SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
Baixar para ler offline
Universidade Federal de Santa Catarina
Centro de Ciências da Educação
Departamento de Ciência da Informação
Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação
Mestrado em Ciência da Informação
Disciplina: PCI3214 –Recuperação Inteligente de Informação
Professor: Dr. Angel Freddy Godoy Viera

Seminário - Aula 13
01 de junho de 2011
Patricia da Silva Neubert
Busca Inteligente de Informação Multimídia

Recuperacão de Video
MPEG-7
Estrutura:
Introdução ao MPEG-7
O que é MPEG-7?
Para que serve o MPEG-7?
Estrutura do MPEG-7
E então, como funciona?
MPEG-7 e Recuperação da Informação

Patricia
Busca Inteligente de Informação Multimídia

Patricia

Recuperacão de Video
MPEG-7
Introdução ao MPEG-7
O Moving Picture Experts Group (MPEG) é um grupo de trabalho da ISO/IEC
(International Organization for Standardization e International Electrotechnical
Commission), formado por cerca de 350 organizações, com o objetivo de desenvolver
padrões internacionais para a compressão, descompressão, processamento e
representação de vídeo.
O MPEG é uma família de formatos de compressão padronizados pelo Moving
Picture Experts Group.
(BARRETO, 2007; VICENTE, 2005)

De especial interesse para a recuperação da informação audiovisual é o formato
MPEG- 7 (Multimidia Content Description Interface), uma proposta de padronização
da descrição de conteúdos multimídia, que começou a ser desenvolvida em 1996.
(BARRETO, 2007; BARROS, GODOY VIERA, 2010; VICENTE, 2005)
Busca Inteligente de Informação Multimídia

Patricia

Recuperacão de Video
MPEG-7
O que é MPEG-7?
“[...] é um padrão para descrição de objetos multimídia [...]”
(BARRETO, 2007, p.21)

“[...] um padrão para a descrição das informações estruturais e
semânticas de conteúdos multimídia [...]”
(DALLACOSTA; DUTRA; TAROUCO, 2004, p.2)

“MPEG-7: interface para a descrição de conteúdo multimídia”.
(VICENTE, 2005, p.1, tradução nossa)

“MPEG-7 que se caracteriza como uma interface para gerenciamento
de metadados [...]”
(BARROS, GODOY VIERA, 2010, p.136)
Busca Inteligente de Informação Multimídia

Patricia

Recuperacão de Video
MPEG-7
Para que serve o MPEG-7?
“MPEG-7 é um padrão de representação de informação audiovisual
que permite a descrição de conteúdos por palavras-chave e por
significado semântico (quem, que, quando, onde) e estrutural (formas,
cores, texturas, movimentos, sons).”
(VICENTE, 2005, p.2, tradução nossa)

“MPEG-7 inclui, além da descrição dos conteúdos, informações
sobre o tipo de compressão utilizada (JPEG, em desenhos; MPEG-2, em
imagens), as condições para acesso (direitos, preço), classificação
(adultos, por exemplo), links a outros materiais relevantes (para acelerar a
busca) e o contexto (final dos 200 metros femininos dos Jogos Olímpicos de
Verão de 2000).”
(VICENTE, 2005, p.3, tradução nossa)
Busca Inteligente de Informação Multimídia

Patricia

Recuperacão de Video
MPEG-7
Estrutura do MPEG-7
“O MPEG-7, que possui uma estrutura mais complexa, prevê
ferramentas de descrição (Description Tools) representadas por
elementos de metadados.”
(BARROS, GODOY VIERA, 2010, p.137)

“O MPEG-7 pretende disponibilizar ferramentas (nesse caso, as
ferramentas são os descritores, que permitem a criação das
descrições) para que a busca em imagens, vídeos e arquivos sonoros
seja tão fácil quanto é a busca em textos.”
(DALLACOSTA; DUTRA; TAROUCO, 2004, p.7)
Busca Inteligente de Informação Multimídia

Patricia

Recuperacão de Video
MPEG-7
Estrutura do MPEG-7
Description Tools:
D - Descriptor (Descritores)
DS - Description Schemes (Esquemas de Descrição)
DDL - Description Definintion Language (Linguagem de Definição da
Descrição)
Busca Inteligente de Informação Multimídia

Patricia

Recuperacão de Video
MPEG-7
Estrutura do MPEG-7
Description Tools: D – Descriptor
“[...] são descritores que definem características específicas
relacionadas ao objeto multimídia.”
(BARROS, GODOY VIERA, 2010, p.137)

“Um Descritor define a sintaxe e a semântica de cada característica
como, por exemplo, sua cor ou texto do título.”
(DALLACOSTA; DUTRA; TAROUCO, 2004, p.8)

“[...] é uma representação de uma característica definida de maneira
sintática e semântica.”
(VICENTE, 2005, p.3, tradução nossa)
Busca Inteligente de Informação Multimídia

Patricia

Recuperacão de Video
MPEG-7
Estrutura do MPEG-7
Description Tools: DS - Description Schemes
“[...] são os esquemas de descrição que permitem a construção da
complexa estrutura e relação semântica entre os elementos descritos.
O conjunto de DS é denominado no padrão MPEG-7 de Multimedia
Description Schemes- MDS. [...] as DS permitem estabelecer relações
tanto entre os Ds como entre DSs.”
(BARROS, GODOY VIERA, 2010, p.137)
Busca Inteligente de Informação Multimídia

Patricia

Recuperacão de Video
MPEG-7
Estrutura do MPEG-7
Description Tools: DDL - Description Definintion Language
“A Linguagem de Definição de Descrição (DDL) é uma linguagem,
definida através de um esquema XML, que permite a criação de novos
Esquemas de Descrição e Descritores.”
(DALLACOSTA; DUTRA; TAROUCO, 2004, p.8)

“Uma linguagem que especifica esquemas de descrição permitindo a
Extensão e modificação dos esquemas de descrição existentes.”
(VICENTE, 2005, p.3, tradução nossa)
Busca Inteligente de Informação Multimídia

Patricia

Recuperacão de Video
MPEG-7
Estrutura do MPEG-7

(DALLACOSTA; DUTRA; TAROUCO, 2004, p.8)
Busca Inteligente de Informação Multimídia

Patricia

Recuperacão de Video
MPEG-7
E então, como funciona?
“[...] primeiramente, é realizada uma análise (manual ou automática) do
objeto multimídia a ser descrito, suas características estruturais,
semânticas, palavras-chave. A descrição das características é feita
utilizando-se o MPEG-7 que disponibiliza os Ds e as DSs. Como a
estrutura do MPEG- é projetada na linguagem XML, que é
interoperável, as informações descritas podem ser “entendidas” e
utilizadas por qualquer aplicação de busca.”
(BARROS, GODOY VIERA, 2010, p.139)
Busca Inteligente de Informação Multimídia

Patricia

Recuperacão de Video
MPEG-7
MPEG-7 e Recuperação da Informação
“Se “uma imagem vale por mil palavras”, pode-se dizer que para uma
descrição total do que vemos em um comercial de televisão de 30
segundos, precisaríamos de cerca de 720 mil palavras.”
(BARRETO, 2007, p.17)

“A quantidade de informação audiovisual disponível em formato digital
está alcançando cifras incomensuráveis graças as novas tecnologias
da comunicação e ao uso massivo da Internet na sociedade... e parece
não ter limite.”
(VICENTE, 2005, p.1, tradução nossa)
Busca Inteligente de Informação Multimídia

Patricia

Recuperacão de Video
MPEG-7
MPEG-7 e Recuperação da Informação
Neste contexto, a recuperação da informação torna-se um problema...

“A recuperação da informação é um processo que visa o atendimento
das necessidades informacionais do usuário. O desenvolvimento de
ferramentas como o MPEG-7 é relevante para a organização e
identificação dos conteúdos digitais especialmente dos objetos
multimídia, oferecendo suporte para uma efetiva representação, de
forma a garantir a relevância dos resultados de busca.”
(BARROS, GODOY VIERA, 2010, p.141)
Busca Inteligente de Informação Multimídia

Patricia

Recuperacão de Video
MPEG-7
MPEG-7 e Recuperação da Informação
“O MPEG-7 é um padrão para descrever as características de
conteúdos multimídia para que os usuários possam pesquisar e
recuperar estes conteúdos de forma similar ao que ocorre nos
mecanismos de busca na WWW. Para a criação destas descrições, o
MPEG-7 disponibiliza um conjunto de elementos de metadados
descritos em XML. Além das descrições textuais em arquivos XML,
muitas vezes extensas, o MPEG-7 especifica descrições em formato
binário, o BiM [...]”.
(DALLACOSTA; DUTRA; TAROUCO, 2004, p.7)
Busca Inteligente de Informação Multimídia

Patricia

Recuperacão de Video
MPEG-7
MPEG-7 e Recuperação da Informação
“Este padrão é usado para que seja possível desenvolver sistemas
capazes de indexar grandes bases de material audiovisual [...] e de
pesquisar manual ou automaticamente, nestas bases de materiais.”
(VICENTE, 2005, p.2, tradução nossa)

“Busca a interoperabilidade em recuperação, indexação, filtragem e
acesso a conteúdos audiovisuais entre recursos e aplicações que
manipulam esses conteúdos.”
(BARRETO, 2007, p.21)
Busca Inteligente de Informação Multimídia

Patricia

Recuperacão de Video
MPEG-7
MPEG-7 e Recuperação da Informação
“Em suma, o MPEG-7 oferece a vantagem de possibilitar a descrição
de diversos aspectos dos objetos multimídia de forma bastante
completa. A descrição independente de segmentos do objeto, bem
como o estabelecimento de relações semânticas entre esses
segmentos, também se configura em um importante aspecto para o
atendimento das necessidades do usuário na busca da informação.”
(BARROS, GODOY VIERA, 2010, p.142)
Busca Inteligente de Informação Multimídia

Referencias
BARRETO, Juliano Serra. Desafios e avanços na recuperação automática da informação audiovisual. Ci. Inf.,
Brasília, v. 36, n. 3, p. 17-28, set./dez. 2007. Disponível em:
<http://revista.ibict.br/index.php/ciinf/article/viewArticle/897>. Acesso em: 10 maio 2011.

BARROS, Camila Monteiro de; GODOY VIERA, Angel Freddy. MPEG-7 e a recuperação da informação de
objetos multimídia. Inf. & Soc.:Est., João Pessoa, v.20, n.3, p. 135-144, set./dez. 2010. Disponível em:
<http://www.ies.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/7337>. Acesso em: 10 maio 2011.
DALLACOSTA, Adriana; DUTRA, Renato Luis de Souza; TAROUCO, Liane Margarida Rockenbach. A
Utilização da Indexação de Vídeos com MPEG-7 e sua Aplicação na Educação. Novas Tecnologias na
Educação. V. 2 Nº 1, Março, 2004. Disponível em: <http://seer.ufrgs.br/renote/article/view/13725>. Acesso
em: 10 maio 2011.

FERNÁNDEZ SERRANO, R, et al. Búsqueda Inteligente de Información Multimedia. Disponível em:
<http://personales.upv.es/ccarrasc/doc/2002-2003/BIIM/biim.htm>. Acesso em : 15 fev. 2008.
VICENTE, P. J. V. El estándar MPEG-7. Revista de Ingeniería Informática del CIIRM, Murcia (Espanha), n.3,
p. 1-5, 2005. Disponível em: <http://www.cii-murcia.es/informas/jul05/articulos/El_estandar_MPEG-7.pdf>
Acesso em: 10 maio 2011.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Apresentação angel

Representação, recuperação, uso e reuso da imagem digital
Representação, recuperação, uso e reuso da imagem digitalRepresentação, recuperação, uso e reuso da imagem digital
Representação, recuperação, uso e reuso da imagem digital
Ana Carolina Simionato
 
Metadados para a representação de imagens digitais
Metadados para a representação de imagens digitaisMetadados para a representação de imagens digitais
Metadados para a representação de imagens digitais
Ana Carolina Simionato
 
Sistemas interativos de tempo real
Sistemas interativos de tempo realSistemas interativos de tempo real
Sistemas interativos de tempo real
Venise Melo
 
Projectos em Portugal
Projectos em PortugalProjectos em Portugal
Projectos em Portugal
titosilva29
 
RESUMO Uma Proposta de Arquitetura Interoperável integrando Web, TV Digital e...
RESUMO Uma Proposta de Arquitetura Interoperável integrando Web, TV Digital e...RESUMO Uma Proposta de Arquitetura Interoperável integrando Web, TV Digital e...
RESUMO Uma Proposta de Arquitetura Interoperável integrando Web, TV Digital e...
Carlos Alexandre
 
Artigo revista tecnologia_assistiva
Artigo revista tecnologia_assistivaArtigo revista tecnologia_assistiva
Artigo revista tecnologia_assistiva
barbaragratao
 
Artigo revista tecnologia_assistiva
Artigo revista tecnologia_assistivaArtigo revista tecnologia_assistiva
Artigo revista tecnologia_assistiva
barbaragratao
 
Trabalho contabilidade geral e de custos0021
Trabalho contabilidade geral e de custos0021Trabalho contabilidade geral e de custos0021
Trabalho contabilidade geral e de custos0021
Jean Santos
 

Semelhante a Apresentação angel (20)

Integração dos padrões MPEG na construção de ambientes de realidade virtual e...
Integração dos padrões MPEG na construção de ambientes de realidade virtual e...Integração dos padrões MPEG na construção de ambientes de realidade virtual e...
Integração dos padrões MPEG na construção de ambientes de realidade virtual e...
 
Lívia relatório curso_biblioteca_digital_bn
Lívia relatório curso_biblioteca_digital_bnLívia relatório curso_biblioteca_digital_bn
Lívia relatório curso_biblioteca_digital_bn
 
ApresentaçãO Gti (Ellison; Franciel)
ApresentaçãO Gti (Ellison; Franciel)ApresentaçãO Gti (Ellison; Franciel)
ApresentaçãO Gti (Ellison; Franciel)
 
Digitalizacao de obras e o formato pdfa
Digitalizacao de obras e o formato pdfaDigitalizacao de obras e o formato pdfa
Digitalizacao de obras e o formato pdfa
 
Representação, recuperação, uso e reuso da imagem digital
Representação, recuperação, uso e reuso da imagem digitalRepresentação, recuperação, uso e reuso da imagem digital
Representação, recuperação, uso e reuso da imagem digital
 
Aula 9 interfaces- graduação Design
Aula 9 interfaces- graduação DesignAula 9 interfaces- graduação Design
Aula 9 interfaces- graduação Design
 
Metadados para a representação de imagens digitais
Metadados para a representação de imagens digitaisMetadados para a representação de imagens digitais
Metadados para a representação de imagens digitais
 
Sistemas interativos de tempo real
Sistemas interativos de tempo realSistemas interativos de tempo real
Sistemas interativos de tempo real
 
YouTube em Portugal - Resumo da Tese de Mestrado
YouTube em Portugal - Resumo da Tese de MestradoYouTube em Portugal - Resumo da Tese de Mestrado
YouTube em Portugal - Resumo da Tese de Mestrado
 
Preservação Digital - Uma década
Preservação Digital - Uma décadaPreservação Digital - Uma década
Preservação Digital - Uma década
 
Projectos em Portugal
Projectos em PortugalProjectos em Portugal
Projectos em Portugal
 
RESUMO Uma Proposta de Arquitetura Interoperável integrando Web, TV Digital e...
RESUMO Uma Proposta de Arquitetura Interoperável integrando Web, TV Digital e...RESUMO Uma Proposta de Arquitetura Interoperável integrando Web, TV Digital e...
RESUMO Uma Proposta de Arquitetura Interoperável integrando Web, TV Digital e...
 
TP5-FAA-grupo1
TP5-FAA-grupo1TP5-FAA-grupo1
TP5-FAA-grupo1
 
Glossario de T.I
Glossario de T.IGlossario de T.I
Glossario de T.I
 
Artigo revista tecnologia_assistiva
Artigo revista tecnologia_assistivaArtigo revista tecnologia_assistiva
Artigo revista tecnologia_assistiva
 
Artigo revista tecnologia_assistiva
Artigo revista tecnologia_assistivaArtigo revista tecnologia_assistiva
Artigo revista tecnologia_assistiva
 
Projecto de Desenvolvimento de Repositório Aberto Multimédia linguístico da L...
Projecto de Desenvolvimento de Repositório Aberto Multimédia linguístico da L...Projecto de Desenvolvimento de Repositório Aberto Multimédia linguístico da L...
Projecto de Desenvolvimento de Repositório Aberto Multimédia linguístico da L...
 
Trabalho contabilidade geral e de custos0021
Trabalho contabilidade geral e de custos0021Trabalho contabilidade geral e de custos0021
Trabalho contabilidade geral e de custos0021
 
Artigo de banco de dados
Artigo  de banco de dadosArtigo  de banco de dados
Artigo de banco de dados
 
Papel dos vocabulários no acesso e reuso de recursos digitais na web
Papel dos vocabulários no acesso e reuso de recursos digitais na webPapel dos vocabulários no acesso e reuso de recursos digitais na web
Papel dos vocabulários no acesso e reuso de recursos digitais na web
 

Mais de Patricia Neubert

Tutorial 12 incluir seções
Tutorial 12 incluir seçõesTutorial 12 incluir seções
Tutorial 12 incluir seções
Patricia Neubert
 
Tutorial 11 ferramentas de leitura
Tutorial 11 ferramentas de leituraTutorial 11 ferramentas de leitura
Tutorial 11 ferramentas de leitura
Patricia Neubert
 
Tutorial 8 editor aceite de submissões
Tutorial 8 editor aceite de submissõesTutorial 8 editor aceite de submissões
Tutorial 8 editor aceite de submissões
Patricia Neubert
 
Tutorial 7 autor submissões
Tutorial 7 autor submissõesTutorial 7 autor submissões
Tutorial 7 autor submissões
Patricia Neubert
 
Tutorial 6 configuração da revista 5.visual
Tutorial 6 configuração da revista 5.visualTutorial 6 configuração da revista 5.visual
Tutorial 6 configuração da revista 5.visual
Patricia Neubert
 
Tutorial 5 configuração da revista 4.administração da revista
Tutorial 5 configuração da revista 4.administração da revistaTutorial 5 configuração da revista 4.administração da revista
Tutorial 5 configuração da revista 4.administração da revista
Patricia Neubert
 
Tutorial 4 configuração da revista 3.submissão
Tutorial 4 configuração da revista 3.submissãoTutorial 4 configuração da revista 3.submissão
Tutorial 4 configuração da revista 3.submissão
Patricia Neubert
 
Tutorial 3 configuração da revista 2.políticas
Tutorial 3 configuração da revista 2.políticasTutorial 3 configuração da revista 2.políticas
Tutorial 3 configuração da revista 2.políticas
Patricia Neubert
 
Tutorial 2 configuração da revista 1.detalhes
Tutorial 2 configuração da revista 1.detalhesTutorial 2 configuração da revista 1.detalhes
Tutorial 2 configuração da revista 1.detalhes
Patricia Neubert
 
Tutorial 13 formulários de avaliação
Tutorial 13 formulários de avaliaçãoTutorial 13 formulários de avaliação
Tutorial 13 formulários de avaliação
Patricia Neubert
 
Seminário paty aula 9 04-05-2011
Seminário paty aula 9 04-05-2011Seminário paty aula 9 04-05-2011
Seminário paty aula 9 04-05-2011
Patricia Neubert
 
Pci 410013 seminário aula 2_13 de outubro de 2011
Pci 410013 seminário aula 2_13 de outubro de 2011Pci 410013 seminário aula 2_13 de outubro de 2011
Pci 410013 seminário aula 2_13 de outubro de 2011
Patricia Neubert
 

Mais de Patricia Neubert (20)

Tutorial 15 estatísticas
Tutorial 15 estatísticasTutorial 15 estatísticas
Tutorial 15 estatísticas
 
Tutorial 14 avaliador
Tutorial 14 avaliadorTutorial 14 avaliador
Tutorial 14 avaliador
 
Tutorial 12 incluir seções
Tutorial 12 incluir seçõesTutorial 12 incluir seções
Tutorial 12 incluir seções
 
Tutorial 11 ferramentas de leitura
Tutorial 11 ferramentas de leituraTutorial 11 ferramentas de leitura
Tutorial 11 ferramentas de leitura
 
Tutorial 10 expediente
Tutorial 10 expedienteTutorial 10 expediente
Tutorial 10 expediente
 
Tutorial 9 notícias
Tutorial 9 notíciasTutorial 9 notícias
Tutorial 9 notícias
 
Tutorial 8 editor aceite de submissões
Tutorial 8 editor aceite de submissõesTutorial 8 editor aceite de submissões
Tutorial 8 editor aceite de submissões
 
Tutorial 7 autor submissões
Tutorial 7 autor submissõesTutorial 7 autor submissões
Tutorial 7 autor submissões
 
Tutorial 6 configuração da revista 5.visual
Tutorial 6 configuração da revista 5.visualTutorial 6 configuração da revista 5.visual
Tutorial 6 configuração da revista 5.visual
 
Tutorial 5 configuração da revista 4.administração da revista
Tutorial 5 configuração da revista 4.administração da revistaTutorial 5 configuração da revista 4.administração da revista
Tutorial 5 configuração da revista 4.administração da revista
 
Tutorial 4 configuração da revista 3.submissão
Tutorial 4 configuração da revista 3.submissãoTutorial 4 configuração da revista 3.submissão
Tutorial 4 configuração da revista 3.submissão
 
Tutorial 3 configuração da revista 2.políticas
Tutorial 3 configuração da revista 2.políticasTutorial 3 configuração da revista 2.políticas
Tutorial 3 configuração da revista 2.políticas
 
Tutorial 2 configuração da revista 1.detalhes
Tutorial 2 configuração da revista 1.detalhesTutorial 2 configuração da revista 1.detalhes
Tutorial 2 configuração da revista 1.detalhes
 
Tutorial 1 cadastro
Tutorial 1 cadastroTutorial 1 cadastro
Tutorial 1 cadastro
 
Tutorial 13 formulários de avaliação
Tutorial 13 formulários de avaliaçãoTutorial 13 formulários de avaliação
Tutorial 13 formulários de avaliação
 
Apresentação defesa
Apresentação defesaApresentação defesa
Apresentação defesa
 
Seminário paty aula 6
Seminário paty aula 6Seminário paty aula 6
Seminário paty aula 6
 
Seminário paty aula 3
Seminário paty aula 3Seminário paty aula 3
Seminário paty aula 3
 
Seminário paty aula 9 04-05-2011
Seminário paty aula 9 04-05-2011Seminário paty aula 9 04-05-2011
Seminário paty aula 9 04-05-2011
 
Pci 410013 seminário aula 2_13 de outubro de 2011
Pci 410013 seminário aula 2_13 de outubro de 2011Pci 410013 seminário aula 2_13 de outubro de 2011
Pci 410013 seminário aula 2_13 de outubro de 2011
 

Último

Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
sfwsoficial
 

Último (20)

APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxMovimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 

Apresentação angel

  • 1. Universidade Federal de Santa Catarina Centro de Ciências da Educação Departamento de Ciência da Informação Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação Mestrado em Ciência da Informação Disciplina: PCI3214 –Recuperação Inteligente de Informação Professor: Dr. Angel Freddy Godoy Viera Seminário - Aula 13 01 de junho de 2011 Patricia da Silva Neubert
  • 2. Busca Inteligente de Informação Multimídia Recuperacão de Video MPEG-7 Estrutura: Introdução ao MPEG-7 O que é MPEG-7? Para que serve o MPEG-7? Estrutura do MPEG-7 E então, como funciona? MPEG-7 e Recuperação da Informação Patricia
  • 3. Busca Inteligente de Informação Multimídia Patricia Recuperacão de Video MPEG-7 Introdução ao MPEG-7 O Moving Picture Experts Group (MPEG) é um grupo de trabalho da ISO/IEC (International Organization for Standardization e International Electrotechnical Commission), formado por cerca de 350 organizações, com o objetivo de desenvolver padrões internacionais para a compressão, descompressão, processamento e representação de vídeo. O MPEG é uma família de formatos de compressão padronizados pelo Moving Picture Experts Group. (BARRETO, 2007; VICENTE, 2005) De especial interesse para a recuperação da informação audiovisual é o formato MPEG- 7 (Multimidia Content Description Interface), uma proposta de padronização da descrição de conteúdos multimídia, que começou a ser desenvolvida em 1996. (BARRETO, 2007; BARROS, GODOY VIERA, 2010; VICENTE, 2005)
  • 4. Busca Inteligente de Informação Multimídia Patricia Recuperacão de Video MPEG-7 O que é MPEG-7? “[...] é um padrão para descrição de objetos multimídia [...]” (BARRETO, 2007, p.21) “[...] um padrão para a descrição das informações estruturais e semânticas de conteúdos multimídia [...]” (DALLACOSTA; DUTRA; TAROUCO, 2004, p.2) “MPEG-7: interface para a descrição de conteúdo multimídia”. (VICENTE, 2005, p.1, tradução nossa) “MPEG-7 que se caracteriza como uma interface para gerenciamento de metadados [...]” (BARROS, GODOY VIERA, 2010, p.136)
  • 5. Busca Inteligente de Informação Multimídia Patricia Recuperacão de Video MPEG-7 Para que serve o MPEG-7? “MPEG-7 é um padrão de representação de informação audiovisual que permite a descrição de conteúdos por palavras-chave e por significado semântico (quem, que, quando, onde) e estrutural (formas, cores, texturas, movimentos, sons).” (VICENTE, 2005, p.2, tradução nossa) “MPEG-7 inclui, além da descrição dos conteúdos, informações sobre o tipo de compressão utilizada (JPEG, em desenhos; MPEG-2, em imagens), as condições para acesso (direitos, preço), classificação (adultos, por exemplo), links a outros materiais relevantes (para acelerar a busca) e o contexto (final dos 200 metros femininos dos Jogos Olímpicos de Verão de 2000).” (VICENTE, 2005, p.3, tradução nossa)
  • 6. Busca Inteligente de Informação Multimídia Patricia Recuperacão de Video MPEG-7 Estrutura do MPEG-7 “O MPEG-7, que possui uma estrutura mais complexa, prevê ferramentas de descrição (Description Tools) representadas por elementos de metadados.” (BARROS, GODOY VIERA, 2010, p.137) “O MPEG-7 pretende disponibilizar ferramentas (nesse caso, as ferramentas são os descritores, que permitem a criação das descrições) para que a busca em imagens, vídeos e arquivos sonoros seja tão fácil quanto é a busca em textos.” (DALLACOSTA; DUTRA; TAROUCO, 2004, p.7)
  • 7. Busca Inteligente de Informação Multimídia Patricia Recuperacão de Video MPEG-7 Estrutura do MPEG-7 Description Tools: D - Descriptor (Descritores) DS - Description Schemes (Esquemas de Descrição) DDL - Description Definintion Language (Linguagem de Definição da Descrição)
  • 8. Busca Inteligente de Informação Multimídia Patricia Recuperacão de Video MPEG-7 Estrutura do MPEG-7 Description Tools: D – Descriptor “[...] são descritores que definem características específicas relacionadas ao objeto multimídia.” (BARROS, GODOY VIERA, 2010, p.137) “Um Descritor define a sintaxe e a semântica de cada característica como, por exemplo, sua cor ou texto do título.” (DALLACOSTA; DUTRA; TAROUCO, 2004, p.8) “[...] é uma representação de uma característica definida de maneira sintática e semântica.” (VICENTE, 2005, p.3, tradução nossa)
  • 9. Busca Inteligente de Informação Multimídia Patricia Recuperacão de Video MPEG-7 Estrutura do MPEG-7 Description Tools: DS - Description Schemes “[...] são os esquemas de descrição que permitem a construção da complexa estrutura e relação semântica entre os elementos descritos. O conjunto de DS é denominado no padrão MPEG-7 de Multimedia Description Schemes- MDS. [...] as DS permitem estabelecer relações tanto entre os Ds como entre DSs.” (BARROS, GODOY VIERA, 2010, p.137)
  • 10. Busca Inteligente de Informação Multimídia Patricia Recuperacão de Video MPEG-7 Estrutura do MPEG-7 Description Tools: DDL - Description Definintion Language “A Linguagem de Definição de Descrição (DDL) é uma linguagem, definida através de um esquema XML, que permite a criação de novos Esquemas de Descrição e Descritores.” (DALLACOSTA; DUTRA; TAROUCO, 2004, p.8) “Uma linguagem que especifica esquemas de descrição permitindo a Extensão e modificação dos esquemas de descrição existentes.” (VICENTE, 2005, p.3, tradução nossa)
  • 11. Busca Inteligente de Informação Multimídia Patricia Recuperacão de Video MPEG-7 Estrutura do MPEG-7 (DALLACOSTA; DUTRA; TAROUCO, 2004, p.8)
  • 12. Busca Inteligente de Informação Multimídia Patricia Recuperacão de Video MPEG-7 E então, como funciona? “[...] primeiramente, é realizada uma análise (manual ou automática) do objeto multimídia a ser descrito, suas características estruturais, semânticas, palavras-chave. A descrição das características é feita utilizando-se o MPEG-7 que disponibiliza os Ds e as DSs. Como a estrutura do MPEG- é projetada na linguagem XML, que é interoperável, as informações descritas podem ser “entendidas” e utilizadas por qualquer aplicação de busca.” (BARROS, GODOY VIERA, 2010, p.139)
  • 13. Busca Inteligente de Informação Multimídia Patricia Recuperacão de Video MPEG-7 MPEG-7 e Recuperação da Informação “Se “uma imagem vale por mil palavras”, pode-se dizer que para uma descrição total do que vemos em um comercial de televisão de 30 segundos, precisaríamos de cerca de 720 mil palavras.” (BARRETO, 2007, p.17) “A quantidade de informação audiovisual disponível em formato digital está alcançando cifras incomensuráveis graças as novas tecnologias da comunicação e ao uso massivo da Internet na sociedade... e parece não ter limite.” (VICENTE, 2005, p.1, tradução nossa)
  • 14. Busca Inteligente de Informação Multimídia Patricia Recuperacão de Video MPEG-7 MPEG-7 e Recuperação da Informação Neste contexto, a recuperação da informação torna-se um problema... “A recuperação da informação é um processo que visa o atendimento das necessidades informacionais do usuário. O desenvolvimento de ferramentas como o MPEG-7 é relevante para a organização e identificação dos conteúdos digitais especialmente dos objetos multimídia, oferecendo suporte para uma efetiva representação, de forma a garantir a relevância dos resultados de busca.” (BARROS, GODOY VIERA, 2010, p.141)
  • 15. Busca Inteligente de Informação Multimídia Patricia Recuperacão de Video MPEG-7 MPEG-7 e Recuperação da Informação “O MPEG-7 é um padrão para descrever as características de conteúdos multimídia para que os usuários possam pesquisar e recuperar estes conteúdos de forma similar ao que ocorre nos mecanismos de busca na WWW. Para a criação destas descrições, o MPEG-7 disponibiliza um conjunto de elementos de metadados descritos em XML. Além das descrições textuais em arquivos XML, muitas vezes extensas, o MPEG-7 especifica descrições em formato binário, o BiM [...]”. (DALLACOSTA; DUTRA; TAROUCO, 2004, p.7)
  • 16. Busca Inteligente de Informação Multimídia Patricia Recuperacão de Video MPEG-7 MPEG-7 e Recuperação da Informação “Este padrão é usado para que seja possível desenvolver sistemas capazes de indexar grandes bases de material audiovisual [...] e de pesquisar manual ou automaticamente, nestas bases de materiais.” (VICENTE, 2005, p.2, tradução nossa) “Busca a interoperabilidade em recuperação, indexação, filtragem e acesso a conteúdos audiovisuais entre recursos e aplicações que manipulam esses conteúdos.” (BARRETO, 2007, p.21)
  • 17. Busca Inteligente de Informação Multimídia Patricia Recuperacão de Video MPEG-7 MPEG-7 e Recuperação da Informação “Em suma, o MPEG-7 oferece a vantagem de possibilitar a descrição de diversos aspectos dos objetos multimídia de forma bastante completa. A descrição independente de segmentos do objeto, bem como o estabelecimento de relações semânticas entre esses segmentos, também se configura em um importante aspecto para o atendimento das necessidades do usuário na busca da informação.” (BARROS, GODOY VIERA, 2010, p.142)
  • 18. Busca Inteligente de Informação Multimídia Referencias BARRETO, Juliano Serra. Desafios e avanços na recuperação automática da informação audiovisual. Ci. Inf., Brasília, v. 36, n. 3, p. 17-28, set./dez. 2007. Disponível em: <http://revista.ibict.br/index.php/ciinf/article/viewArticle/897>. Acesso em: 10 maio 2011. BARROS, Camila Monteiro de; GODOY VIERA, Angel Freddy. MPEG-7 e a recuperação da informação de objetos multimídia. Inf. & Soc.:Est., João Pessoa, v.20, n.3, p. 135-144, set./dez. 2010. Disponível em: <http://www.ies.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/7337>. Acesso em: 10 maio 2011. DALLACOSTA, Adriana; DUTRA, Renato Luis de Souza; TAROUCO, Liane Margarida Rockenbach. A Utilização da Indexação de Vídeos com MPEG-7 e sua Aplicação na Educação. Novas Tecnologias na Educação. V. 2 Nº 1, Março, 2004. Disponível em: <http://seer.ufrgs.br/renote/article/view/13725>. Acesso em: 10 maio 2011. FERNÁNDEZ SERRANO, R, et al. Búsqueda Inteligente de Información Multimedia. Disponível em: <http://personales.upv.es/ccarrasc/doc/2002-2003/BIIM/biim.htm>. Acesso em : 15 fev. 2008. VICENTE, P. J. V. El estándar MPEG-7. Revista de Ingeniería Informática del CIIRM, Murcia (Espanha), n.3, p. 1-5, 2005. Disponível em: <http://www.cii-murcia.es/informas/jul05/articulos/El_estandar_MPEG-7.pdf> Acesso em: 10 maio 2011.