Treinamento
de Mesários
Eleições 2016
IMPORTÂNCIA DO MESÁRIO
O mesário é um dos grandes atores do processo
eleitoral. Ele é o representante do povo na fiscaliza...
Os mesários são nomeados pelo juiz eleitoral e atuam
na seção eleitoral compondo a Mesa Receptora de
Votos:
 Presidente,
...
Evitar conversas casuais com seus colegas de mesa enquanto o eleitor
estiver votando, concentrando-se no eleitor
Usar tr...
PREVENÇÃO DE CONFLITOS
Sinais de embriaguez: Conversar, avaliar condições físicas. Caso o eleitor não consiga
votar, o pr...
 ACESSIBILIDADEACESSIBILIDADE
 PREFERÊNCIAS PARA VOTARPREFERÊNCIAS PARA VOTAR
 IDENTIFICAÇÃO DO ELEITOR (DOCUMENTOS)IDE...
Justiça Eleitoral é inclusiva
Assegure a preferência de voto dos eleitores maiores de
60 anos, enfermos, pessoas com def...
É permitido o uso de instrumentos mecânicos para
assinatura e votação.
O eleitor poderá ser posicionado em frente à urna...
O eleitor pode ser auxiliado por pessoa de sua confiança para
entrar com ela na cabina ou até votar por ela, desde que es...
Eleitores maiores de 60 anos, enfermos, pessoas com deficiência ou
mobilidade reduzida, grávidas, lactantes e pessoas aco...
Documento oficial com foto:
•Carteira de identidade
•Passaporte
•Carteira de categoria profissional
reconhecida por lei (O...
SIGILO DO VOTO
Na cabina de
votação é proibido
ao eleitor portar
qualquer
equipamento que
comprometa o
sigilo do voto.
O S...
ORIENTAÇÕES PRELIMINARES – Fiscalização,
propaganda e polícia dos trabalhos
Obs.: O poder de polícia
cabe, somente, ao
Pre...
MONTAGEM DA SEÇÃO
Preparação Zerésima Votação Encerramento
Todos os componentes da seção devem
chegar até às 06:30h.
Dev...
Materiais da Seção Eleitoral
TERMINAL do Mesário
TERMINAL DO ELEITOR
CABINA
MONTAGEM DA SEÇÃO
3 - Comprovantes de votação para 1º e 2º turno
4 - Campos de assinatura e impressão digital – Os campos de assinatura estã...
Materiais da Seção EleitoralMONTAGEM DA SEÇÃO
Materiais da Seção Eleitoral
MONTAGEM DA SEÇÃO
Abra a tampa da caixa.
2
Solte as abas de fixação da
tampa da caixa.
1
Retire a urna, os cabos e o
terminal do mesário da
...
MONTAGEM DA SEÇÃO
Cuidado!! Devem ser evitados locais próximos à janelas, portas etc.
Na organização da seção eleitoral, posicionar, se possível,
mesas, cadeiras, urna, cabina e cartazes conforme a
sugestão a...
 Observe a localização das tomadas na sala. Não deixe fios elétricos
dificultarem a movimentação das pessoas, especialmen...
INSTALAÇÃO DA URNA
ATENÇÃO!!!
A chave deve permanecer
presa ao cabo do terminal
do mesário.
IMPORTANTE: Ao ligar a
urna, a...
Após ligar a urna na tomada e girar a chave
Verificar na tela da urna se estão corretos: MUNICÍPIO, ZONA,
SEÇÃO, DATA e HO...
LIBERADO:
A URNA ESTÁ
LIVRE.
AGUARDE: O
ELEITOR ESTÁ
VOTANDO.
LUZ VERMELHA
ACESA: URNA
OPERANDO COM
BATERIA.
PISCANDO: NÍV...
OS PROCEDIMENTOS
Preparação Zerésima Votação Encerramento
A zerésima é um relatório que traz a identificação da urna e
com...
A votação não pode ser iniciada sem a impressão legível da
zerésima.
Ela é um dos instrumentos de transparência e lisura d...
FLUXO DA
VOTAÇÃO
Às 8 horas a votação começa!
É hora de votar!É hora de votar!
No terminal do ELEITORterminal do ELEITOR, ...
NOVIDADE 2016: Identificação híbrida do eleitor
Nessas Eleições, a votação será híbrida, ou seja, teremos
eleitores identi...
Fluxo de votação SEM identificação
biométrica do eleitor
1) O Secretário confere os documentos do eleitor;
2) O eleitor os entrega ao 1º ou 2º Mesário;
3) O Mesário localiza o ele...
Após a assinatura no caderno:
6) O mesário dita o número do título para o presidente (ATENÇÃO PARA QUE A
INSCRIÇÃO CORRESP...
Se o nome do eleitor não constar no Caderno de
Votação, nem no Cadastro da Urna ELE NÃO VOTA!ELE NÃO VOTA!
ANOTAR A OCORR...
VOTAÇÃO –Identificação do eleitor SEM BIOMETRIA
Fluxo de votação COM identificação
biométrica do eleitor
1) O Secretário confere os documentos do eleitor;
2) O eleitor os entrega ao 1º ou 2º Mesário;
3) O Mesário localiza o ele...
4) O mesário dita o número do título para o presidente (ATENÇÃO PARA QUE A
INSCRIÇÃO CORRESPONDA REALMENTE AO ELEITOR!).
5...
VOTAÇÃO –Identificação do eleitor COM BIOMETRIA
8) O eleitor deve posicionar o dedo “cheio” (o meio
do dedo no meio do sen...
VOTAÇÃO –Identificação do eleitor COM BIOMETRIA
11) Com a digital reconhecida, o terminal do mesário emite o
aviso sonoro ...
Problemas na identificação biométrica
do eleitor
E se ocorrer alguma dificuldade na identificação biométrica do eleitor?
V...
VOTAÇÃO –Problemas na Identificação do eleitor
I) Biometria não reconhecida na primeira tentativa
No Terminal do Mesário a...
VOTAÇÃO –Problemas na Identificação do eleitor
c) Orientamos que, preferencialmente, seja tentado o reconhecimento
dos ded...
c) Não havendo equívoco quanto ao número digitado, nem dúvidas
acerca da identidade do eleitor, o Presidente deve pergunta...
VOTAÇÃO –Problemas na Identificação do eleitor
d.2)Se o ano informado estiver incorreto:
•É possível digitar mais uma vez ...
VOTAÇÃO –Problemas na Identificação do eleitor
III) Eleitor cujas digitais estão indisponíveis no dia da
eleição
Nessa sit...
Em caso de dúvida quanto à identidade do eleitor, mesmo que ele esteja
portando título e documento oficial, o presidente d...
OS PROCEDIMENTOS
Zerésima Votação EncerramentoPreparação
Situações especiais
Justificativa eleitoral
Suspensão do voto
...
O eleitor que se encontrar fora de seu domicílio eleitoral
(Município) no dia da eleição deve justificar a sua
ausência em...
SITUAÇÕES ESPECIAIS – Justificativa: Fluxo Resumido
Favor verificar se todos os dados estão
preenchidos pelo eleitor (ano de eleição,
turno, nome, inscrição, zona, UF, seção)...
INFORME O TÍTULO DE ELEITOR 08:17:00
----------------------- 020/482
INFORME O TÍTULO DE ELEITOR 08:17:00
----------------...
SITUAÇÕES ESPECIAIS – Suspensão do voto
Zerésima Votação EncerramentoPreparação
 Situações especiais – Suspensão do voto:...
 Situações especiais – Suspensão do voto (1ª situação):
 Se o eleitor se recusar a votar ou demonstrar que não consegue ...
 Situações especiais – Suspensão do voto (2ª Situação):
 Se o eleitor se recusar a votar ou demonstrar que não consegue ...
SITUAÇÕES ESPECIAIS – Uso de áudio na urna
Zerésima Votação EncerramentoPreparação
 Verifique se o eleitor com deficiênci...
 Após habilitar o áudio, digite o título do eleitor normalmente.
 A desabilitação do áudio é automática, após o voto do ...
SITUAÇÕES ESPECIAIS – Eleitor que vota no lugar de outro
Nessa situação, deve-se proceder da seguinte forma:
1) Verificar ...
Na hipótese de falha na urna, em qualquer momento daem qualquer momento da
votaçãovotação, o presidente da mesa receptora ...
Todos os procedimentos de contingência realizados pela
equipe técnica, designada pelo juiz eleitoral, deverão ser
acompanh...
Continuar a votação;
Checar a tomada na qual a urna está conectada.
 Registrar o horário em Ata.
 Comunicar imediatame...
SITUAÇÕES ESPECIAIS – Urna operando com bateria interna
Luz vermelha acesaLuz vermelha acesa
Sem piscarSem piscar
==
Bater...
Encerramento da Votação
17h
ENCERRAMENTO DA
VOTAÇÃO
É proibido o encerramento da votação
antes desse horário, mesmo que to...
OS PROCEDIMENTOS
Zerésima Votação EncerramentoPreparação
Digitar no terminal do mesário o código de encerramento: ZZZZSSS...
ENCERRAMENTO DA
VOTAÇÃO
ENCERRAMENTO DA
VOTAÇÃO
ENCERRAMENTO
Após a emissão da primeira via do boletim de
urna, aparecem no terminal do eleitor a seguinte
mensagem:
O código impresso no BU pode ser escaneado e
decodificado pela maioria dos aparelhos celulares
que têm câmera fotográfica ...
BU ILEGÍVEL OU NÃO IMPRESSO
À VISTA DOS FISCAIS PRESENTES, O
PRESIDENTE DEVE:
Desligar e religar a urna.
SE FUNCIONAR:
• P...
BU BJ
Boletim de
Urna
Boletim de
Justificativa
 1ª via: completa e legível.
Imprimir mais 04 vias
obrigatórias.
Rubrica...
Após a impressão das cinco vias obrigatórias do
boletim de urna e da via do boletim de justificativa,
aparece no terminal...
O Presidente da mesa deve:
O PRESIDENTE DA MESA DEVE:
O Presidente da mesa deve:
ENCERRAMENTO
Caso não haja solicitação de vias extras do BU, o Presidente
aperta a tecla CORRIGE para finalizar e aparecerá a tela a
se...
ÚLTIMAS
PROVIDÊNCIAS
Coloque o terminal do
mesário e os cabos sobre
o terminal do eleitor com
cuidado para que
nenhuma peça caia no
chão.
Vire ...
Encaixe o terminal do
mesário no
compartimento próprio
para que a caixa feche
corretamente.
Feche a caixa e prenda com as ...
 Eleitores faltosos: escrever "não compareceu” no local
destinado a assinatura.
 Anotar na capa o quantitativo de eleito...
Este ano, o cabeçalho da Ata da Mesa Receptora de Votos virá preenchido, como o
modelo:
ENCERRAMENTO – Ata da Mesa Recepto...
ÚLTIMAS
PROVIDÊNCIAS
Ata da mesa receptora de votosAta da mesa receptora de votos
Colocar por extenso nome dos mesários
Se houver substituição, constar nome completo do substituto0
Motivos do atraso do in...
Total de eleitores (por extenso)
Comparecimento (por extenso)
Quantos eleitores deixaram de comparecer (por extenso)
Dados...
ENCERRAMENTO - Encaminhamento do material
Consequências da Ausência ou Abandono dos trabalhos
•A ausência ou abandono configuram crime
eleitoral;
•Pagamento de Mult...
Agradecemos sua participação.Agradecemos sua participação.
Boa eleição!Boa eleição!
Treinamento de Mesários
Eleições 2016
...
Slides mesarios2016 (pós filme)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Slides mesarios2016 (pós filme)

1.284 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.284
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
762
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Clique no link abaixo e veja o exemplo.
     
    Terminal do eleitor e terminal do mesário
  • Slides mesarios2016 (pós filme)

    1. 1. Treinamento de Mesários Eleições 2016
    2. 2. IMPORTÂNCIA DO MESÁRIO O mesário é um dos grandes atores do processo eleitoral. Ele é o representante do povo na fiscalização e legitimação do processo de votação. .
    3. 3. Os mesários são nomeados pelo juiz eleitoral e atuam na seção eleitoral compondo a Mesa Receptora de Votos:  Presidente,  Primeiro Mesário,  Segundo Mesário e  Secretário. Com a cartilha em mãos, observe as atribuições de cada integrante da mesa receptora de votos (fls. 05 e 06)
    4. 4. Evitar conversas casuais com seus colegas de mesa enquanto o eleitor estiver votando, concentrando-se no eleitor Usar trajes adequados à ocasião de trabalho, mantendo postura ética e respeitosa na seção eleitoral NÃO utilizar celular, tablet, computadores e qualquer outro aparelho eletrônico NÃO acessar redes sociais Em hipótese alguma falar sobre candidatos ou partidos políticos Não enviar mensagens de caráter crítico, ofensivo, desrespeitoso ou de brincadeiras sobre eleitores mesmo após o pleito;  Ser educado e cumprimentar o eleitor com cordialidade POSTURAS ÉTICAS
    5. 5. PREVENÇÃO DE CONFLITOS Sinais de embriaguez: Conversar, avaliar condições físicas. Caso o eleitor não consiga votar, o presidente deve, educadamente, conduzi-lo para fora da seção, pedindo que retorne mais tarde para votar. Se necessário, solicite força policial. Interferência da fiscalização: A fiscalização não pode interferir no voto dos eleitores, só fiscalizar os trabalhos. Caso a sua atuação perturbe a ordem no local de votação, solicite que se retirem. Movimentação da imprensa: A imprensa pode ser autorizada a atuar dentro da seção, mas não pode interferir no trabalho dos mesários ou no acesso dos eleitores ao local, nem violar o sigilo do voto. O presidente deve definir uma área onde a imprensa possa permanecer para obter imagens (nunca entrevistas), dentro da seção. Comentários sobre política: Caso o eleitor faça comentários sobre política na fila ou mesmo dentro da seção, os mesários devem permanecer neutros aos comentários, ainda que tenha as próprias convicções sobre o assunto. Os mesários não devem emitir opiniões pessoais.
    6. 6.  ACESSIBILIDADEACESSIBILIDADE  PREFERÊNCIAS PARA VOTARPREFERÊNCIAS PARA VOTAR  IDENTIFICAÇÃO DO ELEITOR (DOCUMENTOS)IDENTIFICAÇÃO DO ELEITOR (DOCUMENTOS)  SIGILO DO VOTOSIGILO DO VOTO  FISCALIZAÇÃO, PODER DE POLÍCIA E PROPAGANDAFISCALIZAÇÃO, PODER DE POLÍCIA E PROPAGANDA
    7. 7. Justiça Eleitoral é inclusiva Assegure a preferência de voto dos eleitores maiores de 60 anos, enfermos, pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, grávidas, lactantes e pessoas com criança de colo. Verifique se o espaço para a cadeira de rodas passar até a cabina de votação está adequado, inclusive sem fios Desobstrua a passagem do eleitor com deficiência, se for o caso. ACESSIBILIDADE
    8. 8. É permitido o uso de instrumentos mecânicos para assinatura e votação. O eleitor poderá ser posicionado em frente à urna eletrônica antes da votação ser liberada. Informe obstáculos, como degraus e pisos irregulares;  Teclas da urna eletrônica em Braille e marca de identificação da tecla 5. Uso do sistema de áudio na urna com fone de ouvido fornecido pela Justiça Eleitoral (veremos adiante) É permitido entrar na seção com cão-guia. ACESSIBILIDADE - VISUAL
    9. 9. O eleitor pode ser auxiliado por pessoa de sua confiança para entrar com ela na cabina ou até votar por ela, desde que esse auxílio seja imprescindível para o exercício do voto, nos casos de deficiência ou mobilidade reduzida (art. 50, §1º da Resolução/TSE n.º 23.456/2015) A pessoa não pode estar a serviço da JE ou partido político  Deve ser consignado em ata  ATENÇÃO: Crianças podem acompanhar os pais? ACESSIBILIDADE – VOTAÇÃO DEFICIÊNCIA OU MOBILIDADE REDUZIDA
    10. 10. Eleitores maiores de 60 anos, enfermos, pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, grávidas, lactantes e pessoas acompanhadas de criança de colo.  Candidatos.  Juízes eleitorais e seus auxiliares.  Servidores da Justiça Eleitoral.  Promotores eleitorais.  Policiais militares em serviço. ORIENTAÇÕES PRELIMINARES – Preferências para votar
    11. 11. Documento oficial com foto: •Carteira de identidade •Passaporte •Carteira de categoria profissional reconhecida por lei (OAB, CRM etc.) •Certificado de reservista •Carteira de trabalho •Carteira Nacional de Habilitação NÃO PODE: certidão de nascimento ou casamento, nem carteira de estudante. ORIENTAÇÕES PRELIMINARES – Identificação do eleitor O eleitor é identificado com a apresentaçãoO eleitor é identificado com a apresentação de um documento oficial com foto.de um documento oficial com foto. SÓ COMSÓ COM O TÍTULO, O ELEITOR NÃO VOTA!O TÍTULO, O ELEITOR NÃO VOTA! CONFERIR A FOTO DO ELEITOR NOCONFERIR A FOTO DO ELEITOR NO DOCUMENTO E NO CADERNO DEDOCUMENTO E NO CADERNO DE VOTAÇÃO (ELEITORES COM BIOMETRIA).VOTAÇÃO (ELEITORES COM BIOMETRIA).
    12. 12. SIGILO DO VOTO Na cabina de votação é proibido ao eleitor portar qualquer equipamento que comprometa o sigilo do voto. O Secretário deve estar atento à fila e deve orientar, educadamente, os eleitores para desligarem e guardarem os equipamentos antes de entrarem na seção.
    13. 13. ORIENTAÇÕES PRELIMINARES – Fiscalização, propaganda e polícia dos trabalhos Obs.: O poder de polícia cabe, somente, ao Presidente e ao Juiz, não podendo nenhuma autoridade estranha à mesa intervir no seu funcionamento, sob qualquer pretexto, salvo os técnicos designados pela Justiça Eleitoral.
    14. 14. MONTAGEM DA SEÇÃO Preparação Zerésima Votação Encerramento Todos os componentes da seção devem chegar até às 06:30h. Deve-se conferir, a partir desse horário os materiais da Seção Eleitoral.
    15. 15. Materiais da Seção Eleitoral TERMINAL do Mesário TERMINAL DO ELEITOR CABINA MONTAGEM DA SEÇÃO
    16. 16. 3 - Comprovantes de votação para 1º e 2º turno 4 - Campos de assinatura e impressão digital – Os campos de assinatura estão ACIMA do nome do eleitor! 5 - Novidade: Não há mais a informação do ANO de nascimento. Só consta dia e mês 1 3 4 Materiais da Seção EleitoralMONTAGEM DA SEÇÃO 2
    17. 17. Materiais da Seção EleitoralMONTAGEM DA SEÇÃO
    18. 18. Materiais da Seção Eleitoral MONTAGEM DA SEÇÃO
    19. 19. Abra a tampa da caixa. 2 Solte as abas de fixação da tampa da caixa. 1 Retire a urna, os cabos e o terminal do mesário da caixa. 3 Coloque o terminal do mesário e os cabos sobre o terminal do eleitor com cuidado para que nenhuma peça caia no chão. 4 Tire os cabos e o terminal do mesário de cima da urna. 5 MONTAGEM DA SEÇÃO - desembalar a urna
    20. 20. MONTAGEM DA SEÇÃO Cuidado!! Devem ser evitados locais próximos à janelas, portas etc.
    21. 21. Na organização da seção eleitoral, posicionar, se possível, mesas, cadeiras, urna, cabina e cartazes conforme a sugestão apresentada a seguir.  Posicionar mesas e cadeiras.  Afixar a lista de candidatos.  Montar a cabina e instalar a urna Observar localização de tomadas, portas e janelas MONTAGEM DA SEÇÃO Os coordenadores já arrumarão previamente o local de votação e as salas das seções, entretanto, é interessante ter em mente que, na organização da seção eleitoral, mesas, cadeiras, urna, cabina e cartazes devem ser posicionados, se possível, conforme a sugestão a seguir:
    22. 22.  Observe a localização das tomadas na sala. Não deixe fios elétricos dificultarem a movimentação das pessoas, especialmente os usuários de cadeira de rodas. Serão disponibilizadas fitas adesivas para afixar os fios no chão. ATENÇÃO: Ao colocar a fita, proteger o fio com pedaços de papel.  Não posicione a urna eletrônica sobre palcos, batentes ou outros desníveis que dificultem o acesso à cabina.  Instale a cabina de votação a uma distância da parede que permita livre movimentação de cadeira de rodas e resguarde o sigilo do voto. Disponibilize cadeiras para acomodar idosos que aguardam a votação e para crianças que acompanham os pais, para que aguardem a conclusão da votação do lado de fora da cabina. MONTAGEM DA SEÇÃO
    23. 23. INSTALAÇÃO DA URNA ATENÇÃO!!! A chave deve permanecer presa ao cabo do terminal do mesário. IMPORTANTE: Ao ligar a urna, a chave deve ser posicionada na DIAGONAL e RETIRADA, sem voltar para a posição vertical. LEMBRETE: Urna DESLIGADA: posição VERTICAL Urna LIGADA: posição DIAGONAL.
    24. 24. Após ligar a urna na tomada e girar a chave Verificar na tela da urna se estão corretos: MUNICÍPIO, ZONA, SEÇÃO, DATA e HORA e se está operando com energia elétrica. MONTAGEM DA SEÇÃO ATENÇÃO: Se os dados estiverem incorretos ou a tela indicar “Operando com bateria interna”, entre em contato imediatamente com a coordenação.
    25. 25. LIBERADO: A URNA ESTÁ LIVRE. AGUARDE: O ELEITOR ESTÁ VOTANDO. LUZ VERMELHA ACESA: URNA OPERANDO COM BATERIA. PISCANDO: NÍVEL CRÍTICO EM QUALQUER DAS SITUAÇÕES AVISE IMEDIATAMENTE A COORDENAÇÃO. INSTALAÇÃO DA URNA Sinais (LEDs) do terminal do mesário
    26. 26. OS PROCEDIMENTOS Preparação Zerésima Votação Encerramento A zerésima é um relatório que traz a identificação da urna e comprova a inexistência de votos gravados na memória.  Emitir a partir das 7h.  NÃO puxar o papel.  Observar se está legível.  Assinar com os mesários e fiscais, se presentes.  Guardar em envelope.
    27. 27. A votação não pode ser iniciada sem a impressão legível da zerésima. Ela é um dos instrumentos de transparência e lisura do processo eleitoral. Cuide bem dela! ZERÉSIMA IMPORTANTE! ZERÉSIMA NÃO IMPRESSA OU ILEGÍVEL Desligar e religar urna com a chave Apertar a tecla CONFIRMA Aguardar a emissão da zerésima Registrar a ocorrência em ata. E SE NÃO FUNCIONAR?  Desligar a urna e comunicar imediatamente a coordenação. Registrar a ocorrência em ata
    28. 28. FLUXO DA VOTAÇÃO Às 8 horas a votação começa! É hora de votar!É hora de votar! No terminal do ELEITORterminal do ELEITOR, aparece a seguinte tela: No terminal do MESÁRIOterminal do MESÁRIO, aparece a seguinte tela:
    29. 29. NOVIDADE 2016: Identificação híbrida do eleitor Nessas Eleições, a votação será híbrida, ou seja, teremos eleitores identificados com biometria e sem dados biométricos cadastrados, que serão atendidos na mesma seção eleitoral. Por isso, é necessário que o mesário fique atento aos procedimentos, que variam com e sem biometria. Em geral, o eleitor sem dados biométricos cadastrados não possui foto no caderno de votação enquanto que aquele com biometria possui. Ainda assim, fique atento às informações trazidas pelo terminal do mesário.
    30. 30. Fluxo de votação SEM identificação biométrica do eleitor
    31. 31. 1) O Secretário confere os documentos do eleitor; 2) O eleitor os entrega ao 1º ou 2º Mesário; 3) O Mesário localiza o eleitor no caderno de votação APÓS CONFERIR atentamente o seu nome, o nome de sua mãe, o número de seu título e a data de nascimento. Essa conferência é IMPRESCINDÍVEL para evitar que um eleitor assine no local correspondente a outro e seja habilitado a votar com a inscrição de outra pessoa!! 4) O Mesário indica o espaço correto em que o eleitor deverá assinar, correspondente ao TURNO DA ELEIÇÃO. 5) O eleitor ASSINA o caderno de votação ANTES de votar. Seja paciente com o eleitor analfabeto ou com dificuldades para assinar o Caderno. Deixe-o confortável e NÃO o apresse! VOTAÇÃO –Identificação do eleitor SEM BIOMETRIA
    32. 32. Após a assinatura no caderno: 6) O mesário dita o número do título para o presidente (ATENÇÃO PARA QUE A INSCRIÇÃO CORRESPONDA REALMENTE AO ELEITOR!). 7) O presidente digita e tecla CONFIRMA no terminal do mesário 8) Após a digitação, o terminal informa os dados para confirmação: 9) Se os dados estiverem corretos, o presidente aperta novamente a tecla CONFIRMA. 10) Pronto! O eleitor já pode votar. Informe o Título de Eleitor _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ 08:00:32 0000/0580 MARCUS VINICIUS DE MORAES Título: 000000000000 0023 CORRIGE: cancelar CONFIRMA VOTAÇÃO –Identificação do eleitor SEM BIOMETRIA Eleitor(a) não possui dados biométricos e assina o caderno de votação CONFIRMA
    33. 33. Se o nome do eleitor não constar no Caderno de Votação, nem no Cadastro da Urna ELE NÃO VOTA!ELE NÃO VOTA! ANOTAR A OCORRÊNCIA NA ATA. ORIENTAR O ELEITOR A PROCURAR O CARTÓRIO. IMPORTANTE!IMPORTANTE! FLUXO DA VOTAÇÃO
    34. 34. VOTAÇÃO –Identificação do eleitor SEM BIOMETRIA
    35. 35. Fluxo de votação COM identificação biométrica do eleitor
    36. 36. 1) O Secretário confere os documentos do eleitor; 2) O eleitor os entrega ao 1º ou 2º Mesário; 3) O Mesário localiza o eleitor no caderno de votação APÓS CONFERIR atentamente a sua FOTO, o seu nome, o nome de sua mãe, o número de seu título e a data de nascimento. Obs.: O cadastro de alguns eleitores pode constar no caderno sem foto ou, ainda, com foto de má qualidade. Nesse caso, o mesário deve proceder à identificação do eleitor, conferindo os outros dados do documento e orientá-lo a procurar o Cartório para regularização da foto em seu cadastro. PROCEDIMENTO DIFERENTE! O eleitor identificado com biometria NÃO ASSINA o caderno de votação. VOTAÇÃO –Identificação do eleitor COM BIOMETRIA
    37. 37. 4) O mesário dita o número do título para o presidente (ATENÇÃO PARA QUE A INSCRIÇÃO CORRESPONDA REALMENTE AO ELEITOR!). 5) O presidente digita e tecla CONFIRMA no terminal do mesário 6) Após a digitação, o terminal informa os dados para confirmação: 7) Se os dados estiverem corretos, o presidente aperta novamente a tecla CONFIRMA PROCEDIMENTO DIFERENTE DAQUI EM DIANTE!! 8) O terminal do Mesário emite um aviso sonoro e solicita que o eleitor posicione o dedo POLEGAR ou INDICADOR no sensor. VOTAÇÃO –Identificação do eleitor COM BIOMETRIA Informe o Título de Eleitor _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ 08:00:32 0000/0580 MARCUS VINICIUS DE MORAES Título: 000000000000 0023 CORRIGE: cancelar CONFIRMA Preferencialmente,Preferencialmente, solicitem o POLEGARsolicitem o POLEGAR (pode ser de qualquer(pode ser de qualquer das duas mãos)das duas mãos)
    38. 38. VOTAÇÃO –Identificação do eleitor COM BIOMETRIA 8) O eleitor deve posicionar o dedo “cheio” (o meio do dedo no meio do sensor) e mantê-lo no leitor, até que o presidente o oriente a retirar; Obs.: Caso o eleitor demore mais de 15 segundos para posicionar o dedo, aparecerá a mensagem ELEITOR(A) NÃO RECONHECIDO(A). 9) Durante o posicionamento do dedo no sensor, o sistema processa a imagem coletada e a compara com os dados biométricos armazenados na urna. Nesse momento, aparece no terminal do mesário: Nesse momento, o eleitor deve manter o dedo no sensor até o aviso sonoro indicar que pode retirar.
    39. 39. VOTAÇÃO –Identificação do eleitor COM BIOMETRIA 11) Com a digital reconhecida, o terminal do mesário emite o aviso sonoro e aparece a seguinte mensagem: 12) O Presidente pressiona CONFIRMA e autoriza o eleitor a votar. Nesse momento, o terminal do mesário indica: A partir desse momento, o procedimento volta a ser igual àquele do eleitor sem dados biométricos cadastrados: ao final da votação, entregar comprovante e documentos ao eleitor.
    40. 40. Problemas na identificação biométrica do eleitor E se ocorrer alguma dificuldade na identificação biométrica do eleitor? Vejamos agora algumas situações e como os mesários devem proceder: I)Biometria não reconhecida na primeira tentativa; II)Biometria não reconhecida após a quarta tentativa; III)Eleitor cujas digitais estão indisponíveis no dia da eleição
    41. 41. VOTAÇÃO –Problemas na Identificação do eleitor I) Biometria não reconhecida na primeira tentativa No Terminal do Mesário aparecerá a seguinte mensagem: a) Primeiramente, o Mesário deve conferir o número do título digitado. b) Se o número estiver correto, o Presidente deve pressionar CONFIRMA e solicitar que o eleitor posicione o dedo no sensor, conforme mensagem do terminal:
    42. 42. VOTAÇÃO –Problemas na Identificação do eleitor c) Orientamos que, preferencialmente, seja tentado o reconhecimento dos dedos POLEGARES. Apesar disso, caso ele não seja reconhecido, sugere-se que o mesário solicite que o eleitor posicione os INDICADORES. Ao todo, são permitidas 04 tentativas de identificação.Ao todo, são permitidas 04 tentativas de identificação. II) Biometria não reconhecida após a última tentativa a) O Presidente deve conferir novamente o número de inscrição digitado. b) Deve também interrogar o eleitor acerca dos dados constantes do documento/título.
    43. 43. c) Não havendo equívoco quanto ao número digitado, nem dúvidas acerca da identidade do eleitor, o Presidente deve perguntar ao eleitor o ANO de seu nascimento (Lembre-se de que essa informação não está no caderno de votação). d) O Presidente deve digitar o ano informado pelo eleitor com 4 dígitos e apertar CONFIRMA. VOTAÇÃO –Problemas na Identificação do eleitor d.1) Se o ano informado estiver correto: •O Presidente deve posicionar o PRÓPRIO dedo (polegar ou indicador) no sensor para AUTORIZAR a habilitação do eleitor. Esse procedimento só deve ser realizado quando se tiver certeza acercaEsse procedimento só deve ser realizado quando se tiver certeza acerca da identidade do eleitor.da identidade do eleitor. Registrar a ocorrênciaRegistrar a ocorrência em ata eem ata e orientarorientar o eleitoro eleitor a procurar posteriormente o Cartório para revisar seus dados biométricos.a procurar posteriormente o Cartório para revisar seus dados biométricos.
    44. 44. VOTAÇÃO –Problemas na Identificação do eleitor d.2)Se o ano informado estiver incorreto: •É possível digitar mais uma vez o ano de nascimento (são duas tentativas ao todo!) •Se o ano informado não for identificado novamente, o eleitor deve ser orientado a procurar o cartório para consultar a data de nascimento constante do cadastro eleitoral. Ele poderá retornar à seção até as 17 horas. • Após a leitura da digital do presidente, o eleitor DEVE ASSINAR o caderno de votação e se dirigir até a urna eletrônica para votar. Registrar a ocorrência em ata!Registrar a ocorrência em ata!
    45. 45. VOTAÇÃO –Problemas na Identificação do eleitor III) Eleitor cujas digitais estão indisponíveis no dia da eleição Nessa situação, o eleitor é cadastrado biometricamente, entretanto, encontra-se com as mãos engessadas, por exemplo. a) O Presidente deve verificar a identidade do eleitor; b) Confirmada a identidade, o Presidente adota os procedimentos do “eleitor não identificado após a última tentativa” (ano de nascimento e validação pela digital do presidente). c) Havendo possibilidade, o eleitor ASSINA o caderno de votação e se dirige até a urna eletrônica para votar. Registrar a ocorrência em ata!Registrar a ocorrência em ata!
    46. 46. Em caso de dúvida quanto à identidade do eleitor, mesmo que ele esteja portando título e documento oficial, o presidente deve solicitar a apresentação de outro documento público de identificação, ou, na falta deste, interrogá-lo sobre os dados constantes do caderno de votação ou do título, conferindo, também, a assinatura. Se a dúvida persistir, a identidade do eleitor pode ser impugnada. QUEM PODE IMPUGNAR? Mesários, fiscais ou qualquer eleitor, verbalmente, antes de o impugnado ser habilitado a votar. QUEM DECIDE SOBRE A IMPUGNAÇÃO? Se persistir a dúvida ou for mantida a impugnação, o presidente deve entrar em contato com a coordenação e, se for o caso, o eleitor é convidado a aguardar o Juiz Eleitoral para decidir a respeito. Enquanto isso, a votação prossegue normalmente. ATENÇÃO SECRETÁRIO! NÃO SE ESQUEÇA DE REGISTRAR A OCORRÊNCIA EM ATA. Seja sempre respeitoso comSeja sempre respeitoso com os eleitores, mesmo emos eleitores, mesmo em situações de dúvida ousituações de dúvida ou impugnação!impugnação! VOTAÇÃO – Dúvida e impugnação à identidade do eleitor
    47. 47. OS PROCEDIMENTOS Zerésima Votação EncerramentoPreparação Situações especiais Justificativa eleitoral Suspensão do voto Uso de áudio na urna eletrônica Eleitor vota no lugar do outro Procedimentos de contingência da urna Falta de energia elétrica
    48. 48. O eleitor que se encontrar fora de seu domicílio eleitoral (Município) no dia da eleição deve justificar a sua ausência em qualquer seção, apresentando ao mesário o formulário Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE) corretamente preenchido, munido do título eleitoral ou seu número. SITUAÇÕES ESPECIAIS - Justificativa
    49. 49. SITUAÇÕES ESPECIAIS – Justificativa: Fluxo Resumido
    50. 50. Favor verificar se todos os dados estão preenchidos pelo eleitor (ano de eleição, turno, nome, inscrição, zona, UF, seção). Não esquecer de rubricar e colocar o código de autenticação!! Se o número do título estiver incorreto, a urna não aceita a justificativa. Nesse caso, o eleitor deve ser orientado a procurar o Cartório. SITUAÇÕES ESPECIAIS - Justificativa
    51. 51. INFORME O TÍTULO DE ELEITOR 08:17:00 ----------------------- 020/482 INFORME O TÍTULO DE ELEITOR 08:17:00 ----------------------- 020/482 1991260 não pertence à Seção CORRIGE: retornar CONFIRMA: justificar 1991260 não pertence à Seção CORRIGE: retornar CONFIRMA: justificar ELEITOR: 1991260 VOTO JUSTIFICADO CÓDIGO DE AUTENTICAÇÃO: 46 CONFIRMA_ ELEITOR: 1991260 VOTO JUSTIFICADO CÓDIGO DE AUTENTICAÇÃO: 46 CONFIRMA_ CódigoCódigo importanteimportante SITUAÇÕES ESPECIAIS - Justificativa
    52. 52. SITUAÇÕES ESPECIAIS – Suspensão do voto Zerésima Votação EncerramentoPreparação  Situações especiais – Suspensão do voto:  Caso o eleitor demore para votar, observe as orientações da tela do Terminal do mesário O eleitor está demorando. Não Votou CONFIRMA O presidente deve perguntar ao eleitor se ele está em dificuldade para votar Caso o eleitor esteja apenas demorando, mas ainda esteja votando, aperte CONFIRMA O eleitor 000000000000 está votando? CONFIRMA: Prosseguir CORRIGE: não CONFIRMA: sim
    53. 53.  Situações especiais – Suspensão do voto (1ª situação):  Se o eleitor se recusar a votar ou demonstrar que não consegue fazê-lo e nãonão votou para nenhum cargovotou para nenhum cargo, o Presidente deve informá-lo que irá suspender a votação.  Nesse caso, o Presidente aperta a tecla CORRIGE, e em seguida o código de suspensão 555555555555.  O Presidente aperta a tecla CONFIRMA e convida o eleitor a retirar-se da seção e NÃO entrega o comprovante ao eleitor e o informa que pode retornar para votar até às 17h. SITUAÇÕES ESPECIAIS – Suspensão do voto Registrar a ocorrência em ata
    54. 54.  Situações especiais – Suspensão do voto (2ª Situação):  Se o eleitor se recusar a votar ou demonstrar que não consegue fazê-lo e votou em pelo menos um cargovotou em pelo menos um cargo, o comprovante deve ser entregue e este eleitor não pode mais retornar para concluir a votação. Código para suspender: 5 5 5 5 5 5 5 5 5 5 5 5 CORRIGE: não suspende CONFIRMA: suspende SITUAÇÕES ESPECIAIS – Suspensão do voto Registrar a ocorrência em ata Nesse caso, o voto confirmado será gravado e aquele não confirmado será considerado nulo
    55. 55. SITUAÇÕES ESPECIAIS – Uso de áudio na urna Zerésima Votação EncerramentoPreparação  Verifique se o eleitor com deficiência visual necessita de habilitação do áudio e se tal condição foi informada previamente à Justiça Eleitoral.  Se sim, o áudio será habilitado automaticamente. Caso o eleitor não tenha informado antecipadamente, ative o áudio: digite, no terminal do mesário, o código 888888888888, antesantes da habilitação do eleitorda habilitação do eleitor. Será mostrada a mensagem ÁUDIO HABILITADO.
    56. 56.  Após habilitar o áudio, digite o título do eleitor normalmente.  A desabilitação do áudio é automática, após o voto do eleitor.  Porém, se necessário desabilitar o áudio, em caso de habilitação indevida, antes do eleitor votar, basta digitar novamente o código 888888888888.  Quando o áudio estiver ativado aparecerá uma mensagem também na tela do terminal do eleitor: Áudio Ativado -> NOVIDADE! SITUAÇÕES ESPECIAIS – Uso de áudio na urna
    57. 57. SITUAÇÕES ESPECIAIS – Eleitor que vota no lugar de outro Nessa situação, deve-se proceder da seguinte forma: 1) Verificar se o fato envolveu eleitores da mesma seção e se o problema ocorreu por erro do mesário; 2) Em caso positivo, uma solução será habilitar o eleitor com a inscrição correspondente ao que votou em seu lugar (se possível identificá-lo); 3) A mesa deverá ainda orientar o eleitor a procurar o cartório posteriormente para obter certidão de quitação, caso o comprovante de votação tenha sido entregue a outra pessoa; IMPORTANTE! O PROCEDIMENTO DEPENDE DEIMPORTANTE! O PROCEDIMENTO DEPENDE DE AUTORIZAÇÃO DO JUIZ ELEITORAL E DEVE SERAUTORIZAÇÃO DO JUIZ ELEITORAL E DEVE SER REGISTRADO EM ATAREGISTRADO EM ATA
    58. 58. Na hipótese de falha na urna, em qualquer momento daem qualquer momento da votaçãovotação, o presidente da mesa receptora de votos, à vista dos fiscais presentes, deverá desligar e religar a urna. SITUAÇÕES ESPECIAIS – Procedimento de contingência FALHA NA URNAFALHA NA URNA SE NÃO FUNCIONAR: Comunicar imediatamente à coordenação SE FUNCIONAR: Digitar o código de reinício 111111111111 ATENÇÃO! REGISTRAR A OCORRÊNCIA EM ATA
    59. 59. Todos os procedimentos de contingência realizados pela equipe técnica, designada pelo juiz eleitoral, deverão ser acompanhados pelos mesários e fiscais e registrados em ata. Os lacres de reposição deverão ser assinados pelo juiz eleitoral ou, na impossibilidade, pelos componentes da mesa receptora de votos, bem como pelos fiscais de partidos políticos e coligações presentes. IMPORTANTE! SITUAÇÕES ESPECIAIS
    60. 60. Continuar a votação; Checar a tomada na qual a urna está conectada.  Registrar o horário em Ata.  Comunicar imediatamente à Coordenação. SITUAÇÕES ESPECIAIS – Urna operando com bateria interna Luz vermelha piscandoLuz vermelha piscando no terminal do mesáriono terminal do mesário == Urna operando comUrna operando com bateria internabateria interna
    61. 61. SITUAÇÕES ESPECIAIS – Urna operando com bateria interna Luz vermelha acesaLuz vermelha acesa Sem piscarSem piscar == Bateria em nível críticoBateria em nível crítico • Não habilitar nenhum eleitor a partir desse momento; • Se o eleitor já estiver votando, aguardar que ele complete seu voto; • Caso a urna desligue durante a votação, o eleitor deverá ser novamente habilitado para votar; •Desligar a urna com a chave; • Registrar a ocorrência em ata. EM QUALQUER CASO, A COORDENAÇÃO DEVERÁ SER AVISADA IMEDIATAMENTE.
    62. 62. Encerramento da Votação 17h ENCERRAMENTO DA VOTAÇÃO É proibido o encerramento da votação antes desse horário, mesmo que todos os eleitores da seção já tenham votado. Distribuir senhas para os eleitores que ainda estiverem na fila, do último para o primeiro, e recolher seus documentos. A votação continua na ordem de chegada dos eleitores e os documentos são devolvidos após a votação.
    63. 63. OS PROCEDIMENTOS Zerésima Votação EncerramentoPreparação Digitar no terminal do mesário o código de encerramento: ZZZZSSSS9999ZZZZSSSS9999 ZZZZ é o número da Zona + SSSS é o número da Seção + 9999.ZZZZ é o número da Zona + SSSS é o número da Seção + 9999. Obs.: Cada parte é composta por 4 dígitos, por isso, pode ser necessário completar com zeros à esquerda. Exemplo: No caso da 73ª Seção da 10ª Zona Eleitoral, o código de encerramento é o seguinte: 001000739999 As instruções do terminal do mesário e do terminal do eleitor devem ser RIGOROSAMENTE observadas, para evitar problemas no processo de encerramento. Se der defeito na urna, faltando o voto do último eleitor,Se der defeito na urna, faltando o voto do último eleitor, ele NÃO vota, recebe o comprovante e a votação éele NÃO vota, recebe o comprovante e a votação é encerrada. O fato deve ser registrado na Ata.encerrada. O fato deve ser registrado na Ata.
    64. 64. ENCERRAMENTO DA VOTAÇÃO
    65. 65. ENCERRAMENTO DA VOTAÇÃO
    66. 66. ENCERRAMENTO Após a emissão da primeira via do boletim de urna, aparecem no terminal do eleitor a seguinte mensagem:
    67. 67. O código impresso no BU pode ser escaneado e decodificado pela maioria dos aparelhos celulares que têm câmera fotográfica e aplicativo para leitura de QR Code fornecido pela Justiça Eleitoral. Esse código mostra os dados de apuração da seção eleitoral contidos no boletim de urna. Assim, qualquer cidadão poderá comparar o boletim de urna gerado na seção eleitoral com o boletim de urna eletrônico disponibilizado no portal do TSE (www.tse.jus.br). Esse procedimento demonstra transparência da eleição e atesta a credibilidade da urna eletrônica. ENCERRAMENTO – BU com QR Code – NOVIDADE!
    68. 68. BU ILEGÍVEL OU NÃO IMPRESSO À VISTA DOS FISCAIS PRESENTES, O PRESIDENTE DEVE: Desligar e religar a urna. SE FUNCIONAR: • Prosseguir e anotar a ocorrência em Ata. SE NÃO FUNCIONAR: • Desligar a urna • Não retirar a mídia de resultados; • Guardar a urna na caixa; •Comunicar imediatamente à coordenação; •Anotar a ocorrência em Ata.
    69. 69. BU BJ Boletim de Urna Boletim de Justificativa  1ª via: completa e legível. Imprimir mais 04 vias obrigatórias. Rubricar: mesários e fiscais.  É emitida uma única via, após os BUs. Rubricar: mesários e fiscais. ENCERRAMENTO A novidade é que o presidente da seção deve reter uma via do BUA novidade é que o presidente da seção deve reter uma via do BU para conferir o resultado no Portal do TSE e informar ao juizpara conferir o resultado no Portal do TSE e informar ao juiz eleitoral qualquer inconsistência verificada.eleitoral qualquer inconsistência verificada.
    70. 70. Após a impressão das cinco vias obrigatórias do boletim de urna e da via do boletim de justificativa, aparece no terminal do eleitor a mensagem: ENCERRAMENTO - RETIRADA DA MÍDIA DE RESULTADOS
    71. 71. O Presidente da mesa deve: O PRESIDENTE DA MESA DEVE:
    72. 72. O Presidente da mesa deve: ENCERRAMENTO
    73. 73. Caso não haja solicitação de vias extras do BU, o Presidente aperta a tecla CORRIGE para finalizar e aparecerá a tela a seguir: Aguardar a tela de agradecimento para desligar a urna na chave ENCERRAMENTO
    74. 74. ÚLTIMAS PROVIDÊNCIAS
    75. 75. Coloque o terminal do mesário e os cabos sobre o terminal do eleitor com cuidado para que nenhuma peça caia no chão. Vire a urna de forma que a parte traseira do gabinete fique voltada para você. Coloque o conjunto na embalagem permitindo assim a leitura do patrimônio através da janela. 1 2 3 4 ENCERRAMENTO – Acondicionamento da urna
    76. 76. Encaixe o terminal do mesário no compartimento próprio para que a caixa feche corretamente. Feche a caixa e prenda com as abas de fixação. 5 76 ÚLTIMAS PROVIDÊNCIAS
    77. 77.  Eleitores faltosos: escrever "não compareceu” no local destinado a assinatura.  Anotar na capa o quantitativo de eleitores que compareceram (este dado consta do BU). Obs.: Quando houver seção agregada: o total de cada seção será obtido pela contagem dos comparecimentos.  Comprovantes de votação restantes: não destacar nem inutilizar. Quando a seção tiver dois cadernos de votação, a quantidade de eleitores que compareceu (este dado é informado no BU) deverá ser anotada na capa do primeiro caderno. ENCERRAMENTO – Caderno de votação
    78. 78. Este ano, o cabeçalho da Ata da Mesa Receptora de Votos virá preenchido, como o modelo: ENCERRAMENTO – Ata da Mesa Receptora de votos O preenchimento da ata da mesa receptora de votos é muito importante. Nenhuma informação pode ser esquecida, por isso, ao longo do dia da eleição, tudo deve ser anotado! Todos os mesários e os fiscais presentes devem assiná-la.
    79. 79. ÚLTIMAS PROVIDÊNCIAS Ata da mesa receptora de votosAta da mesa receptora de votos
    80. 80. Colocar por extenso nome dos mesários Se houver substituição, constar nome completo do substituto0 Motivos do atraso do início da votação, se for o caso Mencionar nomes dos fiscais que passaram pela seção
    81. 81. Total de eleitores (por extenso) Comparecimento (por extenso) Quantos eleitores deixaram de comparecer (por extenso) Dados de impugnação Faltou energia elétrica? Houve interrupção durante a votação?
    82. 82. ENCERRAMENTO - Encaminhamento do material
    83. 83. Consequências da Ausência ou Abandono dos trabalhos •A ausência ou abandono configuram crime eleitoral; •Pagamento de Multa; •Suspensão de 15 dias, SEM REMUNERAÇÃO, para servidores públicos. Vantagens em ser mesário •Critério de desempate em concurso publico; •Folgas em dobro por dia trabalhado, para setor público e privado; • Atividade extracurricular para Faculdades. ATENÇÃO: Não esqueçam de assinar a lista de presença e se fizer faculdade, a lista de mesário voluntário para receber seu certificado!
    84. 84. Agradecemos sua participação.Agradecemos sua participação. Boa eleição!Boa eleição! Treinamento de Mesários Eleições 2016 Para maiores informações: acessar: http://treinamentoszona10.blogspot. com.br

    ×