Escola Estadual Professor João Cruz
Assunto: Movimento Literário Arcadismo no Brasil e
em Portugal
Tema: Arcadismo: Fingim...
PERGUNTAS E OBJETIVOS DE PESQUISA
o O objetivo da pesquisa do grupo é expor a história do
Movimento Literário Arcadismo em...
ARCADISMO: MANIFESTAÇÃO PÓS-REVOLUÇÕES
O Movimento Literário Arcadismo
ocorreu no século XVIII que
corresponde em termos h...
REVOLUÇÕES BURGUESAS
o O século XVIII presenciou as revoluções
burguesas, entre elas fizeram parte a revolução
Gloriosa, R...
PERÍODO ÁRCADE EM PORTUGAL E NO BRASIL
o No século XVIII, Portugal acumulava muitas riquezas
e sustentava um estilo de vid...
INÍCIO DO ARCADISMO
o O período árcade no Brasil se estende de 1768, com a
publicação de Obras Poéticas, de Claúdio Manuel...
ORIGEM DO MOVIMENTO LITERÁRIO ARCADISMO
o O Arcadismo surge em 1756 com a fundação da
Arcádia Lusitana: movimento de reaçã...
CARACTERÍSTICA ÁRCADE
o A produção árcade, do ponto de vista temático,
apresentou pouca variação. As formas líricas, que
e...
PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO MOVIMENTO
ÁRCADE
o Poético, com o retorno à tradição clássica com a
utilização dos seus mode...
JEITO ÁRCADE DE FAZER POÉTICO

o Bucolismo/Pastoralismo

o Fugre Urbem

o Aurea Mediocritas

o Inutilia
Truncat/Objetivism...
MOMENTO HISTÓRICO
o Para os portugueses, o século XVIII iniciou como o
processo de modernização, por meio dos planos
econô...
MOVIMENTO LITERÁRIO ARCADISMO EM PORTUGAL
o A produção literária árcade portuguesa foi ampla e
variada, incentivada, princ...
AUTORES E SUAS CARACTERÍSTICAS
o O poeta do Arcadismo
português, Manuel Maria
Barbosa di Bocage,
também conhecido pelo
pse...
BOCAGE
o Para muitos de seus críticos, Bocage foi um típico
homem do XVIII:
• Viveu a retomada nos valores classicos na ar...
Apenas vi do dia a luz brilhante
Apenas vi do dia a luz brilhante
Lá de Túbal no empório celebrado,
Em sanguíneo carácter ...
MOMENTO HISTÓRICO DO ARCADISMO NO BRASIL

o O Arcadismo brasileiro originou-se e teve expressão
, principalmente, em Vila ...
o Em Vila Rica, os ideias iluministas levaram vários
intelectuais
e
escritores
a
sonhar
com
a
independência do Brasil, pri...
AUTORES E SUAS CARACTERÍSTICAS
o Na lírica: Claúdio Manuel da Costa, Tomás Antônio
Gonzaga (Marília de Dirceu) e Silva Alv...
MOVIMENTO LITERÁRIO ARCADISMO
o A primeira obra árcade publicada no Brasil é Obras
poéticas, de Claúdio Manuel da Costa, e...
CLÁUDIO MANOEL DA COSTA - SONETOS
Para cantar de amor tenros cuidados,
Tomo entre vós, ó montes, o instrumento;
Ouvi pois ...
CONSIDERAÇÕES FINAIS

Nosso trabalho sobre o Movimento Literário Arcadismo em
Portugal e no Brasil foi concluído. Com base...
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

o

SARAIVA Antônio José. Iniciação da Literatura Portuguesa. São Paulo: Companhia das Letras, ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Movimento literário arcadismo 1º ano b 2013

1.216 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.216
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Movimento literário arcadismo 1º ano b 2013

  1. 1. Escola Estadual Professor João Cruz Assunto: Movimento Literário Arcadismo no Brasil e em Portugal Tema: Arcadismo: Fingimento Poético a Favor da Simplicidade Alunos e números: Julia Souza n 19 Miguel William n 24 Nicolas Martins n 28 Vinicius Romano n 38 Isabely Rodrigues n 39 Série: 1 ano do Ensino Médio B Professora: Maria Piedade Teodoro da Silva Disciplina: Língua Portuguesa Jacareí, 04 de dezembro de 2013
  2. 2. PERGUNTAS E OBJETIVOS DE PESQUISA o O objetivo da pesquisa do grupo é expor a história do Movimento Literário Arcadismo em Portugal e no Brasil, respondendo as perguntas de pesquisa: “Que acontecimentos ocorreram no surgimento do Movimento Literário Arcadismo em Portugal e no Brasil?; Quais suas características e autores?”, além de buscar responder se o Arcadismo contrapõe o Movimento Literário Barroco.
  3. 3. ARCADISMO: MANIFESTAÇÃO PÓS-REVOLUÇÕES O Movimento Literário Arcadismo ocorreu no século XVIII que corresponde em termos históricos, a passagem da Idade Moderna para a Idade Contemporânea, envolvendo, o principalmente, a literatura e o as artes plásticas. o o o o
  4. 4. REVOLUÇÕES BURGUESAS o O século XVIII presenciou as revoluções burguesas, entre elas fizeram parte a revolução Gloriosa, Revolução Industrial que ocorreram na Inglaterra, a Revolução Francesa e a Independência dos EUA. Essas revoluções se aceleraram a ascensão política e econômica da classe burguesa.
  5. 5. PERÍODO ÁRCADE EM PORTUGAL E NO BRASIL o No século XVIII, Portugal acumulava muitas riquezas e sustentava um estilo de vida próximo aos dos centros de prestigio europeu. • Sebastião José de Carvalho e Melo
  6. 6. INÍCIO DO ARCADISMO o O período árcade no Brasil se estende de 1768, com a publicação de Obras Poéticas, de Claúdio Manuel da Costa, a 1836, quando a publicação de Suspiros Poéticos e saudades, de Gonçalves Magalhães, marcou o inicio do Romantismo. o Além do neoclassicismo (denominação do Arcadismo), outro movimento de pensamento e de gosto também se difundia pela Europa: a Ilustração, uma corrente de idéias desenvolvidas, predominante, na França e na Inglaterra, mas com repercussões por toda Europa e também na América Colonial.
  7. 7. ORIGEM DO MOVIMENTO LITERÁRIO ARCADISMO o O Arcadismo surge em 1756 com a fundação da Arcádia Lusitana: movimento de reação ao Movimento Literário Barroco. o O movimento árcade tem espírito nitidamente reformista, pretendendo mudar o ensino, os hábitos, as atitudes sociais, uma vez que é manifestação artística de um novo tempo e de uma nova ideologia. o A poesia árcade repudiava as coisas inúteis e valorizada o contato com a natureza, símbolo de felicidade e harmonia.
  8. 8. CARACTERÍSTICA ÁRCADE o A produção árcade, do ponto de vista temático, apresentou pouca variação. As formas líricas, que eram bastante amplas: éclogas, odes, madrigais, rondós, eprogamas, epístolas, sonetos, liras, dentre outros, além de todas essas variações fazem parte do conjunto da chamada poesia pastoril. o Um destaque especial deve ser dado a produção épica na poesia árcade em língua portuguesa, como uma espécie de continuidade da épica camoniana. A poesia satírica, muitas vezes, bastante refinada e com um conteúdo bastante ácido e crítico, também possui, no Arcadismo, um papel importante.
  9. 9. PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO MOVIMENTO ÁRCADE o Poético, com o retorno à tradição clássica com a utilização dos seus modelos e a valorização da natureza e da mitologia. o Ideológico, influenciado pela filosofia presente no Iluminismo, que traduz a crítica da burguesia culta aos abusos da nobreza e do clero.
  10. 10. JEITO ÁRCADE DE FAZER POÉTICO o Bucolismo/Pastoralismo o Fugre Urbem o Aurea Mediocritas o Inutilia Truncat/Objetivismo o Pseudônimos pastoris o Carpe Diem o Universalismo
  11. 11. MOMENTO HISTÓRICO o Para os portugueses, o século XVIII iniciou como o processo de modernização, por meio dos planos econômicos, políticos, administrativo, educacional e cultural.
  12. 12. MOVIMENTO LITERÁRIO ARCADISMO EM PORTUGAL o A produção literária árcade portuguesa foi ampla e variada, incentivada, principalmente, pelas academias literárias árcades. o O gênero literário predominante durante o Arcadismo português foi a poesia. o Como decorrência, desse período de agitação cultural, foi fundada a Arcádia Lusitana, em 1756, considerada o marco introdutório do Arcadismo em Portugal.
  13. 13. AUTORES E SUAS CARACTERÍSTICAS o O poeta do Arcadismo português, Manuel Maria Barbosa di Bocage, também conhecido pelo pseudônimo árcade de Elmono Sadino, procura descrever a si mesmo. o Bocage produziu em diferentes formas poéticas, tais como o soneto, a ode, a elegia e o canto.
  14. 14. BOCAGE o Para muitos de seus críticos, Bocage foi um típico homem do XVIII: • Viveu a retomada nos valores classicos na arte; • Presenciou a conturbada situação politica e economica de Portugal; • Resgatou tradições e preparou para a chegada de novos tempos. o Os sonetos mais expressivos de Bocage têm uma forte atmosfera pessoal, de confissão egocêntrica, de uma dramaticidade subjetiva intensa.
  15. 15. Apenas vi do dia a luz brilhante Apenas vi do dia a luz brilhante Lá de Túbal no empório celebrado, Em sanguíneo carácter foi marcado Pelos Destinos meu primeiro instante. Aos dois lustros a morte devorante Me roubou, terna mãe, teu doce agrado; Segui Marte depois, e enfim meu fado, Dos irmãos e do pai me pôs distante. Vagando a curva terra, o mar profundo, Longe da Pátria, longe da ventura, Minhas faces com lágrimas inundo. E enquanto insana multidão procura Essas quimeras, esses bens do mundo, Suspiro pela paz da sepultura. Autor : Bocage
  16. 16. MOMENTO HISTÓRICO DO ARCADISMO NO BRASIL o O Arcadismo brasileiro originou-se e teve expressão , principalmente, em Vila Rica (hoje Ouro Preto), Minas Gerais, e seu aparecimento teve relação direta com a grande expansão urbana verificado no século XVIII nas cidades mineiras, cuja vida econômica girava em torno da extração de ouro. o Os jovens brasileiros das camadas privilegiadas daquela sociedade costumavam ser chamados de Coimbra para estudar, uma vez que a Colônia não lhes favorecia cursos superiores.
  17. 17. o Em Vila Rica, os ideias iluministas levaram vários intelectuais e escritores a sonhar com a independência do Brasil, principalmente, após a repercussão do momento de Independência dos EUA (1776).
  18. 18. AUTORES E SUAS CARACTERÍSTICAS o Na lírica: Claúdio Manuel da Costa, Tomás Antônio Gonzaga (Marília de Dirceu) e Silva Alvarenga; o Na épica: José Basílio da Gama, Santa Rita Durão e Claúdio Manuel da Costa; o Na sátira: Tomás Antônio Gonzaga (Cartas chilenas); o Na encomiástica: Silva Alvarenga e Alvarenga Peixoto.
  19. 19. MOVIMENTO LITERÁRIO ARCADISMO o A primeira obra árcade publicada no Brasil é Obras poéticas, de Claúdio Manuel da Costa, em 1760. Contudo, Tomás Antônio Gonzaga é considerado o principal poeta brasileiro do século XVIII. o A estética Arcade se proporcionou mais em seguir em conjunto de padrões do que com a esploração de novas ideias ou temas. o Pode organizar a poesia árcade brasieira em três grandes :a poesia lírica-amorosa, a épica e a satírica.
  20. 20. CLÁUDIO MANOEL DA COSTA - SONETOS Para cantar de amor tenros cuidados, Tomo entre vós, ó montes, o instrumento; Ouvi pois o meu fúnebre lamento; Se é, que de compaixão sois animados: Já vós vistes, que aos ecos magoados Do trácio Orfeu parava o mesmo vento; Da lira de Anfião ao doce acento Se viram os rochedos abalados. Bem sei, que de outros gênios o Destino, Para cingir de Apolo a verde rama, Lhes influiu na lira estro divino: O canto, pois, que a minha voz derrama, Porque ao menos o entoa um peregrino, Se faz digno entre vós também de fama.
  21. 21. CONSIDERAÇÕES FINAIS Nosso trabalho sobre o Movimento Literário Arcadismo em Portugal e no Brasil foi concluído. Com base em todo aprendizado durante o seminário as perguntas de pesquisa foram respondidas com clareza ou seja, Ao termina o slide falamos sobre , o movimento literário arcadismo que ocorreu no século XVII, falando sobre o arcadismo no Brasil e em Portugal , falando sobre os principais poetas do século que modernizou e não fugindo das perguntas : :"Que acontecimentos ocorreram no surgimento do movimento Literário Arcadismo em Portugal e no Brasil?;Quais suas características e autores?; Além de buscar responder se o Arcadismo contrapõe o movimento Literário Barroco.
  22. 22. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS o SARAIVA Antônio José. Iniciação da Literatura Portuguesa. São Paulo: Companhia das Letras, 2011. BARRETO, Ricardo Gonçalves. Português: ensino médio 1º ano- Ser Protagonista. São Paulo: SM, 1º , 2010. BOSI, Alfredo. História concisa da Literatura brasileira. São Paulo: Cutrix, 1994. FILHO, Domicio Proença. Estilo da época na literatura. São Paulo: Ática, 1974. NICOLA, José de. Português: ensino médio. São Paulo: Scipione, 2010. CEREJA, William Roberto e Magalhães, Thereza Cochar. Português linguagens. São Paulo: Atual, 2003. MASUKO, Marcos Hideichi. Meta- Manual de Ensino e técnico Avançadas. São Paulo: Didática Paulista, 2006. FARACO, Carlos Emilio e Moura, Francisco Mato. Língua e Literatura- volume 1 . São Paulo: Ática, 2008

×