Ciência de Redesem uma era conectada                Cláudia Martins
Ciência de Redes em uma eraconectada Rede - conjunto de objetos conectados  entre si de certo modo. Generalidade do  term...
Ciência de Redes em uma era    conectada Redes reais representam populações de  componentes individuais que estão fazendo...
Ciência de Redes em uma era     conectada   A teoria das redes complexas     aplicação de medidas desenvolvidas pela    ...
Ciência de Redes em uma era conectadaModelos para estudar as redes Redes de mundo  pequeno Teoria dos grafos Redes alea...
Ciência de Redes em uma era conectadaModelos para estudar as redes Redes de mundo  pequeno Stanley Milgram, 1967
Ciência de Redes em uma era    conectada   Modelos para estudar as redes Teoria dos grafosTeoria dos Grafos - proposta in...
Ciência de Redes em uma era conectadaModelos para estudar as redes Redes Aleatórias – Erdös e RényiRede de nós conectados...
Ciência de Redes em uma era conectadaModelos para estudar as redes Redes livres de escala – Watts e StrogatzA maioria dos...
Ciência de Redes em uma eraconectadaModelos para estudar as redes   Nascimento de uma rede livre de escala
Ciência de Redes em uma era  conectadaREDES SOCIAISOs homens fazem sua própria história, mas... não a fazem emcircunstânci...
Ciência de Redes em uma era  conectadaREDES SOCIAISA força dos laços fracosLaço fraco – a coordenação social efetiva não s...
Ciência de Redes em uma era conectadaNão é possível prever o comportamento das redes esistemas complexos, com base em dado...
Ciência de Redes em uma era conectada A identidade social impulsiona a criação de redessociais. Ao pertencer a certos gr...
Ciência de Redes em uma eraconectada         Isaac        Asimov   trilogia Fundação   série Os Robôs.                  ...
Ciência de Redes em uma era conectadaParece que uma boa estratégia para criarorganizações capazes de resolver questõescomp...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ciência de redes em uma era conectada

139 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
139
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ciência de redes em uma era conectada

  1. 1. Ciência de Redesem uma era conectada Cláudia Martins
  2. 2. Ciência de Redes em uma eraconectada Rede - conjunto de objetos conectados entre si de certo modo. Generalidade do termo - difícil de definir com precisão Redespessoas em uma rede de amigos ou emuma grande empresaroteadores na internet neurônios em um cérebro a Internet redes de transmissão elétrica sistemas de transportes
  3. 3. Ciência de Redes em uma era conectada Redes reais representam populações de componentes individuais que estão fazendo algo na realidade Na era da conectividade, o que acontece e o modo como acontece depende da rede. E a rede por sua vez, depende do que aconteceu antes. Visão de uma rede - como parte integral de um sistema em evolução e em autoconstituição contínua  verdadeiramente novo
  4. 4. Ciência de Redes em uma era conectada A teoria das redes complexas  aplicação de medidas desenvolvidas pela teoria dos grafos e conceitos provenientes da mecânica estatística, física não linear e sistemas complexos
  5. 5. Ciência de Redes em uma era conectadaModelos para estudar as redes Redes de mundo pequeno Teoria dos grafos Redes aleatórias Redes livres de escalas
  6. 6. Ciência de Redes em uma era conectadaModelos para estudar as redes Redes de mundo pequeno Stanley Milgram, 1967
  7. 7. Ciência de Redes em uma era conectada Modelos para estudar as redes Teoria dos grafosTeoria dos Grafos - proposta inicialmente por Leonhard Eulerpara resolver o famoso problema das Sete Pontes deKönigsberg
  8. 8. Ciência de Redes em uma era conectadaModelos para estudar as redes Redes Aleatórias – Erdös e RényiRede de nós conectados por laços de forma puramenterandômicaA conectividade global não ocorre gradualmente, mas em umsalto súbito, dramático
  9. 9. Ciência de Redes em uma era conectadaModelos para estudar as redes Redes livres de escala – Watts e StrogatzA maioria dos nós tem poucas conexões enquanto umaminoria – centros - são altamente conectados
  10. 10. Ciência de Redes em uma eraconectadaModelos para estudar as redes Nascimento de uma rede livre de escala
  11. 11. Ciência de Redes em uma era conectadaREDES SOCIAISOs homens fazem sua própria história, mas... não a fazem emcircunstâncias escolhidas por si mesmos (Karl Marx)  Relação entre estrutura de rede – o conjunto observado de laços ligando os membros de uma população, como uma empresa, uma escola ou uma organização política – e a correspondente estrutura social, segundo a qual indivíduos podem ser diferenciados por sua participação em grupos ou por papéis socialmente distintos. Marca registrada da identidade social – o padrão de relações entre indivíduos é um mapa das preferências e características subjacentes dos próprios indivíduos.  Rede como um canal para a propagação de informações ou o exercício de influências, e o lugar de um individuo no padrão geral de relações determina a que informações essa pessoa tem acesso ou, correspondentemente, a quem ela ou ele está
  12. 12. Ciência de Redes em uma era conectadaREDES SOCIAISA força dos laços fracosLaço fraco – a coordenação social efetiva não surge a partir delaços fortes, densamente interligados, ao invés disso, deriva dapresença de laços fracos ocasionais entre indivíduosque, frequentemente, não se conhecem bem nem têm muitoem comum.
  13. 13. Ciência de Redes em uma era conectadaNão é possível prever o comportamento das redes esistemas complexos, com base em dadoshistóricos, porque o que acontece nas redes e seusefeitos/impactos, é a somatória de uma série e/ousequência de eventos única no tempo, porque édeterminada/condicionada pela sociedade ou gruposocial.
  14. 14. Ciência de Redes em uma era conectada A identidade social impulsiona a criação de redessociais. Ao pertencer a certos grupos e desempenharcertos papéis, indivíduos adquirem características quelhes dão mais ou menos probabilidade de interagirentre si. Redes de informações sociais não são apenasimportantes porque ajudam a tomar decisõesindividuais melhores, mas também porque permitemque coisas bem sucedidas em um determinadoambiente “transbordem” para outros.
  15. 15. Ciência de Redes em uma eraconectada Isaac Asimov  trilogia Fundação  série Os Robôs.  Cavernas de Aço  Planícies de Solaria
  16. 16. Ciência de Redes em uma era conectadaParece que uma boa estratégia para criarorganizações capazes de resolver questõescomplexas seja treinar indivíduos a reagir àambiguidade através de buscas em suas redessociais, em vez de forçá-los a utilizarferramentas e bancos de dados centralizados.

×