Relatorio Estagio Filosofia II

11.552 visualizações

Publicada em

Trabalho de conclusão de Estágio

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.552
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
107
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
67
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatorio Estagio Filosofia II

  1. 1. UNIVERSIDADE DE CAXIAS DO SUL CENTRO DE FILOSOFIA E EDUCAÇÃO NILTON ANTUNES DOMINGUES RELATÓRIO DE ESTÁGIO EM ENSINO DE FILOSOFIA CAXIAS DO SUL - BRASIL/RS. 2009/JUL.
  2. 2. TEORIA DO CONHECIMENTO “A EXPERIÊNCIA DO HÁBITO” AULA 08 “O hábito é o grande guia da nossa vida”. David Hume
  3. 3. Plano de aula  Nível : Fundamental - 5º série.  Duração : 1 aula, 45’.  Desenvolvimento: 3 Etapas de 10’ , 15’ e 20’.  Objetivos : Introduzir conceitos básicos da Filosofia Empírica, tendo com referência o pensamento do filósofo David Hume no livro O Mundo de Sofia de Jostein Gaarder. Mostrar a importância dos conceitos de Hábito e Experiência para o nosso conhecimento; Que os alunos entendem a necessidade de repensar constantemente nossas experiências e hábitos , e isso se faz por meio da reflexão filosófica.  Obs. Experiência é usado aqui no sentido de o meio pelo qual se adquire o hábito de conhecer, praticar e transformar o conhecimento. O primeiro é a causa, o que produz , e o segundo é o efeito, aquilo que é produzido. Imaginamos que o efeito deve ser proporcional à causa.
  4. 4. Metodologia: Sensível , Reflexiva e Conceitual. Conteúdos : Filosofia , Experiência , Hábito , Teoria , Conhecimento, Empirismo , Razão e Vontade. Problematização : Segundo o filósofo Escocês David Hume o hábito é o grande guia da nossa vida , nascemos e morremos sob a infliência dele , no entato , o hábito é muitas vezes irracional. Quando o hábito nos ajuda e quando ele nos prejudica ?
  5. 5. PROGRAMAÇÃO RESUMIDA TRÊS FASES – Obs. As fases 1 e 2 neste trabalho ocorrem ao mesmo tempo . SENSIBLIZAÇÃO - Recapitula A Lição da Mosca e alguns comportamentos habituais : força , fraqueza determinação , ânimo, desanimo e vontade. REFLEXÂO – Por que uma experiência é sempre baseada em uma experiência anterior? Em seguida ler e refletir sobre o Dialogo de Hume no Mundo de Sofia. CONCEITUAÇÃO – Definir os conceitos de hábito e experiência em relação a causas e efeitos.
  6. 6. Primeira fase : Sensibilização . A EXPERIÊNCIA DA PRIMEIRA MOSCA Recordando algumas lições da Historia Mosca , estudado na última aula . Certa vez duas moscas cairam em um copo de leite.... Uma era forte e valente , logo ao cair nadou algumas vezes até a borda do copo, mas como suas azas estavam molhadas, então, achou que não havia saída, desanimou e afundou. Pergunta: Que lição podemos tirar desse comportamento? Uma das respostas : Ela não era não forte e valente, se fosse, não teria desistido de lutar pela própria vida.
  7. 7. SEGUNDA EXPERIÊNCIA A segunda mosca não era tão forte quanto a sua companheira , mas tinha garra e determinação, não desistiu, lutou, bateu as asas até se formar um nódulo de manteiga no leite, através do qual subiu e salvou a sua própria vida. Pergunta: Que lição podemos tirar desse comportamento? Resposta: Que não basta ser forte e valente, é preciso ter determinação.
  8. 8. TERCEIRA EXPERIÊNCIA Então , depois de algum tempo.... A mosca guerreira e determinada, caiu novamente em um copo, desta vez cheio de água. Pensou que poderia resolver aquele problema com a mesma experiência do passado. Outra mosca que passava por alí , viu sofrimento da amiga, posou na beira do copo e gritou : tem um canudinho aí do seu lado , e só nadar até lá e subir ! A mosca tenaz não aceitou a ajuda , bateu as asas desesperadamente , e desta vez afundou.
  9. 9. Que lição tiramos da terceira experiência? Aqui é importante chamar atenção para a noção tempo-espaço . Experiências do passado que importantes, mas não resolvem , muitas vezes, os problemas atuais , o mundo fica mais complexo e o conhecimento exige constante atualização. Podemos falar da necessidade da nossa constante evolução . Não basta lutar bravamente. Quantas pessoas boas neste mundo lutam, trabalham , mas afundam porque lhes falta o conhecimento . Elas não mudam suas experiências, habituaram-se com métodos ultrapassados. Podemos até falar em alguns que se acomodam. É importante a humildade de aceitar ajuda quando não sabemos alguma coisa. Aprendemos com a experiências das outras pessoas. O filósofo Sócrátes dizia , “ sei que nada sei”. É claro que ela sabia muito , mas queria mostrar que não sabemos tudo.
  10. 10. SEGUNDA FASE – REFLEXÃO  SOLUÇÕES DO PASSADO, EM CONTEXTOS DIFERENTES PODEM TRANSFORMAR-SE EM PROBLEMAS. SE O MUNDO MUDA, NÓS TAMBÉM PRECISAMOS MUDAR.
  11. 11. REFLEXÃO  Quantos de nós, vivemos baseados em experiências dos passado e deixamos de observar as mudanças do presente. Lutamos inutilmente e afundamos em nossa própria visão de mundo!
  12. 12. REFLEXÃO  CRIAMOS O HÁBITO DE ACREDITAR QUE AS EXPERIÊNCIAS DO PASSADO VÃO SEMPRE SE REPETIR E PERDEMOS A OPORTUNIDADE REPENSAR VELHOS HÁBITOS E , ASSIM, NÃO EVOLUIMOS.
  13. 13. TERCEIRA FASE – CONCEITOS Atividades: marque a alternativa correta.  1. Sobre o efeito do hábito :  a) ( ) Está mais no pensamento de quem observa.  b) ( ) Está mais nas coisas observadas.  2. Sobre a causa do hábito:  a) ( ) É adquirido pela experiência de observações de casos semelhantes que se repetem.  b) ( ) É adquirido sem nenhuma observação
  14. 14. Atividades  1. Sobre a experiência :  a) ( ) Sempre se repetem e ajudam nossa visão das coisas que mudam.  b) ( ) As novas e diferentes experiências renovam nossa visão das coisas.  2. Sobre a solução dos problemas :  a) ( ) soluções do passado, em contextos diferentes sempre resolvem nossos problemas.  b) ( ) soluções do passado em contextos diferentes podem transformar-se e isso exige mudanças de pensamento.
  15. 15. Referencias : Carbonara, Vanderlei. O desafio de aprender e ensinar filosofia .( excerto do I Colóquio Sulbrasileiro sobre o ensino de filosofia). UFSC, 2009. Gaarder, Jostein. O Mundo de Sofia. São Paulo : Cia. das Letras, 1998. Hume, David. Investigação Sobre o Entendimento Humano. São Paulo : Nova Cultural, 1984. http://www.laefi.defil.ufubr/Arquivos/introduçãoaoempirismo.pdf . Acesso : 22/06/2009. .............................................................................................................. Trabalho experimental realizado pelo acadêmico Nilton Domingues para os alunos da E.E. Emílio Meyer, 5º série , turma 52. Ministrado em 03/07/09 , fazendo parte do PEES II, Programa de Estágio Supervisionado, orientado pelo Prof. Ms. Vanderlei Carbonara da Universidade de Caxias do Sul. Brasil/rs.

×