1

57 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
57
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1

  1. 1. 1. ETIMOLOGIAJaponês: “SHIATSU” shi = dedo atsu = pressão 2. DEFINIÇÃOO Shiatsu é uma forma deterapia, originária doJapão, que serve do poderdo toque e da pressão paranos dar acesso às nossaspróprias capacidades deauto-regulação. 3. De acordo com o Ministério daSaúde e Bem Estar do Japão :"Shiatsu é uma terapia que utilizaos polegares, dedos e a palmasdas mãos, sem a utilização dequalquer aparelho mecânico, ou dequalquer outro tipo para aplicarpressão sobre a pele, corrigir omau funcionamento interno,promover e manter a saúde etratar de doenças específicas". 4. HISTÓRIA 5. O Shiatsu desenvolveu-se no Japão apartir de antigas técnicas manipulativasChinesas introduzidas a mais de 1.000anos atrás, essas técnicas receberaminicialmente o nome de Anma.A Anma era empregada no tratamento deproblemas mais simples como tensão nascostas ou outros problemas musculo-articulares de menor gravidade, e comomassagem relaxante, sendogradativamente associada ao conforto eprazer. Era praticada e ensinada apessoas portadoras de deficiência visualdevido a sua aptidão natural e adificuldade de receberem outros tipos deinstrução, chegando a ser consideradauma profissão para cegos. 6. Posteriormente com a chegada de métodos ocidentais de massagem e manipulação, bem como da visão ocidental de anatomia e fisiologia e a subsequente associação com as formas tradicionais de tratamento por alguns terapeutas criou-se um novo método de tratamento que ficou conhecido genericamente como Shiatsu.No entanto muitos terapeutas quebaseavam seu trabalho nas teoriastradicionais adotaram esta novadesignação para evitarem restrições eregulamentações oficiais impostas aAnma já no século XX que obrigavamseus praticantes a se licenciarem juntoaos órgãos competentes.
  2. 2. 7. TE-A-TE ANPUKU SHIATSU TRADICIONAL SHIATSU TRADICIONAL JAPÃO SEITAIORIGEM YAHARA DOSHIATSU KWATSU ANMA CHINA YA-YA ANMO TUINA 8. 1919 – Livro Shiatsu Ho de Tamai Tempaku1925 – Instituto de Terapia Shiatsu deTokujiro Namikoshi.•Shizuto Masunaga – Zen Shiatsu•Katsusuke Serizawa – Terapia dos Tsubos•Shizuko Yamamoto – Shiatsu dos pés descalços.•Wataru Ohashi – Ohashi Shiatsu 9. HISTÓRIA DOSHIATSU NO BRASIL • Imigração japonesa início sec. XX • Primeiras práticas: décadas de 40 e 50 • Praticantes de Artes Marciais (Judô, Jiu Jitsu, Karatê) • Sohaku Bastos (Shiatsu Tradicional) • Jahara Pradipto (Zen Shiatsu) • Juracy Cançado (Do In) 10. MECANISMOS DE AÇÃOAo pressionarmos determinado ponto ou área docorpo humano estamos promovendo um estímuloque vai atuar sobre a energia (Ki) que circulapelo corpo, este estímulo que é feito nos trajetosdos canais de energia (Keiraku) e pontos(Tsubos) melhora a circulação de energia quepode estar obstruída e deficiente devido a umasérie de fatores, de modo a que se possatonificando, sedando ou harmonizando, equilibrara circulação energética no corpo, dessa maneiraestamos agindo direta e indiretamente sobre osórgãos e vísceras regulando o seufuncionamento. 11. INDICAÇÕES•Cefaléia, enxaqueca•Insônia•Dores musculares•Paralisia facial•Alterações músculoesqueléticas•Asma, bronquite•Fadiga•Gastrite•Stress•Constipação, diarreia 12. CONTRA-INDICAÇÕES•Doenças infectocontagiosas•Apendicite, pancreatite, úlcera péptica, úlcera duodenal, hepatite, cirrose•Câncer•Afecções cutâneas (feridas, queimaduras, micoses)•Pacientes extremamente debilitados•Área abdominal de mulheres grávidas•Febre após
  3. 3. cirurgia•Pacientes sob o efeito de álcool ou drogas•Após uma refeição pesada 13. CONCEITOSAs leis tradicionais da medicina orientaldescrevem os fenômenos físicos-cíclicosque ocorrem em relação ao corpohumano e ao próprio Universo;evidenciados pelos ritmos e suascombinações, a saber: vigília e sono;inspiração e expiração; sístole e diástole;noite e dia. 14. CINCO GRANDES LEIS1. Circulação no corpo de uma energia cíclica.2. Existência de uma polaridade Yin – Yang (negativa - positiva) sobre todos os seres viventes.3. Projeções cutâneas dos órgãos profundos sobre a pele.4. Circulação de energia ao nível da pele sobre trajetos precisos. (meridianos)5. Existência sobre esses trajetos de pontos nos quais a massagem suaviza a dor em local particular. 15. AS FONTES DE ENERGIA KI (Ch’i)1. Macrocósmica2. Ancestral (materna-paterna ou primordial)3. Respiratória ou vital4. Alimentar ou de sustentação5. Interpessoal (pessoa a pessoa ou relacional) 16. no de ciclos horário meridiano símbolo final pontos 3-5 Pulmões P 11 Yin 1 ciclo o 5-7 Intestino Grosso IG 20 Yang Manhã 7-9 Estômago E 45 Yang Captação 9 - 11 Baço-Pâncreas BP 21 Yin 11-13 Coração C 9 Yin 2 ciclo o 13-15 Intestino Delgado ID 19 Yang Tarde 15-17 Bexiga B 67 YangAssimilação 17-19 Rins R 27 Yin 19-21 Circul-Sexual CS 9 Yin 3 ciclo o 21-23 Triplo-Aquec TS 23 Yang Noite 23-1 Vesícula Biliar VB 44 YangUtilização 1-3 Fígado F 14 Yin 17. 1O 2O 3O CICLO CICLO CICLOTronco Yin do P C CS Mão braço Mão Yang do IG ID TA Cabeça braçoCabeça Yang da E B VB Pé perna Pé Yin da BP R F Tronco perna Frente Costas Meio

×