O papel das AssociaçõesSetoriais nacoordenação dasustentabilidadeMarco Antonio ConejeroNFT Marketing Trends18/10/2011
Centro PwC de Serviços em Agribusiness                  •   PwC presente há quase 40 anos no noroeste de São              ...
Agribusiness Research and Knowledge Center•     Centro   de     Inteligência em  Agribusiness      responsável por acompan...
Nosso entendimentoSustentabilidadePwC                  4
Nosso Entendimento6 Pilares da Sustentabilidade                                                                        Per...
Nosso EntendimentoCaminho para a Sustentabilidade                                      ALTO                               ...
Nosso entendimentoEstratégia e competitividadePwC                            7
Nosso Entendimento      Sustentabilidade vs. Competitividade                    A adoção de estratégias de sustentabilidad...
Nosso EntendimentoCompetitividade       Estratégias Privadas                 Estratégias Coletivas                   Polít...
Nosso EntendimentoPrincipais fatores de impacto na sustentabilidade doagronegócio      Pilar    Fatores de impacto na sust...
Nosso entendimentoO Papel das Associações SetoriaisPwC                                 11
Instituições representativas do agronegócioatuantes no contexto de sustentabilidade• Associação dos Produtores de Soja do ...
Quadro comparativo das instituições                         AAPRESID             APROSOJA/MT                    UNICA     ...
Nosso entendimentoDiretrizes socioambientais para a pecuáriabovinaPwC                                          14
Diretrizes socioambientais para apecuária bovina.    Resolução    1854 / 2009:                                            ...
Diretrizes socioambientais para apecuária bovinaExigências quanto aos fornecedores:• Não ter sido condenado por infringir ...
Diretrizes socioambientais para a pecuária bovinaCompromisso ambiental da empresacandidata: 1.      Obtenção de certificad...
Diretrizes socioambientais para apecuária bovinaAs empresas que aderirem deverão: 1.   Aderir a sistema de rastreabilidade...
ConclusõesGestão sustentávelPwC                  19
Gestão sustentável                                    Missão/Visão          Diferenciação de empresas sustentáveis vs empr...
Projetos estratégicos Gestão financeira e de custos:                         Gestão de pessoas: Controle de custos para ef...
Obrigado...Contato:marco.conejero@br.pwc.comÉ proibida a divulgação deste material sem a autorização expressado PwC Agribu...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

R&kc palestra sustentabilidade-nft_final2

650 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
650
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

R&kc palestra sustentabilidade-nft_final2

  1. 1. O papel das AssociaçõesSetoriais nacoordenação dasustentabilidadeMarco Antonio ConejeroNFT Marketing Trends18/10/2011
  2. 2. Centro PwC de Serviços em Agribusiness • PwC presente há quase 40 anos no noroeste de São Paulo através do escritório de Ribeirão Preto. • 1997: estruturação do Centro PwC de Serviços em Agribusiness. • Atendimento dos clientes PwC desta indústria em todo Brasil nas áreas de auditoria, consultoria tributária e consultoria de negócios. • Time de profissionais com formação acadêmica e conhecimento técnico no agribusiness.PwC Slide 2
  3. 3. Agribusiness Research and Knowledge Center• Centro de Inteligência em Agribusiness responsável por acompanhar e analisar dados e tendências do setor.• Suporte ao nosso time de profissionais de todo o Brasil para maior qualidade e eficiência em seus trabalhos junto aos nossos clientes.• Realiza, dentre outras atividades: - Estudos de sistemas agroindustriais e do manejo técnico das principais culturas agrícolas do Brasil; - Análises ambientais, setoriais e de competitividade; - Estudos sobre os principais players atuantes em cada sistema agroindustrial.PwC Slide 3
  4. 4. Nosso entendimentoSustentabilidadePwC 4
  5. 5. Nosso Entendimento6 Pilares da Sustentabilidade PerformanceTradicionalmente, os pilares (financeira)da Sustentabilidade eramcaracterizados por “3 Ps”: Planeta Produtividade (práticas (otimizaçãoProfit (lucro) conservacioni stas) de recursos)People (pessoas)Planet (planeta) Parcerias PessoasPorém esse conceito foi (alianças (respons.ampliado e atualmente a estratégicas) social)PwC trabalha com osseguintes pilares: Portifólio (diversificação)PwC Fonte: PwC Agribusiness Research and Knowledge Center. 5
  6. 6. Nosso EntendimentoCaminho para a Sustentabilidade ALTO S Depende da realidade local, U Ideal da disponibilidade de recursos S e do avanço tecnológico T E Definição de novos Inovação (processos, sistemas referenciais de N e tecnologias) e mapeamento sustentabilidade T de outros riscos A Aplicar a melhor B I Boas práticas técnica disponível L I Bom ambiente de Convencional D controles internos A D Cumprimento E Leis, normas e regulamentos BAIXOPwC Fonte: PwC Agribusiness Research and Knowledge Center. 6
  7. 7. Nosso entendimentoEstratégia e competitividadePwC 7
  8. 8. Nosso Entendimento Sustentabilidade vs. Competitividade A adoção de estratégias de sustentabilidade é necessária para garantir a competitividade? (em %) Sim Não, mas será no futuro Automóveis 80 17 Commodities agrícolas 75 20 Conglomerados industriais 71 24 Energia e Serviços 62 26 Químicos 60 30Máquinas e equipamentos, varejo 56 25 Outros 55 34 Produtos de consumo 54 38 Construção 54 29 Serviços financeiros 51 28 Serviços industriais 51 44 Tecnologia e telecomunicação 50 32 Serviços de saúde 48 36 Mídia e entretenimento 29 51 0 10 20 30 40 50 60 70 80 0 10 20 30 40 50 60 PwC Fonte: MIT Sloan Management Review e Boston Consulting Group. 8 Elaborado por PwC Agribusiness Research and Knowledge Center.
  9. 9. Nosso EntendimentoCompetitividade Estratégias Privadas Estratégias Coletivas Políticas Públicas - Commodities: elevada - Intercâmbio de informações - Educação básica escala, logística eficiente, - Associação inter e intra - Infra-estrutura de logística garantia de padrões segmentos dos sistemas (corredores de exportação) quantitativos agroindustriais - Infra-estrutura de - Especialidades: inovação, - Investimentos conjuntos em armazenagem (especialmente marca, desenho sob-medida marketing e tecnologia qualitativa) - Pressões contra - Financiamento estratégico protecionismo mundial de projetos (promoção de - Certificações de clusters e regiões) qualidade e - Segurança alimentar sustentabilidade - Padrões de segurança do alimento e sustentabilidadePwC Fonte: Zylbersztajn e Neves (2000). Adaptado por PwC Agribusiness Research and Knowledge Center. 9
  10. 10. Nosso EntendimentoPrincipais fatores de impacto na sustentabilidade doagronegócio Pilar Fatores de impacto na sustentabilidade Estratégias de mitigação - Expansão da fronteira agrícola - Uso do solo -Regulamentação indicativa e regulação propositiva no - Geração de resíduos setor. Ambiental - Desmatamento - Capacitação e adoção de boas práticas agrícolas (BPAs). - Queimadas - Certificação sócio-ambiental consensual e crível. - Uso da água - Monocultura - Trabalho escravo - Trabalho infantil -Regulamentação indicativa e regulação propositiva no Social - Condições de trabalho setor. - Migração da mão de obra -Capacitação e realocação profissional. - Mecanização -Certificação sócio-ambiental consensual e crível. - Exclusão do pequeno produtor - Imagem do latifundiário - Concentração de terra - Regulamentação indicativa e regulação propositiva no - Cartéis setor.Econômico - Falta de produtos - Certificação sócio-ambiental consensual e crível. - Flutuação de preços - Desenvolvimento e adoção de novas tecnologias limpas. - Produtividade - Competição alimentos x bioenergiaPwC Fonte: PwC Agribusiness Research and Knowledge Center. 10
  11. 11. Nosso entendimentoO Papel das Associações SetoriaisPwC 11
  12. 12. Instituições representativas do agronegócioatuantes no contexto de sustentabilidade• Associação dos Produtores de Soja do Estado de Mato Grosso (APROSOJA/MT)• Asociación Argentina de Productores en Siembra Directa (AAPRESID)• Centro de Tecnologia Canavieira (CTC)• União da Indústria da Cana-de-Açúcar (UNICA)PwC Fonte: CONEJERO e NEVES (2011). Adaptado por PwC Agribusiness Research and Knowledge Center. 12
  13. 13. Quadro comparativo das instituições AAPRESID APROSOJA/MT UNICA CTC Setor Soja Soja Cana Cana Área de Centro-Sul e Argentina Mato Grosso Centro-Sul abrangência Nordeste 41 grupos 160 grupos 5.000 4.000 No. associados empresariais (143 usinas e 17 produtores produtores (123 usinas) associações) Ações de X X X X sustentabilidade Acordo s - X X - voluntários Boas Práticas X X X X Capacitação X X X X Inovação X - - X tecnológica Certificação X - - -PwC Fonte: CONEJERO e NEVES (2011). Adaptado por PwC Agribusiness Research and Knowledge Center. 13
  14. 14. Nosso entendimentoDiretrizes socioambientais para a pecuáriabovinaPwC 14
  15. 15. Diretrizes socioambientais para apecuária bovina. Resolução 1854 / 2009: • Combinar a crescente demanda por carne bovina com um modeloObjetivos: de produção sustentável. • • Promover a regularização e o aumento da conformidade Manter a lista de fornecedores socioambiental da cadeia atualizada e verificar o produtiva da pecuária bovina. cumprimento das regras por parte • Devem ser cumpridas pelas empresas postulantes a deles. financiamento e participação acionária.PwC Fonte: BNDES (2011). Adaptado por PwC Agribusiness Research and Knowledge Center. 15
  16. 16. Diretrizes socioambientais para apecuária bovinaExigências quanto aos fornecedores:• Não ter sido condenado por infringir • Não ter sido condenado por: as leis de combate à discriminação, invasão de terras indígenas; ao trabalho infantil e ao trabalho envolvimento em conflitos agrários; escravo. grilagem; infrações penais relativas• Não estar incluído na lista de áreas a desmatamento. embargadas mantida pelo IBAMA. • Apresentar licença ambiental da• Apresentar documento propriedade. comprobatório de regularidade fundiária.PwC Fonte: BNDES (2011). Adaptado por PwC Agribusiness Research and Knowledge Center. 16
  17. 17. Diretrizes socioambientais para a pecuária bovinaCompromisso ambiental da empresacandidata: 1. Obtenção de certificados socioambientais, implantação de sistemas de gestão ambiental e melhoria dos indicadores de efluentes líquidos e resíduos sólidos; 2. Elaboração de plano de desenvolvimento socioambiental de fornecedores que inclua capacitação e assistência técnica. PwC Fonte: BNDES (2011). Adaptado por PwC Agribusiness Research and Knowledge Center. 17
  18. 18. Diretrizes socioambientais para apecuária bovinaAs empresas que aderirem deverão: 1. Aderir a sistema de rastreabilidade da cadeia produtiva de bovinos 2. Verificar a regularidade das propriedades rurais envolvidas 3. A partir de janeiro de 2016, abater apenas animais que tenham sido rastreados de forma ininterrupta 4. Cumprir o cronograma e as metas estabelecidos no plano de implementação ambiental 5. Atualizar a lista de fornecedores cadastrados e mantê-la disponível 6. Apresentar relatórios semestrais de auditoria independentePwC Fonte: BNDES (2011). Adaptado por PwC Agribusiness Research and Knowledge Center. 18
  19. 19. ConclusõesGestão sustentávelPwC 19
  20. 20. Gestão sustentável Missão/Visão Diferenciação de empresas sustentáveis vs empresas não sustentáveis 6 P’s (perfomance, pessoas, portfolio, parceiros, planeta e produtividade) Controles internos Tendências Fatores críticos de sucesso Cumprimento da lei Ambiente regulatório Governança corporativa Respeito aos direitos humanos e Inovação e agregação de valor Gerenciamento de riscos trabalhistas (novos produtos e processos) Eficiência operacional e gestão Gerenciamento de eficiências de insumos, produção e processamento Profissionalização no campo de recursos Gerenciamento ativo daInternacionalização de empresas Saúde e segurança biodiversidade e serviços do brasileiras Responsabilidade ecossistema Economia verde socioambiental Melhoria constante das áreas chave do negócioPwC Fonte: PwC Agribusiness Research and Knowledge Center. 20
  21. 21. Projetos estratégicos Gestão financeira e de custos: Gestão de pessoas: Controle de custos para eficiência Adoção de boas práticas que permitem ir além operacional e busca de fontes de recursos do cumprimento das normas trabalhistas e para expansão das operações e/ou estimulam o desenvolvimento, comprometimento equacionamento do endividamento. e resultados dos trabalhadores. Governança corporativa: Gestão da cadeia de suprimentos: Asseguração com a diversidade de Fidelização de clientes e/ou fornecedores com normas e procedimentos exigidos pelos práticas que os motivem a estabelecer e manter stakeholders em geral com controles um vínculo de médio e longo prazo com a internos eficientes e transparência nas empresa, objetivando uma série de benefícios atividades da organização. mútuos (garantias de preço, volumes de compra, assiduidade, etc.).PwC Fonte: PwC Agribusiness Research and Knowledge Center. 21
  22. 22. Obrigado...Contato:marco.conejero@br.pwc.comÉ proibida a divulgação deste material sem a autorização expressado PwC Agribusiness Research and Knowledge Center.A utilização interna deste estudo pode ser feita desde que citadasas fontes inclusas no rodapé de cada slide.© 2011 PricewaterhouseCoopers Brasil Ltda. Todos os direitos reservados. Neste documento, "PwC"refere-se à PricewaterhouseCoopers Brasil Ltda., firma membro da PricewaterhouseCoopersInternational Limited, constituindo-se cada firma membro da PricewaterhouseCoopers InternationalLimited pessoa jurídica separada e independente.O termo “PwC” refere-se à rede (network) de firmas membro da PricewaterhouseCoopers InternationalLimited (PwCIL) ou, conforme o contexto determina, a cada uma das firmas membro participantes darede da PwC. Cada firma membro da rede constitui uma pessoa jurídica separada e independente e quenão atua como agente da PwCIL nem de qualquer outra firma membro. A PwCIL não presta serviços aclientes. A PwCIL não é responsável ou se obriga pelos atos ou omissões de qualquer de suas firmasmembro, tampouco controla o julgamento profissional das referidas firmas ou pode obrigá-las dequalquer forma. Nenhuma firma membro é responsável pelos atos ou omissões de outra firma membro,nem controla o julgamento profissional de outra firma membro ou da PwCIL, nem pode obrigá-las dequalquer forma.

×