PNAIC/2014 - Matemática 
Orientadora: Nely Maria Pereira Andrade 
E-mail:hugonely@hotmail.com 
Telefones: (31)88266395 ,oi...
Roteiro de atividades do quarto momento da unidade 4 
• 07:00_ Assinaturas / informes / Vamos cantar! 
• 07:35- Leitura de...
LEITURA DELEITE
Retomada da unidade 
anterior / Relato das 
tarefas
Vídeo: 
A Natureza da 
Divisão
OFICINA DE JOGOS 
* Quantos faltam para seis? ( p. 28 ) 
* Gatos malhados ( p.52 ) 
* Dobros e metades ( p. 55 ) 
* Contas...
ESTRATÉGIA DA BATATA-QUENTE 
OG
GÊNEROS TEXTUAIS 
“Nós não falamos e escrevemos palavras, nem frases, nem 
textos, nós falamos e escrevemos gêneros”. 
(Ma...
Os gêneros textuais caracterizam-se por: 
1. temática – os temas que costumam abordar (e o 
tratamento mais usual dado a e...
APROFUNDANDO O TEMA 
ALFABETIZAÇÃO EM FOCO: 
PROJETOS DIDÁTICOS 
E SEQUÊNCIAS 
DIDÁTICAS
DIFERENÇA ENTRE PROJETO E SEQUÊNCIA DIDÁTICA 
PROJETO: planejamento, monitoramento e avaliação 
de todo o processo se dá d...
Características principais dos Projetos Didáticos: 
Produto final, que concretiza as ações dos estudantes; 
Participação d...
Abordam conhecimento em uso: 
- conhecimentos relevantes para resolver problemas; 
- considera competências e conhecimento...
MOMENTOS DECISIVOS DOS PROJETOS DIDÁTICOS: 
- definição do problema / objetivos; 
- planejamento do trabalho; 
- coleta; 
...
DEFINIÇÃO DE SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS. 
Dolo, Noverraz e Schneuwly definem sequência didática 
como um “conjunto de atividades...
PRINCÍPIOS DO TRABALHO COM SEQUÊNCIAS 
DIDÁTICAS 
- problematização na resolução de problemas; 
- ensino centrado na inter...
O QUE CONSIDERAR AO PLANEJAR 
SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS ? 
- eixo articulador (Tema? Conteúdo? Gênero 
textual?); 
- definição ...
SEQUÊNCIA DIDÁTICA E PRODUÇÃO DE 
TEXTOS 
Com uma proposta voltada para o ensino da língua, Schneuwly 
e Dolz consideram q...
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 
PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA: Planejando a 
alfabetização; integrando dife...
Trabalho em 
grupo... 
Elaborar uma sequência 
didática partindo do gênero 
“receita culinária” 
Lembrando dos conceitos 
...
SÍNTESE DO ENCONTRO 
Roteiro de atividades do quarto momento da unidade 4 
• 07:00_ Assinaturas / informes 
• 07:35- Leitu...
Unidade 4 slides  1 quarto momento
Unidade 4 slides  1 quarto momento
Unidade 4 slides  1 quarto momento
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Unidade 4 slides 1 quarto momento

372 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
372
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Unidade 4 slides 1 quarto momento

  1. 1. PNAIC/2014 - Matemática Orientadora: Nely Maria Pereira Andrade E-mail:hugonely@hotmail.com Telefones: (31)88266395 ,oi (31) 38253510, fixo
  2. 2. Roteiro de atividades do quarto momento da unidade 4 • 07:00_ Assinaturas / informes / Vamos cantar! • 07:35- Leitura deleite: Os 10 sacizinhos • 07:45- Retomar unidade anterior / Entrega das tarefas • 08:00 _ Vídeo: A natureza da divisão • 08:20 _ Oficina de jogos • 09:00_ Lanche • 09:15 _ Estratégia da batata – quente • ( Apropriação do SEA ) • 09:30 _ Língua Portuguesa: Gêneros textuais e sequência didática • 10:00_ Apresentando um modelo de sequência didática • 10:30_ Atividade: Desenvolvendo uma sequência na perspectiva de Schneuwly e Dolz ( 2004 ). • 10:20 _ Socialização • 11:00 _ Síntese do encontro
  3. 3. LEITURA DELEITE
  4. 4. Retomada da unidade anterior / Relato das tarefas
  5. 5. Vídeo: A Natureza da Divisão
  6. 6. OFICINA DE JOGOS * Quantos faltam para seis? ( p. 28 ) * Gatos malhados ( p.52 ) * Dobros e metades ( p. 55 ) * Contas e mais contas ( p.84 ) * A bota de muitas léguas
  7. 7. ESTRATÉGIA DA BATATA-QUENTE OG
  8. 8. GÊNEROS TEXTUAIS “Nós não falamos e escrevemos palavras, nem frases, nem textos, nós falamos e escrevemos gêneros”. (Maria da Graça Costa Val ( UFMG) • orientam tanto a atividade de produção quanto a de interpretação. • integram o conhecimento linguístico dos sujeitos; • são tomados como parâmetro, reprocessados e reconstituídos a cada interlocução; • são flexíveis • são modelos que conjugam determinadas formas a determinadas funções, em correspondência a uma práxis, com relação a determinado público;
  9. 9. Os gêneros textuais caracterizam-se por: 1. temática – os temas que costumam abordar (e o tratamento mais usual dado a esses temas); 2. forma composicional – a estruturação global mais comum, a organização em partes (modelo social de organização textual); 3. estilo – os recursos linguísticos mais usuais (as escolhas sintáticas e lexicais). * os textos pertencentes a um mesmo gênero têm em comum esses três aspectos
  10. 10. APROFUNDANDO O TEMA ALFABETIZAÇÃO EM FOCO: PROJETOS DIDÁTICOS E SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS
  11. 11. DIFERENÇA ENTRE PROJETO E SEQUÊNCIA DIDÁTICA PROJETO: planejamento, monitoramento e avaliação de todo o processo se dá de forma compartilhada, os(as) estudantes participam da organização geral do trabalho de modo mais direto. SEQUÊNCIA: o planejamento didático das atividades e a ordem do plano geral são centrados no(a) professor(a), ou seja, é ele(a) quem monitora o processo todo, sabendo quais atividades articular. (PNAIC. Ano 1, p. 27)
  12. 12. Características principais dos Projetos Didáticos: Produto final, que concretiza as ações dos estudantes; Participação dos estudantes em todas as etapas; Divisão do trabalho com responsabilização individual e coletiva; Atividade intencional e social (problema, objetivos e produtos concretos);
  13. 13. Abordam conhecimento em uso: - conhecimentos relevantes para resolver problemas; - considera competências e conhecimentos prévios; - promove a interdisciplinaridade; - aprendizagem significativa de conteúdos / espiral; Estimula a autonomia e a iniciativa Produção autêntica e divulgação dos trabalhos; (PNAIC. Ano 2, p.15)
  14. 14. MOMENTOS DECISIVOS DOS PROJETOS DIDÁTICOS: - definição do problema / objetivos; - planejamento do trabalho; - coleta; - organização e registro das informações; - avaliação; - comunicação PNAIC. Ano 2. p. 13
  15. 15. DEFINIÇÃO DE SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS. Dolo, Noverraz e Schneuwly definem sequência didática como um “conjunto de atividades escolares organizadas, de maneira sistemática, em torno de um gênero textual oral ou escrito”. Em direção semelhante, Zabala explica que as sequências didáticas são “um conjunto de atividades ordenadas, estruturadas e articuladas para a realização de certos objetivos educacionais, que têm um princípio e um fim, conhecidos tanto pelos professores como pelos alunos”. (PNAIC. Ano 3, p.21)
  16. 16. PRINCÍPIOS DO TRABALHO COM SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS - problematização na resolução de problemas; - ensino centrado na interação (agrupamentos / pares); - ensino reflexivo (explicitação verbal); - sistematização dos saberes; - diversificação das estratégias didáticas; - favorecimento da auto avaliação; - desenvolvimento atitudinal.
  17. 17. O QUE CONSIDERAR AO PLANEJAR SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS ? - eixo articulador (Tema? Conteúdo? Gênero textual?); - definição dos objetivos (intencionalidade); - etapas de desenvolvimento; - tempo previsto; - tipos de atividades; - formas de organização dos estudantes; - recursos didáticos; - formas de avaliação. (PNAIC. Ano 2, p.22)
  18. 18. SEQUÊNCIA DIDÁTICA E PRODUÇÃO DE TEXTOS Com uma proposta voltada para o ensino da língua, Schneuwly e Dolz consideram que uma sequência didática tem a finalidade de ajudar o estudante a dominar melhor um gênero de texto levando-o a escrever ou falar de forma mais adequada numa situação de comunicação. O trabalho escolar se organizará em função de um conjunto de atividades, sobre gêneros que o estudante não domine. (PNAIC. Ano 1, p.29)
  19. 19. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA: Planejando a alfabetização; integrando diferentes áreas do conhecimento – projetos didáticos e sequências didáticas: ano 01, unidade 06 / Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Brasília : MEC, SEB, 2012. PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA: Planejando a alfabetização e dialogando com diferentes áreas do conhecimento: ano 02, unidade 06 / Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Brasília : MEC, SEB, 2012. PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA: Alfabetização em foco: Projetos didáticos e sequências didáticas em diálogo com os diferentes componentes curriculares: ano 03, unidade 06 / Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Brasília: MEC, SEB, 2012. RANA, Débora. Língua portuguesa: soluções para dez desafios do professor: 1º ao 3º ano do ensino fundamental. São Paulo: Atica Educadores, 2011 (ADAPTADO). SCHNEUWLY, Bernard; DOLZ, Joaquim. Gêneros orais e escritos na escola. Campinas: Mercado das Letras, 2004.
  20. 20. Trabalho em grupo... Elaborar uma sequência didática partindo do gênero “receita culinária” Lembrando dos conceitos de Dolz e Schneuwly.
  21. 21. SÍNTESE DO ENCONTRO Roteiro de atividades do quarto momento da unidade 4 • 07:00_ Assinaturas / informes • 07:35- Leitura deleite: Os 10 Sacizinhos • 07:45- Retomar unidade anterior / Entrega das tarefas • 08:00 _ Vídeo: A natureza da divisão • 08:20 _ Oficina de jogos • 09:00_ Lanche • 09:15 _ Estratégia da batata – quente ( Apropriação do SEA ) • 09:30 _ Língua Portuguesa: Gêneros textuais e sequências didáticas • 10:15_ Apresentando um modelo de sequência didática • 10:30_ Atividade: Desenvolvendo uma sequência na perspectiva de Schneuwly e Dolz ( 2004 ). • 10:20 _ Socialização • 11:00 _ Síntese do encontro

×