SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 19
Baixar para ler offline
Tendências
SocioCulturais

neuelabs
Agenda
1. Intro
2. Uma metodologia Cool
3. Quebrando os conceitos
4. já vi isso antes
Agenda
1. Intro
2. Uma metodologia Cool
3. Quebrando os conceitos
4. Já vi isso antes
A palavra Tendência
o que verdadeiramente é: um comportamento emergente, um
direcionamento ou uma sequência de eventos que influenciam
o meio social por um longo período de tempo.
O que eu gosto em
tendência
é um processo investigativo contínuo
Agenda
1. Intro
2. Uma metodologia Cool
3. Quebrando os conceitos
4. Já vi isso antes
uma metodologia cool

adicione a esse esquema que cada empresa de tendência tem uma
combinação de outras técnicas, geralmente qualitativas.

desk research +
observação

“card sorting”

análise

report

busca e registro de
manifestações recorrentes
ou inusitadas que ocorrem
em diversas setores e
localizações

separar manifestações. no
ponto em comum de um
grupo de manifestações
está um comportamento
emergente = nova
tendência

o que realmente tem
força?, em qual estágio se
encontra essa tendência?
é um "sinal fraco"? é micro
ou macro? interpretar
comportamento.

condensar em um
relatório diagnóstico (um
cenário), com
características, exemplos
e mindsets.

"sinais fracos" ou weak signals são pequenos indícios de situações emergentes, mas que ainda não tem força suficiente para se tornar um comportamento emergente. A somatória de vários weak
signals pode se tornar uma wild card ( cenários improváveis, mas possíveis. que são sempre eventos dramáticos, e repentinos que podem mudar a trajetória de uma tendência. ex.: 9/11)
metodologia
ou intuição?
Por que empresas pagam
caro por isso?
Agenda
1. Intro
2. Uma metodologia Cool
3. Quebrando os conceitos
4. Já vi isso antes
MICRO
manifestações que afetam um número reduzido de
indivíduos, tipicamente regionais ou nacionais, tratando
questões culturais específicas. Com provável justificativa na
macro vigente.
MACRO
manifestações locais de valores mundiais, sentidos por
todos. Se formam lentamente e influenciam por algum
tempo: 7 a 10 anos no mínimo.
ONDA
chega rápido, sobe e cai rápido. Pessoas assimilam sem
saber explicar o porquê.
ex.: Crocs, pulseira Power Balance, Tazo, gargantilha preta.
MODA
são cíclicas, vem e vão e voltam de novo. São incorporadas
de forma consciente na rotina, tem altos e baixos.
ex.: calça boca de sino, cabelos cor fantasia.
Agenda
1. Intro
2. Uma metodologia Cool
3. Quebrando os conceitos
4. Já vi isso antes
O processo de tendência é
retroalimentado
+
Anatomy of a Trend Henrik Vejlgaard Cool hunters Marta
Domínguez Riezu O império do efêmero Zygmunt Bauman
Trend Forecaster's Handbook Raymond Martin
Até breve.
thamise.baptista@neuelabs.com
neuelabs.com

neuelabs

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Património cultural
Património culturalPatrimónio cultural
Património cultural
cattonia
 
Opiniao pública e os públicos da instituição
Opiniao pública e os públicos da instituiçãoOpiniao pública e os públicos da instituição
Opiniao pública e os públicos da instituição
Pedro Almeida
 
Donald super e o desenvolvimento profissional
Donald super e o desenvolvimento profissionalDonald super e o desenvolvimento profissional
Donald super e o desenvolvimento profissional
psicologiaazambuja
 

Mais procurados (20)

Tipos De Marketing
Tipos De MarketingTipos De Marketing
Tipos De Marketing
 
Património cultural
Património culturalPatrimónio cultural
Património cultural
 
Processos motivacionais
Processos motivacionaisProcessos motivacionais
Processos motivacionais
 
Swot pos
Swot posSwot pos
Swot pos
 
Violência VS. Espírito Desportivo
Violência VS. Espírito DesportivoViolência VS. Espírito Desportivo
Violência VS. Espírito Desportivo
 
Força de Vendas - Apresentação (Marketing)
Força de Vendas - Apresentação (Marketing)Força de Vendas - Apresentação (Marketing)
Força de Vendas - Apresentação (Marketing)
 
Pesquisa de Levantamento
Pesquisa de Levantamento Pesquisa de Levantamento
Pesquisa de Levantamento
 
Introdução ao Briefing
Introdução ao BriefingIntrodução ao Briefing
Introdução ao Briefing
 
UFCD_6577_Cuidados na saúde infantil_índice
UFCD_6577_Cuidados na saúde infantil_índiceUFCD_6577_Cuidados na saúde infantil_índice
UFCD_6577_Cuidados na saúde infantil_índice
 
Design Thinking e Ferramentas de Inovação
Design Thinking e Ferramentas de InovaçãoDesign Thinking e Ferramentas de Inovação
Design Thinking e Ferramentas de Inovação
 
Opiniao pública e os públicos da instituição
Opiniao pública e os públicos da instituiçãoOpiniao pública e os públicos da instituição
Opiniao pública e os públicos da instituição
 
Aula Pesquisa Mercadológica
Aula Pesquisa MercadológicaAula Pesquisa Mercadológica
Aula Pesquisa Mercadológica
 
Influência social
Influência socialInfluência social
Influência social
 
Donald super e o desenvolvimento profissional
Donald super e o desenvolvimento profissionalDonald super e o desenvolvimento profissional
Donald super e o desenvolvimento profissional
 
Introdução ao Plano de Marketing
Introdução ao Plano de MarketingIntrodução ao Plano de Marketing
Introdução ao Plano de Marketing
 
Manual TV ufcd 0388 - Prospeção comercial, preparação e planeamento da venda ...
Manual TV ufcd 0388 - Prospeção comercial, preparação e planeamento da venda ...Manual TV ufcd 0388 - Prospeção comercial, preparação e planeamento da venda ...
Manual TV ufcd 0388 - Prospeção comercial, preparação e planeamento da venda ...
 
Animação e coordenação de campos de férias 1
Animação e coordenação de campos de férias 1Animação e coordenação de campos de férias 1
Animação e coordenação de campos de férias 1
 
Donald super
Donald superDonald super
Donald super
 
Definição de Paper
Definição de PaperDefinição de Paper
Definição de Paper
 
PAP Power Point
PAP Power Point PAP Power Point
PAP Power Point
 

Destaque

A moda no século xxi para além da distinção aline
A moda no século xxi para além da distinção   alineA moda no século xxi para além da distinção   aline
A moda no século xxi para além da distinção aline
Douglas Evangelista
 
Além da aparência
Além da aparênciaAlém da aparência
Além da aparência
Anjovison .
 
Educação como processo sociocultural e pedagogico
Educação como processo sociocultural  e pedagogicoEducação como processo sociocultural  e pedagogico
Educação como processo sociocultural e pedagogico
SimoneHelenDrumond
 
Sociologia – Industria Cultural 2º Ano
Sociologia – Industria Cultural   2º AnoSociologia – Industria Cultural   2º Ano
Sociologia – Industria Cultural 2º Ano
guest8b5b051
 
201 sociologia
201 sociologia201 sociologia
201 sociologia
rosilane32
 
Consumo e estilos de vida
Consumo e estilos de vidaConsumo e estilos de vida
Consumo e estilos de vida
catynes
 
Resumo do livro o que é sociologia
Resumo do livro o que é sociologia  Resumo do livro o que é sociologia
Resumo do livro o que é sociologia
Maira Conde
 

Destaque (15)

Pesquisa "Economia e Cultura da Moda: Perspectivas para o Setor", 2012
Pesquisa "Economia e Cultura da Moda: Perspectivas para o Setor", 2012Pesquisa "Economia e Cultura da Moda: Perspectivas para o Setor", 2012
Pesquisa "Economia e Cultura da Moda: Perspectivas para o Setor", 2012
 
A moda no século xxi para além da distinção aline
A moda no século xxi para além da distinção   alineA moda no século xxi para além da distinção   aline
A moda no século xxi para além da distinção aline
 
Estudo de Caso da ASOS
Estudo de Caso da ASOSEstudo de Caso da ASOS
Estudo de Caso da ASOS
 
Além da aparência
Além da aparênciaAlém da aparência
Além da aparência
 
Educação como processo sociocultural e pedagogico
Educação como processo sociocultural  e pedagogicoEducação como processo sociocultural  e pedagogico
Educação como processo sociocultural e pedagogico
 
Moda, Opinião e Estetização do Mundo
Moda, Opinião e Estetização do MundoModa, Opinião e Estetização do Mundo
Moda, Opinião e Estetização do Mundo
 
Big data e o desafio omni channel no universo varejista da moda
Big data e o desafio omni channel no universo varejista da modaBig data e o desafio omni channel no universo varejista da moda
Big data e o desafio omni channel no universo varejista da moda
 
Sociologia – Industria Cultural 2º Ano
Sociologia – Industria Cultural   2º AnoSociologia – Industria Cultural   2º Ano
Sociologia – Industria Cultural 2º Ano
 
201 sociologia
201 sociologia201 sociologia
201 sociologia
 
Consumo e estilos de vida
Consumo e estilos de vidaConsumo e estilos de vida
Consumo e estilos de vida
 
Aulas de desenvolvimento de coleção
Aulas de desenvolvimento de coleçãoAulas de desenvolvimento de coleção
Aulas de desenvolvimento de coleção
 
Resumo do livro o que é sociologia
Resumo do livro o que é sociologia  Resumo do livro o que é sociologia
Resumo do livro o que é sociologia
 
Sociologia: Principais correntes
Sociologia: Principais correntes Sociologia: Principais correntes
Sociologia: Principais correntes
 
Moda e Sustentabilidade
Moda e SustentabilidadeModa e Sustentabilidade
Moda e Sustentabilidade
 
Projeto Dengue
Projeto Dengue Projeto Dengue
Projeto Dengue
 

Semelhante a Tendências Socioculturais

WZ - Pesquisa e análise estratégica de tendências
WZ - Pesquisa e análise estratégica de tendências WZ - Pesquisa e análise estratégica de tendências
WZ - Pesquisa e análise estratégica de tendências
Bruno Carneiro
 
Wz pesquisa e analise estrategica de tendencias wz
Wz pesquisa e analise estrategica de tendencias wzWz pesquisa e analise estrategica de tendencias wz
Wz pesquisa e analise estrategica de tendencias wz
Mariah Alice Carneiro
 
EspecializaçãO Pro Eja 4
EspecializaçãO   Pro Eja 4EspecializaçãO   Pro Eja 4
EspecializaçãO Pro Eja 4
William Eduardo
 
Artigo lr tendências e gestão da inovação i – tendências e coolhunting (1)
Artigo lr   tendências e gestão da inovação i – tendências e coolhunting (1)Artigo lr   tendências e gestão da inovação i – tendências e coolhunting (1)
Artigo lr tendências e gestão da inovação i – tendências e coolhunting (1)
Luis Rasquilha
 
AULA 2 SLIDE 1 de Desenvolvimento Humano Infância cap 1.pptx
AULA 2 SLIDE 1 de Desenvolvimento Humano Infância cap 1.pptxAULA 2 SLIDE 1 de Desenvolvimento Humano Infância cap 1.pptx
AULA 2 SLIDE 1 de Desenvolvimento Humano Infância cap 1.pptx
PregadorJonasKoncept
 
Projecto Horizon Scanning DPP - Documento Metodológico
Projecto Horizon Scanning DPP - Documento MetodológicoProjecto Horizon Scanning DPP - Documento Metodológico
Projecto Horizon Scanning DPP - Documento Metodológico
António Alvarenga
 

Semelhante a Tendências Socioculturais (20)

Pesquisa de Tendência e Coolhunting | ESPM-Sul
Pesquisa de Tendência e Coolhunting | ESPM-SulPesquisa de Tendência e Coolhunting | ESPM-Sul
Pesquisa de Tendência e Coolhunting | ESPM-Sul
 
Abordagem Participativa na gestão de projetos
Abordagem Participativa na gestão de projetosAbordagem Participativa na gestão de projetos
Abordagem Participativa na gestão de projetos
 
CoolHunting - A caça do Cool
CoolHunting - A caça do CoolCoolHunting - A caça do Cool
CoolHunting - A caça do Cool
 
WZ - Pesquisa e análise estratégica de tendências
WZ - Pesquisa e análise estratégica de tendências WZ - Pesquisa e análise estratégica de tendências
WZ - Pesquisa e análise estratégica de tendências
 
Wz pesquisa e analise estrategica de tendencias wz
Wz pesquisa e analise estrategica de tendencias wzWz pesquisa e analise estrategica de tendencias wz
Wz pesquisa e analise estrategica de tendencias wz
 
Ágil é apenas uma expressão do Zeitgeist?
Ágil é apenas uma expressão do Zeitgeist?Ágil é apenas uma expressão do Zeitgeist?
Ágil é apenas uma expressão do Zeitgeist?
 
EspecializaçãO Pro Eja 4
EspecializaçãO   Pro Eja 4EspecializaçãO   Pro Eja 4
EspecializaçãO Pro Eja 4
 
Ferramentas para metodologias participativas parte 1
Ferramentas para metodologias participativas parte 1Ferramentas para metodologias participativas parte 1
Ferramentas para metodologias participativas parte 1
 
Dependencia Tecnologica
Dependencia TecnologicaDependencia Tecnologica
Dependencia Tecnologica
 
Artigo lr tendências e gestão da inovação i – tendências e coolhunting (1)
Artigo lr   tendências e gestão da inovação i – tendências e coolhunting (1)Artigo lr   tendências e gestão da inovação i – tendências e coolhunting (1)
Artigo lr tendências e gestão da inovação i – tendências e coolhunting (1)
 
World Trend Report 2013|2014
World Trend Report 2013|2014World Trend Report 2013|2014
World Trend Report 2013|2014
 
SIGNIFICADO DO DINHEIRO
SIGNIFICADO DO DINHEIROSIGNIFICADO DO DINHEIRO
SIGNIFICADO DO DINHEIRO
 
STC7
STC7STC7
STC7
 
Objetivos Psicologia - Teste Nº4 (12ºAno)
Objetivos Psicologia - Teste Nº4 (12ºAno)Objetivos Psicologia - Teste Nº4 (12ºAno)
Objetivos Psicologia - Teste Nº4 (12ºAno)
 
Artigo geracoes - Uma confluencia ciclica
Artigo geracoes - Uma confluencia ciclicaArtigo geracoes - Uma confluencia ciclica
Artigo geracoes - Uma confluencia ciclica
 
Artigo geracoes - Uma confluencia ciclica
Artigo geracoes - Uma confluencia ciclicaArtigo geracoes - Uma confluencia ciclica
Artigo geracoes - Uma confluencia ciclica
 
AULA 2 SLIDE 1 de Desenvolvimento Humano Infância cap 1.pptx
AULA 2 SLIDE 1 de Desenvolvimento Humano Infância cap 1.pptxAULA 2 SLIDE 1 de Desenvolvimento Humano Infância cap 1.pptx
AULA 2 SLIDE 1 de Desenvolvimento Humano Infância cap 1.pptx
 
Cultura Adaptativa: (re) construindo a cultura receptiva à mudança
Cultura Adaptativa: (re) construindo a cultura receptiva à mudançaCultura Adaptativa: (re) construindo a cultura receptiva à mudança
Cultura Adaptativa: (re) construindo a cultura receptiva à mudança
 
Projecto Horizon Scanning DPP - Documento Metodológico
Projecto Horizon Scanning DPP - Documento MetodológicoProjecto Horizon Scanning DPP - Documento Metodológico
Projecto Horizon Scanning DPP - Documento Metodológico
 
Sensemaking. Princípios e Funcionamentos nas Organizações e Lideranças
 Sensemaking. Princípios e Funcionamentos nas Organizações e Lideranças Sensemaking. Princípios e Funcionamentos nas Organizações e Lideranças
Sensemaking. Princípios e Funcionamentos nas Organizações e Lideranças
 

Mais de Neue Labs

Mais de Neue Labs (20)

Como lançar sua startup sem vender seu carro
Como lançar sua startup sem vender seu carro Como lançar sua startup sem vender seu carro
Como lançar sua startup sem vender seu carro
 
Números e contexto
Números e contextoNúmeros e contexto
Números e contexto
 
MeuPortifa - Erros e acertos do 1º ano de uma startup
MeuPortifa - Erros e acertos do 1º ano de uma startupMeuPortifa - Erros e acertos do 1º ano de uma startup
MeuPortifa - Erros e acertos do 1º ano de uma startup
 
Faça o que você ama: mitos e verdades
Faça o que você ama: mitos e verdadesFaça o que você ama: mitos e verdades
Faça o que você ama: mitos e verdades
 
Pare de construir e comece a aprender
Pare de construir e comece a aprender Pare de construir e comece a aprender
Pare de construir e comece a aprender
 
De funcionários a sócios - Como construir uma cultura de empreendedorismo
De funcionários a sócios - Como construir uma cultura de empreendedorismoDe funcionários a sócios - Como construir uma cultura de empreendedorismo
De funcionários a sócios - Como construir uma cultura de empreendedorismo
 
Growth hacking
Growth hackingGrowth hacking
Growth hacking
 
Busca por informacao
Busca por informacaoBusca por informacao
Busca por informacao
 
O SEO que o seu usuário não enxerga
O SEO que o seu usuário não enxergaO SEO que o seu usuário não enxerga
O SEO que o seu usuário não enxerga
 
Design e Estratégia
Design e EstratégiaDesign e Estratégia
Design e Estratégia
 
Gestão de Produtos em Startups
Gestão de Produtos em StartupsGestão de Produtos em Startups
Gestão de Produtos em Startups
 
UX e Fontes de Tráfego
UX e Fontes de TráfegoUX e Fontes de Tráfego
UX e Fontes de Tráfego
 
Lean UX - Tendências e Boas Práticas
Lean UX - Tendências e Boas PráticasLean UX - Tendências e Boas Práticas
Lean UX - Tendências e Boas Práticas
 
Lorem Ipsum - Conteúdo Estratégico Para a Web
Lorem Ipsum - Conteúdo Estratégico Para a WebLorem Ipsum - Conteúdo Estratégico Para a Web
Lorem Ipsum - Conteúdo Estratégico Para a Web
 
Gestão de Produtos
Gestão de ProdutosGestão de Produtos
Gestão de Produtos
 
Landing Pages Matadoras - CPBR7
 Landing Pages Matadoras - CPBR7 Landing Pages Matadoras - CPBR7
Landing Pages Matadoras - CPBR7
 
Tipografia - Do passado até os dias atuais
Tipografia - Do passado até os dias atuaisTipografia - Do passado até os dias atuais
Tipografia - Do passado até os dias atuais
 
Storytelling & Startups
Storytelling & StartupsStorytelling & Startups
Storytelling & Startups
 
Teoria das Redes
Teoria das RedesTeoria das Redes
Teoria das Redes
 
Roube Isto
Roube IstoRoube Isto
Roube Isto
 

Tendências Socioculturais

  • 2. Agenda 1. Intro 2. Uma metodologia Cool 3. Quebrando os conceitos 4. já vi isso antes
  • 3. Agenda 1. Intro 2. Uma metodologia Cool 3. Quebrando os conceitos 4. Já vi isso antes
  • 5. o que verdadeiramente é: um comportamento emergente, um direcionamento ou uma sequência de eventos que influenciam o meio social por um longo período de tempo.
  • 6. O que eu gosto em tendência é um processo investigativo contínuo
  • 7. Agenda 1. Intro 2. Uma metodologia Cool 3. Quebrando os conceitos 4. Já vi isso antes
  • 8. uma metodologia cool adicione a esse esquema que cada empresa de tendência tem uma combinação de outras técnicas, geralmente qualitativas. desk research + observação “card sorting” análise report busca e registro de manifestações recorrentes ou inusitadas que ocorrem em diversas setores e localizações separar manifestações. no ponto em comum de um grupo de manifestações está um comportamento emergente = nova tendência o que realmente tem força?, em qual estágio se encontra essa tendência? é um "sinal fraco"? é micro ou macro? interpretar comportamento. condensar em um relatório diagnóstico (um cenário), com características, exemplos e mindsets. "sinais fracos" ou weak signals são pequenos indícios de situações emergentes, mas que ainda não tem força suficiente para se tornar um comportamento emergente. A somatória de vários weak signals pode se tornar uma wild card ( cenários improváveis, mas possíveis. que são sempre eventos dramáticos, e repentinos que podem mudar a trajetória de uma tendência. ex.: 9/11)
  • 10. Por que empresas pagam caro por isso?
  • 11. Agenda 1. Intro 2. Uma metodologia Cool 3. Quebrando os conceitos 4. Já vi isso antes
  • 12. MICRO manifestações que afetam um número reduzido de indivíduos, tipicamente regionais ou nacionais, tratando questões culturais específicas. Com provável justificativa na macro vigente.
  • 13. MACRO manifestações locais de valores mundiais, sentidos por todos. Se formam lentamente e influenciam por algum tempo: 7 a 10 anos no mínimo.
  • 14. ONDA chega rápido, sobe e cai rápido. Pessoas assimilam sem saber explicar o porquê. ex.: Crocs, pulseira Power Balance, Tazo, gargantilha preta.
  • 15. MODA são cíclicas, vem e vão e voltam de novo. São incorporadas de forma consciente na rotina, tem altos e baixos. ex.: calça boca de sino, cabelos cor fantasia.
  • 16. Agenda 1. Intro 2. Uma metodologia Cool 3. Quebrando os conceitos 4. Já vi isso antes
  • 17. O processo de tendência é retroalimentado
  • 18. + Anatomy of a Trend Henrik Vejlgaard Cool hunters Marta Domínguez Riezu O império do efêmero Zygmunt Bauman Trend Forecaster's Handbook Raymond Martin