre, malestar, desconforto, dor abdominal, dor nas
articulações e erupçõ...
COMO PREVENIR?

 Evitar

o contacto com sangue infectado ou de
quem se desconheça o estado de saúde, não
partilhar objeto...
DIAGNÓSTICO



Os marcadores que permitem diagnosticar a hepatite
B surgem no sangue em tempos diferentes.
Normalmente, o...
TRATAMENTO

A

hepatite B aguda é tratada com repouso e
aconselha-se o doente a não consumir
bebidas alcoólicas e aliment...
A hepatite C é causada por um vírus transmitido
principalmente pelo sangue contaminado, mas a infecção
também pode passar ...
Sintomas
Cansaço,
falta de apetite,
enjoo,
vômito,
dor abdominal,
urina escura,
fezes claras,
dor nas articulações e nos
m...
Exames
transmissão
Tratamento
O tratamento para a HEPATITE C é feito com
medicamentos específicos para eliminar o vírus da
corrente sanguínea...
Hepatite
Hepatite
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Hepatite

4.604 visualizações

Publicada em

Transmisão,tratamento..

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.604
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
254
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hepatite

  1. 1. A Hepatite A, também conhecida como hepatite infecciosa é uma doença aguda do fígado, causada pelo vírus da hepatite A (HAV).
  2. 2. Transmissão A principal forma de contaminação é por água e alimentos contaminados. A transmissão é feita por alimentos malpreparados e água contaminadas por fezes contendo o vírus (transmissão fecal-oral), além da possível presença de fômites no ciclo.
  3. 3. Sinais e sintomas Pele e olhos amarelados; Febre; Dor abdominal; Náuseas e vômito; Falta de apetite; Urina mais escura; Fadiga (Cansaço); Dor nas articulações; Diarréia que se mantém durante cerca de um mês.
  4. 4. Prevenção Respeito às medidas de higiene universais: hábito de higienização das mãos, alimentar-se com alimentos de origem esclarecida, ingerir água tratada (uso de cloro na desinfecção da água). Cuidados de saneamento básico: (esgoto, fossas sépticas). Vacinação de maiores de 1 ano, em duas doses, com 6 meses entre elas.
  5. 5. Exames O médico realizará um exame físico e verificará se seu fígado está aumentado e sensível. Os exames de sangue para diagnosticar a hepatite A podem mostrar: Alto nível de anticorpos IgM e IgG para hepatite A (o IgM normalmente é positivo antes do IgG) Níveis elevados de enzimas hepáticas (testes de função hepática), especialmente níveis de enzimas transaminases
  6. 6. Tratamento Não há tratamento específico para hepatite A. O descanso é recomendado quando os sintomas da hepatite A são mais graves. Pessoas com hepatite aguda devem evitar o álcool e substâncias que são tóxicas para o fígado, incluindo o paracetamol (Tylenol).
  7. 7. A hepatite B, provocada pelo Vírus da Hepatite B (VHB), descoberto em 1965, é a mais perigosa das hepatites e uma das doenças mais frequentes do mundo, estimando-se que existam 350 milhões de portadores crônicos do vírus. Estes portadores podem desenvolver doenças hepáticas graves, como a cirrose e o cancro no fígado, patologias responsáveis pela morte de um milhão de pessoas por ano em todo o planeta; contudo a prevenção contra este vírus está ao nosso alcance através da vacina da hepatite B que tem uma eficácia de 95 por cento.
  8. 8. TRANSMISSÃO O vírus transmite-se através do contacto com o sangue e fluidos corporais de uma pessoa infectada, da mesma forma que o vírus da imunodeficiência humana (VIH), que provoca a Sida, só que o vírus da hepatite B é 50 a 100 vezes mais infeccioso do que o VIH.
  9. 9. SINTOMAS  Os primeiros sintomas a surgir são febre, malestar, desconforto, dor abdominal, dor nas articulações e erupções na pele. Mais tarde, pode aparecer icterícia, a urina tornar-se escura e as fezes mais claras do que o habitual. A hepatite crônica pode não apresentar quaisquer sintomas específicos, mas por vezes, provoca alguma debilidade associada a cansaço.
  10. 10. COMO PREVENIR?  Evitar o contacto com sangue infectado ou de quem se desconheça o estado de saúde, não partilhar objetos cortantes e perfurantes, nem instrumentos usados para a preparação de drogas injetáveis, e usar sempre preservativo nas relações sexuais são as principais formas de prevenir o contágio. A realização de tatuagens, a colocação de «piercings» e de tratamentos com acupuntura só deve ser feita se os instrumentos utilizados estiverem adequadamente esterilizados.
  11. 11. DIAGNÓSTICO  Os marcadores que permitem diagnosticar a hepatite B surgem no sangue em tempos diferentes. Normalmente, o primeiro a detectar-se é o antigénio HBs, que persiste um a três meses e que demonstra a presença do vírus, no organismo. Um pouco mais tarde (mas às vezes ao mesmo tempo) surge o antigénio HBe, sinónimo de que o agente infeccioso está a multiplicar-se. É nesta fase que é mais elevado o perigo de contágio.
  12. 12. TRATAMENTO A hepatite B aguda é tratada com repouso e aconselha-se o doente a não consumir bebidas alcoólicas e alimentos ou medicamentos que possam ser tóxicos para o fígado.
  13. 13. A hepatite C é causada por um vírus transmitido principalmente pelo sangue contaminado, mas a infecção também pode passar através das vias sexual e vertical (da mãe para filho). O portador do vírus da hepatite VHC pode desenvolver uma forma crônica da doença que leva a lesões no fígado (cirrose) e câncer hepático. A hepatite C é uma doença silenciosa. O vírus da hepatite pode permanecer inativo no organismo por mais de 20 anos e o indivíduo não apresentar nenhum sintoma.
  14. 14. Sintomas Cansaço, falta de apetite, enjoo, vômito, dor abdominal, urina escura, fezes claras, dor nas articulações e nos músculos, cor amarelada na pele e olhos.
  15. 15. Exames
  16. 16. transmissão
  17. 17. Tratamento O tratamento para a HEPATITE C é feito com medicamentos específicos para eliminar o vírus da corrente sanguínea. Durante o tratamento da doença o paciente deverá seguir as recomendações do médico e continuar tomando a medicação mesmo que os sintomas já tenham desaparecido. O tempo médio de tratamento para a hepatite C é de aproximadamente 6 meses. Mas mesmo que isto ocorra com 2 meses de tratamento, o paciente não pode parar de tomar os remédios pois pode agravar ainda mais a doença. Interferon alfa 3.000.000 unidades por via subcutânea 3 vezes por semana; •Ribavirina 1.000 mg ao dia por via oral em < 75 kg e 1.200 mg em > 75 kg. •-

×