Iluminismo
Caracteriza-se pela
confiança na razão.

Prof. Jerry A. V. Chacon

1
Francisco José de Goya
Prof. Jerry A. V. Chacon

2
Reflexão
• “A preguiça e a covardia são as causas pelas quais
uma tão grande parte dos homens, depois que a
natureza de há...
Hume
• As bases da ação humana estão nas
paixões, ou seja, nos impulsos e sentimentos
que nos motivam a agir.

• As regras...
KANT (1724 - 1804)
• Um dos pensadores mais influentes da ética no
período moderno.
• Em 22 de abril nasceu em Königsberg ...
Obras
Em 1781, inaugura a sua fase crítica com as
obras:
• Crítica da razão pura
• Crítica da razão prática (trabalho + im...
Tema Central de Investigação

A razão em seu sentido
tanto teórico quanto prático.
Analisa como a razão
funciona (epistemo...
Citação
• Segundo Marcondes (2008: 86):
“No que diz respeito à prática, trata-se da
escolha livre dos seres racionais, que...
A ética: parte fundamental
Formulação dos problemas
• O que posso saber? (metafísica)
• O que devo fazer? (moral)
• O que ...
Imperativos (dever ser/ordens)
• Tratam-se das fórmulas da
determinação da ação, que é
necessária segundo o princípio de
u...
Tipos de Imperativos

• Hipotético: se a ação for meio
para alguma coisa.

Prof. Jerry A. V. Chacon

11
• Categórico: ação necessária por si mesma.
Há um só:
Age somente de acordo com aquela máxima, pela
qual possas ao mesmo t...
Exemplo

• “Devemos cumprir o que prometemos e
manter nossa palavra porque esperamos
que as outras pessoas também o façam,...
Do contrário, promessas não terão efeito
algum. Agir moralmente é, portanto, agir
de acordo com este princípio”.
(MARCONDE...
Referências
• KANT, Imamnuel. Resposta a pergunta: Que é
esclarecimento? Textos Seletos. Tradução
Floriano de Sousa Fernan...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Moral no Iluminismo: hume, kant...

6.307 visualizações

Publicada em

Material simples sobre alguns pontos da filosofia de Hume e Kant sobre a questão da Moral.

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.307
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.742
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Moral no Iluminismo: hume, kant...

  1. 1. Iluminismo Caracteriza-se pela confiança na razão. Prof. Jerry A. V. Chacon 1
  2. 2. Francisco José de Goya Prof. Jerry A. V. Chacon 2
  3. 3. Reflexão • “A preguiça e a covardia são as causas pelas quais uma tão grande parte dos homens, depois que a natureza de há muito os libertou de uma direção estranha, continuem, no entanto de bom grado menores durante toda a vida. São também as causas que explicam porque é tão fácil que os outros se constituam em tutores deles. É tão cômodo ser menor. [...] Não tenho necessidade de pensar, quando posso simplesmente pagar; outros se encarregarão em meu lugar dos negócios desagradáveis”. (KANT, 2005: 64). Prof. Jerry A. V. Chacon 3
  4. 4. Hume • As bases da ação humana estão nas paixões, ou seja, nos impulsos e sentimentos que nos motivam a agir. • As regras da moralidade não são deduções de nossa razão. • A ética se funda no sentimento. Prof. Jerry A. V. Chacon 4
  5. 5. KANT (1724 - 1804) • Um dos pensadores mais influentes da ética no período moderno. • Em 22 de abril nasceu em Königsberg (na atual Prússia Oriental). • De família pobre e pietista. • Morreu em 12 de fevereiro tomado por debilidade senil. Prof. Jerry A. V. Chacon 5
  6. 6. Obras Em 1781, inaugura a sua fase crítica com as obras: • Crítica da razão pura • Crítica da razão prática (trabalho + importante no campo da ética) Prof. Jerry A. V. Chacon 6
  7. 7. Tema Central de Investigação A razão em seu sentido tanto teórico quanto prático. Analisa como a razão funciona (epistemologia) Prof. Jerry A. V. Chacon 7
  8. 8. Citação • Segundo Marcondes (2008: 86): “No que diz respeito à prática, trata-se da escolha livre dos seres racionais, que podem se submeter ou não à lei moral, que por sua vez é fruto da razão pura em seu sentido prático; portanto, age moralmente aquele que é capaz de se autodeterminar. O pressuposto fundamental da ética kantiana é assim autonomia da razão.” Prof. Jerry A. V. Chacon 8
  9. 9. A ética: parte fundamental Formulação dos problemas • O que posso saber? (metafísica) • O que devo fazer? (moral) • O que é lícito (devo) esperar? (religião) • O que é o homem? (antropocentrismo) Prof. Jerry A. V. Chacon 9
  10. 10. Imperativos (dever ser/ordens) • Tratam-se das fórmulas da determinação da ação, que é necessária segundo o princípio de uma vontade de algum modo boa. Prof. Jerry A. V. Chacon 10
  11. 11. Tipos de Imperativos • Hipotético: se a ação for meio para alguma coisa. Prof. Jerry A. V. Chacon 11
  12. 12. • Categórico: ação necessária por si mesma. Há um só: Age somente de acordo com aquela máxima, pela qual possas ao mesmo tempo querer que ela se torne lei universal. Certo??? Atenção!!! A ação moral é aquela que pode ser universalizada, logo nossa ação será ética se poder ser universalizada. Prof. Jerry A. V. Chacon 12
  13. 13. Exemplo • “Devemos cumprir o que prometemos e manter nossa palavra porque esperamos que as outras pessoas também o façam, e se não fizerem toda a prática de fazer promessas desmorona. Ninguém pode racionalmente desejar isso, pois mesmo aquele que viola suas promessas espera que os outros as cumpram e que suponham que ele mesmo cumprirá. Prof. Jerry A. V. Chacon 13
  14. 14. Do contrário, promessas não terão efeito algum. Agir moralmente é, portanto, agir de acordo com este princípio”. (MARCONDES, 2008: 87.) Prof. Jerry A. V. Chacon 14
  15. 15. Referências • KANT, Imamnuel. Resposta a pergunta: Que é esclarecimento? Textos Seletos. Tradução Floriano de Sousa Fernandes. 3 ed. Editora Vozes: Petrópolis, RJ. 2005. • MARCONDES, Danilo. Textos Básicos de Ética – De Platão a Foucault. 3ª ed. Rio de Janeiro: editora Jorge Zahar, 2008. Prof. Jerry A. V. Chacon 15

×