SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 31
Baixar para ler offline
Princípios de Sistemas de Informações


         QUESTÕES ÉTICAS E SOCIAIS NA EMPRESA
           DIGITAL E SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO




    Prof: Eduardo S. Anselmo
1
M-COMMERCE

       Abreviatura de móbile commerce - modalidade de
        comércio eletrônico móvel que se diferencia do
        comércio eletrônico convencional porque é
        realizado por meio de telefones ou terminais sem
        fio, em vez de equipamentos fixos.

       Problemas: Privacidade e spam gerado pelo m-
        commerce.


2
DESAFIOS PARA A ADMINISTRAÇÃO

      Entender os riscos morais da nova tecnologia:
      rápida mudança tecnológica -> mudança acelerada
       de alternativas para os indivíduos.
     Estabelecer políticas éticas corporativas que
       incluam as questões dos sistemas de informação:
           Privacidade;
           Propriedade;
           Prestação de contas;
           Qualidade do sistema;
           Qualidade de vida.
3
Aspectos éticos, sociais e políticos

        ética: Conjunto de princípios que estabelece o que
        é certo ou errado e que os indivíduos, na qualidade
        de agentes livres, podem utilizar para fazer escolhas
        que orientem o seu comportamento. (princípios)

        o social e o político: expectativas e regras de
        comportamento estabelecidas e partilhadas por uma
        coletividade suportadas por leis e mecanismos para
        sancionar as violações. (Leis e Direitos)

4
Tendências tecnológicas que levantam
    questões éticas

      Tendência                       Impacto
      Poder computacional duplica     As operações críticas das organizações
      cada 18 meses                   dependem cada vez mais dos sistemas
                                      informáticos(Lei de Gordon E. Moore )
      Rápido declínio dos custos de   As organizações podem manter
      armazenamento                   facilmente bases de dados detalhadas
                                      sobre os clientes e fornecedores
      Avanços nas análises de         As empresas podem analisar grandes
      dados                           quantidades de dados e desenvolvem
                                      perfis do seu comportamento.
      Avanços nas redes e na          Copiar dados de um lado para outro e
      Internet(Cloud-Computing)       acessar a informações pessoais é
                                      muito mais fácil (ex: google DOCS)
5
RESPONSABILIDADE, PRESTAÇÃO DE CONTAS
    E OBRIGAÇÃO DE INDENIZAR

    Responsabilidade:     Aceitação dos custos, deveres e
    obrigações potenciais pelas decisões que toma.

    Prestação  de contas: Levantamento da responsabilidade
    por decisões e ações.

    Obrigação   de indenizar: Permite aos indivíduos recuperar
    danos.

    Devido  processo legal: Leis são conhecidas e entendidas
    e é possível apelar a autoridades superiores.
6
NORA
    :: Non Obvious Relationship Awareness (Sistema de
    correlação de eventos para atividades ilícitas)




7
Como conduzir uma Análise Ética

       Identificar e descrever claramente os fatos
       Definir o conflito ou dilema e identificar os valores
        de maior ordem envolvidos (liberdade, privacidade,
        proteção da propriedade, e o sistema da livre
        empresa)
        Identificar os interessados e afetados
        Identificar as opções razoáveis PARA AMBOS
        Identificar as potenciais consequências das
        opções


8
Princípios éticos Eletivos
    Análise Ética, o que fazer…

       Regra de ouro: Faça aos outros o que gostaria que fizessem a você.
       Imperativo categórico de Immanuel Kant: Se uma ação não é correta
        para todos, não é correta para ninguém.
       Regra da mudança de Descartes: Se uma ação não pode ser realizada
        repetidamente, então não deve ser realizada nunca.
       Princípio utilitário: Classifique os valores por ordem de prioridade e
        entenda as conseqüências de vários cursos de ação.
       Princípio de aversão ao risco: Realize a ação que causar o menor dano
        ou que tenha o menor custo potencial.
       Regra ética do “nada é de graça”: Todos os objetos, tangíveis ou
        intangíveis, pertencem a seu criador, que deseja uma compensação por
        seu trabalho ou seja, no free lunch… (não roubar dinheiro público / não
        tirar vantagem dos outros)
9
5 dimensões morais: algumas inquietações
        Deveres e direitos de informação
          –   Quais direitos têm os indivíduos e as organizações em relação à sua
              informação?
          –   O quê podem proteger? (Segurança Fisica e Lógica / Filtro de conteúdo)
          –   Quais as suas obrigações?
        Direitos de propriedade
          –   como podem ser protegidos os direitos de propriedade numa sociedade
              digital?
        Responsabilidade e controle
          –   Quem deverá prestar contas e ser responsabilizado por danos causados aos
              direitos individuais e coletivos sobre a informação e a propriedade?
        Qualidade do sistema
          –   Quais padrões de qualidade de dados e sistemas devem ser exigidos para
              proteger os direitos individuais e a segurança da sociedade? (Violação RF)
        Qualidade de vida
          –   Quais valores devem ser preservados na sociedade da informação?
          –   Quais instituições devem ser protegidas? (ONG´s, Clubes, Governos)
10        –   Quais valores e práticas culturais devem ser suportadas?
Tecnologia da Informação e Comunicação vs
                          Sociedade da Informação


     AS RELAÇÕES ENTRE QUESTÕES ÉTICAS, SOCIAIS
     E POLÍTICAS NA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO: 5 dimensões morais



           Direitos e deveres                     Direitos e deveres
                                Aspectos políticos da propriedade
             de informação
                                 Aspectos sociais

                                 Aspectos éticos


                                     TIC/SI                Qualidade
       Responsabilidade                                    do sistema
          e controle
                                    Indivíduo
                                    Sociedade

                                     Política
11                              Qualidade de vida
ALGUNS DILEMAS ÉTICOS DO MUNDO REAL

        GM(Montadora) / GMAC(Banco) / EDS(Sistemas):
             - Eliminaram 450.000 postos de trabalho ao redor do mundo; GM:
           250.000 / GMAC:50.000 / EDS:200.000 – 7000 posições apenas no
           Brasil. (Fusão e custos globais – Transição para India)

        Computer Associates International:
            - Demitiu 10 funcionários: E-mails ilícitos

        Xerox Corporation:
              - Demitiu 40 funcionários: Internet

        Detran:
              - Alteração no BD Oracle – Demissão por justa causa
12
OS DESAFIOS DA INTERNET À PRIVACIDADE



        Cookies: Arquivos minúsculos depositados no disco rígido dos
         visitantes; que rastreiam e monitoram suas visitas a sites.


        O que os Cookies fornecem..
         –   informação pessoal registada no site pelo próprio utilizador
         –   informação pessoal recolhida por outras ferramentas de
             monitorização da Web
         –   informação pessoal recolhida de forma off-line



13
Desafios da Internet na privacidade
     :: Soluções técnicas




14
OS DESAFIOS DA INTERNET À PRIVACIDADE


         Bugs Web: Arquivos gráficos minúsculos embutidos em
         mensagens de e-mail ou páginas web (Eles transmitem
         informações sobre o usuário e a página que está sendo
         examinada a um computador de monitoração).

        Opção de retirada: Permite a coleta de informações pessoais
         do consumidor até quando este determinar, especificamente,
         que esses dados não devem ser coletados.

        Key Logger: Script enviado via email ou site que grava
         digitação do usuário e envia as informações para atacante
         remoto.
15
   Opção de adesão: Proíbe uma empresa de coletar quaisquer
         informações pessoais do consumidor até que este aprove,
         especificamente, a coleta e a utilização das informações.

        SOLUÇÕES TÉCNICAS

        P3P(Projeto Plataforma para Preferências de Privacidade):
         Habilita a comunicação automática de políticas de privacidades
         entre um site de e-commerce e seus visitantes;

        Da ao usuário maior liberdade para selecionar o nível de
         privacidade que deseja manter ao interagir com o site web.
16
Diretiva Europeia à Privacidade
     proteção de dados


        A proteção da privacidade na Europa
         –   É muito maior do que nos EUA / Brasil
        A diretiva europeia exige às empresas
         –   informar as pessoas quando recolhem dados
             pessoais;
         –   Onde e para o quê estes dados serão utilizados
         –   Mas e na prática?
                 Caso da DIVEO: RH encaminhando planilha de informes de
                  renda dos funcionários.
        “Informed consent”
17
Desafios da Internet na privacidade
     :: Como gerir os cookies..


        Gestor de cookies
        Anti Pop-Up / Navegação - InPrivet (IE8)
        Encriptação de mails ou dados
        Anonymizers (acompanhe via HTTPWATCH)
         –    Proxies de acesso Internet anônimo
                  Impedir/retardar reconhecimento da origem
         –    Exemplos
                  http://www.kproxy.com (msn / orkut)
         –    É também um meio de burlar ISPs e empresas que
              limitam o acesso..
18       –   É ético usar esta dica do professor em benefício próprio? ;)
19
Deveres/Direitos de informação
     :: questões éticas, sociais e políticas



        Ética
         –   Em quais condições se pode invadir a
             privacidade dos outros? (Segurança Nacional)
         –   Devemos informar às pessoas que estamos
             espiando-as? (Politicas e procedimentos)
        Social
         –   Expectativas de privacidade (Qual a sua?)
        Política
         –   Estatutos que regem as relações entre os que
             guardam a informação e os indivíduos.
20
Deveres/Direitos de propriedade

        “Trade Secret”
         –   trabalho ou produto intelectual utilizado para um
             propósito de negócio
         –   classificado como um objeto privado do
             negócio porquanto não está baseado em
             informação pública
        O software pode ser um trade secret


21
Direitos da Propriedade Intelectual
     :: Conceitos



        Copyright: Garantia estatutária que protege os criadores de
         uma propriedade intelectual contra a sua cópia por um mínimo
         de 70 anos

        Patente: Um documento legal que garante ao seu proprietários
         o exclusivo monopólio das ideias por trás da invenção durante
         20 anos
          – Utilizado para garantir aos inventores a recepção de
            benefícios pela comercialização dos seus inventos

        Tipos de Produção: Produto ou técnica / Processo tecnológico /
         Software
22
Direitos da Propriedade Intelectual
     :: Conceitos



        Propriedade intelectual: Propriedade intangível criada por
         indivíduos ou corporações, que são protegidas por Lei.

        Segredos comerciais: Obra intelectual ou produto que pertença
         a empresa, não ao domínio publico (O proprietário para manter
         esse status deve manter funcionários e clientes sob contrato que
         proíbam a divulgação).

        Direito autoral: Concessão regida por lei, que garante a
         propriedade intelectual ao criador e proíbe a copia de seu
         trabalho por outros ( isso em um período de 28 anos).
23
Desafios da Internet sobre os direitos
     de propriedade

         A Internet foi desenhada para transmitir informação
         livremente pelo mundo
         –   inclusivamente a informação protegida por copyrights
        Caso napster
         –   cópia livre de música em formato mp3
         –   com violação dos direitos de propriedade sobre música
             protegida
        A maneira em que a informação é apresentada na
         Web complica esta proteção
         –   Quem possui as partes?


24
Deveres/Direitos de Propriedade
     :: questões éticas, sociais e políticas – 5 dimensões


        Ética
         –   Proteção da propriedade intelectual de software e
             música, livros e vídeos digitais.
        Social
         –   Todos violam estes direitos em maior ou menor
             grau!
        Política
         –   Criação de novas medidas de proteção da
             propriedade intelectual destes produtos

25
Responsabilidade e controle

        Exemplo:
         –   1993, um raio cai na EDS em Clifton, NJ e a operação de
             5.200 multi-bancos em 12 redes diferentes afetando
             1 milhão de clientes. A recuperação tomo 2 semanas.
             Entretanto, a rede alternativa só permitia saques de 100$
         –   A EDS tinha um plano de recuperação de desastres mas
             não tinha uma unidade de backup dedicada
         –   Quem paga pelos prejuízos causados?

        Expectativas de infalibilidade do software/hardware
         ou até DRP.

26
Responsabilidade e controle
     :: questões éticas, sociais e políticas



        Ética
         –   Os indivíduos e as organizações que criam, produzem e
             vendem sistemas são responsáveis pelas consequências
             do seu uso?
        Social
         –   Gera expectativas que deveriam ser permitidas a volta do
             serviço fornecido pelo SI
        Política
         –   Debate entre fornecedores de informação e utilizadores dos
             serviços

27
Qualidade e erros dos sistemas
     :: questões éticas, sociais e políticas



        Ética
         –   Em quê momento o software tem um nível de qualidade
             aceitável para o seu uso? PATCH e SP2 Microsoft
        Social
         –   Queremos encorajar a expectativa da infalibilidade do
             software?
         –   Ou queremos uma sociedade cética que questione o output
             dos sistemas?
         –   ou pelo menos uma sociedade informada dos riscos?
        Política
         –   Desenvolvimento de leis de responsabilidade e
28           accountability
Qualidade de vida
     :: igualdade, acesso e fronteiras afetadas pelos SIs


        Velocidade das mudanças
         –   reduzido tempo de resposta a concorrência (< DOWNTIME)
        Manutenção das fronteiras
         –   família, trabalho e lazer (Tempo disponível para isso)
        Dependência e vulnerabilidade
        O crime digital
         –   spamming, hacking, viruses, sniffing, spoofing, fishing, etc..
        Emprego
         –   a perda do trabalho pela reengenharia vs novas formas de trabalho
        Igualdade e acesso
         –   maiores ou menores distâncias sociais e raciais?
        Saúde
         –   L.E.R.(Lesão por Esforço Repetitivo), Síndrome da Tela do
             Computador e Tecnostress.
29
Ações da gerência
     :: um código de ética corporativa


    IGUALDADE DE OPORTUNIDADES E ACESSO

     Todos     têm oportunidades iguais de participar da era
     digital?

     Os   grupos de defesa do interesse público estão
     querendo diminuir esse “divisor digital”, disponibilizando
     os serviços de informação digital.


30
Obrigado!!
     esanselmo@gmail.com




31

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

As revoluções industriais
As revoluções industriaisAs revoluções industriais
As revoluções industriais
vdailce
 
Mundo Das Ideias de Platão
Mundo Das Ideias de PlatãoMundo Das Ideias de Platão
Mundo Das Ideias de Platão
Erika Bataglia
 
A regionalização do espaço geográfico mundial
A regionalização do espaço geográfico mundialA regionalização do espaço geográfico mundial
A regionalização do espaço geográfico mundial
Uilson Pereira da Silva
 
Dinâmica demográfica
Dinâmica demográficaDinâmica demográfica
Dinâmica demográfica
nilzatmachado
 

Mais procurados (20)

Capitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evoluçãoCapitalismo e sua evolução
Capitalismo e sua evolução
 
Cartografia powerpoint
Cartografia powerpointCartografia powerpoint
Cartografia powerpoint
 
ÁFRICA
ÁFRICAÁFRICA
ÁFRICA
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
As revoluções industriais
As revoluções industriaisAs revoluções industriais
As revoluções industriais
 
Orientacao e localizacao no espaco
Orientacao e localizacao no espacoOrientacao e localizacao no espaco
Orientacao e localizacao no espaco
 
Ciência tecnologia e filosofia 3º ano
Ciência tecnologia e filosofia   3º anoCiência tecnologia e filosofia   3º ano
Ciência tecnologia e filosofia 3º ano
 
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)
O Processo de Industrialização do Brasil - 7º Ano (2017)
 
Aula- Recursos hídricos- Exercícios comentados
Aula- Recursos hídricos- Exercícios comentadosAula- Recursos hídricos- Exercícios comentados
Aula- Recursos hídricos- Exercícios comentados
 
FILOSOFIA - O QUE É O SER HUMANO?
FILOSOFIA - O QUE É O SER HUMANO?FILOSOFIA - O QUE É O SER HUMANO?
FILOSOFIA - O QUE É O SER HUMANO?
 
Aula 04 - A desigualdade social e econômica no mundo globalizado
Aula 04 - A desigualdade social e econômica no mundo globalizadoAula 04 - A desigualdade social e econômica no mundo globalizado
Aula 04 - A desigualdade social e econômica no mundo globalizado
 
Aula 7 - Orgazações internacionais
Aula 7 - Orgazações internacionaisAula 7 - Orgazações internacionais
Aula 7 - Orgazações internacionais
 
População Economicamente Ativa PEA e Setores economia
População Economicamente Ativa PEA e Setores economiaPopulação Economicamente Ativa PEA e Setores economia
População Economicamente Ativa PEA e Setores economia
 
Mundo Das Ideias de Platão
Mundo Das Ideias de PlatãoMundo Das Ideias de Platão
Mundo Das Ideias de Platão
 
Populaçao mundial
Populaçao mundialPopulaçao mundial
Populaçao mundial
 
PEA e Setores da Economia
PEA e Setores da EconomiaPEA e Setores da Economia
PEA e Setores da Economia
 
Processos Migratórios e a Crise dos Refugiados
Processos Migratórios e a Crise dos RefugiadosProcessos Migratórios e a Crise dos Refugiados
Processos Migratórios e a Crise dos Refugiados
 
A regionalização do espaço geográfico mundial
A regionalização do espaço geográfico mundialA regionalização do espaço geográfico mundial
A regionalização do espaço geográfico mundial
 
Globalização Aulão - ENEM
Globalização   Aulão - ENEMGlobalização   Aulão - ENEM
Globalização Aulão - ENEM
 
Dinâmica demográfica
Dinâmica demográficaDinâmica demográfica
Dinâmica demográfica
 

Semelhante a Sistemas da Informação - Etica

Idec_Privacidade Google Camara_11abr12
Idec_Privacidade Google Camara_11abr12Idec_Privacidade Google Camara_11abr12
Idec_Privacidade Google Camara_11abr12
Guilherme Varella
 

Semelhante a Sistemas da Informação - Etica (20)

Aula7 TESI UFS Aspectos Eticos Sociais e Politicos
Aula7 TESI UFS Aspectos Eticos Sociais e PoliticosAula7 TESI UFS Aspectos Eticos Sociais e Politicos
Aula7 TESI UFS Aspectos Eticos Sociais e Politicos
 
Fsi 10 - capitulo 12
Fsi  10 -  capitulo 12Fsi  10 -  capitulo 12
Fsi 10 - capitulo 12
 
Capítulo 12 - Questões éticas e sociais em sistemas de informação
Capítulo 12 - Questões éticas e sociais em sistemas de informaçãoCapítulo 12 - Questões éticas e sociais em sistemas de informação
Capítulo 12 - Questões éticas e sociais em sistemas de informação
 
Idec_Privacidade Google Camara_11abr12
Idec_Privacidade Google Camara_11abr12Idec_Privacidade Google Camara_11abr12
Idec_Privacidade Google Camara_11abr12
 
Ismai05
Ismai05Ismai05
Ismai05
 
Etica
EticaEtica
Etica
 
Apresentação - 2015_11_24
Apresentação - 2015_11_24Apresentação - 2015_11_24
Apresentação - 2015_11_24
 
[Call2Social] Aspectos legais sobre o monitoramento
[Call2Social] Aspectos legais sobre o monitoramento[Call2Social] Aspectos legais sobre o monitoramento
[Call2Social] Aspectos legais sobre o monitoramento
 
etica.ppt
etica.pptetica.ppt
etica.ppt
 
Arquitetando seus dados na prática para a LGPD - Alessandra Martins
Arquitetando seus dados na prática para a LGPD - Alessandra MartinsArquitetando seus dados na prática para a LGPD - Alessandra Martins
Arquitetando seus dados na prática para a LGPD - Alessandra Martins
 
Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)
Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)
Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)
 
Questões da privacidade nas bibliotecas da era digital
Questões da privacidade nas bibliotecas da era digitalQuestões da privacidade nas bibliotecas da era digital
Questões da privacidade nas bibliotecas da era digital
 
Big Data e Análise de Dados Massivos
Big Data e Análise de Dados MassivosBig Data e Análise de Dados Massivos
Big Data e Análise de Dados Massivos
 
Sig parte 6
Sig parte 6Sig parte 6
Sig parte 6
 
Aula01 introdução à segurança
Aula01   introdução à segurançaAula01   introdução à segurança
Aula01 introdução à segurança
 
Introdução à LGPD - Digital Innovation One
Introdução à LGPD - Digital Innovation OneIntrodução à LGPD - Digital Innovation One
Introdução à LGPD - Digital Innovation One
 
PatriciaPeck_FIA_tendências_proteção_dados_cybersecurity_11042017
PatriciaPeck_FIA_tendências_proteção_dados_cybersecurity_11042017PatriciaPeck_FIA_tendências_proteção_dados_cybersecurity_11042017
PatriciaPeck_FIA_tendências_proteção_dados_cybersecurity_11042017
 
2017 FÓRUM DE DIRECTORES DE AUDITORIA INTERNA IIA PORTUGAL - IPAI 25 ANOS A ...
2017 FÓRUM DE DIRECTORES DE AUDITORIA INTERNA  IIA PORTUGAL - IPAI 25 ANOS A ...2017 FÓRUM DE DIRECTORES DE AUDITORIA INTERNA  IIA PORTUGAL - IPAI 25 ANOS A ...
2017 FÓRUM DE DIRECTORES DE AUDITORIA INTERNA IIA PORTUGAL - IPAI 25 ANOS A ...
 
LGPD - Lei Geral de Protecao de Dados Pessoais
LGPD - Lei Geral de Protecao de Dados PessoaisLGPD - Lei Geral de Protecao de Dados Pessoais
LGPD - Lei Geral de Protecao de Dados Pessoais
 
Rfs2 t1 data_protection_pt
Rfs2 t1 data_protection_ptRfs2 t1 data_protection_pt
Rfs2 t1 data_protection_pt
 

Mais de Universal.org.mx

1.4 sistemas de informação e negócios(2)
1.4 sistemas de informação e negócios(2)1.4 sistemas de informação e negócios(2)
1.4 sistemas de informação e negócios(2)
Universal.org.mx
 
Metricas para medir tamanho de sistema
Metricas para medir tamanho de sistemaMetricas para medir tamanho de sistema
Metricas para medir tamanho de sistema
Universal.org.mx
 
Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011
Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011
Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011
Universal.org.mx
 
Aula3 4 planejamento estratégico de tecnologia da informação
Aula3 4 planejamento estratégico de tecnologia da informaçãoAula3 4 planejamento estratégico de tecnologia da informação
Aula3 4 planejamento estratégico de tecnologia da informação
Universal.org.mx
 
Exercicios revisão para prova
Exercicios   revisão para provaExercicios   revisão para prova
Exercicios revisão para prova
Universal.org.mx
 
Curso tecnologia em gestão da tecnologia da informação disciplina gerenciam...
Curso tecnologia em gestão da tecnologia da informação   disciplina gerenciam...Curso tecnologia em gestão da tecnologia da informação   disciplina gerenciam...
Curso tecnologia em gestão da tecnologia da informação disciplina gerenciam...
Universal.org.mx
 
Curso tecnologia em gestão da tecnologia da informação disciplina gerenciam...
Curso tecnologia em gestão da tecnologia da informação   disciplina gerenciam...Curso tecnologia em gestão da tecnologia da informação   disciplina gerenciam...
Curso tecnologia em gestão da tecnologia da informação disciplina gerenciam...
Universal.org.mx
 
Aula 1 e 2 Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação
Aula 1 e 2 Planejamento Estratégico de Tecnologia da InformaçãoAula 1 e 2 Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação
Aula 1 e 2 Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação
Universal.org.mx
 
Gerenciamento de Infra-Estrutura 1ra. Aula
Gerenciamento de Infra-Estrutura 1ra. AulaGerenciamento de Infra-Estrutura 1ra. Aula
Gerenciamento de Infra-Estrutura 1ra. Aula
Universal.org.mx
 

Mais de Universal.org.mx (20)

Universal.Org.Mx - Periódico Centro de Ayuda Universal, México N.559
Universal.Org.Mx - Periódico Centro de Ayuda Universal, México N.559Universal.Org.Mx - Periódico Centro de Ayuda Universal, México N.559
Universal.Org.Mx - Periódico Centro de Ayuda Universal, México N.559
 
Fi ti- aula 10
Fi ti- aula 10Fi ti- aula 10
Fi ti- aula 10
 
FI_TI-Aula-9
FI_TI-Aula-9FI_TI-Aula-9
FI_TI-Aula-9
 
1.4 sistemas de informação e negócios(2)
1.4 sistemas de informação e negócios(2)1.4 sistemas de informação e negócios(2)
1.4 sistemas de informação e negócios(2)
 
Metricas para medir tamanho de sistema
Metricas para medir tamanho de sistemaMetricas para medir tamanho de sistema
Metricas para medir tamanho de sistema
 
Finanças de TI - aula 8
Finanças de TI - aula 8Finanças de TI - aula 8
Finanças de TI - aula 8
 
Cobit2
Cobit2Cobit2
Cobit2
 
Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011
Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011
Modelagem de sistemas da informação – aula 03 mai2011
 
FI-TI- aula 7
FI-TI- aula 7FI-TI- aula 7
FI-TI- aula 7
 
Aula3 4 planejamento estratégico de tecnologia da informação
Aula3 4 planejamento estratégico de tecnologia da informaçãoAula3 4 planejamento estratégico de tecnologia da informação
Aula3 4 planejamento estratégico de tecnologia da informação
 
Exercicios revisão para prova
Exercicios   revisão para provaExercicios   revisão para prova
Exercicios revisão para prova
 
Curso tecnologia em gestão da tecnologia da informação disciplina gerenciam...
Curso tecnologia em gestão da tecnologia da informação   disciplina gerenciam...Curso tecnologia em gestão da tecnologia da informação   disciplina gerenciam...
Curso tecnologia em gestão da tecnologia da informação disciplina gerenciam...
 
Curso tecnologia em gestão da tecnologia da informação disciplina gerenciam...
Curso tecnologia em gestão da tecnologia da informação   disciplina gerenciam...Curso tecnologia em gestão da tecnologia da informação   disciplina gerenciam...
Curso tecnologia em gestão da tecnologia da informação disciplina gerenciam...
 
Manual PIM 3ro TI
Manual PIM 3ro TI Manual PIM 3ro TI
Manual PIM 3ro TI
 
FI - TI - Aula - 6
FI - TI -  Aula - 6FI - TI -  Aula - 6
FI - TI - Aula - 6
 
Aula 5 Finanças de TI
Aula 5 Finanças de TIAula 5 Finanças de TI
Aula 5 Finanças de TI
 
Aula 4 Finanças de TI
Aula 4 Finanças de TIAula 4 Finanças de TI
Aula 4 Finanças de TI
 
Aula 3 Finanças de TI
Aula 3 Finanças de TIAula 3 Finanças de TI
Aula 3 Finanças de TI
 
Aula 1 e 2 Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação
Aula 1 e 2 Planejamento Estratégico de Tecnologia da InformaçãoAula 1 e 2 Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação
Aula 1 e 2 Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação
 
Gerenciamento de Infra-Estrutura 1ra. Aula
Gerenciamento de Infra-Estrutura 1ra. AulaGerenciamento de Infra-Estrutura 1ra. Aula
Gerenciamento de Infra-Estrutura 1ra. Aula
 

Último

Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
profbrunogeo95
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
azulassessoria9
 

Último (20)

APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptxSão Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
Teatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioTeatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundario
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 

Sistemas da Informação - Etica

  • 1. Princípios de Sistemas de Informações QUESTÕES ÉTICAS E SOCIAIS NA EMPRESA DIGITAL E SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO Prof: Eduardo S. Anselmo 1
  • 2. M-COMMERCE  Abreviatura de móbile commerce - modalidade de comércio eletrônico móvel que se diferencia do comércio eletrônico convencional porque é realizado por meio de telefones ou terminais sem fio, em vez de equipamentos fixos.  Problemas: Privacidade e spam gerado pelo m- commerce. 2
  • 3. DESAFIOS PARA A ADMINISTRAÇÃO  Entender os riscos morais da nova tecnologia: rápida mudança tecnológica -> mudança acelerada de alternativas para os indivíduos.  Estabelecer políticas éticas corporativas que incluam as questões dos sistemas de informação:  Privacidade;  Propriedade;  Prestação de contas;  Qualidade do sistema;  Qualidade de vida. 3
  • 4. Aspectos éticos, sociais e políticos  ética: Conjunto de princípios que estabelece o que é certo ou errado e que os indivíduos, na qualidade de agentes livres, podem utilizar para fazer escolhas que orientem o seu comportamento. (princípios)  o social e o político: expectativas e regras de comportamento estabelecidas e partilhadas por uma coletividade suportadas por leis e mecanismos para sancionar as violações. (Leis e Direitos) 4
  • 5. Tendências tecnológicas que levantam questões éticas Tendência Impacto Poder computacional duplica As operações críticas das organizações cada 18 meses dependem cada vez mais dos sistemas informáticos(Lei de Gordon E. Moore ) Rápido declínio dos custos de As organizações podem manter armazenamento facilmente bases de dados detalhadas sobre os clientes e fornecedores Avanços nas análises de As empresas podem analisar grandes dados quantidades de dados e desenvolvem perfis do seu comportamento. Avanços nas redes e na Copiar dados de um lado para outro e Internet(Cloud-Computing) acessar a informações pessoais é muito mais fácil (ex: google DOCS) 5
  • 6. RESPONSABILIDADE, PRESTAÇÃO DE CONTAS E OBRIGAÇÃO DE INDENIZAR Responsabilidade: Aceitação dos custos, deveres e obrigações potenciais pelas decisões que toma. Prestação de contas: Levantamento da responsabilidade por decisões e ações. Obrigação de indenizar: Permite aos indivíduos recuperar danos. Devido processo legal: Leis são conhecidas e entendidas e é possível apelar a autoridades superiores. 6
  • 7. NORA :: Non Obvious Relationship Awareness (Sistema de correlação de eventos para atividades ilícitas) 7
  • 8. Como conduzir uma Análise Ética  Identificar e descrever claramente os fatos  Definir o conflito ou dilema e identificar os valores de maior ordem envolvidos (liberdade, privacidade, proteção da propriedade, e o sistema da livre empresa)  Identificar os interessados e afetados  Identificar as opções razoáveis PARA AMBOS  Identificar as potenciais consequências das opções 8
  • 9. Princípios éticos Eletivos Análise Ética, o que fazer…  Regra de ouro: Faça aos outros o que gostaria que fizessem a você.  Imperativo categórico de Immanuel Kant: Se uma ação não é correta para todos, não é correta para ninguém.  Regra da mudança de Descartes: Se uma ação não pode ser realizada repetidamente, então não deve ser realizada nunca.  Princípio utilitário: Classifique os valores por ordem de prioridade e entenda as conseqüências de vários cursos de ação.  Princípio de aversão ao risco: Realize a ação que causar o menor dano ou que tenha o menor custo potencial.  Regra ética do “nada é de graça”: Todos os objetos, tangíveis ou intangíveis, pertencem a seu criador, que deseja uma compensação por seu trabalho ou seja, no free lunch… (não roubar dinheiro público / não tirar vantagem dos outros) 9
  • 10. 5 dimensões morais: algumas inquietações  Deveres e direitos de informação – Quais direitos têm os indivíduos e as organizações em relação à sua informação? – O quê podem proteger? (Segurança Fisica e Lógica / Filtro de conteúdo) – Quais as suas obrigações?  Direitos de propriedade – como podem ser protegidos os direitos de propriedade numa sociedade digital?  Responsabilidade e controle – Quem deverá prestar contas e ser responsabilizado por danos causados aos direitos individuais e coletivos sobre a informação e a propriedade?  Qualidade do sistema – Quais padrões de qualidade de dados e sistemas devem ser exigidos para proteger os direitos individuais e a segurança da sociedade? (Violação RF)  Qualidade de vida – Quais valores devem ser preservados na sociedade da informação? – Quais instituições devem ser protegidas? (ONG´s, Clubes, Governos) 10 – Quais valores e práticas culturais devem ser suportadas?
  • 11. Tecnologia da Informação e Comunicação vs Sociedade da Informação AS RELAÇÕES ENTRE QUESTÕES ÉTICAS, SOCIAIS E POLÍTICAS NA SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO: 5 dimensões morais Direitos e deveres Direitos e deveres Aspectos políticos da propriedade de informação Aspectos sociais Aspectos éticos TIC/SI Qualidade Responsabilidade do sistema e controle Indivíduo Sociedade Política 11 Qualidade de vida
  • 12. ALGUNS DILEMAS ÉTICOS DO MUNDO REAL  GM(Montadora) / GMAC(Banco) / EDS(Sistemas): - Eliminaram 450.000 postos de trabalho ao redor do mundo; GM: 250.000 / GMAC:50.000 / EDS:200.000 – 7000 posições apenas no Brasil. (Fusão e custos globais – Transição para India)  Computer Associates International: - Demitiu 10 funcionários: E-mails ilícitos  Xerox Corporation: - Demitiu 40 funcionários: Internet  Detran: - Alteração no BD Oracle – Demissão por justa causa 12
  • 13. OS DESAFIOS DA INTERNET À PRIVACIDADE  Cookies: Arquivos minúsculos depositados no disco rígido dos visitantes; que rastreiam e monitoram suas visitas a sites.  O que os Cookies fornecem.. – informação pessoal registada no site pelo próprio utilizador – informação pessoal recolhida por outras ferramentas de monitorização da Web – informação pessoal recolhida de forma off-line 13
  • 14. Desafios da Internet na privacidade :: Soluções técnicas 14
  • 15. OS DESAFIOS DA INTERNET À PRIVACIDADE  Bugs Web: Arquivos gráficos minúsculos embutidos em mensagens de e-mail ou páginas web (Eles transmitem informações sobre o usuário e a página que está sendo examinada a um computador de monitoração).  Opção de retirada: Permite a coleta de informações pessoais do consumidor até quando este determinar, especificamente, que esses dados não devem ser coletados.  Key Logger: Script enviado via email ou site que grava digitação do usuário e envia as informações para atacante remoto. 15
  • 16. Opção de adesão: Proíbe uma empresa de coletar quaisquer informações pessoais do consumidor até que este aprove, especificamente, a coleta e a utilização das informações.  SOLUÇÕES TÉCNICAS  P3P(Projeto Plataforma para Preferências de Privacidade): Habilita a comunicação automática de políticas de privacidades entre um site de e-commerce e seus visitantes;  Da ao usuário maior liberdade para selecionar o nível de privacidade que deseja manter ao interagir com o site web. 16
  • 17. Diretiva Europeia à Privacidade proteção de dados  A proteção da privacidade na Europa – É muito maior do que nos EUA / Brasil  A diretiva europeia exige às empresas – informar as pessoas quando recolhem dados pessoais; – Onde e para o quê estes dados serão utilizados – Mas e na prática?  Caso da DIVEO: RH encaminhando planilha de informes de renda dos funcionários.  “Informed consent” 17
  • 18. Desafios da Internet na privacidade :: Como gerir os cookies..  Gestor de cookies  Anti Pop-Up / Navegação - InPrivet (IE8)  Encriptação de mails ou dados  Anonymizers (acompanhe via HTTPWATCH) – Proxies de acesso Internet anônimo  Impedir/retardar reconhecimento da origem – Exemplos  http://www.kproxy.com (msn / orkut) – É também um meio de burlar ISPs e empresas que limitam o acesso.. 18 – É ético usar esta dica do professor em benefício próprio? ;)
  • 19. 19
  • 20. Deveres/Direitos de informação :: questões éticas, sociais e políticas  Ética – Em quais condições se pode invadir a privacidade dos outros? (Segurança Nacional) – Devemos informar às pessoas que estamos espiando-as? (Politicas e procedimentos)  Social – Expectativas de privacidade (Qual a sua?)  Política – Estatutos que regem as relações entre os que guardam a informação e os indivíduos. 20
  • 21. Deveres/Direitos de propriedade  “Trade Secret” – trabalho ou produto intelectual utilizado para um propósito de negócio – classificado como um objeto privado do negócio porquanto não está baseado em informação pública  O software pode ser um trade secret 21
  • 22. Direitos da Propriedade Intelectual :: Conceitos  Copyright: Garantia estatutária que protege os criadores de uma propriedade intelectual contra a sua cópia por um mínimo de 70 anos  Patente: Um documento legal que garante ao seu proprietários o exclusivo monopólio das ideias por trás da invenção durante 20 anos – Utilizado para garantir aos inventores a recepção de benefícios pela comercialização dos seus inventos  Tipos de Produção: Produto ou técnica / Processo tecnológico / Software 22
  • 23. Direitos da Propriedade Intelectual :: Conceitos  Propriedade intelectual: Propriedade intangível criada por indivíduos ou corporações, que são protegidas por Lei.  Segredos comerciais: Obra intelectual ou produto que pertença a empresa, não ao domínio publico (O proprietário para manter esse status deve manter funcionários e clientes sob contrato que proíbam a divulgação).  Direito autoral: Concessão regida por lei, que garante a propriedade intelectual ao criador e proíbe a copia de seu trabalho por outros ( isso em um período de 28 anos). 23
  • 24. Desafios da Internet sobre os direitos de propriedade  A Internet foi desenhada para transmitir informação livremente pelo mundo – inclusivamente a informação protegida por copyrights  Caso napster – cópia livre de música em formato mp3 – com violação dos direitos de propriedade sobre música protegida  A maneira em que a informação é apresentada na Web complica esta proteção – Quem possui as partes? 24
  • 25. Deveres/Direitos de Propriedade :: questões éticas, sociais e políticas – 5 dimensões  Ética – Proteção da propriedade intelectual de software e música, livros e vídeos digitais.  Social – Todos violam estes direitos em maior ou menor grau!  Política – Criação de novas medidas de proteção da propriedade intelectual destes produtos 25
  • 26. Responsabilidade e controle  Exemplo: – 1993, um raio cai na EDS em Clifton, NJ e a operação de 5.200 multi-bancos em 12 redes diferentes afetando 1 milhão de clientes. A recuperação tomo 2 semanas. Entretanto, a rede alternativa só permitia saques de 100$ – A EDS tinha um plano de recuperação de desastres mas não tinha uma unidade de backup dedicada – Quem paga pelos prejuízos causados?  Expectativas de infalibilidade do software/hardware ou até DRP. 26
  • 27. Responsabilidade e controle :: questões éticas, sociais e políticas  Ética – Os indivíduos e as organizações que criam, produzem e vendem sistemas são responsáveis pelas consequências do seu uso?  Social – Gera expectativas que deveriam ser permitidas a volta do serviço fornecido pelo SI  Política – Debate entre fornecedores de informação e utilizadores dos serviços 27
  • 28. Qualidade e erros dos sistemas :: questões éticas, sociais e políticas  Ética – Em quê momento o software tem um nível de qualidade aceitável para o seu uso? PATCH e SP2 Microsoft  Social – Queremos encorajar a expectativa da infalibilidade do software? – Ou queremos uma sociedade cética que questione o output dos sistemas? – ou pelo menos uma sociedade informada dos riscos?  Política – Desenvolvimento de leis de responsabilidade e 28 accountability
  • 29. Qualidade de vida :: igualdade, acesso e fronteiras afetadas pelos SIs  Velocidade das mudanças – reduzido tempo de resposta a concorrência (< DOWNTIME)  Manutenção das fronteiras – família, trabalho e lazer (Tempo disponível para isso)  Dependência e vulnerabilidade  O crime digital – spamming, hacking, viruses, sniffing, spoofing, fishing, etc..  Emprego – a perda do trabalho pela reengenharia vs novas formas de trabalho  Igualdade e acesso – maiores ou menores distâncias sociais e raciais?  Saúde – L.E.R.(Lesão por Esforço Repetitivo), Síndrome da Tela do Computador e Tecnostress. 29
  • 30. Ações da gerência :: um código de ética corporativa  IGUALDADE DE OPORTUNIDADES E ACESSO Todos têm oportunidades iguais de participar da era digital? Os grupos de defesa do interesse público estão querendo diminuir esse “divisor digital”, disponibilizando os serviços de informação digital. 30
  • 31. Obrigado!! esanselmo@gmail.com 31