ARTIGO: PROGRAMA MAIS 
EDUCAÇÃO E SUAS DIFERENTES 
ANALISES DO PONTO DE VISTA DO 
MONITOR 
Nilcéa Duarte Lopes 
Nilce_41cg...
RESUMO: O artigo presente tem o objetivo e apresentar uma 
análise do ponto de vista do professor voluntário Programa Mais...
O programa mais educação foi desenvolvido para 
ampliar a jornada escolar e organizar o curriculo do 
sistema de ensino da...
O objetivo do programa mais educação é combater o 
analfabetismo, contribuindo com reforço extracurricular 
divididas em a...
O profissional voluntário tem como função dedicar o 
seu tempo para ajudar as pessoas de livre e espontânea 
vontade reali...
O monitor sabe que ser voluntario e se dedicar a fazer o bem 
ajudar , mas não é bem isso que acontece, realizando suas 
a...
Concluindo que o voluntário que se propõe a 
praticar o bem, não devem negar apoio a quem 
quer que seja. Olhar o outro co...
Referencias da internet: 
Cavaliere, A. M. (2010). Anísio Teixeira e educação 
integral , Paideia maio-ago. 2010, Vol. 20,...
Apresentação1
Apresentação1
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação1

169 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Apresentação1

  1. 1. ARTIGO: PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO E SUAS DIFERENTES ANALISES DO PONTO DE VISTA DO MONITOR Nilcéa Duarte Lopes Nilce_41cg@hotmail.com 2014
  2. 2. RESUMO: O artigo presente tem o objetivo e apresentar uma análise do ponto de vista do professor voluntário Programa Mais Educação na escola do Rio de Janeiro, visa realçar a extrema importância deste profissional que vai de encontro com a proposta do programa. Pontuando o perfil destes monitores, que tenham vinculo com a escola ou que seja da comunidade; solicito; ouvinte; cooperativo e participativo junto os demais colaboradores; sensível e abertos a novos saberes, dedicado e transformador; e que a compartilhem histórias e saibam ouvir as crianças, adolescentes, jovens e a comunidade. O trabalho será realizado através de referencial teórico buscando discutir as formas de articulação pedagógica e qual o papel dos professores comunitários. Partindo do princípio que o programa mais educação visa a melhoria do ambiente escolar e a formação do cidadão, assim sendo a investigação será motivada para contribuir com a melhoria do ensino que transcedem o saber para além dos muros da escola, para compreensão e participação da comunidade, com objetivo de contribuir com as metas exigidas.
  3. 3. O programa mais educação foi desenvolvido para ampliar a jornada escolar e organizar o curriculo do sistema de ensino das redes municipais e estaduais, na elaboração de ações conjuntas de politicas publicas educacionais e sociais contribuindo para integração escola/comunidade. A idéia de ampliar o tempo no espaço escolar foi inspirada a partir dos progetos do Anisio Teixeira e Darcy Ribeiro pioneiros na realização de inserir no sistema educacional atividade de tempo integral e que foi aperfeiçoado para programa mais educação dentro da proposta do projeto de integração.
  4. 4. O objetivo do programa mais educação é combater o analfabetismo, contribuindo com reforço extracurricular divididas em areas macrocampos: Acompanhamento Pedagógico, Educação Ambiental, Esporte e Lazer, Direitos Humanos em Educação, Cultura e Artes, Cultura Digital, Promoção da Saúde,Comunicação e Uso de Mídias; Investigação no Campo das Ciências da Natureza e Educação Econômica. Este programa é orintado pela secretaria de educação básica (SEB) e monitorado Ministério da Educação (MEC).
  5. 5. O profissional voluntário tem como função dedicar o seu tempo para ajudar as pessoas de livre e espontânea vontade realizando atividades como cuidar, educar e socializar contribuindo para transformação com responsabilidade. “ Ser voluntário é colocar o coração no querer, inteligência no prever e dedicação no fazer.’’ Para Dpaschol ser voluntário é se dedicar ao trabalho,no que se propõe a fazer. E portanto o voluntário que está inserido no Programa Mais Educação das instituição tem como dever participar de tudo que acontece no espaço escolar, e o coordenador tem a função de interagir como mediador entre a escola e a comunidade o currículo.
  6. 6. O monitor sabe que ser voluntario e se dedicar a fazer o bem ajudar , mas não é bem isso que acontece, realizando suas atividades como alfabetizar com reforço escolar partindo do principio que o mais educação melhorar e qualificará o ambiente cultural da comunidade escolar através da artes; esportes; lazer e o acompanhamento pedagógico.
  7. 7. Concluindo que o voluntário que se propõe a praticar o bem, não devem negar apoio a quem quer que seja. Olhar o outro como e fosse fazer uma leitura, procurando não ver defeito e sim o pode ser transformado em outro texto para leitura. Essa seria a função do professor atual se tivesse disposto a ver o outro com outros olhos, o da alma.
  8. 8. Referencias da internet: Cavaliere, A. M. (2010). Anísio Teixeira e educação integral , Paideia maio-ago. 2010, Vol. 20, No. 46, 249-259 http://www.educardpaschoal.org.br/web/fundacao-seja-voluntario. asp edeglobo.globo.com/globoeducacao/noticia/2013/08/para- 1008-darcy-ribeiro-e-anisio-teixeira-exemplos-de-luta-pela- educacao.html http://www2.unifap.br/marcospaulo/files/2013/05/ED UCA%C3%87%C3%83O-INTEGRAL-E-INTEGRADA- %E2%80%93-NOVOS-TEMPOS-ESPA%C3%87OS-E-OPORTUNIDADES- EDUCATIVAS Programa Mais Educação: Passo a passo SEB/MEC,2011 http://www.angra.rj.gov.br/secretaria_sec_maiseducacao. asp?IndexSigla=S

×