SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
Estágio supervisionado, desenvolvimento profissional, ensino e aprendizagem: teorias pessoais e percepções de professores de inglês em formação universitária Nilvânia Damas Silva Lima PG-FL/UFG
A realização do estudo O estudo Pesquisa-formação (Josso, 2004) Cunho colaborativo (Magalhães, 2002) O contexto CEPAE/UFG Quinta série com 20 alunos Estágio: abril a outubro/2006 	Etapas: observação, semi-regência e regência
Os participantes 5 professores em formação universitária: Letras-Português/Inglês - FL/UFG: Laura, Laila, Luísa, Márcia, Pedro As professoras-mentoras: Elizabete e Nilvânia Procedimentos de pesquisa Entrevista inicial e final (gravadas em áudio) Sessões de feedback e de reflexão (gravadas em áudio) Notas de campo
Procedimentos de análise Transcrições das gravações em áudio Leitura  Identificação das teorias pessoais e/ou percepções Identificação das categorias mais relevantes Relação entre as teorias pessoais e percep-ções identificadas com as teorias acadêmicas  Leitura das notas de campo, se necessário
Refletir e ser professor reflexivo Reflexão   Eu gostei muito da aula, apesar de tudo. Porque é isso aí. Nós estamos aprendendo, então o que nós discutimos aqui é bom, porque cada um vai prestar atenção no que tem que melhorar. (Luísa, SF4, 10/05/2006) Ser ou se tornar professor reflexivo Eu posso dizer que, esse pouquinho de tempo em que eu fiz o estágio, nas sessões de feedback [com as professoras-mentoras] e com o professor de Didática, eu aprendi mais do que quando eu fiz cursos específicos [especialização] mais longos. E eu acho que quando você se vê em ação, você é muito mais crítico do que no feedback, porque você vê seus movimentos, o olhar, o que você falou ali na hora, como você respondeu, como os alunos reagiram, como você reagiu. Na sessão de feedback,você acabou de dar aula e, às vezes, não dá para refletir sobre essa aula. Mas, no vídeo, já passou algum tempo, dá para você analisar com mais calma.  (Pedro,EF,04/12/2006)
O estágio supervisionado na formação universitária de professores Estágio supersionado e formação universitária Eu considero esse período como positivo (...). Isso tudo para mim foi novo. E o novo, dependendo da maneira como você encara, sempre é muito enriquecedor. E, no meu caso, como eu estava ali para ser treinada, havia muita expectativa, muitos medos também. (Laila, EF, 21/11/2006) Na verdade, eu acho que foi pouco tempo. Pouco tempo para cada estagiário sozinho [Pedro se refere ao período de regência] em sala. Eu acho que [o estágio] é feito de maneira errada. Eu acho que a gente tinha que fazer a monografia em um ano e o estágio em outro, porque, eu acho que foram juntando as duas coisas e quando chegou no final, a gente estava preocupado demais com a monografia e queria encurtar o estágio. Eu acho que isso prejudicou um pouco. (Pedro, EF, 04/12/2006)
A formação do professor de língua inglesa Pela experiência do semestre passado, porque as aulas eram muito dinâmicas e não achei que eles saíram tão bem nas provas oral e escrita, então eu acho que precisa de mais fixação, acho que o tradicionalismo tem que entrar uma hora aí, porque só game, atividade de marcar, discussões, eu acho que precisa uma hora de você dar uma aula mais tradicional, porque na prova a gente não teve tanto retorno esperado, como foi em sala de aula, então mais por isso que eu achei que podia deixar game, essas coisas, atividades de lado. (Márcia, SF7, 16/08/2006) O papel das professoras-mentoras Quando eu conheci a Elizabete, eu falei: “Nossa, ela é tudo o que quero ser, quando crescer”. Achei fantástico o jeito dela com as crianças, porque ela tem, parece que é nato, um carisma com as crianças. Parece que, quando ela chega, ela domina tudo. As crianças ficam ali à disposição dela. Foi muito bom assistir às aulas dela. Quanto à segunda mentora [eu], eu aprendi demais com você lá na frente. Aprendi, prestando atenção, como você lida com as crianças. Eu acho que você tem muito domínio com elas. Você tem muita facilidade para reverter as situações – o que eu não consigo ainda. Eu aprendi muito com as duas. Tanto com você quanto com a Elizabete, eu aprendi muito. (Luísa, EF, 28/11/2006)
Ensino e aprendizagem de inglês Aprender inglês Para mim, ensinar e aprender [inglês] são duas faces de uma mesma moeda. Porque, no meu caso, eu estou aqui aprendendo por duas razões. Uma é que eu quero ser professora de língua inglesa, e outra é porque eu quero ser missionária no exterior. A minha principal motivação para escolher o curso de Letras foi realmente aprender a língua, porque eu não sabia nada de inglês. (Laila, EI, 12/05/2006) Ensinar inglês Eu ensino a língua inglesa sem preconceito, porque, hoje, eu percebo que muita gente tem um certo preconceito contra a língua inglesa em relação aos Estados Unidos. Muita gente se recusa a aprender. Mas eu não vejo desse modo. Eu vejo [o ensino de inglês] como um modo de possibilitar o contato com outra língua e com outra cultura, aprender sobre o outro mundo que é diferente. (Pedro, EI, 23/06/2006)
Respondendo às perguntas de pesquisa 1 – Importância da reflexão Possibilidade de continuar a refletir sobre a prática pedagógica: “abertura de espiríto”, “sinceridade”, “responsabilidade” Oportunidade para aprender e se aprimorar As sessões de feedback eram guiadas pela emoção e as de reflexão primavam pela racionalidade 2 – Relevância do estágio supervisionado Oportunidade para aprender com eles mesmos, com os colegas e com as professoras-mentoras a construírem sua própria prática pedagógica ou para o aperfeiçoamento profissional Período de formação que deveria ser mais extenso e menos atribulado Conhecimentos teóricos e práticos do curso de formação pouco ou quase nada influíram na prática de Márcia Professoras-mentoras vistas como modelo e importantes para a formação profissional dos estagiários
3 – Ensino e aprendizagem de inglês Aprender: importante para conhecer outras culturas e realidades; confere status social ao falante; é ferramenta para a entrada no mercado de trabalho; comunicar-se, ler e escrever utilizando a língua-alvo é um privilégio no contexto brasileiro; necessário aperfeiçoar os conhecimentos sobre essa língua; aprender e ensinar são atividades imbricadas uma na outra Ensinar: proporcionar aos alunos oportunidade para conhecer outros mundos, valorizando as diferenças culturais e sociais; promover meios para que o aluno adquira as quatro habilidades O papel do professor: torna as aulas interessantes; tem os mais variados conhecimentos; diverte os alunos; se preocupa com os problemas do aluno; relaciona-se afetivamente com os alunos; incentiva os menos participativos e controla os mais efusivos; deve estar sempre preparado para responder as dúvidas dos alunos; ama a profissão; é comprometido com a aprendizagem do aluno; é fluente na língua; é flexível; é facilitador do conhecimento; aluno e professor têm o mesmo status no processo de ensino e aprendizagem
As aulas: dinâmicas e diversificadas, privilegiando os diferentes estilos de aprender dos alunos e motivando os alunos a participar ativamente. Na visão de Laura, uma boa aula atende aos interesses do aluno independentemente de seu dinamismo ou diversificação de atividades Ensino e aprendizagem na escola pública: é possível realizar um trabalho satisfatório nesse contexto, de modo a levar os alunos a aprender efetiva e significativamente; o inglês deve representar para os alunos mais do que uma outra disciplina do currículo; aulas comunicativas; professor precisa conhecer a realidade do aluno e trazê-la para a sala de aula; as dificuldades impostas pela realidade das escolas públicas brasileiras podem representar um obstáculo para a realização do ensino conforme proposto por eles Em suma: os conhecimentos dos participantes são informados, primeiramente, pelas suas experiências de vida como membros de uma sociedade; depois, pelos seus conhecimentos acadêmicos, tendo se somado a essas duas fontes, o estágio supervisionado e as sessões de feedback e de reflexão

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Portfólio luciana andrade
Portfólio luciana andradePortfólio luciana andrade
Portfólio luciana andradefamiliaestagio
 
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014 Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014 Sandra Pcnp
 
Portfólio vânia est.sup.ii
Portfólio vânia est.sup.iiPortfólio vânia est.sup.ii
Portfólio vânia est.sup.iifamiliaestagio
 
Encaminhamento professor(1)
Encaminhamento professor(1)Encaminhamento professor(1)
Encaminhamento professor(1)Diretor_Turma
 
Relatório mensal de atividades PNEM orientadores de estudo mes de julho2014
Relatório mensal de atividades PNEM  orientadores de estudo mes de julho2014Relatório mensal de atividades PNEM  orientadores de estudo mes de julho2014
Relatório mensal de atividades PNEM orientadores de estudo mes de julho2014Solayne Gave Demuner
 
A intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagens
A intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagensA intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagens
A intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagenshelio123456
 

Mais procurados (11)

Portfólio luciana andrade
Portfólio luciana andradePortfólio luciana andrade
Portfólio luciana andrade
 
Eja caderno3
Eja caderno3Eja caderno3
Eja caderno3
 
Portfólio juliana
Portfólio julianaPortfólio juliana
Portfólio juliana
 
Portifolio
PortifolioPortifolio
Portifolio
 
Portifolio adailton
Portifolio adailtonPortifolio adailton
Portifolio adailton
 
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014 Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014
Sugestões de atividades de matemática para o início do ano letivo 2014
 
Portfólio vânia est.sup.ii
Portfólio vânia est.sup.iiPortfólio vânia est.sup.ii
Portfólio vânia est.sup.ii
 
Portfólio
PortfólioPortfólio
Portfólio
 
Encaminhamento professor(1)
Encaminhamento professor(1)Encaminhamento professor(1)
Encaminhamento professor(1)
 
Relatório mensal de atividades PNEM orientadores de estudo mes de julho2014
Relatório mensal de atividades PNEM  orientadores de estudo mes de julho2014Relatório mensal de atividades PNEM  orientadores de estudo mes de julho2014
Relatório mensal de atividades PNEM orientadores de estudo mes de julho2014
 
A intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagens
A intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagensA intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagens
A intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagens
 

Semelhante a Estágio supervisionado

Portifólio marcília
 Portifólio   marcília Portifólio   marcília
Portifólio marcíliafamiliaestagio
 
Portfólio de estágio supervisionado
Portfólio de estágio supervisionadoPortfólio de estágio supervisionado
Portfólio de estágio supervisionadomikhaspeeka
 
Apresentação rondinelle
Apresentação rondinelleApresentação rondinelle
Apresentação rondinellefamiliaestagio
 
Formadores de Professores de Língua Inglesa
Formadores de Professores de Língua InglesaFormadores de Professores de Língua Inglesa
Formadores de Professores de Língua InglesaEliane Oliveira
 
Artigo Relatório de estágio nos anos iniciais.
Artigo Relatório de estágio nos anos iniciais.Artigo Relatório de estágio nos anos iniciais.
Artigo Relatório de estágio nos anos iniciais.renatalguterres
 
Slide li análise de contexto de ensino e aprendizado na escola pública 2
Slide li análise de contexto de ensino e aprendizado na escola pública 2Slide li análise de contexto de ensino e aprendizado na escola pública 2
Slide li análise de contexto de ensino e aprendizado na escola pública 2Myrian Conor
 
Portfólio vânia est.sup.ii
Portfólio vânia est.sup.iiPortfólio vânia est.sup.ii
Portfólio vânia est.sup.iifamiliaestagio
 
MONOGRAFIA DE ANA ZILÁ RAMOS OLIVEIRA DA SILVA
MONOGRAFIA DE ANA ZILÁ RAMOS OLIVEIRA DA SILVAMONOGRAFIA DE ANA ZILÁ RAMOS OLIVEIRA DA SILVA
MONOGRAFIA DE ANA ZILÁ RAMOS OLIVEIRA DA SILVAUNEB
 
O uso do lúdico como estratégia de desenvolvimento das inteligências múltipla...
O uso do lúdico como estratégia de desenvolvimento das inteligências múltipla...O uso do lúdico como estratégia de desenvolvimento das inteligências múltipla...
O uso do lúdico como estratégia de desenvolvimento das inteligências múltipla...UNEB
 
Portifólio de estágio supervisionado, semestre 6
Portifólio de estágio supervisionado, semestre 6Portifólio de estágio supervisionado, semestre 6
Portifólio de estágio supervisionado, semestre 6mikhaspeeka
 
Apresentação vivências do estagio ii
Apresentação vivências do estagio iiApresentação vivências do estagio ii
Apresentação vivências do estagio iifamiliaestagio
 
Da Línguitica Aplicada ao Ensino de Línguas
Da Línguitica Aplicada ao Ensino de LínguasDa Línguitica Aplicada ao Ensino de Línguas
Da Línguitica Aplicada ao Ensino de LínguasWalber Abreu
 
ENSINO DE LÍNGUA INGLESA PARA JOVENS E ADULTOS NA ESCOLA PÚBLICA: DESAFIOS PA...
ENSINO DE LÍNGUA INGLESA PARA JOVENS E ADULTOS NA ESCOLA PÚBLICA: DESAFIOS PA...ENSINO DE LÍNGUA INGLESA PARA JOVENS E ADULTOS NA ESCOLA PÚBLICA: DESAFIOS PA...
ENSINO DE LÍNGUA INGLESA PARA JOVENS E ADULTOS NA ESCOLA PÚBLICA: DESAFIOS PA...Joyce Fettermann
 

Semelhante a Estágio supervisionado (20)

Portifólio
 Portifólio Portifólio
Portifólio
 
Portifólio marcília
 Portifólio   marcília Portifólio   marcília
Portifólio marcília
 
Portfólio de estágio supervisionado
Portfólio de estágio supervisionadoPortfólio de estágio supervisionado
Portfólio de estágio supervisionado
 
Apresentação rondinelle
Apresentação rondinelleApresentação rondinelle
Apresentação rondinelle
 
Formadores de Professores de Língua Inglesa
Formadores de Professores de Língua InglesaFormadores de Professores de Língua Inglesa
Formadores de Professores de Língua Inglesa
 
Artigo Relatório de estágio nos anos iniciais.
Artigo Relatório de estágio nos anos iniciais.Artigo Relatório de estágio nos anos iniciais.
Artigo Relatório de estágio nos anos iniciais.
 
Slide li análise de contexto de ensino e aprendizado na escola pública 2
Slide li análise de contexto de ensino e aprendizado na escola pública 2Slide li análise de contexto de ensino e aprendizado na escola pública 2
Slide li análise de contexto de ensino e aprendizado na escola pública 2
 
Portfólio vânia est.sup.ii
Portfólio vânia est.sup.iiPortfólio vânia est.sup.ii
Portfólio vânia est.sup.ii
 
MONOGRAFIA DE ANA ZILÁ RAMOS OLIVEIRA DA SILVA
MONOGRAFIA DE ANA ZILÁ RAMOS OLIVEIRA DA SILVAMONOGRAFIA DE ANA ZILÁ RAMOS OLIVEIRA DA SILVA
MONOGRAFIA DE ANA ZILÁ RAMOS OLIVEIRA DA SILVA
 
Apresentação estágio maria luiza de melo
Apresentação estágio maria luiza de meloApresentação estágio maria luiza de melo
Apresentação estágio maria luiza de melo
 
O uso do lúdico como estratégia de desenvolvimento das inteligências múltipla...
O uso do lúdico como estratégia de desenvolvimento das inteligências múltipla...O uso do lúdico como estratégia de desenvolvimento das inteligências múltipla...
O uso do lúdico como estratégia de desenvolvimento das inteligências múltipla...
 
Entrevista técnica libras
Entrevista técnica librasEntrevista técnica libras
Entrevista técnica libras
 
Portifólio de estágio supervisionado, semestre 6
Portifólio de estágio supervisionado, semestre 6Portifólio de estágio supervisionado, semestre 6
Portifólio de estágio supervisionado, semestre 6
 
Práticas de ensino
Práticas de ensinoPráticas de ensino
Práticas de ensino
 
Portifolio finalizado
Portifolio finalizadoPortifolio finalizado
Portifolio finalizado
 
Apresentação vivências do estagio ii
Apresentação vivências do estagio iiApresentação vivências do estagio ii
Apresentação vivências do estagio ii
 
Portfólio tais
Portfólio taisPortfólio tais
Portfólio tais
 
Da Línguitica Aplicada ao Ensino de Línguas
Da Línguitica Aplicada ao Ensino de LínguasDa Línguitica Aplicada ao Ensino de Línguas
Da Línguitica Aplicada ao Ensino de Línguas
 
ENSINO DE LÍNGUA INGLESA PARA JOVENS E ADULTOS NA ESCOLA PÚBLICA: DESAFIOS PA...
ENSINO DE LÍNGUA INGLESA PARA JOVENS E ADULTOS NA ESCOLA PÚBLICA: DESAFIOS PA...ENSINO DE LÍNGUA INGLESA PARA JOVENS E ADULTOS NA ESCOLA PÚBLICA: DESAFIOS PA...
ENSINO DE LÍNGUA INGLESA PARA JOVENS E ADULTOS NA ESCOLA PÚBLICA: DESAFIOS PA...
 
Portifólio milena
 Portifólio   milena Portifólio   milena
Portifólio milena
 

Último

QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniCassio Meira Jr.
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasRosalina Simão Nunes
 

Último (20)

QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e TaniModelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
Modelos de Desenvolvimento Motor - Gallahue, Newell e Tani
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
 

Estágio supervisionado

  • 1. Estágio supervisionado, desenvolvimento profissional, ensino e aprendizagem: teorias pessoais e percepções de professores de inglês em formação universitária Nilvânia Damas Silva Lima PG-FL/UFG
  • 2. A realização do estudo O estudo Pesquisa-formação (Josso, 2004) Cunho colaborativo (Magalhães, 2002) O contexto CEPAE/UFG Quinta série com 20 alunos Estágio: abril a outubro/2006 Etapas: observação, semi-regência e regência
  • 3. Os participantes 5 professores em formação universitária: Letras-Português/Inglês - FL/UFG: Laura, Laila, Luísa, Márcia, Pedro As professoras-mentoras: Elizabete e Nilvânia Procedimentos de pesquisa Entrevista inicial e final (gravadas em áudio) Sessões de feedback e de reflexão (gravadas em áudio) Notas de campo
  • 4. Procedimentos de análise Transcrições das gravações em áudio Leitura Identificação das teorias pessoais e/ou percepções Identificação das categorias mais relevantes Relação entre as teorias pessoais e percep-ções identificadas com as teorias acadêmicas Leitura das notas de campo, se necessário
  • 5. Refletir e ser professor reflexivo Reflexão Eu gostei muito da aula, apesar de tudo. Porque é isso aí. Nós estamos aprendendo, então o que nós discutimos aqui é bom, porque cada um vai prestar atenção no que tem que melhorar. (Luísa, SF4, 10/05/2006) Ser ou se tornar professor reflexivo Eu posso dizer que, esse pouquinho de tempo em que eu fiz o estágio, nas sessões de feedback [com as professoras-mentoras] e com o professor de Didática, eu aprendi mais do que quando eu fiz cursos específicos [especialização] mais longos. E eu acho que quando você se vê em ação, você é muito mais crítico do que no feedback, porque você vê seus movimentos, o olhar, o que você falou ali na hora, como você respondeu, como os alunos reagiram, como você reagiu. Na sessão de feedback,você acabou de dar aula e, às vezes, não dá para refletir sobre essa aula. Mas, no vídeo, já passou algum tempo, dá para você analisar com mais calma. (Pedro,EF,04/12/2006)
  • 6. O estágio supervisionado na formação universitária de professores Estágio supersionado e formação universitária Eu considero esse período como positivo (...). Isso tudo para mim foi novo. E o novo, dependendo da maneira como você encara, sempre é muito enriquecedor. E, no meu caso, como eu estava ali para ser treinada, havia muita expectativa, muitos medos também. (Laila, EF, 21/11/2006) Na verdade, eu acho que foi pouco tempo. Pouco tempo para cada estagiário sozinho [Pedro se refere ao período de regência] em sala. Eu acho que [o estágio] é feito de maneira errada. Eu acho que a gente tinha que fazer a monografia em um ano e o estágio em outro, porque, eu acho que foram juntando as duas coisas e quando chegou no final, a gente estava preocupado demais com a monografia e queria encurtar o estágio. Eu acho que isso prejudicou um pouco. (Pedro, EF, 04/12/2006)
  • 7. A formação do professor de língua inglesa Pela experiência do semestre passado, porque as aulas eram muito dinâmicas e não achei que eles saíram tão bem nas provas oral e escrita, então eu acho que precisa de mais fixação, acho que o tradicionalismo tem que entrar uma hora aí, porque só game, atividade de marcar, discussões, eu acho que precisa uma hora de você dar uma aula mais tradicional, porque na prova a gente não teve tanto retorno esperado, como foi em sala de aula, então mais por isso que eu achei que podia deixar game, essas coisas, atividades de lado. (Márcia, SF7, 16/08/2006) O papel das professoras-mentoras Quando eu conheci a Elizabete, eu falei: “Nossa, ela é tudo o que quero ser, quando crescer”. Achei fantástico o jeito dela com as crianças, porque ela tem, parece que é nato, um carisma com as crianças. Parece que, quando ela chega, ela domina tudo. As crianças ficam ali à disposição dela. Foi muito bom assistir às aulas dela. Quanto à segunda mentora [eu], eu aprendi demais com você lá na frente. Aprendi, prestando atenção, como você lida com as crianças. Eu acho que você tem muito domínio com elas. Você tem muita facilidade para reverter as situações – o que eu não consigo ainda. Eu aprendi muito com as duas. Tanto com você quanto com a Elizabete, eu aprendi muito. (Luísa, EF, 28/11/2006)
  • 8. Ensino e aprendizagem de inglês Aprender inglês Para mim, ensinar e aprender [inglês] são duas faces de uma mesma moeda. Porque, no meu caso, eu estou aqui aprendendo por duas razões. Uma é que eu quero ser professora de língua inglesa, e outra é porque eu quero ser missionária no exterior. A minha principal motivação para escolher o curso de Letras foi realmente aprender a língua, porque eu não sabia nada de inglês. (Laila, EI, 12/05/2006) Ensinar inglês Eu ensino a língua inglesa sem preconceito, porque, hoje, eu percebo que muita gente tem um certo preconceito contra a língua inglesa em relação aos Estados Unidos. Muita gente se recusa a aprender. Mas eu não vejo desse modo. Eu vejo [o ensino de inglês] como um modo de possibilitar o contato com outra língua e com outra cultura, aprender sobre o outro mundo que é diferente. (Pedro, EI, 23/06/2006)
  • 9. Respondendo às perguntas de pesquisa 1 – Importância da reflexão Possibilidade de continuar a refletir sobre a prática pedagógica: “abertura de espiríto”, “sinceridade”, “responsabilidade” Oportunidade para aprender e se aprimorar As sessões de feedback eram guiadas pela emoção e as de reflexão primavam pela racionalidade 2 – Relevância do estágio supervisionado Oportunidade para aprender com eles mesmos, com os colegas e com as professoras-mentoras a construírem sua própria prática pedagógica ou para o aperfeiçoamento profissional Período de formação que deveria ser mais extenso e menos atribulado Conhecimentos teóricos e práticos do curso de formação pouco ou quase nada influíram na prática de Márcia Professoras-mentoras vistas como modelo e importantes para a formação profissional dos estagiários
  • 10. 3 – Ensino e aprendizagem de inglês Aprender: importante para conhecer outras culturas e realidades; confere status social ao falante; é ferramenta para a entrada no mercado de trabalho; comunicar-se, ler e escrever utilizando a língua-alvo é um privilégio no contexto brasileiro; necessário aperfeiçoar os conhecimentos sobre essa língua; aprender e ensinar são atividades imbricadas uma na outra Ensinar: proporcionar aos alunos oportunidade para conhecer outros mundos, valorizando as diferenças culturais e sociais; promover meios para que o aluno adquira as quatro habilidades O papel do professor: torna as aulas interessantes; tem os mais variados conhecimentos; diverte os alunos; se preocupa com os problemas do aluno; relaciona-se afetivamente com os alunos; incentiva os menos participativos e controla os mais efusivos; deve estar sempre preparado para responder as dúvidas dos alunos; ama a profissão; é comprometido com a aprendizagem do aluno; é fluente na língua; é flexível; é facilitador do conhecimento; aluno e professor têm o mesmo status no processo de ensino e aprendizagem
  • 11. As aulas: dinâmicas e diversificadas, privilegiando os diferentes estilos de aprender dos alunos e motivando os alunos a participar ativamente. Na visão de Laura, uma boa aula atende aos interesses do aluno independentemente de seu dinamismo ou diversificação de atividades Ensino e aprendizagem na escola pública: é possível realizar um trabalho satisfatório nesse contexto, de modo a levar os alunos a aprender efetiva e significativamente; o inglês deve representar para os alunos mais do que uma outra disciplina do currículo; aulas comunicativas; professor precisa conhecer a realidade do aluno e trazê-la para a sala de aula; as dificuldades impostas pela realidade das escolas públicas brasileiras podem representar um obstáculo para a realização do ensino conforme proposto por eles Em suma: os conhecimentos dos participantes são informados, primeiramente, pelas suas experiências de vida como membros de uma sociedade; depois, pelos seus conhecimentos acadêmicos, tendo se somado a essas duas fontes, o estágio supervisionado e as sessões de feedback e de reflexão